História Jornada por Kalos, o filho de Satoshi e Serena - Capítulo 64


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Ash Ketchum, Bianca, Bonnie, Brock, Cheren, Cynthia, Dawn Hikari, Delia Ketchum, Diantha, Erika, Gary Carvalho, Grace (mãe de Serena), Gray, Grey, Iris, James, Janine, Jenny, Jessie, Kenny, Khoury, Koga, Korrina, Kris, Lance, Lorelei, Lt. Surge, Lucas, Luke, Lyra, Max, May, Maylene, Melody, Meowth, Misty, Morrison, Norman, Paul, Professor Birch, Professor Carvalho, Professor Elm, Professor Sycamore, Professora Juniper, Red, Ritchie, Sawyer, Serena, Shauna, Skyla, Tracey Sketchit, Ursula, Wally, Zoey
Tags Ash, Filho, Kalos, Pokémon, Satoru, Serena
Exibições 83
Palavras 4.284
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Romance e Novela, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Segue ai o capítulo 61

Tenham uma boa leitura e espero que gostem

Se realmente gostar comente falando o que achou, e favorite para acompanhar os próximos capítulos.

Nota: Esse capítulo tem uma história meio pesada, não é tanto kkkkk mas eu acho que devo avisar. Ele também é importante para história porque conta um pouco do passado da Aura e do Malamar... Nesse quero ver todo mundo comentando também sobre o capítulo, e o que acharam dessa história. O próximo capítulo vai ser focado na outra parte que faltou então ainda tem mais por vir, é pequena a próxima... Mas vai complementar essa parte. Espero que gostem e tenham uma boa leitura o/

Capítulo 64 - O passado de Malamar e da Aura maligna (+14)


Fanfic / Fanfiction Jornada por Kalos, o filho de Satoshi e Serena - Capítulo 64 - O passado de Malamar e da Aura maligna (+14)

Eu segurei a garota quando ela desmaiou... Célio veio me ajudar e deitamos ela no chão...

Mary- De onde ela surgiu?

Satoru- Não sei... Mas ela sabia meu nome...

Célio- Essas roupas que ela tá usando... São roupas típicas de uma tribo que existe em Unova...

Satoru- Unova? Será que ela veio de lá?

Mary- Temos que esperar ela acordar...

Eu e o Célio cuidamos dos machucados dela, passamos um paninho molhado no rosto dela... Ela era uma garota negra (afrodescendentes) com cabelos crespos e até um pouco longo. Passou 5 minutos e ela acabou acordando...

Mary- Ai, ela acordou...

Célio- Oi, tá tudo bem?

Garota- Onde eu to?

Satoru- Você chegou aqui falando que eu tinha que sair de Kalos... Quem é você?

Garota- Satoru? Você tem que fugir... A Aura tá atrás de você... Ela é impiedosa

Satoru- Calma... Primeiro diz... Quem é você?

Molly- Meu nome é Molly... Sou descendente do Reino de Glork...

Satoru- Reino de Glork?

Célio- É um reino antigo de Unova... Eles eram conhecidos como guardiões de Zeckrom e Reshiram... Mas eles foram dados como extinguidos... Todos saíram de Unova

Satoru- O que você faz aqui?

Molly- Eu sou a protetora de um antigo portador da Aura Yin-Yang... Eu fui atacada enquanto colhia berry's... A Aura me sequestrou e pediu para eu mostrar onde estava o antigo portador... Eu não falei então ele me atacou... Eu vi na minha visão... Você Satoru... Você vai sofrer muito... A Aura quer te machucar... Fuja antes que seja tarde...

Mary- Nossa, essa Aura é tão sinistra assim?

Molly- Ela é puro ódio... Ela quer os antigos portadores para quebrar o selo... Fuja Satoru... Antes que seja tarde

Satoru- Calma... Eu não preciso fugir e nem posso... Eu não to sozinho nessa... Eu tenho isso

Mostrei o cristal para ela... Ela olhou e falou

Molly- A Chave negra...

Satoru- Chave?

Molly- O senhor Nakamura...

Ela levou as mãos a cabeça e tentou levantar mas não conseguiu

Satoru- Espera, explica porque você chamou isso de chave?

