Hist√≥ria Jerrie ūüćé Minha Metade √© Voc√™ - Cap√≠tulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Little Mix
Tags Jerrie
Exibi√ß√Ķes 432
Palavras 1.560
Terminada N√£o
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
G√™neros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta hist√≥ria s√£o apenas alus√Ķes a pessoas reais e nenhuma das situa√ß√Ķes e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma fic√ß√£o. Os eventuais personagens originais desta hist√≥ria s√£o de minha propriedade intelectual. Hist√≥ria sem fins lucrativos, feita apenas de f√£ para f√£ sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


VOLTEI

Apenas leiam

Boa leitura

Capítulo 35 - Quente


Fanfic / Fanfiction Jerrie 🍎 Minha Metade é Você - Cap√≠tulo 35 - Quente

POV' S PERRIE

Pego Jade erguendo na água colocando em minha cintura, e levo contra a parede da piscina, matando minha sede de sua boca que beijo mais intenso ainda. Jade tira minha blusa e logo volta pra minha boca sua língua quente e provocante deixa mais ainda mórbida neste momento. Desço uma das minhas mãos pela água por seu corpo perfeito nesta lingerie e paro na lateral da sua calcinha puxando - a mais ainda pro meu corpo.
- Peez..... - Ela corta o beijo tentando falar mais eu não deixo e logo tampo com mais um beijo - A...aqui... Não....
- Eu sempre te quis nesta piscina Jaay - Falo subindo por seu pescoço entre chupadas e mordidas e provocando com a ponta da minha língua feroz por seu corpo até que chego em sua orelha que provoco mais ainda com mordida e língua - Eu te quero amor.
Jade me pega pela nuca me chupando mais forte no pescoço solto um gemido alto na noite com sua avançada contra mim. Ela logo me gira e me colocando contra a piscina e olhando muito safada passando sua língua pelos seus lábios que eu desejo demais.
Ela se aproxima da minha boca e solta as palavras sinto seu hálito quente contra meus lábios que faz meu corpo querê mais ainda.
- Eu sou sua todo segundo - E me beija mais logo corta o beijo voltando a me olhar com esse olhar maldito - Todo minuto - Desce pro meu pescoço e me chupa mais uma vez e novamente volta a falar contra meu pescoço subindo pra minha orelha onde sinto seu hálito quente e sua voz provocante - Me faz sua.
Nosso beijo sai mais ainda intenso e gostoso, ela solta minha cintura e tira seu sutiã e logo em seguida pega minha mão e leva ate sua calcinha onde logo tiro pra sentir ela, desço minha mão por sua intimidade e sinto que mesmo na água ela tá pronta pra mim como toda vez está. Com a outra mão pego em sua cintura jogando - a contra a parede da piscina colando meu corpo no seu, devorando sua boca, com a outra mão eu desco até sua intimidade e logo penetro com dois dedos escutando seu gemido sair contra minha boca, a água parece quente entre nossos corpos, com minha boca eu tampo seus gemidos quando coloco mais um dedo e intensifico meu ritmo contra ela. Sempre pegando seu gemidos pra minha boca, atormentando ela com minha outra mão em seus seios. Sinto que ela não vai demorar muito pra ser minha novamente, quando intensifico mais ainda o ritmo nela coloco minha perna no meio das suas provocando ao limite que seu corpo possa aguenta de uma só vez.
- Geme meu nome Jaay, seja minha.
Não demora muito ela explode em meus dedos.
- PEEZ.... - E seu gemidos me chamando alto sai contra minha boca me fazendo sorrir e logo avançar em sua boca.
- Eu te amo minha mulher.
Eu falo entre nossas respirações alteradas e quase faltando o ar. Jade sai do meu olhar e volta pra minha boca dando a entender que ainda não está satisfeita.
- Eu te quero mais minha Peez - Eu me apaixono cada vez que ela me chama de " Minha Peez " Sou dela sempre fui. Ela me olha intenso e do nada surge um sorriso safado de canto, ela traça meus lábios com a ponta da sua unha e volta o olhar pro meu - Eu tenho algo pra você - Ela se aproxima do meu ouvido e fala num sussurro - E te mostrar.
Saímos da piscina entre um beijo procurando o ar não querendo desgrudar nossos corpos quentes. Pego Jade que contorna minha cintura com sua pernas, ela pega em meu cabelo juntando na nuca trazendo minha boca pra sua com mais desejo. E complicado subir a escada com ela me provocando demais no pescoço com sua língua e mordidas.
Quando damos conta tamos no nosso quarto coloco ela contra a porta e tranco com ela ainda em minha cintura. Jade escorrega por meu corpo todo molhado apenas de sutiã e shorts, ela ainda está nesta lingerie pequena de tirar o fôlego a cada olhar que desco por seu corpo.
- Eu nunca fiz isso pra ninguém, mais sempre sonhei fazer e hoje vou fazer com a pessoa que me faz feliz só de vê pela manhã.
Ela sai do meu corpo me puxando pela mão até a cadeira da mesa do computador e me senta abrindo minhas pernas um pouco e colocando minhas mãos em minhas coxas, a cada movimento que ela faz eu fico cada vez mais enfeitiçada por seus gestos provocantes.
Ela se inclina na minha direção jogando a cadeira pra trás até que bate na mesa do computador, me olha e vai descendo o olhar por meu corpo quase nu, mais sei que no olhar dela e em sua cabeça ja estou completamente nua. Jade morde o canto da boca e passa a língua meu corpo logo responde por essa sua provocação silenciosa. Seu olhar está em minha boca entre aberta quando volta pro meu.
- Eu vou dançar pra te provoca minha Peez, mais!!! - Ela se aproxima mais ainda e vai ate minha orelha me mordendo e passando sua língua quente e gostosa - Não pode me tocar até que eu mando. Entendeu?!
Apenas faço sim com a cabeça, ela deposita um beijo demorado e vai saindo de perto. Sigo Jade que vai até o som é aperta play, quarto se inunda com a música Bad Intentions fecho os olhos por um segundo é sinto a provocação já na música. Ela vem até mim e quando eu abro os olhos novamente ela inclina colocando suas mãos em minha coxa e vai descendo ao ritmo da música, lenta e sexy.
Jade dança pra mim de um jeito que jamais vi, ela sobe e desce me provocando a cada vez que vem no meu colo rebolando em meu corpo que ja está quase a ponto de avançar nela. Ela sai do meu colo e vira de costa e rebola pra mim descendo até o chão, meu olhar está quente só de vê seu corpo naquela minúscula lingerie vermelha. Ela vem no meu colo e me provoca mais ainda subindo e rebolando contra ele, quando do nada ela começa a subir meu pescoço com sua língua, fecho os olhos e fecho as mãos pra não relar em Jade que esta mais que sexy fazendo aquilo pra mim.

