História Jokey - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers, Originais
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Seiji Komori, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Visualizações 21
Palavras 907
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Hentai, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Dia dos namorados


Fanfic / Fanfiction Jokey - Capítulo 9 - Dia dos namorados

Acordei ouvindo os pássaros, aquele som era calmo, e havia uma frecha de luz que vinha de uma pequena janela, ia me levantar, mas percebi que havia algo, não era o corpo de Subaru, era, uma carta? Eu estranhei, uma carta de papel na água, mas não estava molhada, mas mesmo assim eu pequei e li, era uma carta decorada com rosas vermelhas, lindas, e escrito em letras bordadas:

" Lembro-me, do Dia dos Namorados, como um dia de rosas, por mais que a vida não seja um mar delas...

- Subaru Samaki"

Eu dei um leve sorriso de lado, Fechei a porta e tomei meu banho, penteei meus cabelos, passei um gloss, e vesti uma roupa, bem decorada; Era um vestido colegial branco, tinha um bordão de rosa vermelha no peito, calcei uma sapatinha branca e, assim como a sapatinha, tinha uma rosa vermelha, um colar se rosas vermelhas e brincos idem, um deliniado gatinho, e fui para a sala de estar, Subaru não estava, mas, continuei com o mesmo sorriso lateral

- O que faz a bela dama sorrir?

- Ayato hoje é o Dia Dos Namorados! DReiji, a estar preparando algo para...

- Para?

- Yui!

- Eu não estou namorando a sem-peito! 

- Quando cora não mente, prepare algo fofo para ela

- Bela dama, nunca disse palavras tão sábias

- Não me chame assim! Esta parecendo...

- Bom dia irmãos!

- Reiji! Bom dia, bom, eu queria ficar, mas como sabem, há uma pessoa, da qual, me mandou uma carta, e gostaria de responder pessoalmente

- Já até sei que é

- Sim Laito, ele mesmo!

- Vai lá!

Fui para o jardim, que estava mais florido que o normal, haviam pétalas no chão, e um labirindo de rosas em minha frente...

- Subaru?

Não ouvi nada além dos pássaros, e segui em frente, lembrando-me da música que Subaru cantara para mim no dia dos namorados, antes da minha viagem...

Se as rosas de um campo

Florescessem por ai,

Se suas mentiras fossem reais,

Se seu corpo não fosse tão viciante,

Se teu sorriso não fosse tão brilhante...

Cantando, eu acabei esquecendo do meu objetivo, e esbarrei com um ursinho branco, eu peguei o urso, e pressegui meu caminho, que agora, era com caminho de fotos da minha infância com Subaru

- Subaru, Subaru, não conhecia seu lado romântico e criativo...

Prossegui meu caminho, reparando em cada foto, reparando em cada momento, Subaru me surpreendeu...

Em meu caminho, havia uma carta, e nela estava escrito; Leia em voz alta

- "Minha gatinha, nunca me declarei para você, nunca percebi, PU apenas nunca tive coragem...

Percebi que minha voz ia sendo acompanhada pela voz de Subaru, que cada vez ia se aproximando, e sua voz aumentando...

- "Parece que não, mas sou tão covarde quanto o gatinho que havia me dado, parece que descobri, finalmente, o que era amar alguém, e finalmente, perceber que o amor e maior que o meu ódio do mundo, e por isso, você aceita ser a minha escuridão, a voz da minha loucura?

A carta havia acabando em três pontos, não sabia o que viria, não sabia se ele ia me trollar, ou algo assim, mas ao invés disso, levantei meu rosto, olhando profundamente os olhos de Subaru, reparando em cada detalhe daqueles olhos púrpura que me encaravam, eu simplesmente corei, e Subaru deu um sorriso de lado.

- O que esta olhando?

- Para uma pessoa corajosa, parece que tem medo de mim

- Não tenho medo, tenho...Paixão!

- Hum...Me mostra sua paixão, da mesma forma que me mostrou naquele dia

- Não, farei melhor!

- Se

Trocamos olhares maliciosos e sorrisos idem, rapidamente, não sei nem quem começou, mas aconteceu um beijo, não um beijo exótico, nem um beijo calmo, ele começava suave, mas sempre terminada quente, toques eram quase que inevitáveis, respirações fundas, nossas línguas guerreavam dentro de nossas bocas ( ECA autora!!) mas era bom, parecia que a antiga agressividade que havia em Subaru se tornou em pensamentos e ações eróticas...

Nossos corpos estavam quentes, mas as brisas nos ajudavam, Subaru não parou de me beijar, e me levantou, entrelacei minhas pernas em sua cintura e fui levada para uma árvore, continuamos a nos beijar, até que eufóricos, paramos e ficamos fazendo carícias um ao outro, e jogando conversa fora...

- Não Subaru, mas aquele programa o...

- Destino Solitário?

- Não...Aquele de comédia que o Shu gosta...

- Ah...Aquele...O...

- Lembrei! Show do Cafubiras

- Sim, sim, ele mesmo

- Sim, nele o Hommer foi ir matar a Dona Fifi e, acabou matando a prima dela a Dona Isadora

- O mais engraçado foi o gemido dela

- Sim, ahahah, Ah!

- Você imita igualzinho!

- ahahah

- ahahah

- Esse capítulo realmente foi divertido

- Oi Shu, estavamos falando do SC

- Eu ouvi, vocês falam muito alto! Mas eu vim perguntar algo para vocês!

- Senta ai e pergunta!

Shu se sentou e perguntou olhando para mim e Subaru

- A verdade é que eu não sei o que dar para o Reiji, sempre que ele não tem ninguém eu ajudo!

- É verdade que o Reijinho é difícil de agradar

- Ruki me disse que ele gosta de livros de ciência e de medieval ( ta explicado a roupa dele kkkkk, piada ruim autora )

- É, mas eu já dei vários livros para ele

- Dá um livro mas de uma forma romântica, quem sabe né

- E você Subaru, o que acha?

- An...Experimenta, ir no quarto das punições, ou "punir-lo" lá no quarto de vocês rs

- É quem sabe rs? Bom obrigada, vou colocar essas idéias a mostra, de noite meu presente será entregado...

Shu foi embora com as mãos no bolso e um leve sorriso lateral

Eu e Subaru ficamos conversando


Notas Finais


Oieh!!!!
Estou aqui pra perguntar
Eu sei q é natal, e tals, mais dia dos vampirinhos darem aquela bitoca é sempre né? Tava pensando, se vcs quiserem eu escrevo ainda essa semana um capitulo do Shu e do Reiji, bom o Shu vai dar um presente para Reiji, se quiserem eu escrevo

Mas curtem ai, só assim vou saber se vcs tão gostando blz?
Compartilhem para azamiga do zap zap, pra ela lerem tmb


Bom é isso, Bjos e até breve!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...