História (Jimin Imagine) "Inesperadamente" - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, V
Tags Bts, Drama, Imagine, Jimin, Romance
Exibições 260
Palavras 947
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiee <3 Então, essa fanfic deu bastante trabalho para ser escrita e eu realmente espero apoio ^^ Já peço desculpas por qualquer erro. E um aviso rapidinho, não vou poder postar todos os dias, basicamente só vou postar nos finais de semana. Boa leitura <3 ^^

Capítulo 1 - Sob o mesmo teto (Jimin Imagine ep. 1)


Fanfic / Fanfiction (Jimin Imagine) "Inesperadamente" - Capítulo 1 - Sob o mesmo teto (Jimin Imagine ep. 1)

Lá estava você, sendo expulsa de casa, e o pior, em outro país...

   -- Não! Por favor, senhora Kwon! Eu vou pagar o aluguel, prometo!!

   -- Você já está dizendo isso há uns 6 meses! - Ela estava falando a verdade, você começou a chorar, pois não tinha lugar para ir.

   -- Olha, (S/N), sei que está focada nos seus estudos e não tem muito tempo livre. Mas você deve procurar um emprego, ou vai ficar desse jeito pra sempre! Desculpe, mas não posso mantê-la aqui de graça. - Você começou a chorar ainda mais. - (S/N), não chore, olhe, isto aqui é o máximo que eu posso fazer por você agora. - disse a senhora Kwon enquanto escrevia algo em um pedaço de papel. - Tome, este é o endereço de um lugar que pode lhe ceder espaço para morar, um lugar mais barato. Mas não espere morar de graça ou ter um apartamento luxuoso.

   -- Muito obrigada, senhora Kwon!! - Você disse e pegou o papel.

 

   Você estava tentando encontrar esse lugar, mas, como não conhecia Seul tão bem, acabou se perdendo. Você começou a andar sem rumo, mas, cansada, decidiu pedir ajuda.

    -- Com licença, pode me dizer onde... 

   -- Saia do meu caminho! - Disse o desconhecido interrompendo você de completar a frase.

   -- Ah, Moça, por favor, pode me aju...

   -- Estou atrasada, com licença. - Você foi interrompida de novo :v 

    --Aish... *murmurando* pelo menos ela foi educada...

   Você sentou em um banco no meio da praça. Do nada, veio um vento forte, que fez o endereço voar. Desesperada, você sai correndo para buscá-lo, mas acaba se chocando com alguém.

    -- Ai! - Disse o estranho.

   -- Nossa, me desculpa! É que o endereço de algo impor....

   -- É isso aqui? - ele pergunta segurando o papel com o endereço.

   -- É isso mesmo! Mas como...

   -- O vento fez isso bater na minha cara, então eu segurei pra ver o que era. De qualquer modo, estou indo pro mesmo lugar que você, se importa se eu te acompanhar? - Você se sentiu aliviada, finalmente vai conseguir chegar lá. Agora que você percebeu que aquele garoto era muito bonito! Tão bonito que você não prestou atenção no que ele estava falando...

   -- Hmm... moça? Oi? Você tá bem? Deve estar admirando minha beleza, certo? Eu entendo. - Só aí você percebeu que estava encarando.

   -- O quê? NÃO! Eu só...

   -- Não tem problema. Admita! Aliás, é uma pena que eu não posso fazer o mesmo que você... quer dizer, em termos de admirar beleza.

   -- Aish... enfim, não, não me importa se você me acompanhar, contanto que não me irrite. De qualquer forma, meu nome é (S/N).

   -- O meu é Jimin, Park Jimin. 

   Depois disso, Jimin foi pegar um táxi. Ele disse que é muito longe pra ir a pé. Você hesitou em entrar em um táxi com um desconhecido, mas já estava tarde e você estava muito cansada, sem falar que não tinha dinheiro para pagar sozinha. 

    -- Anda logo! É pra hoje!

   -- Foi mal... *murmurando* Que cara irritante! - Então você entrou, mas tentou ficar o mais longe possível do Jimin.

  Após os 28 minutos mais estranhos da sua vida, você finalmente chega ao local, juntamente com Jimin. Ele toca uma campainha e uma velha senhora abre.

   -- Ah, me avisaram da chegada de novos moradores hoje.... mas pensei que seriam duas garotas. Mocinha, ele por acaso gosta de pint...

   -- NÃO! - Gritou Jimin.

   -- Sim! É isso mesmo, mas, sabe, na frente de desconhecidos ele fica meio... sem graça...? Mas enfim olha pra ele, ele com certeza é gay!

   Você e a senhora começam a rir, enquanto Jimin começa a corar de vergonha.

   -- Ah... Sendo assim tudo bem, eu não poderia deixar duas pessoas do sexo oposto no mesmo apartamento, mas vendo a sua condição.... - Disse a senhora. 

   Jimin apenas ficou em silêncio, a senhora chamou uns funcionários pra levar as suas coisas até o apartamento. 

  Enquanto se instalavam, perceberam que só tinha um quarto... com apenas uma cama!

   -- Acho que temos um problema... - Você falou para Jimin. 

   -- Qual é o problema? Já que quem pagou pelo apartamento foi o meu pai, quem fica com a cama sou eu. E você ainda me fez passar a maior vergonha lá fora, acho que mereço.

   -- Vergonha? Eu só disse a verdade! Mas tudo bem, filhinho de papai. Pode ficar com o quarto e a cama, eu durmo na sala.

   Você foi ao banheiro, trocou de roupa e se deitou no sofá pra descansar, enquanto isso, Jimin saiu.

~~ PONTO DE VISTA DO JIMIN ON ~~

   Depois de alguns minutos, cheguei na casa do meu pai. 

   -- Pai, que palhaçada é essa? Eu disse queria morar sozinho! E por que você falou que iam ser duas meninas???!

   -- Ah, Jimin, eu disse isso porque queria que você fosse morar com a Hani. Não lembra do nosso acordo?

   -- Lembro, mas, não vou mais aceitar esse acordo se for com a Hani. Além do mais, outra menina aproveitou a chance e disse que era a outra garota e agora está morando lá. 

   -- Ótimo, então já conseguiu uma namorada? Nossa... 

   --O QUÊ? NÃO!! Pai, ela acha que eu sou gay!

   -- HAHAHAHAHAHAHAHAHA.... eu disse que esse corte de cabelo não ficou legal. Enfim, não vou comprar outro apartamento se é isso que você veio pedir.  Você vai ter que viver com ela, se você não quiser, expulse-a, mas eu não vou comprar  um apartamento novo. 

   *murmurando* Aish... 

  Saí de lá meio estranho, mas pelo visto vou ter que conviver com a (S/N)...

 

 

 


Notas Finais


Fim do primeiro episódio. Espero muito que tenham gostado, vou postar o próximo assim que possível ^^ Obrigada por ler <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...