História Jogo de Sedução - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Morino Idate, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Rock Lee, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shino Aburame, Shion, Shisui Uchiha, Tsunade Senju, Yamato
Tags Drama, Naruto, Romance, Sasusaku
Exibições 95
Palavras 1.930
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Meus amores

Mais um lindo capítulo para vocês. ...
Dessa vez expor os sentimentos é melhor que esconder né senhor Uchiha kakaka

Quero agradecer aos novos favoritos e a todos os comentários anteriores... Amo quando vocês expõem suas idéias.

Boa leitura

Capítulo 37 - Confissão e dores do passado


Fanfic / Fanfiction Jogo de Sedução - Capítulo 37 - Confissão e dores do passado

  Autora


Sakura ainda se encontrava no escritório, assim que finalizou a leitura do último contrato, assinou e carimbou, colocou a pasta sobre as outras, olhou as horas no relógio do computador.

- Por Kami 22:00 horas, melhor eu ir agora - organizou as pastas em cima da mesa, pegou a bolsa levantou - se para sair do escritório.

Andou o longo corredor até o elevador, assim que clicou de imediato ele abriu as portas, a rosada entrou clicando o térreo. Seus olhos piscavam rapidamente já mostrando o peso e o cansaço que estava, a porta se abriu e Sakura saiu rapidamente, avistou o segurança que acenou e logo passou para o segundo elevador que dava acesso a garagem, como o anterior não demorou a chegar e muito menos a descer, andou passos rápido até seu carro, desligou o alarme entrando nele.

- Por Kami, que primeiro dia. - suspirou ligando o veículo, dando partida saindo da empresa.

A viagem até sua casa foi tranquila e rápida, estacionou o carro na entrada da garagem, desligou o carro saindo, clicou no alarme o ligando, abriu a porta da sala entrando em casa.

- Tô morta - fechou a porta com o pé caminhando pela sala, jogou a bolsa no sofá e deitou ali mesmo adormecendo pelo cansaço.

....

- Eu devo ter beijado o capeta. - o moreno socou a cama falando alto, ouviu batidas na porta, encarou o vazio pensando se iria atender, com desânimo levantou - se indo até porta a abrindo dando de cara com seu irmão sorrindo.

- O que você quer?

- Esta estressado marinho, o que houve?

- Itachi não tô para suas piadinhas hoje.

- Esse mau humor todo, tem nome e sobrenome e se chama Sakura Haruno acertei?

- Quase, mas entra. - Itachi passou fechando a porta.

- Falei merda com ela de novo.

- Quero novidade? - Sasuke revirou os olhos, encarou seu irmão que sorria debochadamente.

- Vai se fuder.

- Vou assim que minha noiva chegar, agora fala o que você cagou.

- Perguntei se ela sentiu algo ao beijar Akasuna!

- E ela beijou ele mesmo?

- Ele roubo beijo dela, como Sayumi aprontou comigo.

- Ele também, vocês dois estão mais ou menos ferrados.

- Isso eu sei, e agora o que faço? - O Uchiha mais novo sentou na cama, abaixou a cabeça.

- E agora, que você irá pedir desculpas a ela.- Itachi o olhava cruzando os braços.

- Eu sei, não tem como antecipar minha ida para konoha? - levantou a cabeça encarando seu irmão.

- Não sei, sabe o que acho incrível.

- O que?

- Você em pouco tempo se apaixonou por ela.

- Não é bem assim, no início foi mais atração física, eu a queria na minha cama, e quando eu vi o que ela estava passando eu senti algo dentro do meu coração.

- Oh que confissão linda.- Itachi fingiu secar lágrimas nos olhos sorrindo.

- Vai a merda, vai me ajudar ou não?

- Eu vou tentar resolver a sua situação para se mudar mais que rapidamente.

- Valeu Itachi.

O Uchiha mais velho foi até seu irmão tocando - lhe a testa sorrindo, virou saindo do quarto, Sasuke pegou o celular vendo as horas "23:00, será que ela vai me atender" discou o número da rosada que somente chamava, esperou até cair na caixa postal.

- Droga...

Pvo's Ino


- Garra amor, será que podemos nos casar depois da Hina?

- Por que isso agora?

- Poxa, eu fiquei noiva bem antes deles.

