História Jikook- Amor Familiar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Exibições 185
Palavras 1.992
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Lemon, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ola Pessoas que AMAM Jikook 💜
Bom essa é a minha primeira fanfic
Então me perdoem se tiver erro ou coisas so tipo
Mas espero que gostem
Boa Leitura ;D

Capítulo 1 - Capítulo Único


Jimin~on
Me chamo Park Jimin, tenho 21 anos, moro em uma pequena casa em Seul, junto com meu primo... Jeon JungKook, o mesmo veio para cá pois estudamos na mesma universidade e sempre fomos muito próximos, e meus pais não queriam que eu ficasse sozinho, mesmo já sendo adulto, então deram essa ideia, o que me agradou muito pois tenho certa “tara” pelo meu priminho.
Meu primo é mais novo 2 anos, e já acostumado com a sua presença, agora me sinto grandemente responsável por ele, seu jeito é tímido e fofo, o que me faz ve-lo mais como uma criança do que um rapaz de 19 anos, porém isso não e ruim quando se fala de JungKook. Meu primo pode parecer inocente porém é muito astuto e provocador, o que me excita sem ao menos perceber, já me peguei pensando em como deveria ser estar dentro daquela criatura maravilhosa e desejável, sendo repreendido por mim mesmo ao lembrar que...
É o meu primo

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Acordo em uma amanha de sábado com o sol entrando pela brecha na cortina, dou um longo bocejo e me levanto de vez, sigo para o banheiro onde faço minhas higienes pessoais, ao sair passo meu desodorante e perfume e vou para o guarda-roupa onde escolho vestir uma calça moleton cinza e uma regata branca, ao terminar de me arrumar, vou para cozinha preparar o café da manhã, enquanto fazia o mesmo ouço passos e me viro, me deparando com um JungKook andando cambaleando devido ao sono
É tao lindo mesmo de manha
Ele me ve e sorri vindo em minha direção
- Bom dia Hyung- diz me abraçando
- Bom dia Kook- retribuo o mesmo, sentindo seu cheiro natural invadir minhas narinas- vá se arrumar o café logo estará servido
- Hyung, lembre-se que voce prometeu assistir filme comigo hoje- fala manhoso logo fazendo bico
- ai Kook... tudo bem- o mesmo sorri e seus olhos brilham, ele sai correndo se arrumar, eu não estava nem um pouco afim de assistir filme, não é que eu não goste, é por que, quem escolhe é JungKook, e seus filmes preferidos são de romance, e eu sempre durmo deixando o coitado sozinho, mas dessa vez juro que vou aguentar todo tédio por ele.
Após alguns minutos Kook reaparece todo sorridente, nós comemos e depois nos dirigimos para a sala para assistir o “tao esperado” filme, que alias nem sabia sobre o que era
- Sobre o que é esse filme, amor não correspondido de novo?- digo e o mesmo me olha revirando os olhos
- Bem.. mais ou menos, é sobre uma menina que gosta muito de um de seus colegas de sala, porém quando ela finalmente decide se declarar, tem uma surpresa muito desagradável
- Qual é a surpresa?
- Não durma e você saberá- diz isso fazendo nos dois rimos
Despois de ajeitar a televisão e colocar o filme Kook se ajeita no sofá ao meu lado e finalmente dá play, começamos a assistir, o filme estava me chamando a atenção, a história estava interessante
~~~~~~alguns minutos depois~~~~~~~~
“- eu... eu só queria dizer que... que eu gosto muito de você, queria ter falando antes mas... não conseguia criar coragem, por favor me de uma chance- dizia tudo de cabeça baixa devido a vergonha
- Olha... eu... haha nem sei como dizer isso, você é uma menina legal, bonita, inteligente mas... eu... eu gosto de meninos...

- O QUEEEEEEE???????- digo tampando minha própria boca, Kook me olha assustado
- Pra que isso Jimin?
- Eu só fiquei surpreso, tadinha da menina
- Mas ele tinha mesmo um jeitinho- diz e nos rimos, após alguns segundos aparece no filme, o garoto e seu namorado demonstrando afeiçoes de carinho muito intimas o que estava me deixando sem jeito, sempre quis saber como seri-
- Hyung?- kook me chama baixinho e eu o olho
- O-O que?- gaguejo pois os gemidos vindo da televisão estavam me deixando nervoso
- como deve ser...- kook permanecia de cabeça baixa, não me diga que...
