História Jogos Infernais(interativa) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bleach, Fairy Tail, High School DxD, Naruto, Noragami, Sword Art Online, The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai), Tokyo Ghoul
Personagens Acnologia, Aizen Sousuke, Akeno Himejima, Akira Mado, Ayato Kirishima, Boruto Uzumaki, Brandish μ, Byakuya Kuchiki, Cana Alberona, Carla (Charle), Charlie, Chelia Blendy, Diane, Elaine, Elfman Strauss, Elizabeth Liones, Erza Scarlet, Escanor, Gajeel Redfox, Genryuusai Shigekuni Yamamoto, Gildartz, Gin Ichimaru, Ginshi Shirazu, Gowther, Grandine, Gray Fullbuster, Grimmjow Jaegerjaquez, Hanabi Hyuuga, Happy, Hashirama Senju, Hawk, Hendriksen, Hideyoshi Nagachika, Himawari Uzumaki, Hinami Fueguchi, Hinata Hyuuga, Hirako Shinji, Ichigo Kurosaki, Igneel, Isshin Kurosaki, Itachi Uchiha, Izuru Kira, Jellal Fernandes, Jugram Haschwalth, Juuzou Suzuya, Juvia Lockser, Ken Kaneki, Kenpachi Zaraki, King, Kishou Arima, Koutarou Amon, Kuki Urie, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Lector, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Madara Uchiha, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Mayuri, Meliodas, Menma Uzumaki, Merlin, Metalicana, Nemu Kurotsuchi (Nemuri Nanagou), Nishiki Nishio, Obito Uchiha (Tobi), Orihime Inoue, Pakura, Personagens Originais, Rangiku Matsumoto, Renji Abarai, Renji Yomo, Retsu Unohana, Rias Gremory, Rikudou Sennin, Rin Nohara, Rogue Cheney, Rukia Kuchiki, Saiko Yonebayashi, Sajin Komamura, Shunsui Kyouraku, Shuu Tsukiyama, Skiadrum, Toneri Otsutsuki, Tooru Mutsuki, Touka Kirishima, Toushirou Hitsugaya, Ukitake, Ulquiorra Schiffer, Urahara Kisuke, Uryuu Ishida, Uta, Zeref
Tags Drama, Hentai, Linguagem Imprópria, Mortes, Sangue, Terror, Violencia
Exibições 45
Palavras 2.475
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mecha, Mistério, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Como foi o Ano Novo de vocês? O meu foi o meu lenga-lenga de senpre. E nova meta do ano: postar mais capítulos até o fim kkkkkkkkkkkkk Eis o capítulo da pancadaria, galerinha. Eu acho que exagerei uma parte aí kkkkkkkkkkkkkk mas espero que gostem. Perdão por qualquer erro. Notas Finais importantes.

Capítulo 12 - Coração (Morto) Batendo


Rosely abre a boca para devorar Ten, o mesmo apenas pensa: "...ah, merda..."-E, no segundo antes de ser devorado, ele é salvo por uma bela garota alta de longos e lisos cabelos brancos. O mesmo fala: Você...-A garota eatava com uma peculiar asa negra ativada, no lugar de seus braços, e segurando Ten com as pernas, que tinham ganhado pernas de ave. A mesma o deixa delicadamente no chão e fala sorrindo:

Liz Sakata, prazer.-Diz sorrindo para Ten. O mesmo, de tão cansado da luta, desmaia, deixando Liz encabulada e confusa: E-Ei! Eu acabei de te salvar e você desmaia, sem mais nem menos? É sério?!-Grita para Ten, mas foi em vão. A mesma bufa e nem percebe Rosely tentando atacá-la. Rosely é lançada longe com o golpe de um garoto de longos cabelos grisalhos e olhos vermelhos ameaçadores. O mesmo vestia um cachecol branco, um sobretudo negro por cima de uma camisa cinza. O mesmo fala:

Ele tá bem?-Pergunta o jovem para Liz que assente e fala:

Sim... só muito cansado.-Diz ela, se levantando: Agora...-Diz enquanto Rosely se aproxima correndo, mas é impedida por uma peculiar Kagune surreal indescritível. A Kagune era tão grande, que o ferimento causado em Rosely seguia de seu pescoço até sua cintura. A dona da Kagune chega ao lado um homem alto vestindo um casaco roxo, de cabelos da mesma cor e olhos peculiares, assim como dois "sinais de beleza" abaixo do olho. A usuária da Kagune era uma garota pequena, de cabelos azuis fofos em "maria-chiquinhas"(Autor: Acredito que seja esse o nome.) e "gordinha": Urie-san... Saiko-chan.-Diz olhando para ambos. A garota chamada Saiko tinha uma Kakugan, característica exclusiva Ghoul. O homem chamado Urie fala:

Então... (Surreal!), (Surreal), (Surreal)...é isto o que Nimura quer que detenhamos...-Diz lembrando da ordem de Nimura Furuta.

Flashback ON...

Bom... meu caro esquadrão...-Diz Nimura Furuta para as pessoas à sua frente, enquanto cheirava uma flor: Parece que um dos nossos, o Hakorpian não dá conta de uma candidata... é algo simplesmente patético e ridículo... mas, o Diretor deseja trazer ambos para cá, junto de Eto, até o anoitecer. Ele está apreensivo.  Então, terei que mandar o Esquadrão com maior chance.-O local onde eles estavam era uma peculiar sala de metal ,com 3 metros de altura, tendo somente um portão da mesma altura, nada mais. Furuta expreme a flor e fala: A patética Eto... perdermos sinal com ela... é uma lixo. Um desperdício de tempo. Se não fosse o Diretor, eu a mataria... e ainda me aproveitaria daquele corpo pequeno e com belos atrativos femininos...-Diz imaginando o corpo de Eto sem ataduras. Furuta possui um psicótico desejo carnal e de matar Eto. Algo incompreensivel. Felizmente, tal fesejo não era mútuo.-...Um dia conseguirei...-Djz começando a babar e repetir "Algum dia...: frenéticamente, imaginando Eto de diversas roupas sensuais, até nua. Urie, aborrecendo-se com aquilo pigarrea e fala:

Só isto?(Idiota estúpido... se deseja tanta tranzar com ela, estupre-a.)-Diz sério e frio para Furuta, que joga a flor no chão e fala:

Bem... traga todos vivos.-Diz ssorrindo psicótico: Use o presente do Noro-san, Urie-kun... aliás, se alguma coisa estiver atrapalhando vocês, detenham. Simples. Bem... se estão todos, vão logo... irei preparar algo para Eto... um veneno que derrete os tecidos um a um... meio sensual, não?-Diz sorrindo para todos. Todos fic com medo de Furuta, com exceção de Urie. Ninguém fala nada e, Furuta, constrangido, sai alegre da sala, abrindo o portão. Urie fala:

Hakuryuu, Yonebaishi, Sakata, preparados?-Diz sério para todos que assentem e falam em conjunto:

Sim, senhor!!-Dizem para Urie. Urie Kuki era uma pessoa complexa. Muitos desgotavam dele. O achavam repulsivo. Mas, com a morte de um de seus companheiros, ele mostrou capacidade e virtudes de um líder. Então,  eles saem correndo, em direção do local da luta...

Flashback Off...

Enfim!-Diz uma voz feminina e infantil ao longe. Era Eto. Ela chegava ao longe, como se nada tivesse acontecido. Urie fala:

O que é isto?(Um Ghoul com uma Kagune anormalmente grande... só pode ser... uma droga de um canibal.) Espere. (Essa Kakuja se assemelha ao da Coruja... mas como?!) Este é o Floppy, Coruja?-Pergunta Urie para Eto, que simplesmente ri e fala:

Se fosse, eu não precisaria de inúteis como vocês para me ajudar!-Diz com ar de arrogância, o que irrita Liz, que observa atentamente tudo. Eto volta a falar: É uma longa história... resumindo, Ten e eu viemos levar a Rosely... o resultado é esse.-Diz apontando o dedo para Rosely, que se regenerava cada vez mais.-Ela é imortal... agora, uma One Eyed... oponente complicada, não?-Pergunta sorrateiramente para Urie que simplesmente responde:

(É estritamente complicado!)(É estritamente complicado!)(É estritamente complicado! )(É estritamente complicado!) Na verdade, não.-Diz apontando sua Quinque para Rosely.-Esquadrão 3, preparar para combate.-Ao dizer isso, todos se mantém em posição de combate, prontos para receber as instruções, enquanto Rosely se reergue novamente inteira, tomando fôlego. Urie fala: Sakata, no intervalo de 3 segundos, realize golpes energéticos a longa distância, mantendo a distância mais segura de contato direto(Isso talvez funcione.), Yonebaishi, crie distração para que Sakata possa atacá-lo a longa distância(Assumirá o papel de Hakorpian... no estado dele atual, ele não serviria para nada, apenas para morrer.) Coruja, você deverá atacar em pontos cegos, não dando chance dela revidar ou desviar.(Coruja contra Coruja, afinal, huh?) Hakuryuu, tome a direita e ataque com ataques individuais poderosos em um intervalo de 1, 55. (Ele deve ser capaz disso.) Eu assumirei os ataques frontais diretos e efetivos, quando eu ativar a Ginkui, todos realizem ataques poderosos em 0, 05 em conjunto.(Pouco importa se é imortal... irá se cansar depois de tudo isso.) Vamos.-Diz tomando a frente, com Hakuryuu ao leste de sua posição. Urie pega sua Quinque, a Ginkui e colide a espada na mão de Rosely, que tenta atacar Urie, mas o mesmo desvia, criando golpes de ar com a espada, cortando levemente o ombro diteito de Rosely.-(Vamos, Hakuryuu!!)-Logo chega Hakuryuu Yakushi, com as pernas ardendo em chamas, dando chutes poderosos em Rosely, que não sofre danos algum. A mesma ia atacar Hakuryuu, porém, recebe uma flecha de energia no pescoço. Liz atira mais 23 flechas que atinge Rosely, tendo efeito nulo. Rosely rosna, mas tem as costas perfuradas por cristais de Eto, que se mantém longe. Urie perfura a Ginkui na barriga de Rosely e a ativando, fazendo a mesma ser devorada pela Quinque, mas regenerar instantaneamente. 

Ei, monstro!-Grita Hakuryuu para Rosely, chamando a atenção dela. Hakuryuu lhe desferiu um chute de chamas no rosto, fazendo com que Rosely cambaleia no chão. Ela atira cristais, mas são todos parados por Saiko. A mesma estava longe, usando sua enorme Kagune. Urie se aproxima de Rosely, usando a Ginkui, e decepa toda a cabeça da criatura. Hakuryuu chega por trás de Rosely, desferindo mais um chute, dessa vez, em sua coluna, quebrando-a. Rosely ruge de dor. Saiko a corta ao meio com sua enorme Kagune. Com o corpo da criatura dividido em dois, Liz aproveita e desfere flechas de energia na parte debaixo de Rosely, impedindo com que ela se regenere:

Cavaleiro Oculto.-Diz lançando 35 flechas na parte de baixo de Rosely, destruindo completamente a parte de vbaixo do corpo da criatura: Uau...-Diz vendo a parte de cima de Rosely reconstruir as pernas, em questão de segundos."Impressionante..."-Diz enquanto une a palma das mãos, criando uma lança rosa de energia: Clamor Do Anjo Caído.-Diz jogando a lança em Rosely. A mesma desvia por pouco, porém, tem todos os braços esquerdo transformados em pó. E, por incrível que pareça, os braços não se regeneraram. Urie realiza diversos golpes com a sua Quinque, no estômago de Rosely, cortando quase todos os outros braços, sobrando apenas um. Depois de rosnar, todos os braços de Rosely regeneraram, porém, lentamente. Urie fala:

É... você é forte(Não me diga!.)-Diz batendo de frente com Rosely.

"Fraco..."

"Você é um fraco..."

"Lixo inútil..."

