História Jikook, a noite passada. - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Girls' Generation, Got7, Seventeen, TWICE
Personagens Hansol "Vernon" Chwe, Jackson, Jennie, J-hope, Jimin, Jungkook, Kim Mingyu, Lisa, Mark, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Rap Monster, Seungcheol "S.Coups", Taeyeon, V, Yugyeom
Tags Adolescência, Blackpink, Bts, Got7, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Minsol, Monayeon, Seventeen, Twice
Visualizações 38
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - Vai ter festa?


Fanfic / Fanfiction Jikook, a noite passada. - Capítulo 14 - Vai ter festa?

“Jungkook”

“Eu”

“Você acha mesmo uma boa ideia fazer uma festa? Tipo… até ontem a gente mal queria que nossos amigos soubessem… E agora a escola inteira sabe…”

“É. Você tem razão Jimin. Quer que eu converse com o Yugie?”

“Não. Até porque a escola toda já foi convidada”

“Pois é… Ele não pensou duas vezes antes de chamar a galera toda”

“Eu quero muito que isso dê certo. Mas eu tenho medo, sei lá, de que isso piore as coisas. Eu sei que ele só quis ajudar a gente. Mas ele não entende como é viver isso. Não é ele que está sendo observado a cada virada de corredor, entende?”

“Claro, você tem razão. Acho que me empolguei também”

“Desculpa Kookie, eu não queria te deixar para baixo”

“Não, não. Foi bom você ter falado isso, de verdade. E sinceramente, nada em mim anda ficando pra baixo quando você está por perto”

Jimin ri e bate no ombro de Jungkook.

“Besta”

“Bom, acho que nós dois devíamos conversar com ele. Ele é nosso amigo. Deveríamos pelo menos dar um toque. O Yugie sempre foi desse jeito meio impulsivo e louco. Mas talvez seja legal a gente falar o que a gente sente sobre tudo isso”

“É, podemos tentar…”

“Agora me dá um abraço aqui”, diz Jungkook, puxando o Jimin para perto. “O ônibus nem chegou e eu já estou sentindo sua falta… NOSSA, AGORA EU FUI MELOSO”

“Haha, só um pouquinho”, Jimin abraça Jungkook e fecha os olhos enquanto faz isso. Sabe que algumas pessoas podem estar vendo eles, mas resolve, só por aquele instante, não se importar com mais nada além do quanto era bom abraçá-lo.

~^.^~

Yugyeom chegou à sorveteria que sempre ia com Jungkook quando era pequeno. Havia recebido uma mensagem dizendo que queriam encontra-lo para falar sobre a festa. Logo avistou os dois sentados em uma mesa.

“Olá pombinhos!”

“Oi Yugie, senta aí”, diz Jungkook.

“Então, eu já pensei em tudo. Os caras vão instalar um tobogã amanhã cedo na minha piscina. Vai ficar fodastica. E eu contratei um Dj que já tocou na Tomorrowland. Não é irado? Ah, vai ter umas bebidas também. E relaxem que meus pais estão de boas. Eu chorei um pouco falando que era a última festa do meu colegial e que nunca mais ia ver ninguém e ia ficar sem amigos e provavelmente entrar em depressão e eles logo disseram que podia fazer a festa…”

“Yugie, eu conversei com o Jimin sobre… Pera, quantos metros tem o tobogã?”

“Kooookiee…”

“Ah, sim, desculpa Jimin. Então Yugie. É que a gente não tem certeza se é uma boa ideia fazer uma festa”

“Hã? Como assim… eu achei que ia ser massa juntar todo mundo…”

“E é Yugie. Mas a gente até pouco tempo mal sabíamos como lidar com o que estamos sentindo. Agora todo mundo sabe que…”

“Ok, eu sei onde vocês querem chegar. Por eu ser hetero e riquinho não entendo os sentimentos de vocês e estou exagerando. E quer saber, vocês estão certos na primeira parte, mas não venham me falar que não sei o que vocês passam. Eu sei que as pessoas olham torto para vocês. Cara, eu ando com vocês, esqueceram? E, sério. Eu sinto muito ódio dessas pessoas. Quero brigar com elas. Elas não sabem quem vocês são. Vocês são caras legais, inteligentes. Gostam de séries e tudo mais. Só idiotas não gostariam de vocês. E é por causa de tudo isso que eu quis fazer essa festa. Não quero mais que vocês se sintam assim. Não quero ver vocês abaixando a cabeça, porque não são inferiores a ninguém, isso é ridículo demais. Demais!”

Jimin e Jungkook viram quando a lágrima caiu do rosto de Yugyeom e ele limpou rapidamente.

“Yugie… eu… não sabia…”, começou Jungkook.

“Bom, agora vocês sabem”, disse ele abrindo um sorriso. “Vocês são meus melhores amigos e… e eu amo vocês. Nunca mais vou deixar ninguém fazer isso. Nunca. Eu prometo”

Jungkook abraça seu amigo.

“Nós também te amamos”, diz Jimin.

“Tá. Agora parem com essa viadagem”

E os três riem.

~^.^~

Na véspera para o dia da grande festa a Seoul College não falava de outra coisa.

Todos tinham grande expectativa para os da escola tinham grande expectativa para esta festa, que Yugyeom prometia ser a mais incrível de suas vidas.

Jennie já havia desistido de ir contra a festa e começou a ajudar na organização. Ela e Yugyeom discutiam constantemente sobre várias coisas, desde a cor das mesas até a escolha de músicas da festa. Ela queria funk, Yugie queria rock, ela queria k-pop, ele reggae. Mas aparentemente depois de algumas brigas eles acabaram entrando em acordo.

Os quatro estavam sentados na mesa de sempre quando Jennie fica assustada ao olhar para alguém que atravessava os alunos em sua direção.

“Galera, acho que estamos encrencados”, diz ela.

“Quem é aquele cara?”, pergunta Yugyeom.

“Ele é o pai da Jennie”

Ela pensou em correr, mas era tarde demais.

“JENNIE! Olá rapazes. Jennie! Que história é essa de festa?”

“Eita”, diz Yugyeom.

“Pai, é só uma festinha com meus amigos. Não precisa se preocupar”

“Sinto muito. Já estou. Por isso tomarei as providências necessários”

“Não pai!”

“O senhor não vai deixar a gente fazer a festa?”, pergunta Jimin.

“Claro que eu vou deixar”

“Ufa”, diz Jungkook.

“Mas com condições”, diz Jennie.

“Exatamente”

“Lá vem ele”

“Primeiro, nada de bebidas alcoólicas. Segundo, nada de coisas com fogo saindo por qualquer parte do corpo de alguém. Terceiro, nada de jogos que as pessoas tirem as roupas. E quarto, um adulto deverá estar presente na festa”

“Senhor, eu já contratei alguns seguranças”, interrompe Yugie.

“Isso é muito bom. Mas quero um adulto que fique responsável caso aconteça algo”

“Tipo quem pai?”

“Taeyeon”

“NÃÃÃÃOOO!”

“Sim. Ela fará parte da festa. Ou vocês concordam com isso ou teria infelizmente teria que comunicar outros adultos. Estes sim, poderão impedir a festa”

“Tudo bem. Nós concordamos”, diz Jungkook.

“Ok, obrigado e tenham um bom dia”. Os quatro observam enquanto um senhor vai embora tranquilamente.

“Jennie, quem é Taeyeon?”

“Ah, logo vocês vão descobrir”



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...