História Jornada em dose dupla - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~LegendSayan

Postado
Categorias Pokémon
Personagens James, Jessie, Meowth, Personagens Originais
Tags Pokémon
Visualizações 84
Palavras 644
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Hentai, Lemon, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hoii brinhoos.
Bem-vindos ao meu capítulo.
Espero que gostem, desculpem se ficar muito curto.

Beijunda fiquem com a fic.

Capítulo 5 - Final da batalha.


Fanfic / Fanfiction Jornada em dose dupla - Capítulo 5 - Final da batalha.

**Pov Narrador**

A batalha estava tensa para os jovens. Gustavo não sabia bem oque fazer e Cauã, bem, ele estava bastante confiante de que ia ganhar. 

"Cauã: Guga, passa para snivy acabar com o froakie e eu e charmander acabamos com o chespin, em sincronia ok?"- Cauã não tinha uma estratégia, mas queria ganhar de qualquer forma. 

"Guga: eu tive uma ideia... "- o azulado cochichou no ouvido do amigo seu plano. 

"Cauã: entendi, vamos la" - Cauã entendeu direito o plano é estava certo de que iria dar certo. 

"??: os dois namorados podem parar de cochichar bobagens, quero ganhar logo"- o garoto de pele negra provocou.

"Guga: apenas cale a boca"- Gustavo parecia calmo, mas estava queimando de raiva. 

"Cauã: charmander corra e atire o braza pra todos os lado"- e assim o Pokémon fez. 

Charmander correu até o meio do campo e começou a atirar para todos os lados, acertando em chespin e froakie, snivy desviou-se com seus chicotes. 

"Guga: snivy, agarre os dois com chicote de cipó"- o Pokémon estendeu os cipó e prendeu os dois inimigos que ainda estavam atordoados por causa do ataque do Pokémon de fogo. 

"?? : sai dai chespin!! "

"??: Você também froakie!!" 

"Guga: antes que eles se soltem, arremesse eles e tempestade de folhas"- o plano estava dando super certo. 

"Cauã: lança chamas dentro da tempestade de folhas"- Cauã deu a ordem. 

O lança chamas entrou no furacão que se formou por causa da tempestade de folhas, causando um dano ainda maior nos Pokémon adversário. Os dois Pokémon atingido, se chocaram contra o chão fazendo subir uma fumaça gigante. 

"??: Você tá bem froakie?!"- o garoto dono de seu Pokémon, não mostrava mais ignorância em sua face e sim preocupação. 

"??: Não tem jeito, perdemos..."- assim aceitaram a derrota. 

O plano de Guga deu super certo. Assim que a fumaça sumiu, mostrou froakie e chespin fora de combate. Os desafiantes que antes eram rudes e confiantes, agora estavam descolados pela força a que perderam. Retornaram seus Pokémon as devidas pokebolas e saíram correndo em direção ao centro Pokémon, sem nem dizer seus nomes. 

"Cauã: já vão tarde"- Cauã acenou com expressão de deboche. 

"Guga: Snivy!! Charmander!! Voces foram incríveis"- o garoto de cabelos azuis correu em direção aos Pokémon e os abraçou.

"Cauã: que fofos!"- Cauã ficou a observar a cena dos Pokémon e seu amigo, com as mãos na cintura e deixando escapar alguns risos.

....

Depois de algumas horas caminhando, Cauã e Gustavo voltaram pra cidade para primeira batalha de ginásio. Mas antes foram ao centro Pokémon, pois os seus estavam em péssimas condições. 

Os dois caminhavam lado a lado alegremente, Guga um pouco mais corado pelo motivo de Cauã o deixar todo tímido e sem jeito. Cauã percebia a timidez do amigo, mas apenas ignorava para não ficar um climão. Até o momento em que Guga fez uma pergunta que fez Cauã ficar muito sem jeito, e o climão que antes tentava evitar... Agora estava ali. 

**Pov Guga**

Cauã mexia comigo de certa maneira, porém, em algumas ocasiões ele vivia falando de um tal garoto aí... Acho que é... Yumi...Yuki...Yuri, não importa. Mas ele falava de mais dele, acho que até tem algum lance entre os dois. Não me importo, eu apenas queria saber se ele gosta de mim também. Cauã era meu amigo a muito tempo, descobri minha paixão por ele a um ano. Nunca falei pra ninguém sobre isso. NINGUÉM. Mas também, nunca sofri por isso. Cauã sempre foi um amor de amigo, então supria o namorado que nunca tive. 

Estávamos caminhando pela cidade, quando veio em minha mente o garoto que Cauã as vezes não parava de falar. Tomei coragem e resolvei perguntar sobre. 

"Eu: Cauãzinho, aquele tão de Yuri que você tanto fala as vezes... É alguma coisa seu? "- algo me dizia que não era a melhor escolha... Mas eh precisava saber. 



Notas Finais


E aí? Oque acharam?
Não me matem por... Gente... GENTEEE... Pra que essas facas, não me matem pelo amor!!!

Desculpa qualquer erro.
Desculpa fazer vocês esperarem, é que se eu não fizer isso não sou eu.
Abraço do tiu Guga.
Até o próximo Capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...