História Jikook - A origem - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Jeonjungkook, Jikook, Jikookfanfics, Jikookislove, Jikookisreal, Jikooklove, Jikookrealista, Jimin, Jungkook, Parkjimin
Exibições 222
Palavras 775
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, sobre as sequências da live, eu tô tentando fazer tudo em ordem, mas não garanto que saia tudo direitinho como na realidade. Gosto de fazer assim para a gente imaginar tudo fora das câmeras. Enfim... Mais um capítulo! Espero que gostem! <3

Capítulo 4 - O que eu fiz?


Fanfic / Fanfiction Jikook - A origem - Capítulo 4 - O que eu fiz?

Como já havia falado aqui, minha amizade com Jimin está aumentando cada vez mais. Todavia, ele anda sempre correndo atrás de mim para todo lado e não vou negar que acho engraçado ou até fofinho. 

As nossas fãs não perdoam! Certo dia estava dando uma olhada no Twitter e elas falaram "Jungkook, note o Jimin" ou "Jimin e Jungkook que casal lindo". Parece que elas têm um radar para tudo! Vou avisar a Jimin que pare, pois essas coisas podem dar problema, principalmente porque o preconceito ainda é bastante, só que ainda não tive a coragem para perguntar a ele qual sua orientação sexual, mas é tão evidente... 

Enfim, voltando ao assunto, estamos muito amigos. Nos fansings, ele sempre pede para que eu sente ao seu lado. Uma vez, até, não sentei e ele reclamou. Sobre os olhares, eles continuam, principalmente parte de Jimin, mas confesso que também me flagro encarando o mesmo, algumas vezes, ou até mesmo pensando nele. Queria entender por que ele me provoca de uma forma tão nova, estranha, mas ao mesmo, tempo de alguma maneira, é algo que gosto de sentir, algo certo, algo bom. 

Mas isso não tira a idéia de que eu sou hetero! Eu não gosto de Jimin, eu não posso gostar. Primeiramente, por que trabalhamos profissionalmente e nada pode atrapalhar nossa carreira. E segundo porque eu sou hetero, poxa! E eu tenho milhares de armys que são loucas por mim, também sou louco por elas. Mas porque disso ser tão inválido? Claro que as amo, mas se quisesse poderia tê-las para mim. Por  que a imagem de Jimin sempre vêm em minha cabeça ultimamente?

 (...) 

 Finalmente as férias chegaram, todos estamos relaxando e curtindo a piscina, o sol e nossos privilégios no hotel em que estamos hospedados. Passamos o dia na piscina, sempre gravando tudo para nossas armys, a piscina era incrível. Eu e Jimin sempre ficávamos juntos. 

 À noite, eu estava deitado na cama, no quarto onde dormia eu, Jimin e Hoseok. Jimin entra no quarto, observa que estou só de roupão e diz

- Veste algo, vou gravar um live.

- Vou continuar usando o roupão. - Provoco-o.

 Ele revira os olhos e começamos à gravar, informamos todas as novidades às armys e avisamos que amanhã estaremos de volta à Coréia. 

Durante toda a live, decido provoca-lo, me aproximando dele e deixando parte de meu roupão cair, mostrando meu peitoral. Acabando a live ele diz.

- Isso é muito revelador. - Diz subindo meu roupão. 

 Desliga a câmera e vai para o banheiro. Eu então, percebendo que não havia ninguém no quarto, tiro o roupão para colocar um roupa, permanecendo alguns segundos completamente nu. Quando coloco a boxe, Jimin sai do banheiro, então pulo num susto. 

 - Jimin, que susto!!! - Falo cobrindo meu corpo com o roupão.

- Nosso maknae está saudável. - Jimin rir maliciosamente.

Então, ele aproxima-se de mim, fazendo-me dar alguns passos pra trás até me chocar na parede. Ele anda e encosta nossos corpos um no outro, deixando-me confuso com minhas sensações que estava sentindo no momento. Jimin segura meus pulsos com força contra parede. Então pergunto

- O que deu em você? 

 - Eu também não sei. Só sei que estou uma vontade imensa e indescritível de te beijar. 

 O encaro, assustado. Sinto a batida de seu coração disparando, e sua respiração se encontrando com a minha. Jimin estava me causando uma sensação estranha e boa. Confesso que quis beijá-lo, tocá-lo e fazê-lo meu, porém lembro-me de todos os outros fatores que causariam problemas se caso nos relacionarmos. 

Aproveitei alguns segundos o encarando, pois aquilo me trazia um imenso e inacabável prazer. 

 - Jimin-ssi, pare! - Empurrei o hyung levemente para trás, livrando-me daquela parede.  - Não o vejo assim. 

 - Jungkook-ah, eu não sei porque também de eu estar sentindo isso, só sei que é muito bom e não quero acabe. 

 Jimin volta à aproximar-se, dessa vez pondo sua mão em minha nuca, fazendo meus pêlos se arrepiarem. 

 - Não entendeu, Jimin?! Sou hetero! Gosto de meninas! Desculpe hyung, não o vejo assim. Você é um grande amigo, apenas.

 Falo isso, porém desconfio de minhas palavras, não sei de fato se o que falei é tudo verídico. Quando disse que era hetero, estive certo, mas como já disse, Jimin me trazia sensações diferentes que estava gostando de desfrutar, porém melhor não dizer nada, pode acabar estragando tudo. 

 Jimin não tinha como reagir de maneira pior. Ele segura suas lágrimas que ameaçavam cair sobre seu rosto, com os olhos banhados de água. Então retira sua mão de minha nuca, dando as costas para mim e correndo para fora do quarto. O que eu fiz?! 


Notas Finais


Só faz merda Jungkook! Pobrezinho gente... Está tão confuso com o sentimento dele. E o Jimin?! Chorei :(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...