História Jikook - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Bts Lemon
Exibições 238
Palavras 1.078
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Moshi, Moshi Armys..

Postando um lemon e saindo correndo (dasi run)

Capítulo 1 - Jikook


Jimin on.

Estava levando Jeon para casa de carro, o céu estava nublado e de repente todas as luzes da rua se apagaram. Logo começou a cair uma leve chuva que foi aumentando ao poucos, olhei para Jeon que me olhou surpreso.

Jimin: Bem vamos ter que parar em algum lugar - Digo.

Jeon: Não estou vendo nada além de breu - Diz.

Dirigi com os faróis acessos e percebo que não há ninguém na estrada alem de mim e do Jeon, fico meio tenso pela chuva estar aumentando. Foco minha atenção para a estrada até que uma luzinha começou a piscar, reparo que estava com algum problema no motor, logo o carro parou de funcionar e estávamos num lugar onde não havia casa por perto.

Jeon: Aconteceu alguma coisa? - Perguntou me encarando - Por que paramos?

Jimin: O motor já era - Digo e o mesmo arregala os olhos.

Jeon: E agora? - Pergunta. 

Jimin: Calma - Digo pegando meu celular mas vejo que tinha acabado a bateria.

Jeon: O meu tem um pouquinho mas acho que não da para ligar - Diz me entregando o celular, quando disquei o numero e fui ligar acabou a bateria - Eu disse - Ficamos em completo silencio até que - O que é aquilo? - Pergunta apontando para um lugar com letras bem grandes escrito motel em neon vermelho - Podemos ir lá ver se tem algum telefone para ligarmos - Só de ler motel tive pensamento impuros.

Decidimos então ir até o tal lugar, corremos na chuva para não molhar muito, mais foi a mesma coisa de tentar entrar debaixo do chuveiro e não se molhar. Chegamos na recepção encharcados, o lugar estava sendo iluminado por velas, uma mulher que aparentava ter seus 30 e poucos anos nos olhou e sorriu.

XxX: No que posso ajuda? - Pergunta.

Jimin: Poderia nos emprestar o telefone? - Pergunto.

XxX: Infelizmente nosso telefone não está pegando a dias - Diz nos encarando.

Jeon: E agora Jimin? - Pergunta. 

Jimin: Calma estou pensando - Digo - Você teria um celular por acaso? - Pergunto para a mulher.

XxX: Está fora de área - Diz mostrando o celular - Por que não dormem aqui e amanhã vocês podem ligar para alguém - Diz - Sorte de vocês que temos só mais um quarto disponível - Balança uma chave no ar.

Jimin: Não obrigado - Digo recusando a proposta.

Jeon: Quer parar de tomar decisões sozinho - Diz pegando a chave - Não temos para onde ir alem de estarmos ensopados e a chuva só aumentou - Fala pegando em minha mão e começou a me puxar.

XxX: AS VELAS ESTÃO NA COMODA - Grita para que a gente possa ouvir.

Andamos pelos corredores com pouca claridade fornecida pelas velas, ouvi alguns gemidos vindo de algum dos quartos. Isso era constrangedor, alem de estar com Jeon e que eu tive um puta volume pensando em ver ele gemendo.
Chegamos no quarto e entramos, o lugar estava escuro. Caminhei as cegas tentando achar a comoda, bati em um móvel percebendo as gavetas, abri uma e tateei dentro da mesma achando três velas. Procurei alguma coisa para que eu possa acende-la e então achei uma caixinha de fósforo, acendi as velas que clareou o quarto. Jeon fechou a porta se sentando numa poltrona que tinha ali, tirou o tênis encharcado ficando descalço.

Jimin: Vou tomar um banho - Digo entrando no banheiro com uma das velas para iluminar o mesmo, à coloco encima da pia e trancando a porta.

Me despi e coloquei as roupas penduradas para que secassem. Abri o chuveiro e entrei debaixo, estranhei pela água estar morna. Fecho os olhos e me lembro dos gemidos que ouvi no corredor, me excitei um pouco só de relembrar. Me masturbei segurando os gemidos para me aliviar. Termino o banho e coloco minha box que era a unica peça de roupa que estava seca e sai do banheiro.

Jimin: Pronto pode ir - Digo e o mesmo se levanta e vai para o banheiro passando por mim.

Fui até a cama que estava arrumada, me deitei e fitei o teto escuro do quarto. Quando Jeon saiu apenas de box quase tive um orgasmo, fiquei o encarando por um tempo até ele chamar a minha atenção.

Jeon: Que foi? - Pergunta corando.

Jimin: Não faz isso cara - Digo levantando e indo até ele.

Jeon: Isso o que? - Perguntou dando passos para trás ficando encostado na porta do banheiro.

Jimin: Ficar corando sem motivo - Falo me aproximando ainda mais, assim que fiquei de frente para o mesmo, Jeon abaixa a cabeça fitando o chão. Com os dedos ergo seu queixo e vejo sua boca semi aberta. Aproximei meus lábios e o beijei, de primeira o beijo foi calmo mais logo ficou violento. Sinto Jeon puxar meus cabelos levemente. 

Aprofundei mais o beijo, e ergo Jeon fazendo o mesmo entrelaçar suas pernas em mim. Senti seu membro rosar no meu fazendo com que eu gemesse em meio ao beijo. Caminhei com Jeon até a cama e deitei com ele delicadamente, desci meu lábios até seu pescoço dando leve sugadas, senti as mão de Jeon irem até minha box e aperta de leve meu membro coberto pelo fino pano.

Jimin: Para que pressa - Sussurro em seu ouvido - Temos a noite inteira.

Jeon: Não quero esperar - Diz perto do meu ouvido.

Jimin: Okay então - Digo me levantado e tirando minha box, Jeon faz o mesmo ficando nu. Mordo os lábios fitando seu corpo nu, fiz o mesmo deitar na cama e fiquei por cima. Posicionei meu membro em sua entrada forçando passagem, por fim quando estava dentro do mesmo comecei a me movimentar.

Jeon: T-ta do-doen-do - Gagueja, passo minha mão em seu rosto tirando seus cabelo da testa.

Jimin: Calma logo passa - Falo, dirijo minha mão até seu membro o masturbando para tentar dar prazer para o mesmo.

Jeon: Ah Ji-minnie - Geme baixo. Começo a aumentar os movimentos das estocadas junto da masturbação. Gemiamos roucos naquele quarto escuro que era iluminado por velas. Beijei seus lábios e dei mais algumas estocas e me desfiz dentro do mesmo, o membro de Jeon pulsa em minha mão e ejacula um jato sujando nossos abdomens. Deito do seu lado arfando.

Jimin: Podemos repetir isso mais tarde - Digo e recebo um sorriso nasal de Jeon.

Jeon: C-claro - Arfa.

Abracei o mesmo adormecendo.


Notas Finais


Bye...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...