História Jogo da Vida - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Drama, One Direction, Rebeldia, Romance, Tortura
Visualizações 649
Palavras 1.300
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


FELIZ ANIVERSÁRIO HAZZAAAAAAA UHUUUU *-* NEM ACREDITO QUE NOSSO BEBE TA FAZENDO 20 ANINHOS HOJE *-* AWN QUE LINDO CARA *-*
PS: AQUI JÁ PASSOU DE 00:00 U.U

Capítulo 17 - Arrependido?


Fanfic / Fanfiction Jogo da Vida - Capítulo 17 - Arrependido?

Depois que sai da casa da Isa fui direto pra casa do Zayn.

- Até que fim chegou – falou o Louis

- E ai como é que foi lá? – perguntou o Zayn

- Descobri que o Liam tava lá, descobri que ela foi estuprada aos 15 e por isso não é mais virgem e ela ficou grávida também, só que sofreu aborto espontâneo. – to arrependido agora.

- Calma, o Liam tava lá? Como assim? – falou o Niall enquanto saia da cozinha com um pote de sorvete.

- É o Liam, ele desceu as escadas assim que ela viu que o nariz dela começou a sangrar, ela o gritou e daí ele desceu, brotou do nada na sala. – falei.

- Mas como esse puto foi parar lá? Essa mulher ta roubando meu homem? – falou o Niall fazendo uma cara muito engraçada e imitando uma mulher, só ele pra me fazer rir em uma hora dessas, aquele sangramento no nariz não foi algo normal, ela tem alguma coisa, mas eu não vou poder chegar perto dela pra descobrir, a não ser que eu pergunte ao Liam.

- Calma Niall – falei rindo – Ele tava lá por algum motivo, acho que a Isabella ta doente.

- Veja pelo lado bom, já temos o que queríamos, agora podemos seguir com o plano – disse o Zayn.

- Zayn como você pode? Como você pode ser tão frio assim? Ela foi estuprada cara, ESTUPRADA, você sabe o que é isso? Ela ficou grávida caralho, grávida de um cafajeste que brincou com os sentimentos dela assim como EU fiz e agora ela deve ta lá, com o Liam e sabe o que é pior? – dei uma pausa e o encarei – Ela deve ta doente e eu não posso nem chegar perto dela por causa da burrada que fiz.

- Ta arrependido? – perguntou o Niall enquanto enchia a boca de sorvete.

- To, eu to arrependido. – sentei no sofá e me lamentei por ter feito aquilo, mas eu não gosto dela, só to com pena, eu não posso gostar de uma menina assim.

- Então porque não pensou nisso antes? – perguntou o Louis.

- Porque antes era sim uma vingança, mas agora eu preferida não saber de nada do que sei.  – falei

- Eu sabia que ia dar merda mesmo, ainda bem que nunca participei – falou o Niall, ele já tinha acabado com o sorvete, esse irlandês come pra caralho mano. – Você ta apaixonado por ela – ele completou.

- Não, eu não to! – neguei

- Primeira fase: arrependimento. Segunda: é a negação, cara ta escrito na sua testa que você ama ela – falou o Niall, eu com raiva peguei os salgadinhos que ele estava comendo e enfiei na boca dele.

- Agora vê se não fala merda. – falei

- Eu acho que o Niall ta certo, mas enfim, vocês pensam o que vocês vão fazer se é que vão fazer alguma coisa. - falou o Zayn.

- Eu vou à casa do Liam. – falei – Tchau pra vocês.

- Mas ele não ta na casa da Isa? – perguntou o Louis.

- Eu espero ele ué. – e fui em direção a porta, peguei meu carro e fui dirigindo até lá,. Passou uns 30 minutos e ele chegou, parecia coisa do destino sabe.

- O que você ta fazendo aqui? - ele perguntou

- Eu quero saber o que ela tem.

- Ela não tem nada – ele disse.

- Alguém já te falou que você mente super mal? – perguntei

- Já sim, mas eu prometi a ela que não contaria a ninguém.

