História (Jimin Imagine) "Inesperadamente" - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, V
Tags Bts, Drama, Imagine, Jimin, Romance
Exibições 229
Palavras 1.003
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um episódio, espero que gostem.
Boa Leitura ^^

Capítulo 3 - Hani, a namorada irritante.


Fanfic / Fanfiction (Jimin Imagine) "Inesperadamente" - Capítulo 3 - Hani, a namorada irritante.

-- NÃO! NÃO É COMO VOCÊ PENSA, (S/N)! Desculpa, mas eu realmente tenho que ir agora!

Então ele simplesmente virou as costas e foi embora. 

~~ PONTO DE VISTA DO JIMIN ON ~~

 

Eu cheguei no lugar combinado e lá estava o Hoseok.

   -- Nossa, cara, valeu mesmo! 

   -- Tudo bem, mas nunca mais fale algo assim pra alguém!

   -- Certo!

Depois de uma hora esperando, os bandidos com quem Hoseok estava envolvido chegaram. Bem, vou explicar a confusão. Em resumo, meu pai é o dono de uma companhia muito rica aqui na Coreia do Sul, a BigHit. Hoseok disse que era o vice-presidente dela pra esse bandidos e ontem me pediu ajuda pra enrolar eles. Ele disse que se conseguisse provar que era o vice-presidente de empresa, os caras  iam dar uma boa quantia em dinheiro pra ele. 

   -- Olha só isso, Hyung. Ele veio mesmo.

   -- Pois é, Jungkook. 

   -- Há quanto tempo, Jungkook e Jin. - Disse Hoseok.

   -- Achei que tivesse desistido. - falou Jungkook.

   -- E aí? Como vai provar que é o "excelente vice-presidente" da grande BigHit entertainment?

   -- Aqui está, minha ficha, minha carteira de vice-presidente e o filho do proprietário. - Falou Hoseok. Eu estava bem nervoso, tudo o que o Hoseok apresentou pra eles era falso.

   -- Ah... Então esse é o famoso Park Jimin! - Falou Jin. 

   -- Eu mesmo.

   -- Hm... Bom, já que você trouxe o que pedimos, aqui está a nossa parte do acordo. - Disse Jungkook entregando umas três sacolas cheias de dinheiro. 

Em seguida os dois foram embora, deixando a mim e Hoseok sozinhos naquele beco escuro.

   -- Nossa, essa foi por pouco! 

   -- Não faça mais isso, Hyung! - Se eu não estivesse aqui você poderia ser morto ou algo assim.

   -- Foi mal...

Eu simplesmente saí. Queria voltar pra casa o mais rápido possível, mas estava sem carro e o próximo ônibus só vinha daqui a meia hora, eu não tinha escolha além de esperar.... Após uns 12 minutos, ouvi uma voz irritante me chamando...

    -- JIMINIEEE ~~

Olhei pra trás e fui pego de surpresa....

   -- Hani?

   -- Jiminiee, eu senti tanta saudade! - Ela disse enquanto me abraçava. - Onde está indo, Jiminie? Bom, não importa, eu não tenho nada pra fazer então vou com você!

   -- Na verdade....

   -- Ah, sobre aquela noite.... não se preocupe, o Namjoon e eu não estamos juntos.

   -- Que droga! - disse eu desapontado.

   -- O quê?  Por que? Você não está feliz por eu estar livre pra você?! - Falou Hani um tanto irritada.

  Sinceramente, não. Não estou nada feliz com isso, mas não posso responder assim... ou meu pai vai ficar zangado.

   --.....

   -- Você não esqueceu aquela droga de acordo, certo?

   -- Não...

   -- Então comece a me  tratar como sua esposa! Eu te entrego todo o meu amor e coração e você nem liga!

De repente a atenção de todos do ponto de ônibus veio em direção a mim e Hani ....

   -- Você não tem vergonha de tratá-la assim, rapaz?

   -- Que garoto desgradável!

   -- Se eu fosse essa moça, teria nojo dele! 

Eu estava começando a ficar com muita raiva.

   -- Conversamos sobre isso depois, Hani!

   -- Por que? Tem vergonha de si mesmo?!

   -- O quê?!

   -- Você me ouviu! Eu disse que você tem vergonha demais de admitir que me ama na frente de todos!

   --Não! Eu tenho vergonha de ter que casar com alguém como você!

Dito isso, Hani começou a gritar e todos que estavam naquele ponto de ônibus começaram a se intrometer.... até que, finalmente, o ônibus chegou e, com sorte, eu era o único que ia pegar aquele ônibus. Hani me seguiu.... 

Chegamos em casa e eu já senti um cheiro maravilhoso de comida. 

   -- Ah, oi, Jimin.... e...?

   -- Ah, Eu sou a Hani, futura esposa do Jimin. - Disse Hani estendendo a mão para (S/N)

   -- Ah... prazer, eu sou (S/N).... a.... inquilina...?

   -- Prazer haha. - Hani deu uma risada forçada.

O clima ficou estranho então eu tentei quebrar o silêncio.

   -- Então... (S/N), você fez o almoço?

   -- Ah, sim... Eu não sabia que íamos ter uma visita, então só fiz dois pratos.

   -- Tudo bem, eu como esse aí. - Disse Hani apontando para o prato da (S/N). 

   -- Ah, o-ok..... então eu acho que vou comer fora.... - Disse (S/N).

   -- Ok, Eu te recomendo o restaurante 5 estrelas ali na esquina, é ótimo. Você vai adorar.... se tiver dinheiro...

   --OK, HANI, CHEGA! Pode fazer o favor de sair daqui? - Eu falei explodindo de raiva.

   -- Jimin, tudo bem. Pode ficar aqui e comer com a sua namorada. 

   -- Viu só, Jiminiee? Ela não se importa, vamos aproveitar a comida.

Eu não disse nada, só assisti a Hani comer almoçar.

~~ PONTO DE VISTA DA (S/N) ON ~~

Acho que fiz a coisa certa em deixar os dois a sós.... mas agora vou passar fome. Eu estava só andando pela cidade enquanto minha barriga roncava.... Ouvi alguém chamar o meu nome:

   -- (S/N)!!

Era o Jimin.

   -- Oi, Jimin. O que você tá fazendo aqui? E cadê a Hani?

   -- A Hani não é minha namorada. Vamos pra um lugar mais reservado e eu explico tudo.

Entramos em um restaurante e sentamos numa mesa bem isolada.

   -- Bom, o pai da Hani tem uma empresa, nossos pais são amigos então eles disseram que iam apoiar um ao outro sempre... Dois anos atrás, a empresa do senhor Ahn, o pai da Hani, teve uma recaída e se não tiverem algo que faça com que as pessoas prestem atenção a ela,  ele provavelmente vai falir. Por isso eles estão enrolando com uns assuntos aí por todo esse tempo. Mas, no ano passado, Hani disse pro pai dela que gostava de mim e então nosso pais fizeram um acordo. Se eu não arranjar uma namorada que eu goste até daqui a 2 meses, vou ter que me casar com a Hani....


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse episódio <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...