História Jogo Perigoso - (Dinally ) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Firth Harmony
Visualizações 42
Palavras 782
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Jogo Perigoso - (Dinally ) - Capítulo 2 - Capítulo 2

                   Lauren~Pov


Caramba por que a Normani fez isso, me desafia a fica logo com a Cabello, ela numca me deu condição, e não vai se agora que vai dar. Depois que Dinah foi embora, eu entrei na faculdade para procura a Camila, achei ela perto do armário dela.

Lauren. - oi Camila


Camila. - se veio pra ficar passando suas cantadas baratas pode volta pelo caminho que veio


Lauren. - nossa você é Grossa, só vim pedi ajuda em um trabalho


Camila. -por que eu te ajudaria?


Lauren. - por que você é legal?


Camila. - com os meus amigos e você Lauren não é minha amiga


Lauren. - vai Camila so uma ajudinha, por favor, meus pais vai me mata ser eu não passa.


Camila. - ta


Lauren. - obrigado, na minha casa ou na sua


Camila. - tanto faz você mora no lado da minha casa

Lauren. - então vou na sua


Camila. -ta, agora tchau


Camila saiu andando na frente, então fiquei admirando aquela bunda maravilhosa da Latina.


                   Normani~Pov

Maldita seja Dinah Jane, não acredito que essa demonia vai me fazer Pimcha a casa do reitor, e aqui está eu com o carro parado na frente da casa do reitor, coloquei uma máscara e sai do carro, parei na frente da porta dele e escrevi "Otario" bem grande e desenhei um pênis, guardei a latinha na mochila e voltei para o carro e sai dali, no caminho liguei para Dinah.

Ligação...


Dinah. - fala manizinha

Normani. - ja está feito

Dinah. - você é louca mesmo

Normani. - não Dinah você é louca de me desafia a faze uma coisa dessa, quero ver se ele me pega

Dinah. - Eu sei que você é muito esperta e numca iria se pega

Normani. -  você me paga Dinah

Dinah. - agora chega que amanhã acordo cedo

Normani. - que piada e essa, você acorda cedo?

Dinah. - tenho que coloca meu plano em prática

Normani. -boa sorte


Dinah. -tchau


                   Dinah~Pov


Depois que desliguei na cara da Normani, me ajeitar na cama para dormi, amanhã vai se um grande dia, com esses pensamentos que eu acabei dormindo. Acordei no dia seguinte com o barulho do despertador, desliguei ele é me levantei, fui até o closet e pegue uma roupa, deixei encima da cama e fui faze minhas igienis, depois de um banho, sai do banheiro de toalha, me vesti, ajeite o cabelo peguei minhas coisas e desci encontrando minha mãe  tomando café.

Milika. - caiu da cama?


Dinah. - não, por que todos acha estranho eu acorda cedo?


Milika. - por que você é uma preguiçosa?


Dinah. - feriu meus sentimentos mamãe.


Milika. - para de graça e toma seu café


Dinah. - cadê meu pai?


Milika. - ja foi para empresa


Dinah. - claro 


Depois de tomar meu café fui escovar meus dentes e pega a chave do carro que tinha esquecido no quarto. Entrei no carro e coloquei o destino no GPS, como eu tinha falado, com a ajuda de uma pessoinha eu consegui o endereço da casa da ally, dirigir durante uns 30 minutos até chega de frente a casa dela, sai do carro e fique encostado na porta, vir uma moça sai da casa, vindo em minha direção.

. - oi posso te ajudar em algo?

Dinah. - so estou esperando uma amiga que mora ali, marquei de dar uma Carona a ela

. - você é amiga da ally,?

Dinah. - sim

Patrícia. - prazer Patrícia mãe da ally

Dinah. - o prazer e todo meu sou Dinah Jane , você sabe se ela vai demora muito?

Patrícia. - não ela já está para sai, foi um prazer em te conhece, mas agora tenho que ir trabalha

Dinah. - bom trabalho

Patricia. - obrigada Dinah


A mãe da ally saiu, e não demoro muito e ela saiu também, quando ela me viu fecho a cara, e veio andando na minha direção.

Ally. - oque faz aqui?


Dinah. - vim te busca para ir a faculdade


Ally. - você tem algum Poblema?


Dinah. - sim,  Estou muito arrependida pelo oque te fiz


Ally. - um simples desculpa iria resolver e depois poderia ir embora, ainda não quero olha pra sua cara


Dinah. - você é sempre tão brava?


Ally. - sim


Dinah. - desculpa, e você aceita minha carona?


Ally. - prefiro pega onibos do que dividi o mesmo espaço que você


Dinah. - vai ally aceita, você não vai morrer por isso 


Ally. - ta, mas depois você some da minha vista 



Dinah. - nao posso te promete nada


Abri a porta pra ela é depois entre,  isso vai ser mas difícil do que eu pensava... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...