História Jovens Heróis do Universo - Capítulo 12


Escrita por: ~

Visualizações 1
Palavras 1.154
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção Científica, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Instagram - @and_thehobbit

Capítulo 12 - 12. O Mal Surgiu


No Hospital, Melinin e Harry estavam a espera da enfermeira para atendelos, eles não sabiam ainda o que a vó deles estava passando por estar em uma cama de hospital, mas Harry tinha uma maior preocupação. A enfermeira chega e pede para segui-la. Chegaram no quarto e lá estava a vó.

Harry - Vó, o que aconteceu?

Vó - Harry, Melinin, eu estou muito doente, estou velha demais.

Melinin - Vó para com isso, o Harry só tem você.

Vó - Melinin, desculpe, Harry, você vai ter que viver sem mim.

As máquinas param com o som longo significando que ela não está mais viva, Melinin diz vó três vezes, mas ela morreu, quando ela olha para o rosto do Harry, só um derrame de uma lágrimas escorreu pelo seu rosto, ele parecia estar paralisado, tempo depois de saírem do quarto, encontram os país de Melinin que os esperava.

Pai - Vocês estão bem?

Melinin - Sim pai, mas o Harry...

Harry - Eu não conheci meus pais, perdi minha vó agora pouco, o que tá acontecendo comigo?

Mãe - Harry, sinto muito, eu e seu tio decidimos e você pode vir morar conosco.

Harry - Eu, eu agradeço tia, só preciso de um tempo sozinho.

Harry sai andando deixando sua prima e seus tios no corredor do hospital.

Harry vai para um prédio com sua máscara com a vista da cidade onde não tinha ninguém, lá ele fica centado em frente a uma árvore deprimido, e uma cobra aparece do seu lado.

Harry - Sabe que a cobra que seus braços se transformam em uma serpente que não existe na terra né?

Billy - Pra que a máscara se ninguém pode te ver aqui? - Diz Billy com seu braço direito voltando ao normal e Harry tirando a máscara.

Harry - Eu não sei, não tenho nada pra pensar agora.

Billy - Como você tá?

Harry - Eu não tenho pais, minha vó morreu, também não conheci meu avô, o que tá acontecendo.

Billy - Harry, eu sinto muito, mas não pode deixar seu passado te atrapalhar, tem que pensar no seu futuro, não só como o Raio, mas também como Harry Willand.

Harry - Você está certo, obrigado por ser meu amigo.

Os dois dão um sorriso no rosto, mas um prédio longe de onde estava pegando fogo.

Harry - Essa não.

Billy - Vamos até lá.

Harry e Billy colocam suas máscaras e viajam até o local da fumaça. Chegaram no telhado quase desabando e entram por um buraco até o chão do último andar.

Harry - Tudo aqui está pegando fogo, precisamos ver se há sobreviventes.

Billy - As fiações devem ter dido destruídas nesse andar, você não vai poder checar o prédio tão facilmente.

Eles escutam a voz de uma mulher presa em um quarto do lado, dizendo para não machucar a gente.

Billy - Ouviu isso?

Harry - Vamos resgata-la.

Chegaram lá antes de alguns destroços esmagarem eles, um alienígena de quatro braços verde estava frente a frente com a mulher e sua filha de 5 anos.

Joluan - Onde está o Dr. Akmar e a garota que está com ele?

Harry - Não ouse machuca-las.

O alien olha para Harry e Billy.

Joluan - Quem são vocês afinal?

Billy - Nós? Bom, nós somos, heróis que vão deter você.

Joluan - Ue? Como seres tão patéticos podem me deter?

Billy estica seu braço que se transformava em uma serpente ao mesmo tempo, mirando na cabeça de Joluan, mas ele da um pulo alto para desviar.

Billy - Tira elas daqui, você pode voar até a rua e deixar elas lá.

Harry - Mantenha esse cara ocupado, mas toma cuidado com o fogo.