Molly- Agora não... Vocês precisam salvar o senhor Nakamura... Ele deve estar correndo perigo...

Mary- E onde ele tá?

Molly- No fim da rota... Uma casa próximo a rota 16...

Mary- É muito longe?

Molly- Não...

Satoru- Vamos lá conferir

Mary- Pode ser uma armadilha...

Satoru- Se for temos o Greninja, além disso tenho o Lucario...

Eu soltei o Lucario que ficou ao lado de Greninja. Célio e eu levantamos a Molly e falei

Satoru- Mostra onde é a tal casa...

O Greninja veio e botamos a Molly nas costas dele. Ela foi mostrando onde era a tal casa... Era fora da rota na verdade e cortava caminho da rota 15 para a 16... Andamos e vimos uma casa antiga e escondida atrás de uma grande rocha...

Molly- É ali...

Ela desceu das costas do Greninja e com dificuldade andou um pouco, e jogou uma pokébola... Dela saiu um Luxray

Molly- Luxray, check o local

Luxray ficou com os olhos brilhando e olhou por todos lados e mostrou que estava tudo em ordem. A Molly então foi entrando na casa e apertou um botão que tinha na pedra... A grande pedra foi saindo da frente da casa e a Molly correu entrando... Nos fomos logo atrás mas o Luxray não deixou a gente entrar. Molly então gritou de dentro

Molly- Luxray, deixe eles entrarem...

O Luxray saiu da frente e entramos... Era uma casa pequena, mas parecia esconder algo...

Molly- Satoru... Esse é o Nakamura...

Olhamos e vimos um senhor sentado numa cadeira de balanço... Atrás dele tinha uma sombra... Quando o Greninja do meu pai entrou, a sombra que estava atrás do velho passou por nós muito rápido, e atacou o Greninja que bloqueou cruzando os braços... Quando notamos era um outro Greninja, só que negro... O velho então falou

Nakamura- Greninja...

O Greninja negro então voltou para trás... O velho se levantou da cadeira... Notei que ele vestia uma roupa ninja preta, com uma corda vermelha na cintura. Ele então falou

Nakamura- Você... É o famoso yang portador da aura?

Satoru- Sim...

Nakamura- Estava esperando por você...

Molly- Esperando? O senhor sabia que ele viria?

Nakamura- Sim... Faz 40 anos que eu o espero...

Satoru- 40 anos?

Nakamura- Você deve saber quem eu sou... Estou certo?

Satoru- Na verdade não... Encontramos a Molly por acaso...

Nakamura- Tem certeza? Eu não pareço familiar?

Eu olhei para o velho e tive uma leve pontada na cabeça... Nesse momento lembrei da visão que eu tive... Um ninja e um Greninja negro lutavam contra o Malamar...

Satoru- Você é o ninja da minha visão?

Nakamura- Então você lembrou... Se é assim você deve ter encostado nos fragmentos da alma não é?

Satoru- Fragmentos da alma?

Nakamura- O cristal que deixei na Reflection Cave

Mary- Você que deixou aquilo lá?

Nakamura- Sim...

Mary- O Senhor sabe que aquilo lá tá sendo usado para o mal?

Nakamura- Infelizmente sim...

Mary- Então porque deixou aquilo lá?

Nakamura- Porque era o local mais seguro...

Mary- Ah é... Bem seguro... Tanto que roubaram todos os fragmentos

Nakamura- Ficou lá por 45 anos...

Satoru- Espera... Na visão que eu tive... Você não pegava o cristal do Malamar

Nakamura- Tem razão... Mas eu consegui recuperar o cristal tempos depois... Mas ele se dividiu em 8 pedaços

Satoru- 8? Na caverna só tinha 5

Nakamura- Porque eu fiquei com 3 delas...

Satoru- Porquê?

Nakamura- Por um motivo... Para entregar a você...

Satoru- Para mim?

Nakamura- Sim...

Satoru- Porquê?

Nakamura- Antes te dizer devo te contar algo

Satoru- É sobre Yin-Yang?

Nakamura- Não... Sobre um treinador... E um pokémon...

Satoru- E quem seriam esses dois?

