História Jhoe-Como tudo começou - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Horror, Medo, Vida
Exibições 19
Palavras 449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Policial, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Boa leitura :3
Bjs 😘

Capítulo 1 - Pai


 

Jhoe e seu pai sempre tiveram problemas de comunicação, desde que Jhoe tinha 7 anos.
Ele sempre quis ter um filho homem que continuasse a linhagem da família, mas para ele Jhoe não era um homem e sim uma menininha. ​Ele era um homem duro, rígido e grosso, já Jhoe era totalmente diferente, e isso deixava ele ainda mais frustado e zangado.
Por ser duro com seu filho e cruel com sua esposa e filha, ele fez com que Jhoe aos poucos se tornasse uma pessoa ruim, de sangue frio e de coração de pedra.

2016

Quando Jhoe fez 24 anos ganhou uma casa de praia de sua tia por parte de mãe, Marian, ela cuidou dele e de sua irmã logo depois que sua mãe morreu de AIDS.
~Dani, mãe de Jhoe, havia se envolvido com  um homem de soro positivo, e em uma noite os dois trasaram sem camisinha.
Dani só descobriu depois que ele lhe dissera.
Os dois morreram juntos.
Eles se amaram a cada minuto de suas vidas.~
Jhoe era o único a saber o motivo de ele não ter dito a sua mãe sobre ser soro positivo.

 
Jhoe morou algum tempo sozinho até se estabilizar e poder morar com sua irmã de 18 anos.
-Aqui está.-disse Jhoe abrindo a porta para a sua irmã entrar.-Essa é a minha casa. Espero que tenha gostado.
Jennifer não se imprecionou muito com a casa de seu irmão.
Era uma casa de cores neutras, com uma suíte, um quarto, um banheiro no fim do corredor e uma sala-americana.
-Sei que é menor que a casa da titia, mas é confortável. -disse ele enquanto passava pela sala.
Ele parou em frente a uma porta.
-Aqui é o seu quarto.-disse ele pegando a chave.-Espero que goste. Eu que escolhi a decoração. O modo como titia falou de você deu para saber o tipo de coisa que gosta.
Jennifer se imprecionou ao ver seu quarto de tons preto e rosa, sua cama redonda e grande.
-Eu amei.-disse ela sorrindo.
-Que bom.
O telefone toca. Era de Jhoe.
Ele atende.
-Alô.... Acharam?... Okay... Não, já estou indo.-ele olhou para sua irmã, que estava deitada na cama.-Tenho que ir. Você vai ficar bem sozinha?
Ela fez que sim com a cabeça.
-Te espero para jantar comigo?-perguntou ela.
-Acho melhor você não me esperar. Vou demorar.-disse ele sorrindo.- Muito.-sussurrou 
Ele sai de casa.
Jennifer fica pulando na cama.

...

-Vocês acharam ele?-perguntou Jhoe.
-Sim senhor. Nós o prendemos no galpão.
-Vocês podem ir.-disse Jhoe.-Eu cuido do resto.
Jhoe foi até o galpão e chegando lá viu Stiven, já com uma aparência envelhecida, com seu sorriso debochado, de sempre, no rosto.
-Olá papai.-disse Jhoe em um tom sombrio.


Notas Finais


Obrigado por ter lido tudo :-D
Até a próxima :-))


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...