História Jogos Vorazes (Interativa) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Tags Interativa, Jogos Vorazes
Exibições 28
Palavras 1.546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Luta, Romance e Novela, Survival, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O capítulo hoje está enorme, me empolguei e acabou saindo gigantesco kkkk, espero que leiam até o final, vale a pena ^^
Boa leitura.

Capítulo 10 - Capítulo 9 - Encontro


Grupo 1

-Droga, droga, droga !- gritou Drake.
-Se acalme Drake- Hydra disse colando a mão no ombro do garoto.
-Não tem como me acalmar Hydra, mataram Flora, eu realmente pensei que nós deixaríamos que ela ganhasse esses jogos, e agora todos nós teremos que nos matar- Drake disse.
-Pense Drake, se ninguém mais matar, o que aconteceria, eles não iriam nos matar, assim acabaria o entretenimento deles- Hydra disse.
-Não é assim que a Capital funciona Hydra, eles mandariam bestantes e até mesmo desastres naturais para deixar nossas mortes mais divertidas- Drake disse.
-Então que venham, vamos lá Capital, mostre do que é capaz- Hydra disse olhando pro céu.
-De nós não virá mais nenhuma morte !- Drake gritou.
Um barulho alto invadiu a arena inteira, era o hino da Capital, e logo depois a voz de Claudius Templesmith, o locutor oficial dos Jogos apareceu.
-Olá a todos os tributos restantes, primeiramente quero parabeniza-los por terem sobrevivido até esta etapa dos Jogos, hoje, ainda restam sete tributos. Também quero dizer aí nós aqui na Capital também nos emocionamos muito com a morte da garotinha, então em lembrança dela, vamos proporcionar a todos vocês litros de água, que estarão dispostos na cornucópia daqui a meia hora. Bom jogos vorazes pra vocês, e que a sorte esteja sempre a seu favor.
Tudo ficou em silêncio novamente.
-Cretinos- Hydra diz balançando a cabeça negativamente.
-Devemos ir ?- Drake pergunta.
-Claro que devemos, vamos dar um belo entretenimento para esses idiotas- Hydra diz.
-Encontro de tributos, isso será ótimo- Drake diz começando a andar.

Grupo 2

-Eles não ao menos se deram o trabalho de dizer o nome dela- Dylan disse enfurecido.
-É Flora seus idiotas, o nome dela é Flora !- Jackson gritou olhando para o céu.
-Devemos ir ?- Dylan pergunta.
-Sim, precisamos de água- Jackson responde.
-Será um grande encontro entre os tributos, tenho certeza que muitos outros também vão estar lá- Dylan diz.
-Exatamente- Jackson diz- Acha que podemos fazer algum tipo de tratado de paz, apenas para pegar água e ir embora ?
-Drake e Hydra não vieram atrás de nós, talvez eles não queiram nos matar, mas não sei de Layla, Sofie e Angelina- Dylan diz.
-Devemos tomar cuidado com Drake e Hydra, mas principalmente com as três garotas, não sei se estão juntas- Jackson diz.
-É provável, já que Jack e Tomas que eram de sua aliança estão mortos, ou ela está com Sofie e Layla, ou está sozinha por aí- Dylan diz se levantando de onde estava sentado.
Jackson se levantou e encarou Dylan por alguns instantes.
-Existem chances de um de nós não voltarmos com vida desse encontro- Jackson diz- Então quero te dizer que gostei muito de ter passado esse tempo com você e Flora, acho que essa foi a melhor aliança que eu poderia ter feito.
-Acho que você não conhece a minha história, eu sempre vivi sozinho desde a minha infância, não tinha parentes muito menos amigos, e mesmo não nos conhecendo tão bem, eu soube como é ter uma família ao lado de você e Flora, agora eu sei como é ter um irmão- Dylan diz.
-Boa sorte a nós dois, irmão- Jackson diz sorrindo.
-Obrigado, e obrigado a você também Flora, se não fosse por você, acho que eu não teria essa aliança, e possivelmente estaria morto- diz Dylan sorrindo e olhando para o céu.
-Você devia ter me segurado- Jackson diz enquanto os dois caminhavam.
-O que ?- Dylan pergunta sem entender.
-Você devia ter me segurado quando eu matei Tomas, ele estava assustado, com medo e matou Flora por causa de seus instintos de sobrevivência- Jackson diz.
-Jackson, ele matou Flora a sangue frio, sei o que a Capital faz conosco, sei que não devemos odiar os tributos pir causa disso, mas ela ainda tinha muito o que viver, não precisava ter terminado desse geito- Dylan diz.
-Apenas me sinto culpado por ter matado um garoto com medo- Jackson diz.
-Não se sinta, foi o certo a se fazer- Dylan diz.

