História Jikook - Paper hearts - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, V
Exibições 63
Palavras 1.274
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii Pudins e Toddynhos!!! É minha segunda fic, bem diferente da outra por sinal. Espero que gostem e me ajudem caso precise melhorar em algo!
Boa leitura! 😳

Capítulo 1 - Inocente


P.O.V Autora 


Park Jimin, um empresário muito bem sucedido, um dos homens mais ricos da Coréia do Sul. Mora sozinho em seu apartamento luxuoso e invejável. Bem... não exatamente sozinho, pois há a empregada, que cozinha as refeições e limpa o local, já que trabalha o dia inteiro e não pode faze-lo e mesmo que pudesse, tem preguiça. A moça também é usada por Jimin para o sexo, transam quase sempre. Porém, essa semana o homem estava contratando alguém que fizesse essas tarefas. Já que sua empregada havia se acidentado. Park havia pedido no meio da noite para que a mulher fosse lhe comprar um remédio para dor de cabeça, a mesma foi atropelada pois não foi vista pelo homem que estava alcoolizado no volante  enquanto  atravessava  a  rua. O homem de cabelos loiros feito um anjo, o corpo esculpido feito uma obra de arte porém com personalidade arrogante e fechada havia anunciado a oferta de emprego.      


P.O.V Jungkook


Aqui estou eu, na frente do prédio mais chique e bonito que já vi em toda a minha vida. Sei que vai ser uma competição e tanto e que tenho poucas chances de conseguir esse emprego cobiçado por muitos, mas não custa tentar  não  é?. O tal homem bilhonário paga muito bem, muito bem mesmo e é disso que preciso, já que mal tenho conseguido pagar o aluguel de meu apartamento que está mais para um cubículo, a conta de luz e agua estão bem caras e a mais ou menos dois meses  dei tchau tchau  a  internet. Puxei o ar para meus pulmões numa tentativa de me acalmar, costumo ser muito agitado e isso me atrapalha as vezes e agora isso não pode acontecer. Adentrei a estrutura magnifica e fui rumo ao elevador, me debati um pouco com tantos botões, sim, eu nunca tinha usado um elevador...  abriu no andar da cobertura. Andei a passos largos até a porta enquanto massacráva meus dedos para me diatrair da tensão. Bati de leve na porta, a qual demorou um pouco para ser aberta. 

Oi-i - gaguejei para o homem bonito a minha frente, de certa  forma  era  intimidador  - vim  fazer  o  tes-te  para  o  trabalho  se-senhor.

Certo, qual seu nome? - perguntou dando passagem para que eu entrasse e não demorei  para faze-lo. 

Jungkook - meus olhos brilharam ao ver o ambiente . É tudo tão caro , que me deu medo de quebrar alguma coisa de 2.000 reais enquanto limpo. 

Jimin. - foi em direção ao sofá branco  despejando-se nele e despausando um filme que estava vendo, não  dando  muita  importancia  a  mim. - pode começar, tudo que precisa está na lavanderia. 

Assenti e fui para a lavanderia e até a mesma é linda. Fechei a porta  para me trocar, coloquei uma calça moletom cinza e uma blusa branca. Peguei todos os produtos que ia precisar, vassoura, rodo e panos. 



P.O.V Autora


Mal Jungkook sabia que enquanto limpava o chão com a bunda para cima Park mordia os lábios e tentava conter sua ereção. O mais velho havia se impressionado com a beleza do rapaz e como não fazia ideia disso.  O garoto  também  era  barulhento  e  até  quebrou  o  aparelho  de  som  novo,  o  que irritou  Jimin  um  pouco, mas seu jeito meigo fazia com que ele não conseguisse brigar com o pirralho. Ele  estava mechendo  com  Park  sem  ao  menos  querer.   Jungkook cozinhava muito bem, nem em restaurantes muito bons o homem lembrava-se de ter comido algo  tão  gostoso. No fim do dia com alguns tropeços e atrapalhadas do mais novo o apartamento acabou por ficar limpo.

Terminei senh...  Jimin - falou tímido  no  canto  da  sala.  Estava um pouco suado e com as bochechas cor  de fogo. 

Hum. Pode ir tomar banho - respondeu mordendo um pedaço de sua maça. Jungkook fez uma cara de interrogação. Como assim banho? Aqui?  Ou aquilo significava que não tinha sido admitido, e estava expulsando-o. Jimin riu da  expressão  de duvida do rapaz. 

