História Jikook| Save Me - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bts, Depressão, Jikook, Jimin, Jungkook, Mutilação, Psicopatia, Tragedia
Visualizações 121
Palavras 897
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Fluffy, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - .living in a dream.


Fanfic / Fanfiction Jikook| Save Me - Capítulo 9 - .living in a dream.

*Jimin pov on*

Depois de sair da casa do Jungkook, fui caminhando até a minha casa de volta, mesmo sabendo que minha família estava la. Coloquei meus fones de ouvido em uma música qualquer de "Little May", minha banda favorita, e continuei andando. Merda, não queria ter magoado o Jungkook daquele jeito, e isso estava me corroendo por dentro. Tinha que voltar e me desculpar com ele. Eu sei que só estou fazendo isso para proteger ele de mim, mas não posso deixá-lo daquele jeito.

Dou meia volta e começo a andar em direção a casa dele.

(...)

Chego e bato na janela, mas ele não atendeu, então simplismente destranquei por fora e entrei. Estava tudo exatamente como quando estava aqui uns 20 minutos atrás, mas o quarto estava vazio, e a porta do banheiro fechda com apenas uma fresta, dando para ver um pouco do outro lado. Fui até lá e me assustei com ele jogado no chão. Primeiro achei que ele estava morto, mas ele não podia estar... não ia me perdoar por isso.

Seu pulso estava com um corte que ainda saia sangue, mas pouco, e seu celular estava na bancada da pia. Peguei o celular e debloqueei, mesmo paracendo um pouco de abuso, ele não podia morrer certo?

Fui em suas mensagens, mas não li nenhuma, apenas mandei uma mensagem para o "Tae", como estava salvo o nome do contato. Deve ser aquele garoto loiro que estava vom ele aquele dia na pracinha.

"Oi aqui não é o Jungkook, ele está desmaiado vem rápido pra casa dele" • você, 20h06
"O que? Quem é?" • Tae, 20h06
"VEM LOGO" • você, 20h07


Depois disso peguei ele no colo e o levei até a cama, o deitando na mesma. Não fiquei olhando tudo no celular dele, até porque não dou a mínima para o que ele esconde da sociedade. Poucos minutos depois o Taehyung chegou e bateu na janela. Ele parecia desesperado. Abri a janela e ele entrou.

- O Jungkook tá' bem? - perguntou meio ofegante. Acho que ele veio literalmente correndo.

- Ele tá' desmaiado. - aponto para o mesmo na cama.

- Aish, droga! A gente prescisa levar ele pro hospital!

- Agora? - pergunto pensando como faríamos aquilo se nem um de nos dois tinhamos carro. - Como vamos fazer isso? 

- Ah sei lá... - ele para pra pensar e me encara - Por sinal o que estava fazendo no quarto do Jungkook?

- Prazer, Jimin, o garoto que invadiu o quarto dele e começou a falar com ele do nada.

- Você é doido. E eu sei que seu nome é Jimin, lembro de você aquele dia lá. Você também é da minha sala né?

- Sim... - do nada o Jungkook se meche.

- JUNGKOOK? - o loiro ao meu lado berra.

- Hum... - o Jungkook resmunga - Ai, o que aconteceu? O que vocês dois estão fazendo no meu quarto?

- Jungkook você tá' bem? - pergunto.

- Sei lá... mais ou menos... como vim parar na minha cama? Taehyung?

- Você desmaiou, o Jimin me mandou mensagem e eu vim correndo. - o garoto responde.

*Taehyung pov on*

O que diabos o Jimin estava fazendo no quarto do Jungkook para ele saber que ele estava desmaiado?

Cheguei na casa dele que nem um louco, afinal meu dongsaeng estava desmaiado e poderia estar tentando se matar pela terceira vez, mas ainda bem que não era isso. Ele explicou toda a história, depois que o Jimin tinha saído, e ficamos na sua cama, conversando enquanto ele estava deitado com a cabeça em meu colo e eu fazia cafuné em seus cabelos.

- Jeongguk... por que não estava se alimentando direito? Você vai acabar desmaiando... eu não quero que isso aconteça de novo...

- Já até perdi a conta de quantas vezes tivemos essa mesma conversa so que com palavras diferentes. Eu não sinto fome e só de pensar em comer já me deixa enjoado...

- Kookie você vai comer e vai ser agora! Vai lá na cozinha e pede pra Jihyo fazer alguma coisa para a gente comer! - a Jihyo era a empregada que trabalhava na casa do Jungkook, mas eu considerava ela quase que da família, afinal, ela conhece ele dês de que ele nasceu, praticamente.

- A não Tae... - resmunga.

- "Anão" é um gigante que não cresceu! - dou meu sorriso quadrado que sei que, modéstia a parte, encantava qualquer um.

- Aff! - ele se levanta indo em direção a porta. - Já volto.

Ele sai, me deixando sozinho em seu quarto. Olho para o pequeno caderno que ele tinha deixado sobre a mesa e vou até ele. Aquele era mesmo o diário dele de anos atras?

Folheei folha por folha, relembrando vários momentos que passamos juntos, afinal, eu fui seu único amigo dês de que ele tinha 5 anos, e ele estava em todas as minhas lembrancas mais importantes, assim como eu estava nas dele. 

Depois de um tempo ele entra no quarto com dois pratos com sanduiches que pareciam estar deliciosos.

- O que estava fazendo? - ele pergunta.

- So lendo seu diario da quinta serie. - dou um sorriso de lado, e ele também. 

- Bem, aqui está o seu sanduiche - ele me entrega o prato com o alimento, que logo dou uma mordida considerável.

- Hum... tem queijo aqui?

- Acho que sim... - responde de forma apática.

- Não vai comer?

- Já disse que não estou com fome.

- Chega diso Kookie. So come... por favor. Eu quero ver você bem. 



Continua...






Notas Finais


Ou manooo

Desculpa por n postar isso antes, mas e q eu fiz dois capitulis depois desse, mas n tava conseguindo terminar esse, dai agora eu ja tenho dois capitulos prontos...

E tbm eu n tava muito bem pra escrever, entao mil perdões.

De qualquer jeito, mesmo que essa fanfic seja importante pra mim, a minha vida não se baseia nela, entao eu n posso ficar escrevendo i tempo todo, por mais que eu qeuisesse, realmente n da.

Eu tenho escola, provas, uma disgraceira toda com a qual eu tenho q conviver, entao tipo, desculpa se eu n postar com frequencia, mas e so por causa disso msm ok?

Amu vo6 :3

Um beijo com nutela e acúcar '-'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...