POV' S JADE

Eu sei que Peez está queimando por mim, mais eu quero ela totalmente fora de si por mim, quero ela ao limite quando for me tocar, eu atormento ela por seu pescoço por todo lado sem dó nenhuma. Soltando gemidos provocantes em seu ouvido. Ataco sua boca com tudo quero a dela só pra mim, inteiramente só minha. Lhe dando um beijo quente, quero que ela se sente mais quente que já está neste momento, corto o beijo e vou pra sua orelha.
- Pode..... Me.... Tocar.....
Peez desce suas mãos por minha cintura até minha bunda, juntando mais ainda meu corpo no seu, solto um gemido entre nosso beijo mais quente ainda com ela agora me tocando. Ela volta a me olhar com esses malditos olhos azuis que eu ainda vou morrer só dela me olhando assim. Seu sorriso sai e eu me perco mais ainda olhando e em seguida volto pra sua boca em um beijo gostoso e molhado, sua língua se enrosca com a minha me deixando mais excita que ja estou.
Aos poucos vou saindo de seu colo e levanto ela da cadeira, levo Peez contra a mesa do computador e num movimento coloco em cima e entro entre suas pernas, minhas mãos desce pro seu shorts onde desabotoo em segundos, logo tirando e jogando em algum lugar desse quarto. Em seguida tiro seu calcinha que também se perde pelo quarto clareado pela luz da noite.
- Quer isso Peez?! - Falo contra nosso beijo, e sinto ela sorri contra minha boca.
- Muito!! - Sua voz sai excitante aos meus lábios.
Então em um movimento rápido eu abaixo e a possuo com minha língua intenso, quero ela inteiramente, faço movimentos circulares mais intensos ainda contra ela, Peez geme a cada investida que faço nela.
Subo seu corpo com minha língua voltando pra sua boca e a penetro com dois dedos sinto ela ainda mais quente pra mim, com movimentos rápidos, não demora muito ela se faz minha novamente. Seu gemidos maior sair contra meu ouvido me deixando mais ainda querendo por ela.
- Agora é minha vez.....
Ela me pega pela cintura e me leva até a cama, onde estamos nuas encaixando nossos corpos mais que perfeitos um contra o outro. Ela sai pelo meu corpo me beijando, me fazendo dela novamente, onde todas as noites quero ser só dela. Perrie Edwards.
- Boa noite minha razão.
- Eu te amo Peez.
- Eu te amo Jaay.
Ela me beija mais uma vez e me abraça, onde eu me encolho contra o corpo que me pertence, fecho os olhos, e segurando sua mão adormeço. Seu cheiro único e maravilhoso, em seus braços todas as noites me sinto protegida e tudo que me faz medo vão embora.


Notas Finais


Nada que sexo não resolva uma briguinha entre Jerrie

Volto em breve


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...