História Jogos de OOO - Capítulo 56


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Ash, Cake, Finn, Fionna, Hudson Abadder, Jake, Litch, Marceline, Marshall Lee, Princesa De Fogo, Princesa Jujuba, Principe Chiclete, Rainha Gelada, Rei Gelado
Tags Hora De Aventura
Exibições 46
Palavras 2.597
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Comédia, Harem, Hentai, Lírica, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ola ola, então sabe eu tive uma vontade de ler minha fica do começo e bateu um sentimento sabe, essa cap é mais uma lembrança sabe, irei fazer mais um assim, mas ta foda pq to sem pc, to fazendo no celular, aproveitem a leitura

Capítulo 56 - Como o Tempo Passa



POV Finn on
A galera me apagou de jeito, eu ainda sentia dor no nariz, fui me levantando devagar, pisei em alguma coisa que saiu rolando, abri os olhos e vi latinhas spray e um piso de madeira, olho ao redor... Paro penso um pouco... Era minha antiga casa, aonde tudo começou, começo q andar pelos corredores r vejo furos de bala, tem umas roupas minhas no chão, tinha roupa da Flama, eu fui catando e jogando no meu quarto, cheguei a sala e estava Fleme jogando vídeo game, a Jack do lado deitado todo jogado, fiz final de silencio pra Flame que entendeu na hora, peguei uma panela e uma colher, cheguei do lado de Jack e comecei a bater, ele saltou no susto, ele me encarou puto, pegou um travesseiro e jogou em mim, Flame começou a rir e levou travesseiro na cara também, eu cai rindo e Flame também, Jack riu junto, quase fiquei sem ar... Respirei fundo e me sentei, precisava falar sério com Jack
-Eu quero saber por que me tiraram de lá
-Finn, não vamos falar sobre isso, por favor
-Finn, entenda a situação, você precisa se preparar pro pior-Fleme falou
-Por que? Por que Lich ainda pode ser um problema? Por que não estou pronto pra perder Mary?
-Proa dois... 
-A valeu Jack
-Finn, você vai ter várias surpresas, algumas boas, outras terríveis
-E como vou me preparar pra elas Jack-Falei gaguejando
-Aprendendo a respirar fundo e a fazer coisas que talvez nunca imaginou fazer...
-Oque seria essas coisas?- Flame e Jack se entreolharam, Flame pegou um mapa de um lugar
-Finn, nos sabemos aonde Lich esta, Prismo nos contou pra onde ele ia depois que Lich o matasse
-E como ele saberia disso
-Digamos que Príamo era importante mundialmente
-Como assim? Estamos falando do Príamo? Negro, dreds, todo cheio de espiritismos...
-Sim... Ele era uma espécie de juiz especial, quase uma lenda, um prodígio ou sei lá, ele julgava pessoas para irem para um tipo especial de prisão, que fica aqui em OOO, e por matar Príamo, Lich vai direto pra lá
-Então Lich ainda ta em OOO? A legal- Falei me arrumando na poltrona e olhando os dois que ficaram surpresos- Mais fácil de chegar nele e mata-lo logo- Os dois riem levemente e com sarcasmo
-Seria melhor encontra-lo na China do que na cidadela
-Onde?
-Maior prisão da terra, a mais segura, chega a ser controlada só por maquinas, 
-Mas Prismo não era um juiz fodão? Deveria ser pena de morte
-Lá é pior que pena de morte, você é torturado todos os dias, eles te torturam ate você morrer de velhice
-Nossa... E como vamos entrar em um lugar desses?
-Iremos entrar no mesmo dia que Lich, no momento que ele entra irão entrar mais alguns guardas e as maquinas irão ignorar a passagem de pessoas, iremos entrar junto
-E na saída?
-Essa é a parte foda, tem uma escotilha que da pra desses, é uma escotilha pro esgoto, que abre pra saída de esgoto, mas são só alguns segundos, por sorte é decida, ai de lá temos que sair o mais rápido possível, e quando notarem que Lich morreu já estaremos longe o bastante. 
-E quando iremos? Tipo, ele vai ser preso logo ne?