Harry vai em direção a senhora e sua filha enquanto Billy luta contra Joluan.

Harry - Eu vou tirar vocês daqui.

Harry carrega a menina no colo e a mãe se agarra nas costas, ele voa até a janela e as leva até a rua, enquanto isso, Billy fazia o máximo que podia para parar o alien.

Billy - Quem é você e por que está aqui?

Joluan - Meu nome é Joluan, tenho uma missão a cumprir, achar o Dr. Akmar e aquela garota.

Billy - Garota? A sobrinha dele?

Joluan - Sobrinha? Então é a filha do Hardziner, ele vai ficar tão surpreso quando souber disso.

Billy - Então é isso, você trabalha pro Hardziner.

Billy tenta atacar com seu braço-cobra, mas Julian é muito ágil, quase impossível de pegalo.

Joluan - Sim, nas preciso deles vivos, você parece saber onde ele está?

Billy - O Dr. Akmar morreu para me salvar, você não vai pegar a sobrinha dele.

Joluan - Então Dr. Akmar está morto, se ele morreu por você, então você que tomou um dos soros, e por outro lado a sobrinha dele ainda está viva.

Billy - Eu e minha boca grande.

Eles continuavam lutando até o teto quase desabar, e Harry resgatava mais sobreviventes, e a mesma menina disse a sua mãe.

Filha - Mamãe, mamãe, o Sr. Biscoito, cadê o Senhor Biscoito?

Mãe - Desculpe querida, eu compro outro.

Filha - Não, eu quero o Senhor Biscoito.

Harry - Senhora, o que é esse Senhor Biscoito?

Mãe - É um coelho de pelúcia, a essa hora ele já deve ter queimado.

Harry olha a menina e nem pensou em deixar esse Senhor Biscoito, foi voando até a janela do andar onde Billy Estava, no momento os bombeiros chegaram.

Harry - BILLY, já tirei os sobreviventes.

Billy - Vem me dar uma ajuda.

Harry - Aguenta aí, falta uma coisa pra eu pegar.

Billy - Tabem, mas vai rápido.

Harry abre a gaveta de um criado-mudo e encontra o coelho ainda intacto, ele pega, mas é atingido pelo Joluan o lançando para a parede.

Joluan - Vocês não vão escapar assim tão fácil.

Alguns destroços caem entre Joluan e Harry com Billy.

Molham - Ainda não acabou.

Joluan foge, Harry e Billy pulam pela mesma janela, Barre segura Billy já que ele não pode voar e o coloca no chão. Harry vai em direção a menina e entrega o coelhinho de pelúcia.

Filha - Senhor Biscoito - Ela grita de felicidade. - Obrigada.

Mãe - Quem é você e como consegue voar?

Harry - Eu sou só alguém tentando ajudar as pessoas, nem vai querer saber como eu vôo.

Mãe - Obrigada por nos salvar.

Harry segura Billy mais uma vez e sai voando enquanto os bombeiros terminam o trabalho.

Billy - Harry, e a Pyetra

Harry - Ah não, precisamos vela agora.

No outro dia eles vão para a escola, mas dessa vez só Harry e Pyetra estavam no 3° A, Fernando faltou.

Pyetra - Onde está o Fernando?

Harry -Faltou, isso é estranho, ele disse que nunca faltou uma vez sequer na escola!

Pyetra - O que sera que aconteceu?

Harry - Se ele não é de faltar, deve ter sido algo importante.

Em algum lugar, Joluam estava centado em alguma cadeira no escuro.

Joluan - Eu preciso que me conte onde está os heróis que me atrapalharam hoje e onde está a filha do Hardziner, será que pode me contar onde eles estão, se não souber tudo bem, mas vai continuar preso comigo, alguma coisa diz que você sabe onde estão.

Fernando - Eu não sei do que está falando, mas vi esses heróis no jornal de ontem.


Notas Finais


Instagram - @and_thehobbit


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...