História Jogo da Vida - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Drama, One Direction, Rebeldia, Romance, Tortura
Visualizações 725
Palavras 828
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Harry?!?


Fanfic / Fanfiction Jogo da Vida - Capítulo 5 - Harry?!?

~ Narrado por Isabella:

Como eu disse, cheguei em casa 2:30 e a Fernanda tava me esperando lá.

- Oi Fê - disse abraçando ela.

- Me conta tudo, como é estudar na mesma escola que os meninos da One Direction? Você falou com eles? - ela tava toda animada, mas ainda sim não vejo graça neles.

- É ruim estudar com eles - dei uma pausa e logo me corrigi - ruim não, péssimo e sim, eu falei com eles.

 - Sério? Ai meu Deus, me conta tudooo - realmente, ela estava muito animada.

- Não foi nada demais, vem vamos ficar lá no meu quarto e quando a minha mãe sair nós descemos pra ver TV - ela concordou, ficamos lá até 3:10, quando minha mãe foi trabalhar descemos pra vermos TV na sala, uns 20 minutos depois a campainha tocou e eu me arrependi de ter atendido.

-Harry? - perguntei espantada

 - Sim. - ele respondeu

- Primeiro o que você ta fazendo aqui e segundo, como conseguiu meu endereço? - nessa hora a fê chegou da cozinha com um pote pipoca e quando viu o Harry deixou tudo cair.

- Ai meu Deus, Ha... Ha... Ha... - tampei a boca dela e disse “Harry” e quando tirei a mão da boca dela ela completou -Sty... Sty... Sty - tampei de novo e falei Styles, isso já tava me irritando.

- Sim, Fernanda, HARRY STYLES, infelizmente é ele.

 - Isabella, poderia me amar menos, por favor. - ele pediu

- Impossível Harry, não existe -0.

- Essa doeu - ele falou

 - AAAAAH - gritou Fernanda - Harry seu lindo, gostoso, casa comigo, me engravida, deixa eu te beijar? - fiquei espantada com a Fê.

- Amiga, menos, por favor - pausei - e Harry fala logo o que você quer.

- Eu quero sair com você - ele falou tipo quem ele pensa que é pra chegar assim e do nada, falar isso e pensar que vou cair aos pés dele, ele é um completo idiota.

- Que legal, mas tem problema - falei

- E qual é? - ele perguntou

- Eu não quero sair com você – falei

 - O que? - falou a Fernanda espantada - Você ta louca Isa?

 - Não Fê, eu não to louca, me deixa sozinha com ele pra mim resolver isso - falei, ela bufou e foi pro meu quarto

 - Harry, agora que ela saiu, você já pode parar de ceninha, o que você quer comigo?

 - Eu já disse, eu quero sair com você.

- Não Harry, não, que brincadeira é essa?

 - O que te faz pensar que isso é uma brincadeira?

 - Você é um idiota, isso me faz pensar que essa merda toda é uma brincadeira - já estava ficando irritada.

 - Você deveria aceitar e não ficar ai agindo como uma criança. - esse garoto me chamou de criança? CRIANÇA? Affz, que ridículo.

- Você que ta agindo como uma, sabe qual é o seu problema?

- Não, qual?

 - Você não consegue mais aceitar um não, acha que é só porque ficou famoso que todas as garotas devem cair aos seus pés, mas você ta errado, não é assim que funciona e não Harry, - eu o encarei - eu não vou sair com você.

- Eu não vou desistir - ele falou.

- Me diz, porque você quer tanto isso? Porque logo eu?

- Eu gostei do seu jeito, te achei legal. - assim que ele disse isso não pude conter a minha risada.

- Ta rindo de que? É verdade.

- Harry acho que você errou de profissão, vira palhaço, você ta ficando bom em contar piadas.

- Porque você é tão dura e fria Isabella? O que te fizeram?

- Não te interessa, vai embora, por favor.

 - Ta bom Isa, eu vou, mas eu volto. - e ele virou as costas pra ir embora e então gritei “E não me chame de Isa, é Isabella pra você.” Depois disso fechei a porta, ele tava certo, no passado me machucaram muito, eu tinha 15 anos quando isso aconteceu, o menino no qual eu namorava me forçou a fazer sexo com ele à força, sim, eu fui estuprada aos 15 pelo meu atual namorado na época, meu primeiro e ultimo depois disso eu jurei que não ia mais amar ninguém e sabe o que é pior? O cretino espalhou pra todos da escola que eu não tinha pegada e coisas do tipo, só de lembrar isso me da vontade de chorar, as únicas pessoas que sabem a verdadeira historia é minha mãe, meu pai e a Fernanda, meu pai morreu quando eu fiz 16 anos, vitima de câncer, pra ser mais exata, leucemia, mesmo com todos os erros dele e o fato dele ter traído a minha mãe, eu o amava e sinto falta dele, mas que seja eu nunca mais vou me apaixonar, isso é uma promessa.


Notas Finais


Gente queria agradecer a todo mundo que tá lendo minha fic, cara amo vocês *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...