História Jogos Vorazes 15a Edição - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Tags Ação, Aventura, Ficção, Jogos Vorazes
Visualizações 13
Palavras 1.094
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um capitulo ;)

Capítulo 8 - Se prepare


Fanfic / Fanfiction Jogos Vorazes 15a Edição - Capítulo 8 - Se prepare

 Acordo em um lugar familiar, em uma cama aconchegante e ao lado um criado mudo com flores; podia jurar que era um sonho, quando me lembrei: era meu dormitório. Levantei apressada e o sol estava se pondo. Quanto tempo eu dormi ? Percebi que havia grade na minha janela e uma câmera no canto da parede à minha esquerda. Estava com medo de descer para a sala, o que fizeram com Jack ? Eles atiraram em nós, por que ainda estou viva ? Por que estou de volta ao meu dormitório ? Estava sendo vigiada então não havia muita opção; desci as escadas.
Encontrei lá em baixo Jack, May, o cara com o bigode estranho, um homem de tamanho médio que deveria ter uns 40 anos junto com um menino que deveria ter uns 8 anos e 4 guardas.

- Finalmente, senhorita Blaze. Junte-se a nós, temos que discutir algumas coisas. - O homem disse

Eu hesitei e decidi me sentar entre Jack e May.

- Eu sou o presidente James Snow. Este é meu filho. Estou aqui para discutir o porque de terem tentado fugir. Não gostaram de nossas instalações ?

Ficamos em silêncio.

- Falem comigo, estou aberto à sugestões sobre o que fazer.

- Talvez porque não estávamos muito a fim de morrer. - Jack disse

- Ah entendo, mas não se preocupe isso não vai acontecer de novo senhor Trade.

- Eu tenho uma pergunta. - eu disse

- Sim, o que quiser saber.

- Por que ainda estamos vivos ? Quer dizer nós fugimos, não merecíamos alguma punição ou sei lá ? Me sinto inteira a não ser que tenham trocado nossos órgãos ou sei lá.

Ele começa a rir.

- A senhorita é bem engraçada. Como poderíamos ferir nossos tributos ? Porque faríamos algo ruim com vocês ? Não somos pessoas horríveis, queremos vocês bem e saudáveis, porque mais faríamos instalações e refeições tão belas pra vocês ?

Ficamos em silêncio.

- Bom de qualquer jeito, colocamos uma cerca elétrica em volta do campo de treinamento, vocês não poderão "se perder" na floresta novamente.

- Quanto tempo dormimos ?

- Dois dias. Bom, eu vou indo que tenho que preparar muitas coisas para a grande atração. Que a sorte esteja sempre ao seu favor.

Ele sai e os guardas ficam de prontidão do lado de fora da porta.

- Ótimo, agora somos basicamente presidiários. - Jack disse.
- Não só vocês, todos estão sendo escoltados e vigiados. - May disse

- Melhor ainda, vamos morrer mais rápido porque as pessoas vão estar com raiva de nós. - eu disse

- Deveriam ter pensado nisso antes de fugir. - May disse - Como puderam fazer isso ? Acharam mesmo que poderiam fugir ?

- Preferimos a chance mínima de sobreviver do que nenhuma.

Ela ficou em silêncio um pouco e disse:

- Tudo bem, olha eu vou ter uma reunião daqui a pouco então eu vou me arrumar. Boa noite pra vocês.

- Boa noite. - dissemos

Ela subiu as escadas e eu virei pra ele e disse:

- Como se ela já não estivesse super produzida. ( ele riu )

- Concordo. Espera, pelas minhas contas se passaram 6 dias; me pareceu bem mais.

- Pois é. Você notou que o presidente disse que nos perdemos ?

- Pois é, o que ele quis dizer com isso ?

A tv estava ligada mas no mudo, e de repente a transmissão do desfile de moda parou e Snow apareceu na tela.

- Olha. - disse Jack.

- Aumenta o volume. - eu disse

Ele estava falando sobre um ocorrido de dois tributos.

- Peço um momento de sua atenção para que eu possa explicar os rumores recentes de que dois tributos tentaram fugir de seus locais. Venho dizer que é uma total mentira, eles estavam apenas passeando à noite, provavelmente queriam se ver em um lugar mais a sós, afinal os tributos costumam ser bem próximos, principalmente eles que estão sempre juntos. E durante este passeio romântico eles acabaram se perdendo na floresta durante alguns dias. Mas eles já voltaram às suas instalações, nada com que se preocupar. Tenham uma boa noite de seu presidente, James Snow.

- Por que ele mentiria sobre isso ? - Jack pergunta

- Eu não sei.

- Não faz sentido, as pessoas não merecem saber a verdade ?

De repente, me ocorreu a idéia: eles nunca vêem a verdade, eles vivem na mentira de que tudo é belo e fabuloso, se eles não querem a verdade, o que eles querem ?

- Eles querem um show. - eu disse olhando para o nada.

- O que ? - Jack pergunta

- Jack o motivo pra mentirem é porque eles querem um show. Os jogos servem de divertimento pra capital, se bobear eles até celebram a época dos jogos. Dizer que dois tributos tentaram fugir tiraria as coisas do roteiro, e atrapalharia...

- O show, o divertimento deles. - Jack disse

- Exato. Prova disso é eles terem criado um interesse amoroso para o público.

- Todo ano tem um desses. Você já parou pra pensar que todos esses casais foram invenção ?

- Faz sentido, já tivemos casais de todo o tipo, já até misturaram os distritos.

- Mas porque eles concordariam com isso ?

- Suborno ? - eu disse

- Pode ser, mas esse não é o nosso caso, pelo menos não por enquanto.

- E vamos fazer o que ? Eu não vou fingir por nada, eu não vou dar o que eles querem.

- Concordo. Mas precisamos nos preocupar com outras coisas; amanhã é domingo e pela nossa planilha vamos ter que conhecer os tributos. Olha.

Ele pegou um papel em cima da mesa de centro à nossa frente e lá tinha escrito: domingo - treinamento em equipe.

- Eu não sei se quero conhecer os outros tributos. - eu disse

- Você é garota, vão pegar leve.

- E você acha que eu quero ouvir os papinhos dela ? Preferia ser homem.

- Gostaria de trocar também, prefiro papinhos a soquinhos se é que me entende.

- Você vai se sair bem, é só apontar uma flecha na cara deles e eles ficam com aquela cara de medo. O que eu faço com o mimimi ?

- Não sei. ( ele suspira )Mas vamos fazer aliados ?

- Não sei, primeiro vamos ver se vai rolar alguma aliança, aí se fizerem teremos que fazer também se quisermos sobreviver.

- E nós vamos tentar ao máximo ?

- Vamos.

 


Notas Finais


Gnt vou começar a postar duas vezes por semana, ainda estou vendo os dias. ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...