História Jornada Pokemon - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Personagens Originais
Tags Pokémon
Visualizações 3
Palavras 889
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Esporte, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Melhorando a relação


Rafaela acordou antes de mim, não sabia o que ela estava fazendo, me levantei escovei os dentes e sai do centro. Ela estava linda treinando seu Cubone, suas atividades eram rigorosas, realmente parecia que ela tinha muita experiencia.

- Ei posso me juntar a vocês?

- Claro.

- Vamos lá então pessoal.

Tirei o Pidgeotto e charmander de suas pokebolas para começar a treinar, eu e Rafaela não ficamos de fora do treinamento. Os exercícios eram pesados, a gente ralou, mas conseguimos completar as séries, enquanto ela e seu Cubone estavam bem tranquilos. Sentamos para descansar em um banco atrás do centro pokemon.

- Você vai se juntar a nós todas as manhã para treinar?

- Bom acho que sim, só achei o treino muito pesado.

-  Liga não depois você acostuma - falou com uma voz sexy sorrindo.

O sentimento que senti ontem veio novamente, mas consegui me controlar, ela dormiu abraçado comigo, não tem por que eu me sentir inseguro. Creio que se eu falar meus sentimentos poderei ser recompensado.

- Rafa você tem namorado?

- Sim! - Falou sorrindo novamente.

Fiquei meio sem graça, mas fui surpreendido pela sua outra frase.

- Você! - Seu rosto corou.

Agora ela tinha conseguido me bugar completamente. Não sabia se estava brincando ou falando sério, nem ao responder. Fiquei totalmente paralisado, não conseguia me mexer. Foi quando ela me deu um beijo, não tinha ninguém a nossa volta, dava pra sentir seu cheiro de suor do treino. Nunca pensei que fosse achar esse tipo de odor excitante. Seu língua se entrelaçava com a minha, seus braços me apertavam enquanto ela me fazia deitar sobre o banco com seu corpo em cima do meu. 

- Vamos continuar isso hoje anoite - sussurrou com a voz mais sedutora do mundo em minha orelha.

Estava ansioso para aquele momento, mas antes teria de cumprir meus objetivos do dia vencer a líder do ginásio de água Misty.

- Desculpe nem ao menos consegui expressar meus sentimentos, mas por desencargo de consciência desde quando você começou a gostar de mim?

- Eu é que tenho que pedir desculpas, você é da cidade de Celadon correto?

- Sou dessa cidade mesmo, mas não estou te entendendo o que isso tem a ver com minha pergunta.

- Lembra de uma garotinha que morava numa casa azul, perto do shopping?

- Sim era uma garota muito bonitinha, que não gostava muito de brincar comigo, ela saiu para sua jornada com dez anos de idade, depois disso nunca mais tive noticias, como você a conhece?

- Bom, eu sou aquela garota e na verdade eu já gostava de você desda quela época, mas tinha vergonha de te contar. Estou me guardando para você.

Fiquei extremamente chocado.

- Não te criticando, mas como você sabia que eu era... bem eu?

- Ouvi boatos que um treinador "novo" de Celadon estava saindo para uma jornada.

- Entendi, mas como você sabia que eu não tinha namorada, nem nada do gênero?

- Bobo, eu sei muito mais sobre você do que pensa. - falou rindo.

- Como assim?

- Confesso que eu fui sua stalker durante minha jornada. Inclusive eu que espalhei o boato que você era bom de cama.

- Ahhh, então foi você - Comecei a rir - Isso me gerou um grande problema com as meninas, que achavam que eu estava espalhando isso, e usando o sexo como troféu, mas para meus amigos virei tipo um deus. Ai ai bons tempos.

- Então você não está bravo?

- Claro que não, aquilo foi uma das melhores coisas que me aconteceu. Bom só para oficializar as coisas Rafaela você aceita namorar comigo?

- Aceito.

Ela parecia querer chorar de alegria, mas segurou com todas as suas forças, ao me abraçar começou a agradecer pelo pedido. Fiquei me perguntando se ela realmente era virgem, não que isso importasse, mas parecia ser doentio o sentimento que ela havia comigo, fazer o que não se escolhe por quem se apaixona.

Ainda deitados no banco, aproximou seu rosto avermelhado do meu. Ela estava tão linda, nos beijamos novamente. Quando terminamos, fomos de mãos dadas ao ginásio. Ao entrarmos lhe dei um selinho e ela foi para arquibancada.

- Oh, que fofo, vocês são um casal? Ei espera ai, você é aquela mulher que me venceu semana passada!

- Sim eu mesmo, acabamos de começar a namorar, estou treinando ele para ser campeão da liga de Kanto.

A batalha contra Misty não foi difícil, Pidgeotto conseguiu vencer de Starmie e Goldeen com facilidade, utilizei o charmander contra Staryu para poupa-lo.

Rafaela não desgrudava de mim, estava ficando chato já. Ao chegarmos no centro pokemon falei com ela.

- Amor, eu realmente gosto de você, mas de verdade tá ficando chato esse seu grude, não fica brava ok?

Ela me olhou com uma carinha fofa de gatinha pidona.

- Eu sei que é seu jeito e tal, mas tá ficando enjoado.

Vi na cara dela que isso tinha machucado.

- Ei, não fica triste eu realmente gosto de você, por isso estou te pedindo.

Finalmente ela pareceu entender.

- Ok, vou tentar, só não me deixe sozinha de novo por favor.

- Te prometo, nunca te deixarei só.

- Jura de dedinho?

- Sim!

Fizemos o juramento, e fomos cumprir nosso combinado de hoje cedo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...