Nakamura- O Malamar... E o meu irmão...

Molly- Sentem-se...

Nos sentamos e o velho sentou perto da gente...

Nakamura- O que vou contar aconteceu quando eu ainda era uma criança... Eu e meu irmão nascemos em uma pequena vila sem nome em Kanto... Nunca conhecemos nossos pais então tivemos que nos virar... Eu sempre fui um garoto quieto e amigável... Já meu irmão era mais velho e tinha um ódio muito grande por nossos pais... Ele sabia de algo que eu nunca soube... Mas eu sabia que era sobre os nossos pais... Quando ele fez 10 anos ele ganhou um pokémon de uma mulher estranha... Esse pokémon era um Inkay... Meu irmão cuidava muito bem do Inkay, mas o Inkay era estranho. Ele roubava as coisas das pessoas, ele atacava pokémon's indefesos... Meu irmão dava risada disso tudo e até ajudava... A gente foi expulso da vila pelos outros moradores, e meu irmão ficou muito furioso... Mesmo assim ficamos escondidos na vila algum tempo, isso até os moradores nos descobrirem... Foi em um dia de tempestade, começou a chover muito... Eu e meu irmão e o Inkay, ficamos em um celeiro de Taurus que tinha por lá... O dono do celeiro chegou e nos expulsou no meio da tempestade... Meu irmão me levou para a floresta e me deixou em uma caverna que ele encontrou... Ele saiu dizendo que iria buscar as nossas coisas. Eu fiquei lá esperando até ouvir uma explosão... Eu sai da caverna e olhei para a vila, vi que ela estava em chamas... Mesmo chovendo e ventando o fogo se espalhou e destruiu metade da vila... Eu vi meu irmão vindo correndo e atrás dele vinha o dono do celeiro e um Dodrio... O Dodrio pulou em cima do meu irmão e ficou segurando ele... O Inkay que vinha voando virou de cabeça para baixo e começou a evoluir... Só que invés de ter um brilho claro, saiu dele uma luz negra... Ele virou um Malamar, com isso ele ganhou muitos poderes psíquicos... Eu vi o homem sair voando pelos céus... O Dodrio o agarrou e fugiu dali em segurança. Nesse momento meu irmão veio até mim andando com o Malamar, ele pegou na minha mão e saímos floresta a dentro. No meio da floresta encontramos a mulher novamente que tinha dado o pokémon ao meu irmão... Ela nos contou sobre Yin-Yang... Na época não entendemos nada, mas ela convenceu meu irmão a se juntar a ela... Nós ficamos viajando com ela por Kanto até encontrar uma montanha... Lá o Malamar começou a construir algo com ajuda de outros dois. Eu e meu irmão fomos até uma cidade a mando da tal mulher... Lá roubamos um mercado, só que eu fui pego... Me levaram para a oficial Jenny que me botou em um abrigo. Eu esperei meu irmão ir me salvar... Mas quem foi não foi ele, foi o Malamar e a tal mulher. Eles me tiraram do abrigo e me jogaram em um avião... Esse avião tinha destino a Kalos... Eu vim parar aqui quando eu tinha apenas 8 anos... Eu fugi do avião quando pousou, só que tive um problema. Um eu esbarrei em um garoto que não gostou muito do que eu fiz, ele era bem maior que eu e ia me bater quando um Greninja me salvou. Esse Greninja era do meus mestre Hyuga... O garoto foi embora e fiquei sentado no chão do aeroporto chorando. O mestre Hyuga chegou e falou para mim... "Estávamos a sua espera...". Eu não entendi, mas me levantei e olhei pra ele. Ele me ergueu e me sentou na nuca dele. Ele então me levou para vila ninja... Lá eu soube da profecia e eles me explicaram o Yin-Yang... Eles disseram que eu era o Yang, a luz do meu irmão... Que era o Yin... Eles me explicaram que uma "sombra" havia dominado meu irmão... Que eu precisava treinar para enfrentar o meu irmão frente a frente... Eu ganhei então um Froakie de uma cor diferente do habitual, e comecei a treinar... Só que houve um problema, rumores diziam que outros Yin-Yang nasceram e que meu trabalho já havia terminado... Eu continuei a treinar mesmo assim durante anos até que... Meu Froakie já era Frogadier e ele estava evoluindo para Greninja... Fiquei muito feliz com isso e aumentei muito os treinos... Nas minhas batalhas o Greninja sempre lutava de um jeito diferente, eu sentia o coração dele pulsar... Foi quando a transformação aconteceu... Ele ficou envolto de água e com alguns traços meus... Com isso todos da vila ficaram impressionados... Só que logo depois disso a vila foi atacada... E justo por 3 Malamar... Um deles controlou o mestre Hyuga e falou comigo... Ele disse que meu irmão me esperava do lado de fora. Eu fui lá e o encontrei... Ele estava bem diferente, já era um adulto assim como eu... Ao lado dele estava uma outra mulher... Parecia ser a mesma, mas era outra... Ele me fez uma proposta, se eu me juntava a ele para dominar o mundo... Ou ele teria que me matar. Eu não aceitei é claro, então batalhamos ali mesmo... Meu Greninja contra 3 Malamar... No final eu consegui vencer... Mas um dos Malamar's controlou a mulher e acertou a cabeça do meu irmão... Ele caiu no chão e do corpo dele saiu uma sombra maligna que entrou no Malamar, a mulher do nada também desmaiou e dela saiu outra sombra que entrou no Malamar... Ele levantou vôo e saiu dali fraco... Foi quando entendi. A tal Aura negra de que todos tinham medo estava no meu irmão desde que éramos pequenos. Ela aproveitou que ele era o Yin, sabendo que ele era mais frágil ao ódio... Nossos pais notaram isso e ao saber do Yin-Yang nos abandonaram... Meu irmão ainda conseguiu controlar a aura... Mas quando recebeu o Inkay se entregou totalmente a ela... Depois eu descobri, a aura não é apenas uma... Ela se divide em várias partes. Mas com isso ela fica mais fraca... Mas não é só isso... Eu ajudei meu irmão se recuperar, ele voltou para Kanto e lá fez sua vida. Só que dele recebi um presente... Era um livro antigo que falava sobre Yin-Yang. Nele dizia "A Aura Maligna que restou do rei de Glork, agora é só um décimo de sua existência total... Ela tem que se alimentar de ódio para viver. Ela não consegue controlar pokémon's porque são puros, mas os humanos devem teme-lá. Está Aura, só pode ser selada com ajuda de Arceus. Humanos que não forem os escolhidos, e não possuírem o poder Yin-Yang, não podem estar no mesmo local que essa Aura. Ela se alimenta de ódio, tristeza e solidão, sendo assim podem ser controlados muito facilmente por ela. Aos escolhidos, o poder Yin-Yang é muito perigoso. Em um momento de fúria, a escuridão pode tomar conta dando a chance para a Aura se fortificar. A Aura não tem uma consciência sólida, ela é apenas o ódio do ser humano. Para ela não existe misericórdia, e muito menos perdão.". Isso tudo me intrigou e fui atrás de pistas... Foi quando realmente entendi...