-Não sabemos, primeiro será levado a julgamento, pode demorar de 2 a 3 dias, iremos vigiar a prisão por algum tempo, dois dias antes da entrada eles começam a abrir algumas comportas e preparar o portão que demora 1 dia pra abrir e só 30 segundos para se guardado
-OK até lá oque faremos
-Vamos nos preparamos
-E quem mais vamos chamar, Marcy talvez...
-Só nos 3, não vamos colocar mais ninguém nessa caçada...-  Flame falou me encarando
-Entende que essa missão é só para acabar logo com isso Finn?
-Entendo... 
Jack e Flame ficaram falando sobre o plano, as maquinas e oque poderíamos levar, Jack arranjaria as armas e Flame ficariam de plantão vigiando a cidadela com cuidado, eu estava encarregado de não fazer nada, de relaxar e limpar minha mente, eu entendi, pra isso eu precisava sair e relaxar, eles meio que me expulsaram de casa, eu estava de pijama na rua, mas minha moto estava ali então subi nela e sai, decidi ir na casa de Billy, ficava meio longe mas ainda valia apena visita-lo para poder me despedir, então fui pelas vias mais escondidas para evitar o transito do centro e de ser visto de pijama, consegui chegar lá, demorou Lara o kraleo mas cheguei, quando cheguei vi flores e fotos na porto, ele era muito querido por ter protegido o distrito dele por anos, eu fui entrando e a primeira coisa que vi foi sua arma giratória escrita DOTAN, eu achava aquela arma foda, eu fui andando pela casa, cheia de dinheiro, drogas munição e só alguns moveis, então no quarto de Billy vi um PC aberto ligado ao carregador pronto pra dar Play, na tela via a cara de Billy... Me sentei e a primeira coisa que notei era Cannyon com uma cara triste atrás... Dei play no vídeo
Vídeo play
-Já ta gravando Prismo?
-Já cara, pode falar, Cannyon chega junto
-Sabe que não sou boa com despedidas
-Então relaxa que essa é a ultima
-Parem de discutir, você a de fazer piada Prismo, e Cannyon para de enrolar, é pró Finn
-Pra ele daremos adeus 
-Beleza, Finn isso aqui é um adeus, entenda que não adianta oque aconteça, nesse ataque eu e Cannyon temos que morrer
-Mas calma que tem um motivo Heróizinho- Cannyon
-No dia do ataque você vai atacar Lich sozinho, e eu sei que vai dar errado por duas coisas, um você não esta pronta, dois Flama ira atrás de você, e como Prismo explicou, sangue tem que ser derramado, e eu sei oque sente por Flama, eu sinto isso multiplicado por 10 por Cannyon...- Cannyon da um beijo na bochecha dele, ela chorava- Eu pensei em morrer no lugar dela, mas não seria só ela que morreria cara, você também iria, e não posso morrer por dois de acordo com Prismo, então....- Billy limpou os olhos para não chorar...- Cannyon vai morrer por Flama e eu por você, então cuidado Finn, por que não pode deixar Flama morrer viu, se ela morrer eu volto dos mortos e quero sua cara...
-E sobre aquilo que você queria falar pra ele em Billy?
-Oque?
-Aquela parada...
-AAAAAAAA... Seu pai ta na cidadela Finn... Antes de desligar o vídeo tenho alguns pedidos, 1 cuida da minha arma, minha DOTAN é minha filha favorita cara, 2 quero que me enterre no fundo da minha casa ao lado de Cannyon, e 3 Não tire seu pai da prisão, se fizer isso será um caos absurdo por toda OOO, você precisa cumprir tudo isso a todo custo, eu estou sem tempo, quero curtir os últimos momentos com Cannyon... Isso é um adeus Finn...- Billy abriu espaço pra Cannyon
-OK... Oque falar pra você Finn, eu te conheci do jeito mais errado e confuso, atrapalhei um momento do seu namoro e mesmo assim nos nós tornamos bons amigos... Essa aventura foi incrível, você trouxe Billy de volta a ativa, e pude me sentir viva, agradeço por tudo, eu e ele demos uma ultima volta pra dar adeus mas ainda falta alguma coisa... A fala pra Flama que sinto muito por tudo que rolou, que amei ser amiga dela e que eu daria a vida por ela quantas vezes eu pudesse... Sabe que nunca fui boa em dar adeus Finn...- Ela estava chorando...- Eu tenho que ir Beijo e nos vemos do outros lado...
