História Jogos da meia noite - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Chiyo, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Kushina Uzumaki, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Naruhina
Visualizações 64
Palavras 1.638
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha quem chegou com mais um cap
Sim meus anjinhos.... Desculpe a demora
Desculpe Qualquer erro de ortografia

Capítulo 7 - Aperta o descaso. Eu quero morrer!!!!!


Naruto

Eu agora apressiava de perto os exóticos olhos perolados, sorri de lado com a cara de indignação dela. A virei de costas prendendo em meus braços e coloquei meu queixo em seu ombro aspirando seu cheiro doce

Doce veneno

– Então é você língua afiada – falei bem perto de seu ouvido, senti ela se arrepiar e sorri ao ver suas reações – Que surpresa-

– Uma trágica surpresa – ela beliscou meu braço que apertava sua cintura fina

A virei de novo e colei nossos corpos. A música suave em que tocava está enjoada, agora todos do salão estavam dançando, confesso que é entendiante, mas dançar com a Hyuuga estava tornando as coisas mais interessantes

– Sabe, eu pensei que fosse um velho barbudo – ela riu se divertindo com minha careta – E confesso que fiquei surpresa em te ver

– Eu também – a rodei – Mas... Sei que não está feliz

Ela baixou a cabeça

– Bem eu... – suspirou fechando os olhos 

– Sei que estou te tirando muitas coisas, no momento redicularizo essa história de casamento, forçando a nos casar

– Verdade verdadeira – seu rosto se tornou inexpressivo – Eu tinha tantas espectativas, tantos sonhos com meu... – se conteve e eu estreitei os olhos

– Seu o quê, Hinata? – ouvi ela suspirar tristemente

– Meu EX... – dei um meio sorriso na tentativa inútil de desviar minha alegria descomunal

– Eu já esperava por isso – digo calmamente vendo ela erguer as sombrancelhas

– Como assim?

– Olhe pra você Hinata – a rodei divertido – Não é de se jogar fora – uma veia pulou de sua testa e me segurei pra não rir

– Seu infeliz! – esbravejou horrorizada – A música acabou, me larga!

Olhei ao redor e quase todos os casais já estavam indo embora, a Hyuuga se afastou de mim e subiu novamente as escadas

Suspirei pela décima vez naquela noite, fui em direção aos meus amigos, sorri vendo o Shikamaru bebendo champanhe e fui em direção do mesmo

– Olha o imperador sortudo – revirei os olhos fazendo nosso toque – Que fique entre nós, sua noiva é 'mó gostosa 'cara

– Respeite Hinata, cabeludo – digo rindo

– Érr pena que é vampira

Parei e arregalei os olhos, empalideci me esquecendo desse término detalhe. A fitei lá de cima, e lá estava ela, como o destino gosta de brincar comigo. E uma dela é que a coisa que menos esperava era que aquela da qual tinha me encontrado era minha noiva

Muito menos passou pela minha cabeça que ela é uma vampira

Uma sanguessuga!

Suspirei pesado tentando controlar minha raiva, peguei um copo com bebida forte e revirei toda goela à baixo. Droga!


(...)


– Uma lástima meu caro amigo – disse sínico vendo Kakashi andar de um lado para o outro com uma cara nada boa

– Se falar de novo, eu te mato 

– Ôu que medo – debochou Madara – Mas falando sério, acabou, eles já se conheceram Kakashi, não tem como ter a Hyuuga

– Deixa de ser pateta, imbecil, cale a boca se for falar besteiras – gruniu passando mãos pelos cabelos nervoso – Vampiros e Lobos são duas raças inimigas. Como aquele miserável do Hiachi pode fazer um casamento

– Talvez porque ele é o imperador?

