História Jihnny, a azarada da Coréia (Imagine BTS) - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys (bts), Black Pink, Got7, Kard
Visualizações 20
Palavras 940
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 33 - Capítulo 29 - "Amor recíproco"


29 de Dezembro de 2016

O final do ano está chegando. 2017. O ano que eu esperava que chegasse logo, já que 2016, sem dúvidas, está na lista de um dos piores anos da minha vida. O Yoongi voltou pro grupo. Lançamos mais um MV. Eu chamo de BS&T porque eu não decorei o nome ainda (não sou boa em decorar, desculpa).

A nossa relação depois daquelas entrevistas não está tão boa assim não. Ele me encara e eu o encaro de volta. Não falamos nada. Ficamos preso nos olhares do outro. Mas nunca - nunca mesmo - falamos mais. Aquilo me dói. Será mesmo que ele disse à verdade ou está mentindo como sempre? Estou muito confusa.

Yoongi estava na minha casa conversando com Hoseok. A Bae também está aqui. Mas não pensem que eles brigaram de novo ou voltaram. Bem ao contrário disso. A Bae esta noiva e está até grávida. Ela aceitou as desculpas dele. Então está tudo de boa. Ela nos chamou (eu e o Yoongi) pra sermos padrinhos do bebê. Da bebê no caso. Já que é menina. Logo aceitamos.

Bae: Jihnny posso falar em particular com você no seu quarto?

Eu: Pode. - Entramos no quarto -Aconteceu alguma coisa?

Bae: Sim. Ele me contou o motivo de ter feito aquilo comigo.

Eu: Então me fale. - Sentamos na cama.

Bae: Ele disse que quando te viu pela primeira vez achou você um pouco bizarra por causa do que você falou ameaçando ele. - Ri - Mas depois de ter vindo te ver várias vezes, ele se sentia um pouco estranho perto de você. A mesma sensação que teve antes de me pedir em namoro quando andávamos juntos. Depois que ele te deu banho aquele dia,que tinha perguntado pra ele se seria meu príncipe no meu aniversário de debutante, ele ficou... digamos... apaixonado por você. - Arregalei os olhos. Não queria acreditar. - Ele ficou confuso, achou que era coisa maluca da cabeça dele. Por isso ele começou a fumar. Ele estava pirando. Não tem nada a ver com aquela história de amigos influenciando ele. Era mentira. Depois que você fez ele parar de fumar, ele começou a beber. Achou que era a única saída. Como você percebeu, só piorou as coisas. Aconteceu aquilo que nem queremos lembrar. Mas ele disse que por ele ter beijado aquela garota que fui idiota de dizer que era minha melhor amiga, ele disse que não queria te magoar, nem queria ter feito isso. Por que ele te ama demais. Não queria ter me magoado também, nem o Hobi. Ele pediu desculpas pra gente. E eu entendi o lado dele, ele até chorou. Então eu só vim aqui pra dizer: ele te ama desde o primeiro dia que se viram, então, desculpa ele. Ele não aguenta mais viver assim. - Eu não falava nada. Só chorava. Meu coração doeu de uma maneira muito chocante. Ele me ama. Não caiu a ficha ainda.

Sg: Bae, o seu noivo veio te buscar.

Bae: Tabom, já vou indo. Tchau bebê - Beijou minha testa e sorri. - Tchau açúcar trevoso - Abraçou. Ele riu e saiu do quarto. 

Eu: Yoongi, - Bati a mão na cama - Senta aqui.

Sg: O que aconteceu? - Sentou do meu lado. - Você está chorando.

Eu: Bem... a Bae me contou tudo que você disse à ela hoje. É sério isso?

Ele suspirou e finalmente olhou em meus olhos.

Sg: S-sim. Eu fui um idiota. Eu não mereço namorar você. - Olhou para baixo.

Eu: Yoongi. - Segurei em seu rosto, fazendo ele olhar pra mim. - Você não sabe o quanto eu sofri por achar que você não me amava. Pelo que eu percebi, sofri à toa.

Sg: Por favor. M-me desculpa.  - Me Abraçou e começou a chorar - Eu não devia ter feito aquilo. Eu sou um monstro. Eu quero morrer! - Me abraçou mais forte. Passo a mão em seus cabelos. 

Eu: Não faça isso. - Começo a chorar também. - Pra quem eu vou amar se você fizer isso?

Sg: O Jimin. - Desfazemos o abraço e ele me encara. Aqueles olhinhos pequeninos com lágrimas. Foi de doer o coração. 

Eu: Eu não o amo mais. Foi só uma quedinha. Eu te amo a mais tempo. Você me ama?

Sg: Muito. Demais. - Segura no meu rosto. - Só que não dá pra gente namorar.

Eu: Porque?

Sg: Eu tenho 23 e você 13.

Eu: Dane-se o que os outros vão achar. O que importa é que a gente se ama. Não é mesmo? - Seguro em seu rosto também, colando nossas testas.

Sg: Sim. Eu não quero mais perder você - Fala de olhos fechados.

Eu: Então,  Min Yoongi - Falo também fechando os olhos - Promete que sempre vai me amar, sem se importar com que os outros vão dizer, e ser fiel à mim?

Sg: Prometo. - Aproxima nossos lábios. - E  você,  Jung HoJihn, promete que sempre vai me amar, sem se importar com que os outros vão dizer, e ser fiel à mim?

Eu: Prometo sem pensar duas vezes.

Ele cola nossos lábios.  Um beijo calmo e romântico. Que nem em 2013. Ele pede a passagem com a língua e cedi. As borboletas na minha barriga voltaram. Amo essa sensação. 

Nossas línguas dançavam em perfeita sintonia. A melhor coisa que aconteceu na minha vida. Amor recíproco (eu acho que se diz assim). Foda-se a idade. Foda-se a opinião dos outros (TÁ LUIZA?). O que importa de verdade é o amor que sentimos pelo outro.

Sg: Quer namorar comigo? - Diz encostando nossos narizes.

Eu: Eu esperava tanto por isso. Claro que aceito. - Nos beijamos novamente. Eu não queria acreditar. Finalmente estou namorando com o garoto de Daegu. E eu estou muito feliz.




Notas Finais


WE ARE THE CHAMPIONS!
Finalmente isso aconteceu! Eu não aguentaaaaava mais eles sem se desculparem. Aí veio esse bum pra ser bom. De agora em diante, só coisa boa. Já que veio desgraça nessa fanfic.
E é uma lição: foda-se o que dizem sobre você, cague para essa pessoa e não mude nada em você. Já que ela não é importante na sua vida. E pode namorar com um cara de 45 anos sim! Se amam, namore! Ninguém tem a ver com a vida de vocês mesmo! (Só não pode abusar, né. Aí já é pedofilia)
Até o próximo capitulo.😚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...