História A Origem - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 2.151
Palavras 1.665
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiro lemon da fic.. espero que gostem. Tô com vergonha kkkkk

Capítulo 9 - First


Fanfic / Fanfiction A Origem - Capítulo 9 - First

Já fazem alguns dias que eu e Jimin estamos ficando... Digamos que... Numa amizade colorida. 

Digamos que, quando  temos oportunidade para ficarmos sozinhos, aproveitamos da melhor maneira possível. 

Jimin me traz um prazer imensurável, não sei explicar. Algo nele me vicia, e ele me faz querer ficar todo momento com ele. Seu sorriso, seu toque, seu beijo, seu cuidado, sempre me deixa muito a vontade para gostar cada vez mais dele. 

Sim, de fato: eu estava apaixonado por Park Jimin. 

 (...)

 Os meninos estavam na sala de estar, à noite eu estava na cozinha comendo alguma coisa. Então decidi ir até o quarto de Jimin, pois ele estava lá. Ele avisou aos meninos que iria descansar um pouco. Eu não queria perturbar, mas acho que eu não o faria se fosse para lá. 

Fui até sua cama e o vi deitado. Ele estava de bruços na beliche, usando seu celular. Uma cena tão fofinha. Sorri ao ver os menino me olhando, logo ele bloqueou o celular, colocando abaixo do travesseiro. 

Virou-se de barriga de cima e me chamou com os dedinhos. Dei uma risada e subi para ficar ao seu lado.

Deitei-me ao seu lado, de modo que ficássemos um ao lado do outro. Beijei sua testa e ele agarrou-me pela cintura. 

 - Jimin, lembra daquilo que me prometeu quando ficamos pela primeira vez. - Perguntei, após um beijo rápido. 

 - Jungkook, todos estão na sala, mas ainda é possível nos escutar daqui. - O mais velho acariciou meu rosto com uma risada gostosa de ouvir. 

 - Ah... Minnie. Você vai ficar me provocando o tempo todo. - Minha mãos que estavam na sua cintura, desceram para sua bunda. Ele soltou um suspiro demorado e me beijou ferozmente. 

- Seu bobo. - Sorriu em mostrar os dentes, me encarando. - Eu quero que seja especial, sabe... Você ainda não completou a maioridade, Jungkook. 

- E dai? Ah, Jimin. Não acredito que você se importa com isso. - Perguntei indignado. 

- Não, meu bem... Eu quero fazer tudo certinho, entendeu? - Ele falou tentando me acalmar. 

- Você é incrível. - Dei outro beijo demorado e cheio de amor no menino. 

 Depois do beijo, Jimin sorriu sem mostrar os dentes e selou nossos lábios novamente. Um beijo profundo.

- Jimin, pensa com carinho na minha proposta. 

- Que proposta? - Franziu o cenho confuso. 

Fui até seu ouvido, sussurrando sensualmente. 

- Vai no meu quarto mais tarde. - Disse antes de descer os lábios para seu pescoço, depositando um chupao, senti sua respiração ficar descompasuada. 

 - Tá bom... Vou ver se dou uma passada lá. Mas para isso. - Disse me encarando. - Você precisa fazer algo por mim. - Sorriu, me desafiando. 

- Pode mandar. - O subestimei. 

 - Terá que fazer uma massagem em minhas costas. - Jimin diz, sentando na cama e me olhando malicioso. Esse menino!

 - Tudo bem. - Sentei atrás do garoto e comecei à massagear suas costas. Passei meus dedos, delicadamente pelo começo de suas costas e subi meus dedos até a sua nuca. A cada toque eu sentia Jimin suspirar.

 - Suas mãos são tão leves Jungkook. Isso é tão bom. - Jimin fechou os olhos e aproveitando a sensação. Inclinou sua cabeça para frente, abrindo a boca. Eu estava adorando a forma como Jimin estava entregue. 

 Passei alguns minutos massageando suas costas. Depois, aproximei meus lábios de sua nuca, e beijei-a. 

 - Hmmm... isso estava incluso na massagem?! - Jimin continuou com os olhos fechados.

 - Não, mas... - Dei um beijo molhado em seu pescoço, . - Gosta disso? - Transformei o beijo em um simples mordida.

- Para de ser tão apressadinho, meu bem. - Virou para mim, ficando à minha frente.

 - Vai dizer que também não está com vontade também!?

 - Claro que estou. Provavelmente até mais que você. Pode ter certeza. Mas temos que tomar cuidado. - O mais velho segurou em minha mão. - Imagina que caos seria se a gravadora descobrisse algo?! A polêmica que seria... - Suspirou triste. - Tem que me prometer que vai ser discreto diante das câmeras, ok?!

 - Se não me provocar... - Olhei para o ele que deu uma risada.

- Isso é tão difícil quanto o Yoongi passar um dia sem reclamar que está com sono, dongsaeng. - Rimos. 

 Selei nossos lábios por uma última vez e voltei para a sala. Deixei Jimin sozinho para ele descansar um pouco, afinal, ele havia passado o dia todo ensaiando. 

(...)

 Encontrei a sala vazia. 

Pensei 

"Yoongi já deve ter ido dormir" 

"Jin também por que estava cansado, pois preparou um jantar delicioso para nós." 

"Namjoon viajou para resolver uns contratos"

"Hm... então cadê Hoseok e Taehyung?" 

Caminhei até a sacada de nosso dormitório e encontrei os dois garotos deitados juntos, dormindo em uma rede.

 Taehyung com sua cabeça encostada no peitoral de Hoseok, e o mesmo abraçando Tae, com os dois braços. Percebei tambem suas mãos entrelaçadas.

Eles eram adoráveis. 

 Mas pera ai... O que estava rolando entre eles? 