Grupo 4

-Sinto que isso não vai ser uma coisa boa- Angelina diz.
-Afinal, devemos ir ou não ?- Layla pergunta.
-A parte boa é que teremos água e a parte ruim é que provavelmente todos os tributos estarão reunidos- Sofie diz.
Mas é o certo a se fazer não é ?- Angelina pergunta- Assim podemos sobreviver.
-Exatamente- Sofie responde.
-Então é isso, nós vamos- Layla diz.
-Só precisamos tomar cuidado, pegar o máximo de água que conseguirmos e voltar para a floresta, ou quem sabe mais além dela- Sofie diz.
As três garotas saíram de cima da árvore e pegaram tudo o que seria útil na viagem, o restante das coisas deixaram escondidos em cima da árvore para pegarem na hora da volta.
-Quem ainda está vivo ?- Layla pergunta.
-Pelas minhas contas, acredito que além de nós ainda restam, Drake, Hydra, Dylan e Jackson- Sofie responde.
-Drake e Hydra são carreiristas, será mais difícil matá-los, não conheço o potencial de Dylan e Jackson, mas pelos treinos pude notar que que eles não são tão bons assim no combate- Layla diz.
-Interessante- Angelina diz.
-Por que interessante ?- Layla pergunta.
-Nada, apenas gosto de saber quem será mais fácil de matar- Angelina diz.
-Você já matou não é ?- Sofie pergunta- Você é mais experiente nisso do que nós duas, não matamos ninguém.
-Matei, mas não me sinto bem por isso- Angelina diz.
-Não precisa se sentir bem, tem apenas que matar e pronto, são os jogos não é ?- Layla diz.
-Talvez você esteje certa- Angelina fala abaixando a cabeça.

Cornucópia

Drake e Hydra são os primeiros a chegarem na cornucópia, os litros de água prometido estavam lá, junto com alguns pães e frutas.
Os dois foram com as mãos erguidas até o centro da mesa olhando ao seu redor.
Layla, Sofie e Angelina saíram do meio das árvores, com suas lanças e espadas apontando para Drake e Hydra.
As três garotas caminharam até o outro lado da mesa sem tirar os olhos dos outros dois.
-Ei loirinha !- Drake grita olhando para Angelina.
-O que você quer ?- Angelina diz sem olhar para o rosto de Drake.
-Me lembro que foi você que matou nossa amiga Julie, está feliz por isso ?- Drake pergunta.
-Idiota- Angelina diz baixinho.
-Ela não quer falar sobre isso- Layla diz- É melhor ficar quieto se quiser manter a paz aqui.
-Pelo visto você e seu grupo não prejudicou somente nós- Jackson diz saindo da floresta com Dylan atrás.
-O que quer dizer com isso ?- Sofie pergunta.
-Sua nova amiga aí estava no grupo do Tomas, que por acaso matou covardemente a doce Flora- Jackson diz.
-Você ajudou a matar aquela garotinha ?- Layla pergunta.
-Não, Tomas fez enquanto eu dormia, quamdo eu acordei Flora já estava morta e Tomas estava apanhando até a morte- Angelina diz.
-Você bateu em Tomas até a morte ?- Hydra pergunta.
-Sim- Jackson respondeu com orgulho.
-Boa garoto, sou seu fã- Drake diz sorrindo.
-Vamos parar com isso, não vêem que é isso que a Capital quer ?, ela quer que brigamos até a morte- Hydra diz.
-Está certo, vamos pegar nossas águas e dar o fora daqui em segurança- Layla diz.
Todoa concordam e vão em direção a mesa, pegam seus litros de água e se viram para voltar a floresta.
-Ei galera, o que é aquilo ?- Dylan pergunta apontando para a entrada da floresta.
-A não- Drake diz com desespero.
-Conhece ?- Jackson pergunta.
-São lobos, eles mataram Bryan- Hydra responde.
Vários do mesmo lobos que mataram Bryan estavam formando uma roda ao redor dos tributos.
-Cuidado, eles são fortes e rápidos, mas se trabalharmos juntos conseguimos matá-los- Hydra diz.
-É hora do show Capital !- Layla grita olhando para o céu.
Vários lobos pularam para enfrentar os tributos, que os receberam com espadas e lanças.
Vários tributos faziam movimentos rápidos com suas armas, enquanto oa lobos usavam suas unhas e garras para tentar arrancar pedaços deles.
Eles estavam conseguindo controlar a situação, vários lobos estavam mortos no chão. Um deles pulou para cima de Dylan que tentou fincar sua espada em seu focinho, mas a espada acabou se partindo ao meio e o lobo mordeu seu ombro espirrando sangue para o lado, Jackson terminou de matar o lobo e tirou os dentes fincados no ombro de Dylan.
No meio da confusão Dylan avistou Angelina apontando sua lança para a cabeça de Drake.
Dylan se levantou e pegou a parte afiada de sua espada que restou e fez um corte no braço de Angelina antes que a garota pudesse fazer algo.
-Sem covardia, me enfrente- Dylan disse.
-Com todo o prazer- Angelina disse atacando Dylan que ainda estava com seu ombro sangrando muito.
Angelina com um golpe rápido fez um corte na lateral da barriga de Dylan o fazendo cair com dor.
Drake viu toda a cena e partiu para uma luta com Angelina.
Os dois brigavam enquanto os outros tributos matavam o restante do lobo.
Alguns minutos depois tudo terminou, os lobos estavam no chão, todos mortos, Dylan caído machucado no ombro e na lateral da barriga e o corpo sem vida de Angelina caindo no chão logo após o som do canhão.


Notas Finais


Desculpem se tiver erros de português, não estou tendo tempo para revisar.

Tributos vivos:
Grupo 1- Drake, Hydra
Grupo 2- Dylan, Jackson
Grupo 4- Layla, Sofie


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...