História A Origem - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 1.804
Palavras 1.037
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem o capítulo meio ruim e pequeno. Compenso vocês no próximo, aguardem! sz

Capítulo 11 - I Want You


Fanfic / Fanfiction A Origem - Capítulo 11 - I Want You

Após a sessão de fotos em dupla Jimin teve que tirar mais algumas fotos. Para provoca-lo, comecei a gravarir algumas de suas poses - Vamos combinar que ele estava um pecado. - com minha câmera. Eu sei que o vídeo seria postado no nosso canal no YouTube. 

Resolvi soltar algumas indiretas mas eu não tinha a intenção de os fãs se tocarem que estava rolando algo entre nós, afinal, se isso de fato acontecesse, estaríamos extremamente encrencados. 

Eu e Jimin sempre tínhamos uma extrema vontade de nos assumir para todos, mas isso seria muito ruim, devido ao preconceito... E pensando bem, é bem isso mesmo, apesar que existem muitas fãs que são "Jikook Shippers" e quer saber, eu amo essas garotas em segredo.

 De fato, não podemos assumir. Pelo menos não agora... Mas ainda sim, não vai haver nada que me impeça de grava-lo e soltar algumas indiretas.

 Estava eu com minha câmera. Gravando a sessão de fotos de Park Jimin, que estava absurdamente sexy, e com aquelas frutas em sua boca... Nossa, ele era tão lindo, e o melhor de tudo, ele era todo meu. 

 Passei a tentar arrancar algumas risadas suas, para que as fotos ficassem mais espontâneas e naturais, por que sensual, sim, estava sendo, e muito. 

 - Ah, que expressão sexy. 

 Jimin continuava posando para a câmera, com os lábios entreabertos e um olhar penetrante. Uma cena muito linda.

 - Ah, quero você. - Falei, ainda filmando. 

O mesmo sorrir e continua com os flashs. Ele estava nervoso, mas aquilo deixava ainda mais adorável. 

 - Oh, o clima está bom. Ah, quero você. - Repiti uma ou duas vezes. 

 - Pare com isso. - Jimin sorrir, disfarçando completamente mal. Na verdade, o seu sorriso foi o principal motivo pelo qual dava pra ver que ele estava disfarçando mal - Pare de dizer que você me quer, isso não soa bem.

 - Ahhhhh, quero você. 

 Todos na produção riram de Jimin sem jeito. Mal sabem que tudo que eu falo é a pura verdade. 

Jimin com aquelas frutas na boca... Me faziam delirar. 

 (...)

 Quando acabou as sessões de fotos de meu amado, fomos juntos para casa. Fui para o banheiro e tomei um banho rápido, depois coloquei uma roupa confortável e fui até o quarto de Jimin, pois iríamos assisitir um filme juntos hoje. Adentrei o quarto e me deparei com ele tracandidato de roupas

 - Que vista maravilhosa. - Cheguei por trás dele e apertei sua bunda, beijando seu pescoço. Jimin rir, e logo veste as roupas confortáveis.

 Senti na cama. 

 - Vou dançar para você. - Jimin disse pegando seu celular e colocando uma playlist das nossas músicas mais agitadas, entao ele começa a dançar no ritmo da música. Cada passo que o menino fazia, me impressionava.  Não importa se eu já tivesse visto esses passos mais de um milhão de vezes. 

Nele, sempre saía melhor. 

Ainda mais quando tudo era só pra mim. Me sentia privilegiado em tê-lo completamente só pra mim. 

Como é possível, eu me apaixonar tão perdidamente por alguém como eu me apaixonei por ele. Não sei explicar a importância que o garoto tem para mim. Não sei mesmo. Ele era meu Porto segura. Se algo tinha dado errado num dia, ele me fazia sorrir. Ele me confortava quando eu estava triste. Ele me amava quando eu me entregava para ele. Ele era tudo. 

 - Gosta do que ver? - Jimin sorriu de lado e me encarou, seduzindo-me. 

- Gosto, mas quero mais que isso. Quero te tocar. - Me aproximei de seu corpo, ficando coladinho, por trás. Ainda o seguindo aos passos da música. Com minha mãos, toquei seu ombro e deslizei delicadamente até o final do seu braço, beijando seu ombro depois. - Meu bem.

 Jimin virou à minha frente e estendeu suas mãozinhas para mim, e eu as segurei. Então, Jimin me puxa para mais parto e ficamos novamente com nossos corpos colados, mas agora um de frente para o outro. 

 Encostou nossos corpos num abraço protegido. Agora a música que estava tocando era Butterfly. Começamos a dançar de um lado para o outro, de acordo com o ritmo da música. 

Jimin tinha seus braços em meus ombros e estava levemente na ponta dos pés para que ficasse um pouco mais alto. Era tão adorável. Minhas mãos estavam em sua cintura, a segurando firme em forma de um abraço bem protegido. Seu rosto estava escondido em meu pescoço enquanto dançávamos. 

 Ele Inclina sua cabeça para trás, ainda no abraço, apenas para me encarar. Seu olhar continha paixão, e ele me olhava com um sorriso delicado que eu podia me apaixonar de novo só vendo. 

 - Nunca me deixe, Jeon Jungkook. - Uma de suas mãos foram até um de minhas maçãs e a acariciou. - Por que... - Olhou para mim e engoli em seco. - Eu acho que... Eu te amo. 

 Paralisei com suas palavras. Meus olhos começaram a ficar mais brilhantes que o normal e meu rosto estava numa colocação mais avermelhada. 

Park Jimin disse que me ama. O homem pelo qual eu sentia a vontade de viver pra sempre ao lado disse que me amava. Eu não conseguia acreditar. Jimin me ama. Meu hyung. Eu não podia estar mais feliz.

 - Meu amor, eu te amo também. - sorrio sem mostrar os dentes. O puxando para um abraço mais protegido. - Eu te amo tanto, Jimin. - Coloquei minha mão em sua nuca e o beijei novamente, mais intensamente. - Eu te amo de verdade. Eu nunca vou te deixar. Eu vou te fazer feliz para sempre. - Beijei novamente. Ele só conseguia sorrir. 

- Amor... - Ria de meus beijos e "eu te amo" seguidos. - Eu também te amo. - Subiu em meu corpo e entrelaçou suas pernas na minha cintura. - Te amo muito. - Sorriu.

Coloquei ele na cama, e fiquei por cima. E comecei a beija-lo mais. Um beijo com pura paixão, sem maldades ou malicias. Um beijo de amor, proteção e apego. Como eu amava Jimin, amava demais. Nunca irei deixa-lo.

 Pelo contrário, iria fazer de tudo para que o menino nunca se vá. 

- Jungkook  obrigado por me amar. E por me deixar te amar. 


Notas Finais


Amo a cena do "quero você" s2 // desculpem pelo cap pequeno, fiquei sem muita inspiração, mas o próximo eu vou me esforçar para que saia lindinho. Vai ser mais 1 capítulo com tudo perfeito, dai os próximos vão ser :( só aguardemmmm! Vou tentar postar amanhã ou depois de amanhã. Me perdoem se eu demorar, ok?! Amo vocêsss! Estamos quase com 100 fav sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...