História J.E.N.Y. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Mistério, Originais
Visualizações 4
Palavras 308
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - CAP II: DESESPERO DE UMA CIDADE


  8:00 AM Rua Olívia, Segunda-feira 13


 Como que por mágica, exatamente às 7:59 todo o caos da tempestade havia cessado. E às 8:00 todos os moradores acordaram com a luz do sol em seus rostos inchados.

 Porém, para os poucos moradores da Rua Olívia, que ficava ao lado da Rua Morgan, algo à mais havia lhes acordado além da luz morna do sol. Era o odor da fumaça negra que veio após o incêndio, carregada com a lembrança dos gritos de agonia, das carnes queimando e das rezas e  súplicas desesperadas de crianças e adultos em meio as chamas impiedosas, invadiram as casas mais próximas e sufocaram seus donos, obrigando-os a acordarem e saírem para as ruas molhadas, sob o sol agradavelmente quente e assustarem-se com a gigantesca nuvem de fumaça que surgia ao leste.

 Todos, sem exceção, saíram de suas casas, ainda com suas vestes de cama, e caminharam em direção ao local de onde saía aquele odor terrível e a fumaça negra como a capa da Morte.

 O choque dos primeiros ao avistarem o porquê de toda aquela fumaça alertou aos mais de trás do que estava por vir. Quando por fim os vizinhos pararam em frente ao local onde antes estavam todos os desabrigados e todos aqueles voluntários da igreja que eram muito bem conhecidos na cidade devido a seus feitos em benefício da igreja, agora encontrava-se ruínas de pedras enegrecidas pelas chamas. O telhado e as janelas desapareceram e lá dentro, longe dos olhos de todos, os restos mortais, corpos meio queimados, roupas, colchões e restos de cabelos e outras partes permaneciam como em um quadro eterno da memória mais macabra daquela tragédia.

 Antes que se dessem conta já havia mulheres chorando e pessoas em pânico. Sr. Alphanos saiu correndo para dentro de sua casa e ligou para o telefone pessoal de Chefe Martyle.


Notas Finais


Novamente está curto esta desgraça!
Mas estou bem feliz com o andamento da história.
Como eu disse antes, estou levando no meu ritmo e espero que o resultado final fique tão satisfatório quanto o possível.

Obrigada por ler até as notas finais ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...