Satoru- Entendeu o que?

Nakamura- A Aura se fortificou no meu irmão... Ela não era mais a mesma... Ela foi concentrando todos seus " pedaços " espalhados, apenas no meu irmão... Exceto um pedaço... Com esse pedaço ela controlou muitas pessoas ricas, ela viajou por todo o mundo para tentar encontrar onde estava selado o seu outro "pedaço". Ela achou outra coisa...

Satoru- O que?

Nakamura- Um pokémon impuro... Um pokémon com pura maldade... Era ele Giratina... Giratina sentia a Aura da Torn World e mostrou o caminho para a Aura de um pokémon... Era ele um Inkay... Este Inkay foi isolado do seu grupo por ser mais inteligente e querer ser o líder... Mas ele não tinha poder... A Aura sentiu o ódio vindo de um pokémon a primeira vez, e com o conselho de Giratina levou Inkay e entregou ao meu irmão... Quando Inkay evoluiu, uma parte da Aura que estava no meu irmão foi transferida para ele. Assim ela criou 3 partes dela mesma, equivalentes a 1 décimo cada uma... Juntas elas formaram 30% do poder natural da Aura, sem contar os 90% que estavam selados. Sugando o Ódio do meu irmão, do Malamar, e de muitas outras pessoas, ela chegou a 50% de seu poder... Com isso ela começou a pensar em eliminar os Yin-Yang... E o primeiro deles seria eu...