- C-Como deve ser o que?- eu realmente precisava perguntar? Sinto um tipo de shok em algo abaixo da minha barriga
- I-Isso- diz apontando para a televisão, ao olhar, vejo o que os dois estavam... transando, tiro minha visão daquilo e volto a olhar JungKook, ele estava todo encolhido, corado e de cabeça baixa, eu finalmente entendo o que ele realmente queria, o que eu também sempre quis, será a minha chance?, sem pensar mais alguma coisa, pego seu pulso e o puxo contra mim o abraçando
- você quer realmente saber?- sussurro em seu ouvido e o sinto arrepiar, aproveito e mordo sua orelha, ouvindo uma arfada vindo dele
- Q-Quero- como em um impulso o jogo no sofá ficando em cima dele, me inclino e começo a beija-lo, sua boca como eu sempre presumi, tinha um sabor único e a sua língua se enroscando na minha me fazia ir ao delírio, estávamos em um beijo profundo e afoito, ele arfava durante o beijo fazendo algo em mim “despertar”, infelizmente o ar se fez necessário e nos obrigou a nos separa, porém sem perda de tempo resolvo atacar seu pescoço bem branquinho, alterno entre morder, chupar, e beijar, o deixando todo vermelho, mas vejam o meu lado, eu já queria aquilo a muito tempo e agora que ele estava ali, eu não iria me poupar não, volto a beijar sua boca, coloco minhas mãos em sua cintura levantando-o para tirar aquela camisa que no momento estava atrapalhando, após tira-la, jogo em qualquer canto da sala voltando a ficar por cima, desço meus beijo para seu tronco e beijo toda a extensão de sua barriga, indo de encontro aos seus botões que já estavam meio rígidos devido o prazer, mesmo assim resolvo morder de leve, ouvindo um gemido de prazer como resposta, sorrio com aquilo e continuo a estimula-lo, desço uma de minhas maos até a barra da sua calça e abro a mesma, jogando-a também para longe, me inclino e fico de frente ao seu membro coberto com aquela ultima peça de roupa
A que eu mais queria tirar, porém antes queria brincar
Olho para kook e o mesmo estava apoiado nos braços para ver tudo o que eu pretendia/iria fazer, lhe olho malicioso e ele cora, beijo seu membro por cima da sua cueca e sinto que já estava alegrinho, continuo a tortura-lo
- J-Jimin... v-vai logo- olho fingindo confusão
- como assim Kook? O que você quer que eu faça?
- J-Jimin...- seu rosto estava MUITO vermelho
- Diga Kookie, diga - me inclino ficando frente a frente
- M-Me chupa- sorrio vitorioso e desço rapidamente arrancando devagar com os dentes a sua cueca, me surpreendo ao ver que o seu membro pula ao ser liberado, beijo e sua glande e toda a sua extensão, kook geme, sem aviso prévio abocanho seu membro de uma vez
-AAAHHH...- seus gemidos são musica para o meus ouvidos, começo com o famoso vai e vem, logo depois começo a masturba-lo, sinto as mãos dele em meu cabelo ditando o ritmo que queria que eu fizesse, e me deixo ser guiado, até sentir em minha boca o seu gozo, sem nem pensar engulo de vez
- Voce é saboroso- digo e sem seguida o beijo para ele sentir o próprio gosto, eu ainda estava vestido e parece que kook não deixou isso passar em branco, pois o mesmo rapidamente inverte nossas posições arrancando com certa violência minha blusa, apreciando a imagem que estava tendo de meu abdômen, logo sinto seus beijos em meu pescoço e arfo, ele vai descendo até chegar na barra da minha calça, o garoto inocente já não estava ali, ele me olha malicioso e desabotoa lentamente me deixando aperreado
- Você que se vingar?- ele me olha e sorri
Com minha calça já na puta que pariu, ele começa massagear meu membro coberto, beijando e tocando, minha sanidade já estava na merda a muito tempo, ele tira minha cueca e meu membro pula para fora, kook o olha surpreso
- Voce é meio grandinho não é Jiminie?- eu aceno e ele sorri e abocanha me tirando um gemido muito alto, ele vai e vem lentamente me torturando, não aguentando mais, pego seus cabelos e dito o ritmo assim como fez comigo, quando estava para gozar o obrigo a parar recebendo um murmúrio de reprovação
- Vira – no instante obedece ficando de quatro, levo dois de meus dedos até sua boca e o mesmo começa a chupa-los, quando acho que está bem lubrificado faço-o parar me ajeitando atrás dele, coloco apenas um dedo e ele reclama
- Tudo bem?- ele acena- quer que eu pare?