Vídeo Off
Eu estava chorando, com uma mão no peito e outra cobrindo meus olhos, eu me senti péssimo por isso, me levantei e fui cambaleando ate a sala aonde a arma estava, me sentei ao lado dela peguei um pano e a limpei... Eu estava de moto então teria que deixa lá ali por um tempo, então sai, subi na moto e fui ate a minha casa e da Flama, cheguei lá e peguei o carro, só entrei pra me trocar, não queria entrar na casa sem a Flama, eu sai de carro e fui a funerária onde estava o corpo de Cannyon e Billy, pedi pra retirarem, eles falaram que ia demorar um dia... O cara não parava de encher o saco ate eu botar um bolo de notas de 100 na mesa, ele calou a boca e obedeceu, tinha uma menina sentada no local dos túmulos, ela tinha cabelos longos e sorria, um cara chegou e a abraçou, eu não fiquei pra ver, peguei os corpos e ia botar no carro mas a funerária ofereceu o carro, falei aonde deixar e segui para a casa de Billy, ao chegar lá peguei a arma e deixei no porta malas, arrumei a casa, votei as drogas e a grana arrumadas, fiz sofá de dinheiro, eu vi o carro da funerária que deixou os corpos aonde mandei no jardim do fundo, eu precisava cavar a cova, me enfocaram que a cova fosse funda pro corpo não soltar um cheiro de carniça... Pra minha sorte era meio dia num sol infernal, fui acabar a covas só lá pra meia noites, coloquei os corpos com cuidado e comecei a tampar, que foi bem mais rápido, terminei e coloquei pedras em volta, então fiquei lá e Rezek a Glob... Eu entrei e bebi uma lata de cerveja... Recebi uma mensagem do hospital me chamando urgentemente, dirigi como um louco que sou, no caminho Ar me mandou mensagem me chamando pro hospital, chegando lá vejo ela de enfermeira me esperando
-Oque tá rolando Ar?
-É sobre Flama, o corações...
Fui entrando e na entrada havia médicos e enfermeiras comemorando, O doutor da Flam estava junto com uma taça de champanhe na mão, ele sorria e chorava levemente todos comemoravam, e do lado tinha uma enfermeira levando uma caixa branca pra um dos corredores... Fui direto falar com ele
-Oque ta rolando aqui?
-Uma doação de materiais e órgãos- Ar falou sorrindo
-Doaram materiais e órgãos pro hospital, doação anônima
-E me chamaram por?
-A uma doação de 5 corações
-Quer dizer que Flama? A cirurgia?
-Já foi pagas pelo pai, ele esta lá no quarto dela, vai lá rápido garoto!!
Sai correndo, o piso era tão liso que a cada curva eu quase caia, eu finalmente cheguei no quarto, e a primeira coisa que rolou foi um copo voando e se quebrando do meu lado
-Não era assim que imaginei ser recebido
-Finn sai daqui!!- Flama falou aos gritos
-Calma oque ta rolando? – Vejo o pai dela com uma cara intranquila- Fogo? Oque ta rolando?
-Oque ta rolando Finn? É que ele matou 5 pessoas pra me arranjar um coração?
-Eram pessoas ruins minha filha
-Só 4 delas não pai? Conta pra ele!!
-Contar? Oque você fez Fogo
-Não me julguem assim ctianças
-Conta logo Pai!!
-OkOk... Um dos corações é de um primo de Flama, o único saudável... 
-Oque?!-Falei em pânico- Como tu mata um sobrinho seu?!
-Ele queria me matar a anos pra tomar meu lugar, eu só matei dois coelhos com uma cajadada só
-Porra e que cajadada em...
