História Jikook-amor de assassino - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Jikook
Exibições 56
Palavras 933
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Poesias, Shoujo (Romântico), Super Sentai, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


olaaaa eu so tenho uma coisa a dizer
preparem o kokoro

Capítulo 8 - Boquete??


Fanfic / Fanfiction Jikook-amor de assassino - Capítulo 8 - Boquete??

ele pediu passagem com a lingua e eu cedi ficamos ali por um bom tempo sua lingua explorava cada canto da minha boca e eu apenas aproveitava ate que nos separamos pela falta de ar ele me olhou bem nos olhos e sorriu veio em minha direçao para selar nossos labios novamente mas eu recuei 

jungkook- o que foi? 

eu nao respondi nada apenas me sentei e pensei no qual perigoso esse romance era um  assassino e um psicologo? aonde estou com a cabeça? ele caminhou ate a cadeira ao meu lado e se sentou ficamos ali por um bom tempo eu pudi perceber que ele me olhava pelo canto dos olhos parecia querer falar algo mas nao falou deixou o silencio continuar acho que ele quer que eu diga algo mas...meu orgulho e maior foi ele que me beijou ele que devia falar algo mas nao ele apenas se levantou e andou de um lado  para outro aquilo me deixou tonto ate que apertei o botao do foda-se e decide quebrar o silencio

jimin- eii assim eu vou acabar vomitando, se acalme nao foi tao ruim assim foi so um beijo ja nos beijamos antes nao e motivo pra tanto

jungkook- serio? voce pareceu nao gosta ate recuou 

jimin- eu fiz aquilo porque parecia o certo a se fazer 

jungkook- achei que gostasse de mim

jimin- e eu gosto e que alguem poderia nos ver nesse momento anormal

jungkook- ''anormal''? 

jimin- sim vc nao acha anormal dois homens se beijando?

jungkook- nao vc acha ?

jimin- nao mas as pessoas...-ele nao me deixou terminar me empurrou na parede e levantou meus braços ficou bem proximo a mim

jungkook- vc se mporta com o que as pessoas vao achar?

jimin- n-nao m-mas me importo com a s-sua reputaçao

jungkook- eu nao me importo com isso e acho que vc tambem nao precisa se importa - ele me beijou novamente dessa vez o beijo era feroz e violento a falta de ar se aproximava entao terminei o beijo dando uma mordida em  seu labio

jimin- ok ja que vc me quer tanto assim- falei fazendo ele se sentar na cadeira sentei em seu colo e comecei a rebolar pudi sentir o quanto excitado ele estava sai e de seu e me ajoelhei a seu lado comecei a aperta seu membro  ainda por cima da calça ele fechou os olhos soltando um gemido baixo

jungkook- ahh...o-oque pretende f-faze j-jimin ahh

jimin- o melhor boquete que alguem ja fez em vc -abri o zipper de sua calça e o ajudei a tira-la ele tirou a cueca o meu queixo cai no chao ao ver aquilo ( cade minha pureza ? ah a lara roubou) 

jungkook- fique avontade babyboy- dei um sorriso de lado e começei a chupa-lo fazia  movimentos para cima e para baixo com a boca e ele apenas gemia comecei a ir mas rapido ele jogou a cabeça para tras continuei 

jungkook- i-isso ....ahh ...ahh hum isso..nao pare estou quase...

quando ele disse isso parei queria provoca-lo deixar bem claro que nao sou igual as namoradinhas dele ele me olhou com raiva

jungkook- ei mas o que e isso

jimin-  nao vou deixar vc gozar na minha bela boca 

jungkook- que ? para de graça jimin termina o que começou

jimin- resolva isso vc...vou tomar um banho- sai da sala o deixando sozinho comraiva com certeza 

tomei um banho e decide voltar pra sala pudi ver que la tinha uma televisao daquelas antigas chegando la vejo uma cena maravilhosa JUNGKOOK BATENDO UMA GEMENDO MEU NOME 

jungkook- oh, jimin-ah...-logo um liquido escorreu por toda sua mao depois daquilo achei melhor voltar para o quarto ja era de tarde mais ou menos umas 5 horas jungkook ainda estava la em baixo assistindo entao resolvi cantar 

''escute as batidas do meu coraçao ele esta te chamando por voltande propria nessa escuridao vc esta brilhando tanto me de a sua mao me salve me salve eu preciso do seu amor antes que eu caia me salve me salve''

paro de cantar quando vejo jungkook na porta sorrindo ele vem ate mim e me abraça com força quem e ele na fila do pao pra me atrapalhar justo na hora que eu mais gosto 

jungkoo- vc tem uma bela voz - me apertou como se eu fosse um bringuedo 

jimin- esta me sufocando 

jungkook- eu te fiz um elogio o minimo que podia fazer era agradeçer ne?

jimin- obrigada.-ele me solta e me da um selinho ficou me olhando nos olhos mas para quando o celular começa a tocar ele atende e sai do quarto fico alguns segundos la mas ai descido ir ate ele o vejo  na cozinha desligando o celular 

jimin- jungkook?

jungkook- sim? 

jimin-quando minha felicidade acaba? 

jungkook- esta se referindo a quando voltaremos ?

jimin- s-sim 

jungkook- amanha 

jimin- dormiremos aqui? 

jungkook- sim no mesmo quarto- me olhou com cara de pevertido 

jimin- aish...nao me olhe assim

jungkook- seu boquete so nao foi mas perfeito porque infelizmente vc parou 

jimin- o que tem pra comer aqui?

jungkook- quer mesmo saber?- entendi o que ele quis dizer

jimin- NAO

jungkook- aff chato 

tudo estava perfeito naquele momento nada mais passava em minha cabeça so queria aproveitar aquele momento de noite comemos COMIDA e fomos dormir JUNTOS na mesma CAMA ja estavamos enroladinhos prontos para dormir

jungkook- jimin cante para mim sua voz e tao bela 

jimin- que musica quer que eu cante

jungkook- a qualquer uma 

jimin- ok- soltei a voz e cantei ''save me '' ate ele pegar num sono logo adormeci tambem

 

 

 

 

ohhhhhhhhhhh beijoss


Notas Finais


arrepiei toda kkkkk
desculpe-me os erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...