Agora você é meu, então vai ficar aqui a partir de hoje . Esta sujo e precisa se limpar antes  de fazer o jantar, criança - exclareceu de um modo meio estranho as perguntas mentais de Jungkook. 

ELE TINHA CONSEGUIDO! além de que vai receber um salário consideravelmente bom, vai morar nesse lugar de tirar o folêgo. Ao sair da vista do patrão e entrar no banheiro gigante que a pouco tinha limpado fez uma dancinha da vitória, quase escorregando. Tirou as roupas mal cheirosas e molhadas, ligou o chuveiro complexo e tomou um banho quente, nada demorado pois não queria abusar. Ao se secar se deu conta de uma coisa, as roupas, sua outra muda de roupas estava na lavanderia. Corou violentamente ao abrir minimante a porta, só pondo a  cabeça para fora. 

Jiminnn - gritou não muito escandalosamente. Esperou ... sem resposta - aish! 

Não era o caso de Park não ter ouvido, ele mesmo estava com as roupas do novo empregado em mãos. Mas queria brincar um pouquinho, despejou tudo dentro da maquina de lavar. Jungkook MUITO relutante abriu a porta apenas com uma toalha  enrolada em sua cintura. Deu  alguns  passos

Hummm - Park  o  agarrou por trás fazendo com que o garoto quase morresse de susto .

Ahh... Ah eu... Deixei minhas coisa...s - tremia de vergonha. O mais velho estava com as mãos em sua cintura praticamente colando os corpos dos dois. Aquilo  realmente  era  embaraçoso

Ops ,eu coloquei pra lavar sem querer - a respiração de Jimin bateu em seu pescoço fazendo com que o garoto virasse o rosto, Park depositou um beijo em sua bochecha mordendo logo em seguida. 

O senhor... Pode me me... Emprestar uma rou-upa?  - sua respiração estava desrrugulada por conta do contato com  o patrão. 

Não - respondeu simples e direto - e também não posso te emprestar uma toalha - puxou  o  tecido felpudo que cobria Jungkook em baixo. Sorriu  de  canto  com  a  visão . Imediatamente  o  mais  novo se soltou do aperto de Park indignado .

O  que  está  fa-fazendo?! - disparou  tentando  se esconder . O  loiro  apenas  deu  de ombros  fazendo  o  sangue  do  moreno  ferver. 

 Isso é por ter quebrado meu som e pelo amor! não  se  faça  de  inocente ou vai  acabar  na  minha  cama. - acariciou a bochecha mordida do garoto  que  agora  tinha  uma  marquinha  vermelha. Jungkook  não  tinha  entendido  muito  bem  o "vai  acabar  na  minha  cama", achou  que  o  homem  apenas  queria  que  dormisse  com  ele  para  faze-lo  se  humilhar por não ter nem roupas enquanto o outro simplismente cagava dinheiro  e  tinha  tudo  com  um  estalar  dedos . Mas óbviamente não era  bem por aí o que aquilo significava.

Ahh isso é que nós vamos ver senhor todo poderoso! Na verdade está  mais  para  hobbit - se segurou para não dar uns tabéfes na cara do ser que estava a sua frente, afinal agora que conseguiu o bendito trabalho não ia jogá-lo no lixo. Jimin  esbravejou  com  o  comentário sobre  sua  altura  e  o  garoto  se  encolheu  arrependendo-se  de  sua brincadeira. A  expressão  mais  velho  estava  assustadora. Parecia  que voaria  em  seu  pescoço  a  qualquer  instante.

É mesmo? - arqueou as sombrancelhas e cruzou os braços em forma de desafio. Ninguem jamais o havia rejeitado.

Sim, eu sou diferente! - exclamou correndo  desajeitado e entrando nu no único outro quarto que não era o de Jimin, o dos empregados . Logo em seguida ouviu-se um "click" da porta trancando.

É , eu sei - respondeu mais pra si mesmo do que para Jungkook. Parece  que  hoje  não  jantaria  e que  teria  que  cuidar  de  seu  problema  entre  as  pernas  sozinho. Não, não  iria    se  tocar . Park  Jimin  nunca  perde.



Notas Finais


Então, gostaram? 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...