História Jikook - A origem - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Jeonjungkook, Jikook, Jikookfanfics, Jikookislove, Jikookisreal, Jikooklove, Jikookrealista, Jimin, Jungkook
Exibições 1.327
Palavras 844
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Até mesmo eu não me aguentei até sexta-feira, escrevi logo, porque estava muito muito ansiosa! Kkkk tantas idéias na minha cabeça!

Capítulo 2 - Os olhos nunca mentem


Fanfic / Fanfiction Jikook - A origem - Capítulo 2 - Os olhos nunca mentem

A semana estava tão cansativa. Precisava das férias o mais rápido possível. Precisava descansar, em meio à tantos ensaios, viagens e trabalho. Era demais para um menino de 17 anos. Eu queria apenas ficar em casa, relaxando, sem fazer nada. O dia que consegui relaxar, foi aquele que ficamos no nosso dormitório apenas comendo, dormindo, descansando e cantando as músicas do nosso novo álbum.

Namjoon estava jogando video game com Taehyung e Yoongi. Jimin estava descansando em seu quarto, ouvindo músicas em seu ipod. 

Jin e Hoseok dividiam o sofá e dormiam profundamente. Um milagre Yoongi não está fazendo o mesmo. Por incrível que parece, ele estava cheio de energia. 

Eu estava assistindo ao jogo, então decido ir ao meu dormitório, descansar de tanto sono perdido. Queria minha cama o mais rápido possível. Ao chegar, jogo-me em cima da cama, permaneço lá e de sapato e tudo, adormeço exausto. 

No cochilo, tenho um sonho estranho... Imagino a face de alguém, à princípio não o reconheço.

Mas depois, rosto começava a mexer sua boca, sussurrando as seguintes frases: 

 "Você será meu"

 "Porque eu gosto tanto de você?" 

"Jungkook-ah você é tão atraente".

Então a face começa a ficar mais nítida em minha mente. 

Era o Jimin hyung.

Mas afinal, porque acabei de sonhar com ele? 

 Num susto, acordo ofegante. Respiro repetitivamente. Por que sonhara com meu hyung? Me perguntei pela segunda vez.

Sentei na minha cama e comecei à especular o que acabara de acontecer. Observo meu membro pulsando, numas fisgada.

 Eu não entendo o porquê de está sentindo isso. 

Não entendo. 

Resolvo tomar um banho, levanto-me e começo a tirar cada peça de minha roupa. Primeiro a blusa. 

Ao tirá-la, pego meu celular e ponho uma música. Começo a dançar e cantar. 

Mas sou interrompido por alguém batendo na porta. Então, pauso a música e vou atender. 

 - Jung... Jungkook-ah..

 Era Jimin, ele olhou para mim e logo desceu seus olhos para meu abdômen à mostra, de boca aberta. 

 - Oi?! - Falei, inclinando-me para seus olhos alcançarem meu rosto. 

 - Desculpe, eu... - O mais velho se embaralha - eu.. - ele parecia esta paralisado. - O Jin pediu para se arrumar, pois vamos... - Ele pensa um pouco antes de falar. - Vamos para onde?! - Ele grita para Jin escutar, da sala. 

 - Para o restaurante novo! - Jin responde. 

Jimin volta seus olhares para mim e rapidamente 2 vezes olha novamente para meu abdômen, esperando minha resposta. 

- Tudo bem, vou me arrumar. - Ele fala, envergonhado somindo do corredor, andando até seu quarto e se trancando. Faço o mesmo. Tiro todas as peças de minha roupa e entro no box. 

Sinto a água gelada penetrar meus poros, eu precisava disso, estava suado, cansado, e aquela água refrescante me acalmava. 

Abaixo a cabeça, fechando os olhos. Vejo a imagem de Jimin, com seu sorriso que tanto gostávamos. 

Jimin era tão amável com todos nós, sempre nos conforta e ajuda-nos. 

Ele é uma pessoa maravilhosa.

 Um amigo de verdade que posso confiar...

Sim... Um amigo.

Arrumo-me e vou para a sala, onde todos encontravam-se me esperando. 

 - Finalmente ein, donzela. - Yoongi bufa.

- Desculpem a demora.. Eu.. Estava distraído. - Quando eu falei isso, senti Jimin olhar-me timidamente e sorrir pra si. Como se realmente soubesse que ele fosse o motivo da minha distração. 

Mas não! Eu... Não estava distraído por sua causa... Eu... Só... Enfim!

 Descemos e entramos no carro. Eram dois carros. Eu iria com Yoongi e Jimin. E o restante iria no outro. Yoongi foi na frente e eu e Jimin fomos atrás. Um em cada janela, distantes. 

Eu ainda estranhava o fato dele me olhar de maneira diferente, mas talvez seja coisa da minha cabeça, sei lá. 

Jimin usava uma regata, eu o observava discretamente. Ele estava com seus braços musculosos à mostra, e usava uma calça jeans totalmente colada em suas pernas. 

Ele estava de fone de ouvido, ouvindo uma música bem alto. Ele cantava a música, baixinho e simulava uma dança, remexendo seus braços e mordendo seus lábios. Realmente, seus movimentos eram bastante atraentes. Não que eu ache! Mas, Jimin saberia impressionar uma garota. Uma garota, certo? 

Ele dançava e eu o encarava, meio atencioso nos movimentos. Mas logo ele encontra meus olhares o observando e solta um sorrisinho de leve. 

Então começa a me encarar também, olhando profundamente em meus olhos. Aquilo me matava por dentro. Nunca notei o quão intenso Jimin é. Seus olhares, olhavam-me profundamente, parecía encarar minha alma. 

Era uma mistura de sensações, todas novas, todas confusas e embaralhava meus pensamentos. 

Mas eu não conseguia desviar meus olhos dos seus.

 Depois, o mais baixo pisca de leve para mim, convidativo. Confesso que achei meio estranho, mas não sei se é um estranho ruim. Todavia, que qualquer forma eu permaneço sério, imóvel e viajado no olhar do mais velho. 

Infelizmente, ou felizmente? não sei, Yoongi interrompe falando

 - Chegamos, vamos!

 Descemos os três e aproveitamos a noite, comendo e conversando com os outros. 

Ok! Certamente, devo esquecer o acontecido, definitivamente. 

Por mais difícil seja esquerer seus olhos me fitando


Notas Finais


Eu ia fazer só sexta... Mas eu não me aguento não kkkkk amo dms esses dois que mds. Tô ansiosa logo p eles interagirem mais. mas eu tenho que escrever tudo calmamente... Estão gostando? Comentem aí por favor!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...