História Jogo De Interesses - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Baekhyun, Exo, Romance
Visualizações 22
Palavras 1.308
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi.☺😊😀
Aqui está mais um capítulo de Jogo De Interesses.
Espero que gostem.
Boa leitura.

Capítulo 21 - Joia Rara


Fanfic / Fanfiction Jogo De Interesses - Capítulo 21 - Joia Rara

(S/n)

Ele estava muito perto e isso trazia tudo á tona novamente, eu dou uma fraca que jamais irá conseguir resistir á ele é depois de tanto tempo longe um do outro nós estamos á poucos centímetros de distância o que faz meu coração palpitar mais rápido, a fúria e a mágoa desapareceram ao vê-lo diante de meus olhos como sempre tão lindo, suas atitudes não mudaram, ele planeja voltar a jogar como sempre até que eu me renda e esqueça de tudo que aconteceu. 

Eu teria que afasta-lo mas, eu desejo que ele se aproxime, eu deveria não pronunciar uma palavra em sua direção mas, desejo dizer o quanto o amo, eu deveria proibir ele de né tocar mas, desejo juntar nossos lábios e sentir o seu corpo perto do meu novamente, voltar a experimentar todas as sensações que ele me proporciona. 

Baekhyun – Vamos matar a saudade? – disse juntando nossas mãos. 

Estou prestes a cair em seus encantos novamente, o medo de se arrepender é grande mas, tudo parece desaparecer com ele ao meu lado, não sei se estou pronta para recomeçar tudo, ainda estou insegura sobre nós dois, ele realmente me ama? Seria mais um jogo em busca de dinheiro? Ele teria coragem de me enganar novamente? 

Baekhyun – Não importa o quanto você diga não, eu jamais irei desistir... – sussurrou em meu ouvido. 

(S/n) – Como posso voltar a confiar em você novamente? – perguntei o afastando.

 Eu não sabia como voltar a confiar nele, eu o amo mas, receio em dar outra chance porque sinto que o laço de confiança que tínhamos no começo se ruiu após a revelação de suas verdadeiras intenções, eu confiava cegamente nele, eu seria capaz de entregar tudo que possuo em suas mãos mas, ao descobrir tudo eu percebi que tudo não passava de uma ilusão que me fez feliz por um longo tempo, eu temo ficar presa em algo que não é verdadeiro novamente. 

Não quero que todos me vejam como uma presa fácil, como alguém solitário que está á procura de companhia desesperadamente, eu não quero que me vejam como alguém fraca e fácil de manipular, não quero ser enganada nunca mais, nunca senti dor como aquela, perdi minhas forças naquele momento e precisei de muito tempo até que pudesse levantar, foi um golpe que me machucou profundamente. 

Baekhyun – Deixe-me contar para você o começo de tudo... – disse me puxando para o jardim. 

Ele se sentou no banco onde sempre olhávamos as estrelas, eu me sentei ao seu lado e não sabia o que viria á partir dali, sua expressão era triste, seu olhar estava perdido no horizonte e ele respirava fundo... 

Nunca o vi daquela forma, ele sempre foi forte e me consolou quando precisei, ele sempre aparentou ser alguém transparente mas, nesse momento sei que esconde algo doloroso em seu coração, isso parece machuca-lo, parece ser doloroso, eu poderia falar que ele não precisa me contar mas, eu queria entende-lo, eu queria conhecê-lo e voltar a confiar cegamente nele sem duvidar jamais, eu precisava ouvi-lo. 

Baekhyun – Não vou negar que no começo tudo foi por dinheiro mas, tem uma explicação. Meus pais morreram á muito tempo, eu era filho único e por isso herdei tudo, não sei se foi uma forma de esconder como eu estava sofrendo ou uma idiotice mas, eu gastei cada centavo em festas, jogos e mulheres com isso a empresa da minha família faliu, meus tios me olharam com desprezo e disseram que eu não fazia mais parte daquela família. Só quando eu vi as portas do império que meu pai lutou para conquistar se fechando que eu percebi o que eu fiz, sem alternativa fui morar com meu amigo Kris e um tempo depois soube que a empresa seria leiloada então vi nessa proposta de emprego a oportunidade de voltar a ter a vida de antes e reabrir a empresa do meu pai, eu estava sem alternativas... – nesse momento eu vi uma lágrima escorrendo em seu belo rosto.