-CALEM A BOCA OS DOIS!!- Fogo falo e nos dois nos calamos na hora, eu senti aquele calor absurdo de novo, já tava ate sentindo saudadas...- EU FIZ OQUE PRECISAV SE FEITO PARA SALVA SUA VIDA, SE ACHA QYE VOU TE DEIXAR NEGAR ESTE CORAÇAO ENTÃO NÃO SOU CAPAZ DE SER SEU PAI!!-Flama ficou em silêncio, então ela levantou a cabeça e falou calma
-Pai estou feliz que tenha feito isso por amor a minha vida, só não sei como reagir por ter matado pessoas dessa forma por mim, eu só preciso de tempo pra que eu pense melhor nisso
-Eu entendo, irei te deixar nas mãos de Finn, quando me perdoar me chame que virei não importa oque esteja rolando
-esta bem pai
Fogo abraçou Flama e se retirou com uma cara triste, ela também estava muito triste, eu a abracei e fiz um carinho, eu queria dormir lá más ela me mandou embora, eu não ia esperar Flame e Jack, já estava quase indo embora quando vi Ar de saída...
-Ar... Que carona?
-A Finn... Seria bom, estou sem celular pra ligar pro Gumble
Ela subiu na moto e me abraçou, sai do estacionamento e fui direto pra casa dela, aonde vi o carro de Gumble, eu nem queria entrar, mas Ar insistiu e me puxou, entrando lá estava Bmo, Fionna e Gumble... 
-Isso é oque eu to pensando galera- olhei estranho pra eles...
-Oque Finn- Fionna falou me encarando...
-É uma noite de casais?
-Mais ou menos Finn, pq?
-Eu, não estou afim de segurar vela, e duas ao mesmo tempo? Nem fudendo galera, beijos e falou
-Fica Finn, por favor, podemos chamar a Marcy e Flame também...
-3 VELAS?! Se ta loca vei
-Fiiiinn
-Prometo que na próxima eu fico, hoje não, preciso respirar fundo sabe...
Sai de lá correndo, Ar ficou meio triste mas me deixou ir, eu sai de lá e fui direto pra Green Steet, mas no meio da via principal... Eu freei e fiquei parado, estava tudo parado, sem carros, e eu estava meio sem saber aonde ir... Foi ai que pensei em ir pra minha casa e da flama, mas não já conseguir entrar, pensei na casa da árvore, mas não queria dormir lá, então fui em direção a minha antiga casa, aonde Jack e Flame estavam, chegando lá vi o carro da Marcy e um carro todo rosa, eu não queria nem entrar, fui direto pro teto escalando as janelas, chegando lá me deparei com o saco de pancada e os alvos que eu treinei por 1 mês pesado com Flame, me lembro de cada soco que levei, ainda tinha algumas cicatrizes, tirei a roupa e fui trinar no saco de pancadas, e eu sentia que a cada soco meu corpo ficava mais leve, que meus problemas sumiam, senti meus punhos arderem, mas a brisa da noite me relaxava, e as estrelas ao fundo me faziam sentir que eu estava bem, que tudo ia dar certo, parei por sentir meus pulsos cansados não aguentarem mais se chocarem contra o saco de pancadas, eu abraçou o saco de pancadas e fiquei parado, olhei pra porta de entrada do terraço e vi Marcy...
-Ta ai a quanto tempo sangue suga?
-Bastante, apreciem o achou Rock Balboa
-Eu tó esperando o Blaide vim te buscar
-Hahaha caidinho dourados muito engraçado
-Tava transando com Flame?
-Que pergunta bosta... Claro que sim, e na sua cama
-Me lembra de queimar ela depois...- Marcy me olhou estranho...
-Finn lembra quando nos conhecemos?
-Que você me amarrou e me jogou no armário? Lembro...
-Eu jurava que íamos acabar juntos, ate conhecer Flame claro, mas eu deixei uma coisa em você que me arrependo sabe...
-Que foi?
-Uma cicatriz em “M”, Flama já falou que viu e eu pedi desculpa mas me sinto mal
-Relaxa, não muda nada
-Me faz um favor, cobre ela com uma tatu depois?
-Ué por que?
-Sempre que março alguém com isso e eu não cuido da pessoa ela morre
-Tipo o Ash? 
-Tipo o Ash, mas ele eu odiava, e agora tem você, não é que eu não goste, mas eu quero marcar Flame e se você estiver com isso traz má sorte
-Entendi... Você paga a tatu viu...
-Beleza, agora vai dormir Finn...
-Jaja, ao vou ali fazer uma coisa...
-Oque?
-Matar a saldada de grafitar....


Notas Finais


Obrigado por ler e comentem, e me digam se sentem saudades de alguma coisa...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...