História Jogo da Vida - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Drama, One Direction, Rebeldia, Romance, Tortura
Exibições 1.214
Palavras 712
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Como tudo começou


Fanfic / Fanfiction Jogo da Vida - Capítulo 1 - Como tudo começou

~ Narrador:

Ela foi chamada de louca, sem coração, grossa, tacaram mil pedras nela, muitos julgaram - na, muitos mesmo, mas ela é apenas uma menina normal de 17 anos, tá certo que ela era um pouco rebelde, mas a vida dela foi dura, vamos ver como isso tudo começou.

~ Algum tempo atrás ~

~Narrado por Isabella:

- Eu não to acreditando que você vai pra mesma escola que os meninos da One Direction - bom já deu pra perceber que esse ser chamado Fernanda ama a One Direction.

- One o que ? - já eu Isabella não vejo graça nenhuma neles e eu amo irritar ela. 

- ONE DIRECTION ! - a Fê se irrita muito isso.

- Aff tanto faz, to nem ai pra eles. - Isa você é louca de não gostar deles. - Nada a ver Fernanda.

Bom eu acho que pela minha conversa com a Fernanda já deu pra perceber que eu não gosto de One Direction, e tipo é um saco ter que ir pra mesma escola que eles, eu nem fiz nada de mais. 

~ Flash back on ~

- Não sei se isso vai da certo. - Falou a Fernanda apreensiva. 

- Confia em mim, só vigia a porta. - eu disse e ela concordou. 

Então peguei o talco e coloquei nos ventiladores, tirei o parafuso da cadeira da professora de Química ( eu não ia muito com a cara daquela vaca ) e escrevi no quadro FAÇA NEVAR LIGANDO O VENTILADOR. E depois saímos da sala. Quando voltamos do intervalo sentamos em nossas cadeiras e começou o bafafá, de qual era a da frase no quadro, quando a professora entrou ela ligou os ventiladores e tipo voo talco pra tudo quanto era lado, a professora e os alunos começaram a gritar, depois que a confusão parou ela foi se sentar na cadeira e adivinha ? A besta caiu bonito e a sala toda começou a rir. 

Só que eu fui pega e não teve muita graça depois disso. 

~ Na sala do diretor ~ 

- Ai meu Deus senhorita Cortez me diga o que eu faço com você ? - perguntou o diretor com cara de preocupado. 

- Que tal você me da um prêmio ? Porque tipo foi muito engraçado. - eu disse rindo. 

- Muito bonito. - ele disse e eu retruquei falando " Jura? Sabe foi a minha mãe que comprou esse colete, vou te confessar que não gostei muito, mas se o senhor ta falando que ele é bonito então ele é bonito ", o diretor ficou bolado. 

- Já chega de gracinha nessa escola, você merece ser transferida imediatamente, você vai ir pro Elite School! 

- Eu não vou pra essa escola onde só tem filhinhos de papai e patricinhas recalcadas que só pensam em que roupa elas devem vestir. - falei fazendo uma cara de quem não tava gostando de nada disso.

- Lá eles seguem regras e você precisa aprender isso. - ele falou.

- Tá né, já que eu não tenho outra escolha. - falei 

~ flash back off ~ 

Bom e foi assim que tudo aconteceu. Eu falei que não foi nada de mais, até porque a professora nem se feriu ( o que foi uma pena ), aquela chata merecia quem mandou ir fazer fofoca de mim pras pessoas. Cheguei em casa e a minha mãe já sabia de tudo.

- Bonito né dona Isabella, até quando você vai ser assim? Será que você não cansa de dar tanto trabalho ? - cara, minha mãe é muito dramatica. 

- Mãe relaxa, só mudei de escola só. 

- Isabella você poderia ter machucado a sua professora.

- Mas não machuquei mãe!

- Mas poderia. 

- Mas eu não machuquei, tá legal? Agora vou pro meu quarto - e sai da sala, ela deu uns três gritos mas depois desistiu porque ela sabe que eu não ia voltar pra lá, não imtendo o porque desse drama todo, aff nem acredito que vou pra escola daqueles metidinhos a besta, Elite School com certeza não é escola pra mim, lá só tem gente metida e esnobe, eu vou odiar essa escola, mas de uma coisa eu sei, eu vou pintar e bordar lá, me aguardem. 


Notas Finais


Se tiverem gostado favoritem, compartilhem com amigos, vou agradecer muito se fizerem isso e tals, até o proximo capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...