- Liam, me conta, por favor, eu me ajoelho se for preciso.

- Harry, porque você quer tanto saber? Não basta o que você já fez com ela? Você dormiu com a melhor amiga dela cara, por uma coisa idiota, uma vingança besta e agora ta ai, todo arrependido, não vale a pena chorar pelo leite derramado não cara, segue a sua vida e deixa a Isa em paz.

- Eu não vou deixa – la, sou o homem da vida dela.

- Homem? HOMEM? – ele riu – Homem que é homem não faz o que você fez você é um moleque Harry, um moleque da pior espécie, homem de verdade ia saber tratar uma mulher do jeito que ela merece, ia levar ela pra sair, ia mandar sms pra ela todo dia antes de dormir escrito “eu te amo amor, boa noite”, ia mandar flores, fazer ela se sentir amada e não provocar dor e sofrimento.

- Eu fazia ela feliz.

- Não Harry, não fazia, o amor que ela sentia por ti que a fazia sorrir, mas o idiota que você é a fez chorar, você perdeu quem se importava com você e agora vem aqui, na maior cara de pau, com o rabo entre as pernas, pra dizer que se importa? Que ta arrependido? Harry para de ser moleque e admita que você não é o homem certo pra ela.

- E quem é o homem certo pra ela? Você? – eu ri.

- Não Harry, eu não sou o homem certo pra ela, não confunda as coisas, não quero ela pra mim, ela precisava de um ombro amigo, alguém que ela pudesse confiar sem problema nenhum, esse alguém poderia ser você, mas você foi idiota o suficiente pra deixar a garota que você ama simplesmente escapar, aquela prova de amor que você fez pra ela não foi de nada né? Você provou que é um ótimo ator, um ótimo cafajeste, um perfeito idiota e se eu tinha alguma consideração por você meu amigo, essa consideração acabou, eu ainda gosto de você, você é meu amigo, somos parceiros de banda, nem se eu quisesse, eu conseguiria te odiar cara, você sabe que sempre que precisar eu vou ta aqui, mas agora, eu to do lado dela e a não ser que ela me peça ou que você prove que mudou, eu não vou te ajudar, então mude e prove isso pra mim que ai sim, eu penso se vou te ajudar com ela ou não, porque agora meu amigo, a sua mascara caiu.

- Não precisa chutar cachorro morto Liam. – falei

- E você não precisava ter brincado com os sentimentos de uma menina, você sabe o quanto elas são frágeis? Me diz, o que você faria se tivessem feito isso com a Gemma?

- Eu não ia gostar, eu mataria o filho da puta.

- Então Harry me faz um favor, pensa que a Isa é sua irmã e lamente por ter magoado uma pessoa que poderia ter te feito feliz, muito feliz.

- Eu vou mudar e te provar isso, vou provar pra todos que eu mereço o amor dela.

- Isso é tudo que eu espero, espero também que seja verdade, que não seja mais um plano besta seu e dos meninos, não quero que você me decepcione.

- Não Liam, não é um plano, eu te prometo.

- Sua promessa não vale de nada pra mim Harry, não me prometa, só cumpra, vai ser melhor assim, porque daí não criamos falsas expectativas.

- Eu sei que eu errei, mas eu to arrependido.

- Não Harry, você ta com pena, porque sabe que ela ta doente, mas pro seu azar eu não vou te contar e dessa vez não tem Fernanda que saiba, é só eu e a Isa e mais tarde a mãe dela, se me der licença, vou subir, tomar meu banho e voltar pra casa dela – e ele virou as costas e foi embora, minhas suspeitas estavam confirmadas, ela está realmente doente e agora? Eu não sei se é grave ou se não é, não sei se posso perder ela, eu fui um idiota e me arrependo por isso, que moleque eu fui, não mereço o amor dela, mas eu vou provar que mudei.


Notas Finais


Haaaay sua linda, pensou que eu ia esquecer de você né? Claro que não, feliz aniversário e muitos anos de vida, que você seja muito feliz pequena *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...