História Jet Black Heart - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Eu

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags 5sos
Exibições 13
Palavras 631
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Calum Hood

Capítulo 3 - Calum


Fanfic / Fanfiction Jet Black Heart - Capítulo 3 - Calum

Capítulo 3-

 Calum Confiar e acreditar são palavras muitos fortes,você nem sempre confia nas pessoas que acredita e elas podem fingir que confiam e acreditam [...] 

 Acordei com cachorro lambendo meu rosto e latidos. Eu havia acordado mas estava muito cansado pra isso, então continuei com os olhos fechados tentando ter algum tipo de conforto no meio de latidos era desafiador.

 -Calum, ta na hora de acordar amor-a voz de Ángel me confortou e então me levantei 

 -Bom Dia meu anjo-falei me aproximando dela e a selando 

 -O Dia começou... Tem vários cachorros pra você passear hoje 

 -To cansado-me levantei e os cachorros começaram a pular em mim -Nossa, to com ciúmes 

-Ángel se levantou e colocou os braços em volta do meu pescoço 

 -Concorrência ta grande em... Cuidado-eu soltei uma risada baixa e iniciei um beijo 

 -Palhaço-ela retribuiu o beijo colocando a mão em minha nuca e depois de alguns minutos paramos 

 -Ta... Agora tenho que me arrumar-dei um beijo em sua bochecha e me encaminhei ate o banheiro. 

 Meus dias estavam uma bosta, mas com um pouco de incentivo necessário eu poderia ser uma pessoa alegre de bem com a vida. 

 -To parecendo um palhaço-sai do banheiro olhando Ángel 

 -Ta não-ela riu ao me ver-Pelo menos não ta com a roupa de um cachorro-quente gigante 

 -Seria bem melhor-peguei a coleira dos cachorros-To indo-fechei a porta e parecia que os cachorros iam me devorar. 

3 anos 34 minutos e 345 segundos que eu passava meus dias passeando com cachorros, eles não me encomodava...prefiro eles do que pessoas. Podia me sentir eu mesmo,como se eu fosse um cachorro. Acabei de me comparar com um cachorro... A depressão atacando.

Primeira casa do dia era pra entregar a Nah uma Pastor alemão que comia minhas coisas,depois eu pegava uns 5 cachorros no quarteirão... Digamos que por dia eu passeava com uns 20 cachorros ao mesmo tempo. 

Sabe aquela vontade de ir num bar encher a cara e depois ter um coma alcoólico?... Nunca tive isso,se fosse em casa de boas. 

-Darcy sai de sima da Lady! -separei os cachorros rindo da situação-Se essa cachorra engravidar por causa desse seu pinto nervoso eu te levo pra castra 

Siiimm eu conversava com os cachorros, não gostou mete o processo fofos... Faz isso não sou pobre. 

14 horas com cachorros, eu me surpreendia com esse feito... Eu estava realmente muito cansado,minhas pernas doiam e minha cabeça ia explodir. O que eu mas quero é ir pra casa e descançar. 

No caminho para casa pensei em fazer um agrado para Ángel,ela sempre foi carinhosa comigo e parecia que eu não retribuía essa mesmo afeto. Comprei um ramo de flores aparentemente muito caro... 

Suspirei por finalmente estar em casa e então abria porta. 

-Angel Cheguei...-uma lágrima descia no meu olho e deixei o buquei cair 

-Calum...eu...-ela correu e se vistiu 

Ela estava na cama com outra Mulher... Poderia ser um homem o que seria menos vernhoso pra mim,hoje de manhã lareciamos tão apaixonados que nem sei mas o que é amor. 

-Adeus Ángel...-cheguei a porta do apartamento com uma certa força. 

Eu tinha uma casa, mas larguei tudo pra viver com ela... Na verdade eu tenho uma casa. Sai de lá com a cabeça erguida como se nada tivesse acontecido e que tudo podia ser apenas um pesadelo e eu poderia acorda a qualquer momento. 

Abri a porta da minha casa e estava tudo muito sujo,nada que uma boa limpeza não resolva... Passar meu tempo arrumando as coisas me faria esquecer Ángel. 

Eu havia terminado de arrumar a casa... Eu estava muito cansado e um banho resolveu um dos meus pesos,então eu resolvi dar uma volta pra poder pensar melhor. Conforme eu andava mas triste eu ficava... Então resolvi parar em uma praça ali perto pra respirar um pouco. 






Notas Finais


Sorria :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...