História Jogo da Vida - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Drama, One Direction, Rebeldia, Romance, Tortura
Visualizações 423
Palavras 1.209
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente desculpa a demora, vamos logo com isso, a fic está na reta final, aleluia não?
PS: foto nada a ver com o cap. mas enfim hueuehueuehueh, espero que gostem, beijão!

Capítulo 24 - Revelações


Fanfic / Fanfiction Jogo da Vida - Capítulo 24 - Revelações

Liam:

Eu não posso iludir alguém assim, não dá! Eu não podia ter beijado ela, eu gosto de outra, isso é coisa de uma pessoa sem caráter, mas por mais que eu diga que foi errado, eu gostei e eu precisava daquilo, será que é possível gostar de duas pessoas ao mesmo tempo? Não, não tem como, pois se você ama a primeira nunca haveria segunda opção, então quer dizer que eu tenho que ficar com a Fernanda? Seria o certo né? Ou devo lutar pelo amor da Isa? Não, claro que não Liam, você está confundindo tudo, a Isa é só a sua amiga, sua MELHOR amiga, é isso, é com a Fernanda que você tem que ficar e não com ela, ela é do Harry, do HARRY, seu amigo, seu parceiro de banda, ela ama ele e você gosta da Fernanda. Isso, eu gosto da Fernanda, da Fê, só dela. Acho que estou ficando louco, estou discutindo com a minha própria mente, eu já sei a resposta, então porque persisto? Se eu a beijei é porque eu sinto alguma coisa e ponto. E sabe o que mais? É com ela que vou tentar ser feliz e vou faze – la feliz, só preciso ter certeza se é isso que eu quero, não, não sou uma cafajeste, apesar de me sentir um, acho que eu não to iludindo ninguém, só to confuso, é normal se sentir assim não é?

 

(...)

 

- Beijando ela quer dizer que você esqueceu a Isa não é?

- Não Niall, eu nunca gostei da Isa, ela é minha melhor amiga ok? Eu beijei a Fernanda porque acho que to gostando dela – falei sem saber o que realmente eu estava falando.

- Então se é da Fernanda que você gosta, porque esse fuzuê todo? – ele perguntou confuso.

- Porque ela já fez tanta coisa que não sei se ela pode realmente me fazer feliz.

- Liam, você uma vez me ensinou que todo mundo merece uma segunda chance pra mostrar que mudou a menina veio de Nova Iorque só pra ver uma garota na qual ela não tinha certeza se ainda eram amigas, a Isa do jeito que é poderia muito bem ter dado com a porta na cara dela e ter mandado ir pastar e mesmo assim, mesmo correndo esse risco ela veio pra mostrar que ainda se importa, tanto eu quanto você sabemos que ela foi vitima do Harry nisso tudo, então eu acho que não teria motivo pra não da uma chance pra ela, mas ai é com você, ok? Eu vou ta aqui pra te ajudar no que for, mas eu não posso decidir por você, eu iria atrás de quem eu amo. – ele falou tudo, tudo que eu queria ouvir, agora já sei o que eu devo fazer.

- Obrigado. – agradeci e abracei ele.

- Não me agradeça com abraços, me agradeça com comida, cadê as batatas? Em? Te dou meus conselhos e fico sem comida? Oh não, to de mal – ele fez cara de bravo e taquei a almofada nele.

- To revoltado com essa situação, te ajudo e ainda me desrespeita, olha não fala mais comigo. – ele virou.

- Ok. – pausei - Então acho que vou comer aquelas batatas que estão na cozinha sozinho – falei.

- Liam já disse que te amo? – gritou o Niall enquanto corria pra cozinha, só ele mesmo.

 

Isabella:

- Como assim ele te beijou? Eu deixo vocês dois sozinhos aqui e vocês quase se comem? – perguntei

- Ei, a gente só se beijou – ela falou

- E foi bom pra você? – perguntei

- Foi normal – ela deu de ombros e logo completou – e também não importa o que eu acho, eu nunca vou ficar com ele, ok?