– Não! – respirou fundo – Por que ele tinha que escolher minha Hinata

– Que ridículo essa sua obsessão por Hinata, está te deixando um completo maluco – Madara se levantou da cadeira cruzando os braços – Apesar de ser muito atrativo sua beleza exótica, um corpo invejável e muito cobiçada pelos homens

– Sim – sorriu psicopata – E é toda minha

Madara riu desgostoso ao ver seu aliado todo derretido

– O que você irá fazer com a menina Hyuuga? Só vai provocar a ser seu inimigo, e isso não é nada imprudente, já que está tentando conquistá-la – Kakashi o olhou

– Claro que não abestado, ela irá me amar também, uma pessoa do nível dela não pode se casar com um maldito Lobo


(...)


Sakura

Andei a passos rápidos até a mine cerimônia, logo ouvi a voz do bruxo alfa de minha espécie ao longe, tinha um tumulto rodeando o pequeno palco improvisado onde acontecia o voto cerimonial, é costume nosso de fazer esse tipo de coisa

Só o que me irritava era porque eu sou um pouco baixinha, e esses pernas de saracura não deixa eu ver nada

Cruzei meus braços ao perceber que não veria Hinata dizer sim ou não

Vi um espaço não muito grande e quase corri, só que uma montanha entrou na minha frente. Ergui meu olhar para cima e pisei no chão emburrada

– Meu querido, eu estava aí – digo esperando alguma reação

Ele nem se mecheu

– Seu mal-educado eu pedi licença – cutuquei ele e o mesmo se virou com cara de tédio

– O que quer?

– Quero que saia do meu lugar – fui ríspida estreitando os olhos

– Seu nome não está aqui pra ser seu lugar

– Não interessa, cai fora! – cruzei os braços e só ouvi ele bufar

– Vamos fazer assim, você vai procurar outro lugar e eu continuo aqui, fechou?

Bati palmas ironicamente

– Mas é claro... Que não! Acha que eu sou burra? Te encherga. Não sou tão idiota de sair do meu lugar

– Olha, eu não vi ninguém quando cheguei aqui, então vaza pirralha que eu tô perdendo a cabeça

Respirou fundo tentando me controlar, faça meu favor!

Dei de ombros e passei por ele, ficando na sua frente, pude sentir seu olhar cheio de ódio sobre mim e ri discretamente, mirei para frente e vi Hinata bebendo o vinho e logo após o noivo gatérrimo dela

Vamos concordar, gente doida tem sorte!

Tipo eu... Que vi de camarote a cara emburrada que ela fez ao dizer o bendito sim

Coitada, eu não queria estar na pele dela, se eu me separasse do meu amor que eu mais me orgulho é o meu namoro com Sasori, eu não quero nem pensar

– Arreda – sussurrou no meu ouvido me assustando

– Se quiser mais espaço... Procure outro lugar – digo sínica

– Hum – me empurrou e me virei fumaçando me enconstando na grade

– Não empurre idiota – gruni mechendo os dedos discretamente – Mandarei te enforcar se fizer mais uma gracinha

– Você nem me conhece pra me ameaçar rosinha – sorri pra ele

Mas me assustei quando seus olhos ficaram vermelhos e logo desfez a magia que estava fazendo nele

– Uma bruxa – disse baixo e logo após seus olhos ônix incrivelmente negros voltaram ao normal

Agora pisquei algumas vezes e apreciei seus belos olhos negros, intimidadores, mas logo desviei o olhar quando me toquei que não parava de fitá-lo

Voltei a ver o noivado de minha prima tentando esquecer os olhos negros, que só vem na minha mente, será possível...?

Fechei meus olhos mordendo meu lábio inferior. Herança de família

Senti um corpo definido se encostando ao meu

Mais há desgraçado!

Mechi meu dedo e o homem pulou pelo choque que meu corpo deu. Ri um pouco alto

– Tu tá louca?! – o moreno me olhou perplexo

– Não por você – pisquei pra ele, que só revirou os olhos

Nossa, como ele se irrita fácil


(...)


