História A Origem - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 2.103
Palavras 1.078
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capítulo, não tô conseguindo parar de escreverrrrr kkkkkkkkkkkk <3

Capítulo 6 - 2u


Fanfic / Fanfiction A Origem - Capítulo 6 - 2u

Comecei a cantar percebendo o olhar de Jimin nos meus. A cada palavra que saia do minha boca, Jimin pousava fixamente seus olhos para encarar-me.

 A camera começou a me gravar, provavelmente para um futuro bangtan bomb. Jimin continuava olhando-me sem sequer uma pitada de discrição.

Seu olhar era um misto de tristeza e uma vontade de me beijar. Eu conseguia sentir isso, mas algo me dizia que ele precisava disfarçar. E graças a uma força divina da natureza, ele parou para me encarar e começou a dançar em frente às câmeras.

Jimin é estupidamente sexy. Seus músculos a mostra, me deixam louco. Era exatamente o que ele queria, de fato. 

Logo depois, Taehyung apareceu e sentou-se com a gente para me ouvir.

 (...)

 - Jungkook! - Jimin grita do outro lado da sala de ensaios. 

Estávamos indo para casa, e todos já iam para o carro. E só estava eu e Jimin naquele cômodo. 

 - Oi Jimin. - Virei para o menino.

- E aquilo mais cedo? Aquela música? - Jimin disse, franzindo a testa.

 - Ah, aquela musica... - Disse me aproximando ele. Suas costas bateram na parede. - Ela é minha música preferida... - Sorri ladino e ele me encarou nervoso. 

 - Jungkook, eu quero... - Jimin falou colocando as duas mãos no meu peito.

 - O que você quer? - Falei sussurrando pertindo de seu ouvido, logo em seguida respirando perto de seu pescoço propositadamente para ver a reação. 

E ela foi a que eu esperava: Jimin arrepiou-se.

 - Eu... - Ele colocou suas mãos em meus ombros, apertando-os juntamente com o tecido da minha blusa. 

 - Hum? - Arrastei meu nariz por toda a extensão de seu pescoço, vendo o menino suspirar e se contorcer. Depois passou as mãos pelos meus cabelos puxando-os. 

- Você não tem esse direito, Jungkook... - Ele disse quando sentiu minhas mãos agarrarem sua cintura e puxar-lo para mais perto. 

- Me fala o que você quer, Jimin. - Agora, sussurrei mais rouco perto de seu ouvido, em seguido mordendo sua orelha. Desci meus lábios novamente para seu pescoço e passei a distribuir beijos por todo ele. Eu só consiguia ouvir Jimin arfar a cada toque meu, e aquilo me fazia continuar. Era bom saber que eu tinha esse efeito nele. 

- Eu quero... - Tentava falar, mas sempre era cortado com um próprio suspiro seu.

- Diz... Já não basta me confundir assim inteiro. Me fazer duvidar de tudo em relação a mim, agora não quer me dizer o que quer? - Disse autoritário, agora lhe encarando. Seus olhos estavam fixos nos meus e sua boca entreaberta, tentando dizer alguma coisa. 

- Eu quero te beijar, JeonJungkook. - Jimin falou apertando ainda mais os fios dos meus cabelos.

 - Por favor, apenas faça. - Disse e não me importei mais com nada. Eu tinha certeza do que eu queria. Era óbvio que eu queria Park Jimin. 

 Nossos lábios estavam a milímetros de distância, nossas respirações encontravam-se e a batida de nosso coração sincronizadamente acelerava. 

 - Você tem certeza, Kook? - Ele recua, perguntando, pendendo a cabeça pro lado. - Quer dizer... Você tá confuso e... 

 - Apenas me beija, hyung. - Falei beijando sua bochecha. 

Encarei Jimin apos beija-lo e ele estava corado. A coisa mais linda do mundo. Era agora que eu iria beija-lo.

- Tem alguém aí? Vou trancar? - Fomos interrompidose quando Jin bate na porta, perguntando. 

- E-estamos aqui. - Jimin disse, nervoso. 

(...)

Saímos com Jin e entramos no carro. 

O carro estava lotado, pois Yoongi havia se machucado durante o ensaio de hoje, então fora com Namjoon para o hospital no outro carro. E nós cinco, iríamos no outro. 

 - Alguém vai no colo de alguém. E eu que não vou ser - Jin ordenou, sentando no banco passageiro da frente, ao lado de nosso motorista.

 Num impulso, ao entrarmos, sentei no colo de Jimin, e senti meu rosto corar violentamente. 

Durante o caminho, sentia o pau de Jimin ficar duro cada vez que o carro balançava e fazia me mexer contra vontade. 

Era um sensação ótima. Confesso. 

Jimin foi até minha coxa, e apertou a sua parte interna. Jimin você não presta. 

 Segurei sua mão e entrelacei nossos dedos, discretamente. 

Senti seu polegar fazer carinho no minha mão. Foi um gesto tão simples, mas que fez meu coração ficar mais quente.

 Jimin era tão especial.

 (...) 

(N/A: escutem 2u Jungkook cover)

 Chegando em casa, todos foram ao seus respectivos dormitórios, pois estavam muito cansados, inclusive Jimin. 

Porém eu, com minha maldita insônia, fiquei mais tempo na sala, assistindo qualquer coisa que passasse na TV. 

Vi no relógio que já eram duas da manhã. Fui na cozinha à procura de qualquer coisa para comer, esquentei umas carnes que Jin preparara e deixara no congelador e comi-as. 

Enquanto eu estava no celular, ainda comendo, pensei no momento em que eu e Jimin passamos hoje. 

Foi tão estranhamente bom, único e um sentimento exclusivamente que eu senti apenas com ele. Foi maravilhoso, foi algo prazeroso, por mais que ainda não nos beijamos. 

Naquele madrugada vazia, senti a vontade imensa de ver Jimin. Tipo, agora. Eu sei que ele estava cansado e provavelmente estar dormindo agora, mas eu precisava dele. Abraçar ele e ficar pertinho dele. 

Fui até seu quarto, observando Taehyung dormindo na beliche de baixo e Jimin na de cima. 

Subi vagarosamente em sua cama, e sentei-me na ponta. 

Observei o mais baixo dormindo, com seus cabelos nos olhos, suas bochechas avantajadas no lençol que dormia agarrado. Sua respiração calma e seus olhinhos fechados. 

Era um anjo. 

Ele estava dormindo de bruços com a cabeça inclinada para a esquerda, então deitei em seu lado, envolvendo sua cintura com meus braços e com minha respiração calma próxima ao seu pescoço.

 Sinti um cheiro característico de sua pele. Beijo suavemente seu pescoço. E entrelaço nossas mãos. 

Jimin despertou-se, porém não abri seus olhos pois estava cansado demais.

- Jungkook?! - O menino falou, retribuindo o abraço de maneira extremamente linda. Agarrando minha mão que estava entrelaçada à sua. Levou até sua boca e beijou-a

- Sim, se importa? - Perguntei beijando seus cabelos e colocando minha cabeça em seu ombro.

- Claro que não. - Beijou minha mão novamente, virando para mim. - Fique aqui essa noite. - Beijou minha bochecha e virou novamente de costas para mim. 

Passei minhas pernas na suas, entrelaçando-as. E permaneci com minha mão entrelaçada a sua. 

- Meu Jiminnie, boa noite. 

 Continuamos assim, até cairmos no sono.


Notas Finais


Awn gente!!! O otp é tão lindo :3 Percebi que sempre tem alguns dos 5 pra atrapalhar esses dois, ave Maria.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...