Satoru- Mas ela não conseguiu...

Nakamura- Sim... Mas houve um motivo para isso...

Satoru- Qual?

Nakamura- Quando a Aura chega perto ao Yin, ela se fortalece caso ele possua um grande ódio... Mas se ele não possui, ele perde força... Meu irmão estava sendo controlado, mas quando me viu o coração dele falou mais alto... O Amor enfraqueceu a Aura...

Célio- Por isso ela saiu do corpo do seu irmão... Ele não possuía mais ódio...

Mary- Mas porque a Aura fez a mulher bater no seu irmão?

Nakamura- O Yin é a parte do selo mais "poderosa". A Aura só podia sair do corpo dele se ele não estivesse consciente... Assim como ela também não consegue entrar nos Yin-Yang sem estarmos conscientes...

Satoru- Mas ela me fez "ter" uma vontade involuntária... Eu só deixei de ter a vontade quando a Mary me deu um sermão...

Nakamura- Isso não foi a Aura... Foi o Malamar... Com poderes psíquicos ele consegue impor vontades. Mas elas são fracas, é um tipo de hipnose no subconsciente. Até humanos conseguem fazer isso, mas não no mesmo nivel que aquele Malamar... É fácil de quebrar está hipnose, mas por ele conseguir fazer isso sem ter contato visual ou físico com a pessoa, já é algo incrível.

Satoru- Tá, mas como o senhor sabe tudo isso... Tirando é claro a parte que é sobre a sua vida?

Nakamura- Essa é a parte onde eu quero chegar... Eu fui atrás dos Malamar's para tentar enfraquecer o máximo a Aura. Eu consegui as vezes me aproximar, só que os Malamar's fizeram um exército com mega evoluções... Eles roubavam mega stones e key stones, controlavam os pokémon e os forçava a mega evoluir. Isso era apenas um por vez... Depois foram para dois... E vi que ela havia achado outra fonte de ódio... E dessa vez era de apenas um humano... Ele era um velho cientista que teve o projeto roubado... Ele dizia que foi ele que inventou os drones, pequenas máquinas voadoras que hoje já fazem parte da vida do ser humano... A Aura fingiu ser apenas um Malamar selvagem e se aproximou do velho... A Aura se aproveitou e controlou o velho, e o fez criar um colar que controle os pokémon e as mega evoluções... Ele fez tudo certo... Exceto pensado na parte que precisaria de um humano para controla-los. Como estava a muito tempo no Malamar, ele tinha receio de sair e não poder controlar tão bem um pokémon. Foi quando ela descobriu que podia controlar os humanos com os poderes psíquicos do Malamar. Ela controlou o tal cientista e veio me atacar com 8 pokémon's mega evoluídos... Só que antes da batalha o cientista teve um ataque e acabou falecendo... A Aura não soube lidar com a "morte"... Mas o Malamar que não era puro ódio sentiu o remorso de uma vida... Mesmo sendo por meios naturais ele sentiu que fez algo errado... Foi quando eu entrei no laboratório onde eles estavam... O Malamar tomou o controle do próprio corpo e expulsou a Aura Maligna... Ele foi até mim e com seus poderes psíquicos me passou suas memórias e dores... A Aura ficou furiosa e entrou em um Heracross, o mega evoluiu, e atacou com Megahorn o pobre Malamar que já estava fraco... O Malamar caiu desmaiado... A Aura saiu de Heracross e voltou para Malamar... O Malamar se levantou e eu notei... O ódio agora do Malamar era da própria Aura... A Aura agora tinha uma fonte "infinita" de ódio

Mary- Coitado do Malamar... No fim das contas ele também é uma vítima...