Ten acorda após tais pensamentos invadirem sua mente. Ele observa a luta que estava sendo travada e lembra de tudo que aconteceu. Mal percebe ele que tem uma figura  flutuante, com uma peculiar camisa de força, com os braços soltos e uma estranha máscara de gás, que cobre todo o rosto da figura, observa a luta de longe. A única características visível, além de sua máscara, era um peculiar cabelo liso em tom rosa. A figura recebe de um comunicador em seu ouvido uma únjca ordem:"Alimente o que tiver mais ódio." E, então, a figura ergue uma das mãos, que liberava uma estranha energia azul escura. No momento, então, Ten cai no chão, com cada osso de seu corpo doendo. O mesmo sequer pode gritar de dor, pois sua garganta não emitia som algum. O mesmo se contorce no chão, tendo convulsões. Hakuryuu percebe e tenta ajudá-lo. Ao se aproximar de Ten, ele fala:

Ei! Que tá acontecendo?-Sem resposta: Ei!-Sem resposta: E--O mesmo não consegue terminar a frase, pois Rosely chega perto de ambos. Hakuryuu simplesmente se vira para o monstro. Ele mal enxerga Rosely usa uma de suas enormes mãos para matá-lo por decapitação. Morte súbita. Urie vê e não entende. Liz grita:

Hakuryuu!!!-Diz correndo até Rosely, que simplesmente a golpeia pelo estômago, jogando-a longe, mas sem matá-la. Ela cospe muito sangue.-Monstro...-Diz antes de ver o monstro atacar Urie. O mesmo se defende dos golpes de cristais que Rosely lança. A mesma, então, agarra Urie pela cintura e o joga com força no chão, criando um enorme impacto e o deixando inconsciente. Medo. Era isso o que Liz sentia. Todos estavam morrendo ou sendo massacrados. Só ia restar ela. Saiko corre em direção a Rosely, ativando sua Kagune, lutando com Rosely. A mesma grita para Liz:

Pegue Urie e Ten, AGORA!!!-Grita Saiko para Liz, que permanece imóvel: Vai! Eu já tô morta!!!-Era verdade. Pois logo depois de terminar a frase, Rosely a agarra pela cintura, devorando a cabeça,  depois o resto do corpo. O desespero tornou-se mais forte e intenso. Liz seria a próxima. Logo, Liz escuta uma voz infantil rindo atrás dela. Era Eto:

Qual o plano, Sakata?-Diz rindo da situação. Liz fecha os olhos, se preparando para o pior. Rosely estava indo na direção das duas, rugindo como um monstro: Bem...-De repente, os passos pesados de Rosely param, seguido de um clarão azul tão forte, que Liz viu através das pálpebras. Liz abre os olhos. Rosely estava a 10 metros de distância e Ten completamente recuperado. Porém, com uma aura sombria em volta do corpo. Ambas as espadas de Ten ganharam o mesmo tom sombrio. Sua esclerótica e iíris estavam negras, e sua pupila tinha o formato das de um gato, porém,  branco. Ten deixa as espadas unidos em um "X", criando uma chama roxa e lança contra Rosely, que ainda se curava e sequer vê o ataque acertar sua barriga. Ten fala:

Não... eu não estava dormindo...-Diz com uma voz fria , porém, forte e firme.-Eu não faço ideia do que aconteceu... mas eu ganhei um acréscimo em meu poder mágico. Foi algo tão imensurável, que, agora, poderes que eu não tinha como controlar, agora, controlo com uma porcentagem de 50%. Todo o poder das minhas espadas e a minha magia Devil Slayer.-Diz emergindo mais energia obscura de seu corpo.-Para ser sincero, só com este upgrade de poder que posso usá-lo. Se não, eu nem chegaria perto de usá-lo. Além disso, não gosta desta minha aparência.-Diz e olha para Rosely-A que ponto você se tornou um monstro, hein, Rosely?-Pergunta para Rosely, que responde com um rugido.-Vou fazê-la retornar ao normal.-Diz indo em direção de Rosely. A mesma lança cristais, mas Ten os faz em pedaços e atravessa o corpo de Rosely. Rosely tenta se defender, mas tem dois braços cortados. Ela toma distância e percebe, mesmo com a pouquíssima sanidade que, surpreendentemente, os braços não regeneraram. Passado mais dois minutos... nada. Algo estava errado. Ela nem percebe que Ten a corta ao meio. O mesmo fala: Eis o tal limite, huh?-Rosely regenera a parte de baixo do corpo lentamente... nada dos braços: Vejo que aqueles dois não morreram a toa... que bom.-Diz cortando um braço direito de Roselh. A mesma rosna. Nenhum braço retornou ao normal. Ela só tinha mais dois braços. Ela então, aproveita que Ten tenta lançar um raio e o agarra: O quê?!-Diz enquanto Rosely o agarra e o ergue. O mais surpreendente acontece:

E...e... el... naum... vo... ber... berder!!-Rosna a criatura, tentando acessar a língua portuguesa, mas falhando, porém, era compreensível o que ela dizia: Cua... Cuandô hetornó... a comcença... boxê... da mi... vensendo...?!-Rosna o monstro. Aparentemente, Rosely estava retornando para o corpo. Ela tenta esmagar o corpo de Ten com a mão, mas algo se amarra no corpo dela e a devora, causando-lhe muita dor: O-O quê?!-Ela estava retornando ao português.-O que... tiabos é isso...?!-Diz vendo um monte de bocas a devorarem de fora para dentro. Eram como um monte de caudas vermelhas que vinham do mesmo lugar. Era a Ginkui. Urie havia retomado a consciência e, mesmo estando ferido, sem o braço esquerdo e com diversos ossos quebrados, a expressão de fúria em seu rosto revela que ele não ia permitir que a morte de Hakuryuu e o Saiko não fossem mem vão: Q-Quem é você?!-Diz vendo o corpo ensaguentado de Urie. A mesma não percebe quando um enorme raio amarelo cai do céus, a eletrocutando por completo. Mais 3 raios a atingem. Era um golpe dos céus. Mais 4 raios são efetuados, até que Rosely não consiga mais se mover. Ela estava imóvel. Ten fala:

Não achou que poderia me segurar desse jeito sem nenhum tipo de consequência, não é?-Diz sorrindo, gabando-se da situação.-Por eu poder utilizar todo o meu poder, a intensidade dos raios se tornarão algo tão intenso, que nem você poderá se regenerar.-Diz sério para a expressão chocada de Rosely. A mesma trinca os dentes e grita:

E DAÍ???!!! E DAÍ QUE UM BRAÇO OU OUTRO SIMPLESMENTE NÃO REGENERARAM, OU DE EU NÃO PODER ME MOVER????!!!! NÃO SIGNIFICA NA--Ela é interrompida por um monte de cristais que atravessam todos os pontos vitais de seu corpo, deixando ela mais imóveil que uma estátua grega. Foi Eto que a atacou. Rosely a vê ao longe e fala: V-Você...-Ela mal para de falar quando vê 100 flechas rosas em volta de sua cabeça. Dessa vez, o golpe veio de Liz. Ten corta a mão de Rosely e escapa, tomando grande distância. Liz prepara todas as flechas. Era impossível Rosely escapar. Liz fala:

Seus braços... foram atingidos com uma lança minha.-Diz apontando para o que deveria ser braços, no corpo de Rosely: Eu os transformei em pó... parece que você não aguenta mais do que isso. Para o seu azar, todos os meus poderes de longa distância, envolvendo o poder do Clã das Deusas e do Clã Demônio, em combinação, transforma tudo em pó. Se seus braços não retornaram ao normal, então, é agora que esta luta acaba.-Diz séria e respirando fundo.-100 Flechas Dos 100 Anjos Caídos: Matadouro: Punição Dos 100 Deuses Amaldiçoados.-Ao proferir tais palavras, as flechas destroem completamente a cabeça de Rosely, todas em conjunto, impedindo-a de se regenerar, e lhes concebendo a vitória.








Notas Finais


Leitores, o próximo será o definitivo fim dessa luta e, também, o último antes do começo definitivo da fic. "Mas tem personagens que não apareceram!" Eu sei, eu sei. Mas, recentemente, recebi críticas de algumas pessoas reclamando mortalmente do meu esquema de apresentação. Eu não ia me afetar tão facilmente, mas foram críticas tão pesadas que eu decidi começar a história. Grande massa eram xingamentos, me chamando de lixo, dizendo que não tem história, só é isso, dizendo que sou o pior autor de todos os tempos... isso realmente me irritou e me deixou bem triste. Eu não escrevo por pura diversão minha, mas por entretenimento para vocês, e isso foi a gota d'agua. Pra ser sincero, me sinto bem triste só de revelar isso. Desculpe-me... mas essa a decisão já é definitiva. Não vou me rebaixar ao ponto de revelar as pessoas que fizeram isso, elas sabem o que fizeram. Mas também vou apresentar a história dos personagens, mas em capítulos específicos, não se preocupem. Só isso, me perdoem. Até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...