- Ai meu Deus cara, ele é perfeito, da uma chance pro garoto – falei

- Dá você – ela sugeriu

- Se eu não AMASSE o Harry, eu o namoraria sim e sem problema nenhum e agora tu ficas ai de fogo no que você chama de bunda e vai acabar perdendo alguém que pode te fazer muito feliz. – falei como assim cara, ele a beijou? Esquece, não ligo pra isso.

Narrador:

Qual é a graça de ser adolescente se soubermos de tudo? Ser adolescente é se enganar várias e várias vezes, é errar, é cair, mas também é na adolescência que fazemos escolhas, escolhas essas que são refletidas no futuro.

 

(...)

- Liga pro Liam, liga rápido – ela parecia desesperada.

- Calma Isa, calma, eu vou ligar, fica comigo, não dorme – ela discava os números no celular rapidamente.

 

Ligação:

- Liam? Até que fim ajuda a gente, por favor!

- O que foi Fernanda? O que aconteceu?

- A Isa

- O que aconteceu com ela? – ele gelou.

- Ela não ta nada bem, de uma hora pra outra ficou fraca, ela já vomitou aos montes, ela ta fraca, por favor, ajuda a gente.

- Eu to indo – e então o telefone foi desligado, ele nunca correu tanto, qualquer segundo perdido poderia resultar em uma tragédia.

 

(...)

- Como ela está doutor? – perguntou Liam, ele estava inquieto e todo preocupado.

- Ela vai ficar bem, amanhã mesmo ela sai do hospital, não foi nada de grave, isso eu posso garantir a vocês. – e então o doutor saiu de onde eles estavam, deixando assim, Liam e Fernanda sós.

- Cadê o Harry? Ele não deveria estar aqui? – perguntou o Liam

- Isa pediu pra ligar pra você Liam, não falou nada sobre ligar pra ele.

- Mas ele a namora ué, ele deveria estar aqui, afinal, eles são um casal ou não?

- Ta ok, eu vou ligar pra ele – ela disse enquanto pegava o celular.

- Não, deixa que eu ligo. – ele pegou o celular dele e se direcionou a saída do hospital, ela sem entender nada não ligou.

 

Ligação:

- Alô.

- Harry a Isa ta no hospital e estamos aqui com ela.

- Como assim Liam? Como assim estamos?

- Eu e a Fernanda.

- Calma até a Fernanda ta ai? Porque não me avisaram? Desde quando ela esta ai?

- Me ligaram, Fernanda disse que ela pediu pra ligar pra mim e ela está aqui faz umas duas horas eu acho.

- Como assim ligar pra você primeiro? DUAS HORAS? E agora que você vem me avisar?

- Eu pensei que você soubesse – ele tentou argumentar, mas Harry estava furioso do outro lado da linha.

- Que seja.

- Harry não é hora pra ataque de ciúmes, sua namorada esta aqui no hospital, vem logo pra cá.

- Não eu não vou, ela não ligou pra mim, ligou pra você, então ela foi contigo e vai voltar contigo, quando ela sair eu vou a casa dela e vejo ela.

- Quer saber faça o que você quiser, cansei – e o telefone foi desligado, Harry estava furioso de ciúme.

(...)

- Vocês podem entrar pra vê ela – falou o médico e assim foi feito, em menos de cinco minutos já estavam Liam e Fernanda no quarto.

- O Harry não veio? – perguntou a Isa

- Não e nem vai vim, eu sinto muito – lamentou o Liam, Isa não perguntou o porquê e também fingiu não ligar, mas por dentro aquilo havia machucado a pequena. 


Notas Finais


Agora que o cap. 24 acabou, leiam essa fic http://socialspirit.com.br/fanfics/historia/fanfiction-one-direction-to-explain-your-love-1686390, leiam favoritem, divulguem, comentem e etc... vocês não vão se arrepender :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...