História JOKE (Namjin) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Namjin, Taegi, Taeyoonseok, Yoonmin
Exibições 40
Palavras 898
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - 01.¦Manicômio Mont Psycho¦


Narradora

O Manicômio Mont Psycho, era um lugar onde as pessoas com problemas mentais ficavam. Muitos tinham medo desse local, era de certa forma perturbador. Por fora havia um jardim mal cuidado, com algumas flores mortas e alguns bancos espalhados, havia uma fonte, que estava quebrada e saiam apenas algumas gotas de água, bem ao lado da passagem de entrada. Esse caminho dava para uma enorme casa que tinha um tom vermelho vinho meio acabado, várias janelas trancadas, e um portão enorme com cercas elétricas.

Kim Seokjin havia acabado de se formar em sua faculdade. Era um jovem muito bonito e de apenas 24 anos, arrancava suspiros por onde passava, mas nunca se importou com isso. Seokjin foi mandado para trabalhar neste manicômio.

Assim que chegou para seu primeiro dia, antes de colocar os pés para dentro daquele portão ele engoliu seco. Ele respirou fundo e entrou. Parou assim que viu um garoto de cabelos ruivos sentado em dos degraus da escada antes da porta da casa.

- Olá. - Seokjin disse com um sorriso.

- Ah, oi.  - O garoto se deu conta de que não estava sozinho e o cumprimentou. - Sou o Park Jimin.

- Kim Seokjin. - Fala erguendo sua mão e o ruivo a pega. - É um paciente? - ele pergunta, o ruivo nega e sorri. - É meio novo para trabalhar por aqui, não?!

- Estou fazendo estágio. - Jimin dá de ombros. - Eu apenas ajudo a supervisora.

- Ah, sim. - Seokjin assente.

- E você...

- Eu vou trabalhar aqui, como o médico de alguns pacientes. Eu terminei a faculdade a pouco tempo e me mandaram para cá, mas demorei um pouco pois estava com um certo receio. - ele termina e Jimin sorri.

- Aqui não é um lugar tão ruim, você acaba se acostumando com as pessoas, ou vira uma delas. - O ruivo sorri de lado e desvia o olhar.

- O que quer dizer com isso?  - Seokjin pergunta engolindo seco.

- Alguns médicos que passaram por aqui simplesmente surtaram e acabaram virando pacientes.

- M-mas... - Seokjin é interrompido.

- Já está o assustando com essas suas histórias, Jiminnie? - Um garoto baixo, de cabelos escuros e uma pele branca pergunta escorado na porta, com um sorriso de lado no rosto.

- Aish, já disse para não me chamar assim. E o que está fazendo aqui? - Jimin pergunta irritado.

- Eu gosto de ficar aqui fora, esqueceu? - Ele sorri.

- Você gosta é de observar o paciente 4D pintando telas. Volte para o seu quarto, Min Yoongi!  - Ele fala sério.

- Não quero voltar.

- Por favor, você sabe o que acontece se te pegarem aqui fora. - Jimin suspira pesado e um olhar de tristeza aparece em seu rosto.

O rapaz ficou tenso e entrou novamente para a casa.

- O que aconteceria? - Seokjin se atreveu a perguntar.

- Nós temos normas aqui, e uma delas é que cada vez que algum paciente se recusa ou desobedece um superior, eles vão para uma cadeira de choque, ou os punem com alguma outra coisa. - O ruivo fala baixo e Seokjin trava o maxilar.

- Isso é horrível, é assim que lidam com pacientes por aqui?

- Eu nunca concordei com isso, mas são regras, nós apenas cumprimos. - Ele faz sinal com a cabeça para que Seokjin entrasse.

Ele continuava o caminho, e Seokjin não deixou de reparar que os corredores eram frios e tinham um tom de cinza desgastado, algumas manchas pelas paredes, e algumas janelas deixando um pouco de claridade entrar naquele local. Tinham câmera por todas as partes. Seokjin sentiu um arrepio passar por todo o seu corpo.

Seokjin caminha até uma recepcionista que estava atrás de um balcão, onde estava cheio de folhas por todas as partes. A recepcionista era baixa, com longos cabelos castanhos escuros, de pele clara, tinha olheiras profundas e seu rosto parecia cansado.

- Olá - ele sorriu. - Sou Kim Seokjin.

- Oh, Seokjin - ela sorriu de volta. - Estava esperando por você. Pode me acompanhar? Irei mostrar o seu quarto e todo o manicômio em seguida.

- Claro, mas eu precisava...

- Quer ficar quieto e me acompanhar, por favor? - a garota diz de uma forma grossa, apertando o botão do elevador. - Desculpe. Vamos começar de novo? - Seokjin concorda com medo.  - Eu sou a Hyo Jung, gerente geral e recepcionista daqui.

- É um prazer conhecê-la. - Seokjin se sentia desconfortável ao lado de Hyo Jung. - Onde os pacientes ficam?  Digo, o quarto deles e tudo mais.

- Tem algum problema de audição, Seokjin? - Hyo pergunta assim que o elevador para. - Disse que iria mostrar o seu quarto, e depois todo o manicômio. - ela explicava nervosa e mais grossa que antes.

- Me desculpe. - Seokjin pede sem graça.

                              ...

Hyo Jung mostrou o quarto para Seokjin, onde ele passaria as noites enquanto fosse funcionário deste lugar.

Seokjin já tinha decorado cada canto desse local. Mas havia um quarto onde, praticamente, ninguém entrava. Apenas passavam comida por uma pequena entrada. A porta parecia ser feita de aço e era cheia de enormes fechaduras. Dava para de ouvir sussurros e gritos quando se passava bem perto desse quarto.

Isso estava ficando mais estranho do que Kim Seokjin imaginaria que fosse.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...