Já não era apenas eu e Jimin que teríamos que disfarçar... Mas pelo visto, ambos nem disfarçar conseguiam.

 Fui até a cozinha, tomei um copo de água e observei Jimin saindo de seu quarto. 

 - Ah... Você está ai - O mais baixo observou-me com o copo de água em mãos, sorrindo 

 - Depois eu que sou o apressadinho não é?! - Deixei o copo na bancada e aproximei-me do menino. 

 - Ah... cala sua boca. - Jimin me agarrou e me guiou até meu quarto, com beijos em meu pescoço. 

(...)

 Me encostou na porta, após abri-lá. Trancou a fechadura e passou a me prensar na parede. 

 Jimin começou a beijar meu pescoço, com chupões, com beijos molhados e leves mordidas. Ele estava me enlouquecendo. Jimin, foi ate a barra da minha camisa,  e ameaçou tira-la.

- Tira. - Falei apressado e ansioso. 

- Você que manda. 

Sorriu, tirando-a e jogando em qualquer lugar. 

Beijou meu abdômen, seguido de mordidas e chupões que provavelmente ficariam marcados. 

Puxei Jimin pelo cabelo, beijando-o necessitadamente. Caminhei com o mesmo até a cama, sem cortar o beijo nenhum momento. Levantei sua camisa, e jogando-a longe. 

Joguei Jimin na cama e fui subindo em cima dele. Tirei sua blusa. 

 - Agora eu estou no comando. 

Meus lábios foram para seu pescoço e desceram até para o seu abdômen, depositando beijos e lambidas. Desci até sua bermuda, encarando seu membro pulsando. Apertei e beijei ainda por cima do tecido. 

 - Porque me tortura tanto, ein? - Jimin revirou os olhos segurando de gemidos de desaprovação quando eu parei.

 - No final vai ser bom. - Falei levantando-me  da cama, tirando minha calça e minha boxe. Ficando totalmente nu.

- É tão grande, merda. - Jimin encarou meu membro com a boca aberta depois volta seus olhos aos meus e sorrir com um sinal para que eu começasse logo. 

Lentamente, tirei sua bermuda. E beijei seu membro, ainda coberto pelo tecido de sua boxe. 

 - Jungkook-ah, vai logo com isso. Por favor. 

 Subi até seu ouvido e falei com um tom autoritário.

 - Não me apresse. Vai ser pior para você, acredite. - Jimin gemeu e suspirou - Preciso te preparar primeiro. 

 Voltei para onde estava e tiro sua boxe. Apertei seu membro e começando os movimentos de vai e vem, fazendo Jimin morder os lábios, lutando contra os gemidos.

Depois coloquei meu indicador dentro da sua boca. 

- Chupa. 

- O que? - Ele perguntou, confuso. 

- Você precisa estar preparado, Jimin. 

- Mas... - Ele encarou meu dedo, ele estava claramente deslocado.

- Tudo bem, eu te preparo de outra maneira. - Sorri, abrindo mais suas pernas e deitando de modo que minha boca ficasse perto de sua entrada. Coloquei meus dedos na minha boca e os deixei bem molhado. 

- Jungkookie.. - Jimin rebolou um pouco mais. Tirei os dedos de minha boca e adentrei um dedo em sua entrada apertada. Fui lendo e delicado. - Ahn. - Jimin gemeu após um suspiro e rebolou um pouco mais, então eu comecei a fazer os movimentos. - Ah, Jungkookie, mais... 

Sorri ao seu pedido, e adentrei o segundo dedo, agora meus movimentos eram frenético.

- Kookie, aah... Por favor... Eu quero te sentir... - Ele rebolava nos meus dedos. 

 Então coloquei cada uma de suas pernas apoiadas nos meus ombros.

 - Eu vou começar. 

- Por favor, vai devagar. É minha primeira vez. - Ele disse com os seus olhinhos fechados. 

- Claro, Jiminnie. Não quero lhe machucar. - Beijei uma suas coxas, próximas ao meu rosto. 

Introduzi meu membro em sua estreita entrada, fazendo Jimin puxar os lençóis e gemer de dor.

 - Jungkook-ah, devagar.

 Após introduzi-lo completamente, deixei-o lá parado, para o que mais velho se acostume. Eu comecei a beija-lo, enquanto meu pênis estava dentro dele.

- Comece, por favor comece logo. - Jimin gemeu, puxando os lençóis com mais força ainda. 

Comecei o a fazer movimentos lentos no início. Até que Jimin insistiu para que eu fosse mais rápido. Então, as estocadas tornaram-se profundas, rápidas e repetitivas. Jimin apenas gemia de dor que logo se transformavam em puro prazer.

 Enquanto fazia os movimentos, massageava o membro de Jimin. Sentidos semelhantes à das estocadas. 

 - Jimin eu vou... - Meu líquido derramou dentro de Jimin. E o dele, em seu abdômen. 

Chegamos ao ápice quase que ao mesmo tempo. Desmoronei ao lado dele. Nossas repirações estavam ofegantes e rápidas. 

O que acabara de acontecer, foi um momento que nunca irei esquecer por ter sido o melhor da minha vida.

 Virei para o garoto que estava olhando pro teto e respirando fundo. 

- Jimin-ssi, foi incrível. Você é maravilhoso. - Beijei suavemente seu queixo e subi para sua boca, selando-a. 

- Eu também achei incrível, Kookie-ah. Não esperava que ia ser tão prazeroso como foi. Gosto tanto de você. - Jimin pegou na minha nuca e agarrou alguns fios de meus cabelos. 

Selando novamente nossos lábios.  

Eu não acredito que eu fiz amor com o cara que eu estava apaixonado. 


Notas Finais


Gostaram??? E o bônus de vhope :3 Lindos dms || Jikook está mais hot do que nunca...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...