- Amor olha a diferença ela tá grávida.

- Eu também posso ficar.

- Não, agora não Ino, tá muito bom só nós  dois por enquanto.

-Entendo. - Suspirei olhando o tempo, estava uma noite maravilhosa cheia de estrelas no céu, andavamos pela rua próximo a casa do ruivo, assim que viramos para voltar para dentro de casa, vi uma cena bem peculiar fazendo meu noivo apertar minha mão ficando com o semblante sério.

- TEMARI.- o grito do meu noivo ecoou na rua.

Temari estava se agarrando com melhor amigo do meu noivo, "fudeu" - pensei olhando Gaara se aproximando deles discutindo.

- Calma irmão. - A loira se aproximou tentando acalmar o ruivo.

- Calma nada, e você pegar logo minha irmã cara?

- Que situação problemática, eu e ela estamos meio que ficando cara.

- O que tem de mais? - Temari entrou no meio tentando apaziguar.

- Tema sabe o quanto é ridículo essa cena, ficar se agarrando na rua com outra pessoa.

- Já veio o machão como se você nunca tivesse feito? - Temari pós as mãos na cintura vendo o irmão.

- Gaara deixa eles curtir a noite e  vamos entrar - falei olhando os dois sentindo o clima só esquentando "Agora ficou sério a bagaça"

- Que coisa mais linda - ouvimos alguém chegar próximo batendo palmas, nos viramos e senti uma repulsa enorme quando eu vi quem era.

- O que faz aqui?

- Ino, Ino esta muito tensa.

- Sai de perto da minha noiva seu maldito. - me escondi atrás de Gaara em forma de proteção.

- Por que está com medo linda, quando estava comigo na minha cama você não corria.

- Vai pro inferno Sai. - corri para próximo de Temari e vi Gaara partindo para cima do Sai, por que aquele maldito apareceu logo agora, fechei os olhos para não ver a cena.

- Ino está tudo bem ele já foi -Temari me abraçava e logo senti alguém me puxando para outro abraço.

- Enquanto estiver comigo ele não irá mais se aproximar. - Abri os olhos vendo os verdes do meu ruivo- Obrigada por esta comigo.

- Gaara vamos conversar lá em casa?

- Vamos Tema, não quero mais brigar. - Falou seriamente.

Segui todos para dentro, ver Sai era como resgatar lembranças doloridas da minha vida, quando fui boba e ingênua acreditando em contos de fadas, ele se aproveitou de mim e me usou para seus joguinhos sujos.

- Ino...

- Ah... oi amor.

- Você está distante - observei todos ali me encarando.

- Tô bem, vocês já se resolveram?

- Já sim, o trouxa ai do seu lado não vai me atrapalhar mais, e deixou eu namorar Shikamaru. - Temari respondeu e eu sorri minimamente.

- Fico feliz.

- Agora vem comigo Ino. -  Gaara me puxou pela mão, me levando para seu quarto. Abriu a porta, passei por ele indo direto me sentar na cama. Eu vi ele fechando a porta, pegou uma cadeira sentando na minha frente.

- Ino por que todas as vezes que aquele marginal chega perto você fica assim? Tá que eu sei da história que vocês namoravam, que ele te machucou mais por quê, eu estou tentando entender.

Cheguei na beirada da cama, me aproximei dele colocando as mãos em seu rosto.

- Meu amor, você é a coisa mais maravilhosa que me ocorreu, você a cada dia me tira de um dos meus pesadelos e a cada dia eu te amo mais e mais, o meu problema é que  sempre que  vejo aquele infeliz, eu lembro do que ele me fez, sei que um dia irá passar mais ainda e dói.

- Não se preocupe com mais nada - ele tirou minhas mãos de seu rosto e me abraçou - eu estou aqui e darei um jeito dele não se aproximar mais - senti lágrimas descendo do meu rosto.- Obrigada, muito obrigada mesmo. - beijei seu rosto me dirigindo a boca.

Pvo's Sakura


Ouvi o som estridente, passei a mão procurando o celular até que senti um vácuo do meu lado impulsionei meu corpo para tentar alcançar algo sólido, acabei indo direto ao chão.

- Que merda - abri os olhos e ouvi novamente aquele alto som.- a essas horas tem alguém tocando a campainha  - levantei ainda desorientada segui até a porta a abrindo.

