História Jin, the Princess - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin, Taekook/vkook, Yoonmin
Exibições 29
Palavras 728
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Fluffy, Hentai, Lemon, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olaolaola bom eu resolvi escrever essa fic namjin

pq sim

*se vcs quiserem, leiam minha outra fanfic "Imagine Suga" :3

~bj bj

Capítulo 1 - Despedida


Eu lembro muito bem o dia em que eu e Namjoon tivemos que nos separar. Confesso que eu tinha uma quedinha por ele, e ainda quero reencontrar ele, mas a vida adora ferrar comigo.

~ Onze anos atrás ~

– Jin. – Meu pai me chamou.

– O que foi papai? – Fui até ele.

– Você vai ter que ir morar com a sua mãe a partir de agora... – Se agachou.

– O quê? – Meus olhos encheram de lágrimas.

– Eu recebi um telefonema da sua mãe... E ela disse que daqui alguns anos, você vai herdar a coroa. – Secou minhas lágrimas.

– Por que eu não posso ir depois? – Fiz bico.

– Por que você tem que aprender a cuidar do reino, e nós aqui, passamos por muitas dificuldades financeiras. – Deu um sorriso triste.

– Você vai pro castelo comigo, papai?
  
– Eu não posso. Eu e sua mãe se separamos já tem muito tempo, por que não nos amamos mais. Se eu for, eu vou causar um problema muito grande. – Me abraçou. – Vá se despedir de Namjoon, e arrume suas malas. Sua mãe vem te buscar amanhã. – Nós dois começamos a chorar.

**

Fui até a casa de Namjoon. Bati na porta de madeira, e logo a mãe de Namjoon me atendeu.

– Oi querido.

– Tia, o Nam tá aí? – Perguntei.

– Ele está sim, só um momento. – Ela chamou Namjoon, e ele veio até mim.

– Jin! – Me deu um abraço.

– N-namjoon... – Comecei a chorar.

– O que foi Jin? – Sentamos no chão.

– Eu vou ter que ir morar com a minha mãe no castelo... – Falei, entre os soluços.

– P-por que? – Segurou minha mão.

– Ela disse que eu vou ter que herdar a coroa... – Fiz uma pausa – Ela vem me buscar amanhã... – Chorei desesperadamente.

– Calma Jinnie... – Ele começou a chorar. – Você vem me visitar, né? – Secou minhas lágrimas.

– Eu não vou poder... – Choramos mais ainda.

– Não se esqueça de mim... – Pegou um colar que tinha uma lua no bolso, e colocou em minha mão. – Olha, o meu tem um sol... – Encaixou o sol dentro da lua. (Link do colar nas notas finais)

– Promete que nunca vai deixar de usar nunca? – Coloquei o colar.

– Prometo. – Ele colocou o colar, e me abraçou bem forte.

**

Apaguei as luzes do meu quarto, e deitei na cama. Tirei o colar, e deixei a luz da lua refletir no colar, fazendo com que ele brilhasse um pouco. Passei a ponta do dedo sobre a lua, e fiquei observando ela.

Namjoonnie, eu nunca vou te esquecer. Isso é uma promessa.

Coloquei o colar, e virei pro outro lado da cama. Desliguei a luz do abajur, e adormeci.

**

No dia seguinte, acordei com meu pai me chamando.

– Filho, acorde. – Sorriu.

– Bom dia papai. – Entreabri os olhos.

– Coloque sua melhor roupa, por que sua mãe já vem te buscar.

– Ok, papai. – Ele saiu do quarto, e fui até o banheiro.

Tomei um banho quente, e lavei o cabelo. Saí do banho, me sequei, e fui até o meu quarto. Abri o armário, peguei uma camisa pollo branca, e uma calça preta. Me vesti, e penteei o cabelo. Eu parecia um mini empresário.

Coloquei o colar por dentro da blusa, e peguei minhas malas. Fui até o quintal de casa, e vi que tinha uma limosine me esperando, e minha mãe estava do lado de fora do carro, com um sorriso enorme ao me ver.

– Jin, querido! – Fez sinal para que eu fosse para perto dela.

Minha mãe sempre foi muito bonita. Ela estava com um vestido rosa claro estilo sereia, e estava com um coque bem chique no cabelo.

– Oi mãe. – Ela se agachou pra ficar da minha altura, e eu a abracei.

Entramos na limosine, e eu fiquei olhando pra trás. Vi meu pai, e Namjoon abraçados, e chorando.

Vi eles ficando longe e mais longe, enquanto eu chorava muito, e dava um tchauzinho. Encostei minha mão no vidro de trás do carro, até que viramos uma esquina, e eu perdi eles de vista.

Virei pra frente, e sequei as lágrimas.



Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...