Nakamura- Não acaba por aqui... Isso ocorreu a exatos 40 anos... Naquele mesmo dia aconteceu algo. A Aura usando os poderes psíquicos do Malamar levou todos os "estudos" do cientista... Ele acionou o botão de autodestruição do laboratório e fugiu... Eu corri e tirei todos os pokémon de lá de dentro... Eu não tirei o corpo do cientista porque o Malamar me mostrou que era de vontade dele terminar seus dias ali... Eu não consegui assimilar muita coisa das memórias do Malamar... Mas uma em específico eu consegui... Em uma das lembranças o Malamar estava com um cristal a sua frente... Era um cristal grande e pelas lembranças dele, eu vi que aquele era o chamado cristal da alma... Na verdade aquele eram 8 fragmentos juntos em um só... Eles são cristais absorventes e são feitos a base de h2O e carbono

Célio- Diamante e água...

Nakamura- Exatamente... Como esse cristal não teve origem na terra, ele veio originalmente do espaço. Pouco se sabia sobre ele... Mas ele foi o causador de toda essa guerra entre a Aura Maligna e os portadores da Aura Yin-Yang... Ele absorveu o ódio do rei e assim deu inicio a isso tudo...

Satoru- Mas como o senhor conseguiu os 8 fragmentos?

Nakamura- Nas memórias do Malamar tinham as memórias da Aura... Nelas eu vi a caverna da origem... Ela fica em Hoenn, exatamente em Sootopolis. Nela havia uma passagem secreta onde estavam guardados esses 8 fragmentos... Eu fui voando para lá... Mas quando cheguei fui impedido de entrar. O Malamar então chegou causando um caos na cidade e invadiu a caverna. Eu aproveitei isso e também entrei sem ele perceber... Ele foi na passagem secreta e fui logo atrás... Ele pegou o cristal e enterrou no chão da caverna e saiu, eu e o Greninja desenterramos e íamos levar o fragmento... Foi quando o Malamar voltou e usou Psychic em mim me jogando contra a parede. Greninja usou Ice Beam e congelou Malamar, Greninja então me pegou e de lá fugimos... Mas tivemos uma ajudinha... Latios e Latias apareceram e evitaram que Malamar levasse os fragmentos. Eles nos salvaram e nos trouxeram de volta a Kalos com os fragmentos... Quando eu voltei eu tive uma notícia...

Satoru- Qual?

Nakamura- A vila ninja tinha sido atacada pelo Malamar... Ele destruiu metade da vila porque eu peguei os fragmentos... Só que ele ficou fraco porque não tinha outra fonte de ódio, somente o Malamar... Mas outra notícia foi o que me preocupou

Satoru- Era sobre os Yin-Yang

Nakamura- Em parte sim... Meu irmão teve um filho... E o filho dele era o novo yin... Eu continuava sendo o yang naquela época... Foi quando eu decidi investigar mais os tais cristais, e acabar com o Malamar antes daquela criança crescer...

Mary- Pelo jeito o senhor acabou falhando

Nakamura- Não se pode falhar em algo que nunca se tenta não é?

Satoru- O senhor não tentou acabar com o Malamar?

Nakamura- Eu até fui atrás dele... Mas ele não fez nada durante anos... Ele reapareceu um pouco antes de você nascer... Quando os campeões já eram o Yin-Yang...

Satoru- O Steven e a Cynthia... Mas como o senhor soube?

Nakamura- Eu me expus muito aos cristais, eu consegui usar o poder deles... Mas em troca... Eu vi o futuro... Vi longos anos todos os dias... E vi que minha missão como Yang não ia acabar quando nascesse outro... E sim quando você viesse me ver... Foi quando eu escondi os cristais na Reflection Cave e botei neles uma visão do passado, e uma do presente, de quando você tocasse no cristal.

Satoru- Eu acho que vi apenas o passado, porque a outra visão foi apenas o Malamar controlando algumas pessoas... E elas estavam na caverna naquele momento

Nakamura- Era isso mesmo...

Satoru- Mas para que o senhor fez eu ver aquilo... E porque acaba hoje a sua missão?

Nakamura- Com o poder dos cristais eu vi uma profecia antiga, feita pelos primeiros Yin-Yang... Quando existisse dois portadores da Aura da mesma idade, é porque algo vai acontecer. A Aura se fortalecera mais do que nunca com isso para se proteger... Mas os Yin-Yang são capaz de dete-lás

Satoru- O Roger e eu temos a mesma idade...

