História A origem (REESCREVENDO) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 2.023
Palavras 1.003
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capítulo! ❤

Capítulo 8 - Kiss


Fanfic / Fanfiction A origem (REESCREVENDO) - Capítulo 8 - Kiss

O show havia acabado, e todos nós estávamos descendo para o camarim. Puxei Tae para um pouco longe dos outros e falei

- O que foi? - Me perguntou confuso. 

 - Você precisa me guardar um segredo, está bem? - Falei, sussurrando. 

- Pode mandar. - Tae respondeu curioso

- Vou levar Jimin para algum lugar aqui, e você distrai os outros para não notar nossa ausência. - Falei. 

- Calma... O que tá rolando entre vocês? - Perguntou me olhando malicioso. - Tá na cara que tem algo rolando... 

- Nada! Ainda.. Ah, Taehyung, depois falamos sobre isso. Apenas faça o que pedi. - Falei apressado.

- Certo.

 Entramos no camarim. Hoseok foi com Jin comer alguma coisa.

- Tô morto de fome. - Jin disse avançando na mesa. 

- Vou tomar banho. - Namjoon falou indo para o banheiro. 

- E eu... Vou dormir. - Yoongi disse deitando no sofá que havia ali. 

Fui até onde Jimin estava sentado, mexendo em seu celular. 

- Minnie... - Cheguei ao seu ouvido. - Me acompanha. - Falei sussurrando. 

Mas levantei e fui até a porta. Vi Jimin sorrir para mim, bloqueando seu celular e vindo em minha direção.

Sair do camarim, esperando ser acompanhado. Me encostei na parede, esperando o mais velho. Não demoraram muitos segundos e ele apareceu, com um sorriso sacana. 

 - Oh, Jungkook. Você por aqui.- Sorriu colocando seus braços em volta do meu pescoço. - Que coincidência, uh? - Perguntou, colocando suas mais em meu peitoral, fazendo movimentos cirritates com seus dedos.

 - Vim aqui para fazer o que eu queria fazer há muito tempo. - Agarrei sua cintura, deixando nossos corpos colados. Puxei seu tronco para mais perto.

 - O que tá esperando? - Jimin me encarou com sua boca semi aberta, e aquilo era de longe um golpe baixo para mim. 

- Oh, merda. - Foi a última coisa que eu disse sem pensar muito, antes de encostar nossos lábios. 

A princípio, era um beijo calmo e demorado, nossas línguas ainda nem se encontraram, apenas estavamos curtindo o momento. Mas logo depois, pedi passagem com a língua e ele logo em seguida cedeu, e nossa, aquilo era a melhor sensação do mundo. Meu peito parecia que ia explodir de tao forte que meu coração estava batendo. 

Eu estava nervoso, me sentia diferente, mas me sentia tão... Mas tão... vivo. Era uma das sensações que Jimin me proporcionava, além de imenso tensão. 

 Eu explorava cada canto de sua boca e a cada segundo o beijo se tornava uma explosão de emoções. Eu o beijava tão necessitadamente. 

Sua boca encaixava perfeitamente na minha. Jimin puxava os fios da minha nuca e minha se arrepiava a cada toque. A minha vontade de descer minhas mãos para a sua bunda e aperta-lá, era maior que eu. Mas eu não queria apressar as coisas, queria que tudo viesse no seu tempo, até por que, isso tudo era muito novo para mim. 

 Após alguns minutos, Jimin separou-se do beijo para recuperar o fôlego mas logo passou a beijar meu pescoço. 

Quando sua boca encostou na minha pele sensível e branquinha, meu corpo entrou em completo êxtase. Jimin, então, passou a beijar cada extensão do meu pescoço, sua boca era tão... habilidosa. Estava curioso em saber em o que mais essa boca poderia me proporcionar. 

Seus beijos logo se transformaram em delicados chupões. E a cada sensação que eu sentia no pescoço, algo no meu baixo ventre crescia. 

 - Jimin-ah.. - Fechei os olhos. 

 - Jungkook, você não tem idéia do quanto esperei por isso. - voltou para minha boca, beijando-a.

- Precisamos sair daqui. - Sussurrei em seu ouvido. 

 Observamos uma porta que tinha naquele corredor escuro. Caminhamos até lá, sem parar o beijo nenhum segundo. Joguei-o, contra parede, pressionando seus pulsos nas mesmas.

- Minha vingança, por ter feito isso comigo uma vez. - beijava, lambia e chupava seu pescoço. O menino erguia sua cabeça, fechando os olhos e soltando leves gemidos.

 Tirei minha blusa, e logo senti o  olhar de desejo de Jimin para meu abdômen, soltando um sorriso.

- Isso tudo é meu? - Jimin disse invertendo as posições, lançando-me na parede e beijando meu abdômen, inclinando-se para baixo. 

Ele seguia uma trilha de beijos que depois transformavam-se em mordidas e chupões. 

 - Jimin hyung, eu precisava disso. - Suspirei,  sentindo seus dentes arranharem meu abdômen. 

Jimin ergueu seu tronco, indo até minha boca, beijando-a novamente. Minha mão vai de sua cintura até seu membro, ereto mas ainda coberto pela calça. Apertei ainda por cima da calça e como consequência Jimin soltou um gemido e dizendo

- Não podemos fazer isso aqui, Kook. - Falou respirando ofegante.

- Eu sei, só não consigo conter meu desejo de te querer tanto. - Sussurrei com uma voz rouca e sexy em seu ouvido. 

Jimin retira minha mão de seu membro e põe-as em sua cintura, como antes.

 - Agora não, Jungkook. Prometo que depois fazemos. - Beijou minha boca mais uma vez, saindo do banheiro. 

 Eu respirei fundo colocando novamente minha blusa. 

Olhei-me no espelho, lavando o rosto que estava suado e ajeitando meus cabelos que estavam assanhados. 

Suspirei, sorri e pensei alto falando

- Jimin me faz tão bem. 

 Sai do banheiro e encontro o resto dos meninos lá no camarim. 

Inclusive Jimin. 

Olhei-o e sorri. Logo voltando aos assuntos que os hyungs conversavam e felizmente, não notaram nosso sumiço.  

Ah, se eles soubessem de tudo que eu e Jimin fizemos... 

- Deu certo? - Taehyung me perguntou curioso e brevemente malicioso. 

- Oh, se deu. - Sorri para ele. - Valeu viu. 

- Que é isso... É pra isso que os amigos servem. - Disse batendo em meu ombro e depois indo ao encontro de Hoseok. Deitou sua cabeça no ombro do menino e começou a usar o seu celular. 

Tá aí uma coisa que eu nunca notei... Hoseok e Taehyung combinam bastante, será que eles formariam um casal como eu de Jimin? 

Esse meus pensamentos mudaram quando vi Jimin me encarando e sorrindo. Ah... Esse sorriso.

 Jimin... Eu sou seu. 


Notas Finais


Gostaram do primeiro beijo deles?! Lindos demais amdssss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...