–... A benção foi dada aos noivos, e por nesse momento, estão comprometidos para toda a eternidade – o bruxo alfa terminou com seu discurso dando por encerrado

Naruto suspirou cansado e fitou discretamente Jiraiya que estava quase dormindo em pé

– Ero-sennin, vamos embora – sussurrou mas o imperador e Hinata ouviram

– Concordo, estou exausta pai – bocejou tirando uma mecha de cabelo da frente do rosto

– Tudo bem – Hiachi sorriu minimamente – Também estou indisposto – murmurou avisando que encerrasse a festa

Naruto sorriu travesso e andou até a Hyuuga que ao perceber a aproximação, tentou se afastar

– Espero... – ele começou juntando as sombrancelhas – ... Te ver novamente, Hinata

– Está muito convencido pro meu gosto – resmungou parando, colocou as mãos na cintura

– Bom – pegou a mão de Hinata e deu um beijo no local – Creio que nem queira ver minha cara

– Acertou na mosca – ironizou recebendo um beijo no rosto, arregalou os olhos – Mas... 

– Até algum dia princesa – sorriu e se virou indo até Jiraiya que o esperava já impaciente

– Idiota – murmurou fazendo bico

Suspirou indo até seu pai

– O que foi Hinata? – perguntou ele desconfiado – Está vermelha

Ela pegou em seu rosto

– Nada... Pai – sorriu amarelo seguindo Hiachi até a carruagem e sentaram no banco do mesmo

– Ah sim – ele murmurou recebendo a atenção da perolada – Uma de minhas concubinas está grávida – ela arregalou os olhos 

– G-Grávida, mas, então isso significa que...

Ele suspirou acentindo

– Sim, você terá um irmão – deixou a cabeça tombar pra trás – Uma bastarda!

– Não pai – a morena estreitou os olhos – Não é uma bastarda, é sua filha, minha... Irmã

– Não fazia parte dos meus planos ter mais um filho

– Pai, eu sou sua única filha

– Ah Hinata – fechou os olhos

– Mas, você não vai criá-lo

– Claro que vou, independente de eu querer ou não, vou ter que aceitar essa criança

– Hum – murmurou 

Sakura apareceu do nada assustando todo mundo

– Ei, que história é essa de me deixarem? – reclamou enquanto via os olhares recaíram sobre sí

– Sakura! – exclamou Hiachi – Não apareça mais desse jeito

– Há – deu de ombros – Me deixaram lá como se tivessem esquecido de mim

– Poderia muito bem ter ido com magia pra casa – o imperador ralhou – Você é uma bruxa, nunca se esqueça disso

Eu em... – Hinata sussurrou

– Hinatinha – cantarolou a rosada com um sorrisinho sapeca – O que achou de seu noivo? – tanto ela como Hiachi esperavam uma resposta

– Nada de mais – deu de ombros

– Como assim? – o homem juntou as sombrancelhas – Não gostou dele?

– Certamente – disse calma recebendo um olhar desconfiado de Sakura – O que meu pai quer é só me casar com o Uzumaki e ponto – ela falou com tanta seriedade que a rosada se manteve em seu lugar

– Hinata – o imperador falou calmamente

– Meu pai – o cortou – Estou profundidade chateada com você, sabes muito bem que meu coração pertence somente a Kiba – sua voz falhou – Minha única alegria era o amor da minha vida. Eu o amo... Muito

– Hinata – Hiachi elevou a voz – Não quero mais vê-la falando ou se encontrando com o cavaleiro inuzuka, entendeu?

Hinata virou o rosto sentindo seus olhos arderam

– Caso me desobedeça – o tom ameaçador fez a perolado levantar seu olhar – Ele desaparecerá e nunca mais irá vê-lo novamente




Notas Finais


Tô sem tempo de falar😰😰😰😰
Me desculpe pela demorA
Até a próxima😘😘😘😘😶


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...