Nakamura- Sim... Outra parte da profecia dizia...

Ele olhou para Molly e ela disse

Molly- "A luz e a escuridão se juntarão, para finalmente abrir a urna sagrada e do céus invocar um Deus... Ódio e solidão vão se juntar, causando caos por todo lugar. Yin-Yang se juntarão para a batalha final... Cada um em sua posse com um poder incrível que cada ser humano possuí... O poder do amor"

Satoru- Urna sagrada?

Molly- É onde você vai usar a sua chave

Satoru- Você disse que o cristal era a chave... Mas é a chave de que?

Satoru- Da urna sagrada onde o Plate está guardado desde os tempos antigos

Nakamura- Além disso... Tem outra coisa que você possui... Mas que não sou eu que devo dizer a você o que é...

Molly- Por esse motivo você deve sair de Kalos

Satoru- Isso eu não entendi...

Molly- Se a Aura te capturar, ninguém vai ser capaz de te libertar... Ela pode te dominar e usar seu poder para destruir tudo e todos...

Satoru- Como assim?

Nakamura- Você não precisa fugir... A Aura não possui todo o poder que acha que tem... Mas ela pode e vai te causar problemas...

Satoru- Isso eu entendi... Mas eu não entendi porque a Molly fica dizendo que tenho que sair de Kalos

Molly- Porque o perigo se aproxima...

Nakamura- Os descendentes do reino de Glork conseguem sentir quando a Aura pretende atacar... Mas eles não medem a força da Aura como os portadores da Aura Yin-Yang... Você deve ter sentido que a Aura está com 40% de seu poder

Satoru- Na verdade... Eu senti uma Aura sinistra... Ela falou comigo... Mas ela não parecia estar poderosa... Eu joguei uma pokébola no Malamar, mas não o capturei. Depois disso ele tentou me atacar e não conseguiu... Um amigo me salvou

Nakamura- Ela devia estar com apenas 10% ou 5% presente... Ela deve estar em outra fonte se fortificando. Mas tome cuidado... Ela vai atacar muito em breve... E os alvos dela vão ser os atuais Yin-Yang

Satoru- Como o senhor sabe?

Nakamura- Eu vi o futuro até o início do ataque... Eu não sei quando vai ser... Mas foi alguns dias depois de você passar aqui...

Satoru- Se é assim o senhor sabe onde vai ser?

Nakamura- Sim... Mas não posso dizer... Isso poderia alterar o futuro, e eu não tenho esse direito... Mas eu posso te ensinar algo...

Satoru- Me ensinar?

Nakamura- Sim, você tem um Froakie e um Lucario não é?

Satoru- Sim...

Nakamura- Aquele Greninja atrás de você também tem a forma alternativa... Vou te ensinar a controlar a transformação sem muitos problemas...

Satoru- Mas o Greninja não é meu...

Nakamura- Mas ele é do seu pai... E para a transformação funcionar a sincronia deve estar impecável... Isso depende do treinador e do pokémon...

Mary- Mas não é perigoso?

Nakamura- Não... Vou mostrar apenas a forma com o vel de água... Ela usa apenas 50% do seu poder...

Célio- E como vai fazer isso?

Nakamura- Eu vou mostrar

Satoru- Mas eu nem sei se o Froakie vai conseguir atingir essa forma quando for Greninja

Nakamura- Vai sim... Todos os Greninja podem... Mas para isso é preciso um treinador específico.

Célio- Eu posso analisar isso? Estamos no meio de um estudo e caso isso funcione eu posso passar os dados para o professor

Nakamura- Claro... Vamos lá pra fora...

Saímos da casa e fomos para um campo aberto... Eu senti que ali eu ia ganhar uma nova "arma"... Toda aquela história me deixou intrigado... Tinha algumas coisas que me deixaram em dúvida ainda, mas decidi deixar para depois... Aquele era o momento de começar a me preparar para a batalha...


Notas Finais


Espero que tenham gostado

Se realmente gostou comente falando o que achou, e favorite para acompanhar os próximos capítulos o/

Comentem ae de verdade o/

Próximos capítulos em breve o/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...