- não se atreva- rio de seu comentário e começo a movimentar meu dedo dentro de si, não via a hora de ser meu pênis, coloco o segundo e ele resmunga mais alto, começo a fazer movimentos de tesoura, para alargar sua entrada depois de mais alguns movimentos acho que já esta pronto, me posiciono atrás dele e começo a inserir meu membro grandinho em seu entrada
- aahhh... AAahhh... AAAHHH- ele grita alto e eu me espanto não queria o machucar- Kookie tem certeza?
- J-Jimin... espera só um pouco... eu vou me acostumar- aceito a sua decisão e espero ele se acostumar, após alguns segundos sinto o mesmo rebolar indicando que já estava pronto, tiro meu membro e enfio lentamente
- Aaahh...hum...- Kook geme alto e eu estava me segurando para desistir da paciência e fode-lo forte ao ponto de não poder andar, mas por amor a ele resisti, continuei com as estocadas lentas, mas...
- Jiminie?
- Q-Que?
- Mais... mais rápido- era tudo o que eu queria ouvir, o viro brutalmente fazendo ele ficar de barriga para cima, me inclino e o beijo enquanto estocava mais rápido e forte, gemíamos entre o beijo, sua entrada era tao aconchegante e quentinha, enquanto ainda estocava, pego seu membro “esquecido” e começo a masturba-lo
- Mais... mais.. MAIS- aquele menino tava sem duvida pedindo pra andar de cadeira de rodas, e não seria EU quem não iria atender a um pedido desse, o sofá rangia de acordo com nossa movimentação e até mesmo tínhamos esquecido do filme que ainda passava na Tv, os únicos sons que eu ouvia eram nossos gemidos e o barulho da sua entrada sendo invadida por mim, saio de dentro dele e me sento no safá, o mesmo parece ter entendido o meu recado pois vem engatinhando até mim
- Senta no colo do priminho senta- ele coloca uma perna de cada lado
- Daddy- Sussurra
Puta que pariu
- Me ajuda a sentar?- fala manhoso e eu pego em sua cintura o fazendo sentar bruscamente, recebendo um gemido alto e manhoso, o auxilio a quicar em meu membro
- AAAAHHHH- Kook geme quando finalmente acerto seu ponto sensível- Ai Daddy, ai- continuo acertando dando a ele um prazer inexplicável- J-Jimin... acho que vou...- sem terminar a frase o líquido de Kook lambuza o meu abdômen, o deito no sofá e continuo a estocar ate que eu também chego no meu ápice
- Que visão linda- digo ao ver meu gozo saindo de sua entrada, Kook estava muito ofegante e suado, eu não estava diferente, subo em cima dele e o olho fundo nos olhos
- Eu te amo- finalmente digo, e lhe beijo novamente transmitindo todo meu carinho e amor, ao me separar sou surpreendido
- Eu também, aliais sempre, nunca disse nada por medo de você se afastar e pelos nossos familiares, mas eu te amo muito- me abraça e eu retribuo, em seguida me ajeito no sofá o deitando com meu peito, mas antes de cair no sono digo mais uma coisa
- Agora você é meu- beijo sua testa e fecho os olhos, ficando muito feliz ao lembrar de que quando acordar, ele irá estar ao meu lado
Sempre...

The end

Notas Finais


Poise gente foi isso
Espero que tenham gostado 👍
Logo logo irei estar postando mais fics e pegando o jeito
Ate a próxima 👄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...