- Bom dia senhorita Haruno.

- Haku, não é muito cedo para você está aqui?

- Não Senhorita são 7:10.

- Já? Tem 10 minutos que está aí, nossa desculpe entra.. - dei passagem para ele/ela passar, fechei a porta logo em seguida.

- Haku precisa de alguma instrução?

- Não senhorita, só aonde fica os produtos de limpeza e o que deseja para café.

- Oh, os materiais ficam na cozinha ou na área externa, alimentação ao seu critério não sou chata, o mais necessário - segui até onde ficava o telefone, abri a gaveta da mesinha e peguei a agenda. - Aqui tem o telefone mais importante, o meu, do escritório e se precisar de alguma emergência também, se tiver algum recado só pedi para ligar lá no escritório.

- Certo senhorita.

- Vou subir para me arrumar. - peguei minha bolsa no sofá e subi para meu quarto, entrei fechando a porta.

Coloquei a bolsa na escrivaninha e peguei meu celular, desbloquei vendo ligações perdidas, abri o registro vendo ligação do Sasuke. Suspirei fundo olhando as horas e retornei de imediato, chamou várias vezes, quando estava para desligar ouvi aquele voz rouca.

- Se for você Naruto eu te mato.

- Oi não é Naruto.

- Sakura...

- Desculpe te acordar, vi a ligação agora, eu apaguei no sofá de tão cansada.

- Eu que peço desculpas te ligar aquela hora.

- Sasuke...

- Sakura você anda está chateada comigo por ontem, me perdoe por favor.

-Sabe Sasuke, você me mágoa sempre com palavras e sério, mas preciso que saiba que mesmo que o mundo esteja contra nós, eu ainda estarei com você. Por que você me faz feliz.- a ligação ficou muda do outro lado me deixando apreensiva. - Tá aí.

- Estava processando o que você me falou agora mesmo, sabe de uma coisa sempre que eu precisar irei te pedir perdão, por tudo o que eu fiz, você chegou como um furacão entrando no meu coração, tirou o melhor de mim, coisa que nenhuma outra conseguiu.- Lágrimas escorriam em minha face ao escutar aquilo. - Sakura...

- Tô...te ouvi...ndo - funguei no telefone.

- Esta chorando, por quê? - respirei fundo limpei as lágrimas com a mão livre, caminhei até a cama me sentando - Porque eu amo você e com as palavras que acabou de falar para mim, me fez perceber que realmente você mudou, agora quando você irá vim para cá?

- conversei com meu irmão ele irá resolver essa questão na empresa e logo saberei.

- Precisa de algo para o curso?

- Sakura assim que eu for irei transferir meu curso para finalizar aí.

- Terei que mudar o meu por enquanto.

- Faz técnico em administração é rápido a duração do curso.

- Obrigada eu te amo Sasuke.

- Vou deixar você se arrumar a noite eu te ligo. Beijos - ouvi o som do celular desligando do outro lado. Me levantei seguindo rumo ao banheiro, tirei minha roupa jogando no cesto, entrei no box ligando o chuveiro, entrei na água quente joguei minha cabeça para trás fechando os olhos molhando o cabelo, lembrei dos melhores momentos que tive com Sasuke e sorri abóbada debaixo daquela água.

"Sasuke você mudou por mim ou melhor dizer por nós." .

☆ Quebra de tempo

Acabei de me arrumar, colocando um terninho preto, uma maquiagem bem leve, peguei minha bolsa e o celular, comecei a andar para fora do quarto descendo as escadas, senti o cheiro do café pronto e sorri.

- Haku

- senhorita o café está pronto.

- Obrigado por me ajudar. - Sorri vendo Haku ficar surpresa com minha atitude.

Tomei um belo café da manhã, olhei o relógio da cozinha e marcava 7:45 da manhã.

- Haku qualquer coisa pode me ligar, estou atrasada.

- Certo senhorita. - me retirei da mesa correndo para fora e entrando no carro.

  "Mas um dia sacrificante, tomara que Sasuke venha o mais rápido para ficar comigo" - Liguei para carro dando partida.


Notas Finais


E aí gostaram? Espero que sim
Que confissão Sasuke e Ino tadinha cheia de pesadelos e dor.

Ate o próximo capítulo

Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...