 Instintivamente eu o abracei forte, eu não iria suportar vê-lo chorando, eu sentia falta desse abraço e vi a oportunidade de pela primeira vez consola-lo, seus braços me apertaram forte e ele chorava em meu ombro, aquele era o homem que eu voltaria a confiar, eu senti a sinceridade em suas palavras, eu senti sua dor e sua tristeza, nesse momento tudo que eu desejei foi fazer com que aquela dor que ele estivesse sentindo desaparecesse ou amenizasse, eu não queria ver ele chorando. 

Ele se afastou um pouco, eu vi seu rosto pálido encharcado pelas lágrimas, seus olhos marejados...

 Baekhyun – Depois que o tempo passou, eu fui te conhecendo aos poucos e antes que percebesse estava apaixonado, você tem mais poder sobre mim do que imagina. Você me transformou em outra pessoa, uma pessoa melhor, eu te amo (s/n). – disse olhando nos meus olhos. 

Juntei nossos lábios, ele retribuiu o beijo, seus braços me envolveram e eu entrelace meus dedos em seus cabelos, como eu sentia falta de seus beijos, como eu sentia falta de seu calor. Eu havia visto um outro lado seu, um lado sensível, um lado cheio de arrependimentos e mágoas, um lado que jamais imaginei que você teria. 

(S/n) – Eu estou aqui com você, não se preocupe com nada, sempre vou estar ao seu lado de agora em diante. Eu te amo Byun Baekhyun. 

 Eu via diante de mim uma joia rara e sensível, eu irei protegê-lo, eu estarei ao seu lado e vou fazer de tudo para que a minha insegurança não atrapalhe tudo que sentimos, prometo fazer de tudo até voltar a confiar cegamente nele, não vou desistir e também não vou permitir que ele se afaste de mim porque o pouco tempo que estivemos separados foi torturante, eu estava chegando ao meu limite, eu não consigo viver sem ele ao meu lado. 

Baekhyun – Prometa-me que não iremos se separar mais, me prometa que vamos tentar recomeçar... 

 (S/n) – Eu prometo. 

Acariciei seu rosto limpando as lágrimas, senti novamente a maciez de sua pele, ele fechou os olhos enquanto eu apreciava cada detalhe de seu rosto, tentando acreditar que ele estava em minha frente daquela forma, parecendo tão frágil, tão submisso. Eu me aproximei e distribui selares em seu pescoço o ouvindo arfar, seus olhos permaneciam fechados e observando sua beleza indescritível eu acariciava todo o seu corpo.

 Baekhyun – (S/n) vamos para outro lugar. – disse entrelaçamento nossas mãos e me puxando novamente para dentro de casa, subindo as escadas com pressa na direção do meu quarto. 

Ambos sentimos isso, nós precisamos um do outro, o tempo passou e aquele desejo que sentíamos parece ter aumentado, o tempo longe nos fez ficar completamente loucos para sentir o outro novamente, mesmo que hoje nos provarmos do sono nunca será o suficiente porque a cada dia eu o desejo mais, o sentimento avassalador do começo não mudou e só me fez desejar sentir novamente todas as sensações que ele pode me proporcionar. 

Entramos no quarto aos beijos, tranquei a porta com dificuldade e antes que eu percebesse estava deitada sobre a cama com Baekhyun sobre mim beijando todo o meu corpo, me levanto á loucura, ele me olhava da mesma forma, sem pudor ou vergonha alguma mas, dessa vez parecia mais intenso, seu olhar sempre me intimidou mas, como explicar o que estou sentindo neste exato momento. 

No começo tudo não passou de um jogo, um jogo onde o objetivo dele era me seduzir e conseguir o máximo de dinheiro possível. Nunca imaginei que uma história com esse começo poderia tomar um rumo tão diferente do esperado. 

Nunca imaginei que uma história com esse começo pudesse resultar em duas pessoas loucamente apaixonadas, incapazes de dizer não, incapazes de se separar e insaciáveis, nu cá será o suficiente porque a cada dia o desejo aumenta.

 O amor seria mais forte que o dinheiro? 

Continua.... 


Notas Finais


Obrigado por ler.
Beijinhos.
Lena_Hanson


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...