História Two boys, one girl (Imagine Jungkook and Yugyeom) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, TWICE
Personagens BamBam, Chaeyoung, Dahyun, Jackson, JB, J-hope, Jihyo, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Jungyeon, Mark, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Rap Monster, Sana, Suga, Tzuyu, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Got7, Jungkook, Twice, Yugyeom
Exibições 271
Palavras 2.182
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OI UNICÓRNIOS!
Tudo bem com vcs?
Eu sei q postei cap novo ontem
mas me deu uma vontade loka de escrever hj

Espero q gostem!

😘😘😘😘😘😘

Capítulo 7 - Claro que eu confio


Fanfic / Fanfiction Two boys, one girl (Imagine Jungkook and Yugyeom) - Capítulo 7 - Claro que eu confio

~_____ On~

No amanhecer do dia, acordei, e por incrível que pareça, o Yugyie estava dormindo. Então me levantei, realizei minhas higienes e desci. A única acordada era a Sook, que estava cantando, escutando e dançando música dentro da cozinha, pelo visto era Wow do BTOB.

- Bom dia Sook!

- Ah, bom dia baby!

- Tem o que pra comer?

- Slá, tô fazendo um sanduíche mesmo. Ah, antes que eu esqueça, a Tzuyu ligou, ela queria falar com você, mas eu falei q você tava dormindo, depois ligue pra ela viu

- Viu, o que ela queria?

- Não sei, ela não falou

- Vou ligar agora. Faça um sanduíche pra mim pff

- Vou pensar

~Ligação On~

- Alô? Tzuyu?

- Oi ____! Bom dia! Desculpa atrapalhar mas eu queria saber se eu posso passar aí mais tarde para ver o Yugyeom

- Pode sim!

- O Jackson falou que quer ir também. Como eu sou a amiga mais próxima dele, queria ajudar com que ele se lembre do Jackson

- Ah- falei um pouco séria

- Eu vou aí depois do almoço com o Jackson viu

- Ok, tchau

~Ligação OFF~

- "Eu sou a amiga mais próxima dele", não gosto dessa menina, ela é uma puta

- Não fala assim da menina, você nem conhece ela direito!

- Eu posso até não conhecer mas eu sinto isso!

- Então tá, né? Vamos comer!

Comemos, eu a agradeçi e subi para o quarto e me dei de cara com Yugyeom saindo do banheiro.

- Bom dia princesa!

- Bom dia amor! A sua "amiga mais próxima" vai vim aqui te ver com o Jackson depois do almoço.

- A Tzuyu?

- Você já sabe né? - falei cruzando os braços e fitando o chão

- Está com ciúme amor?- falou beijando meu pescoço- Hein?

- Eu não gosto dela, pra mim essa Tzuyu é uma puta.

- Não fala assim, não tem nem motivo de você ficar com ciúmes, ela é só minha amiga.

- Do mesmo jeito, eu não gosto dela

Me deu um selinho, pediu passagem com a língua e eu dei. Foi um beijo apaixonado e romântico, paramos por falta de ar.

- Você fica tão linda quando está com ciúmes

- Eu não tô com ciúmes krl, só não gosto dela

- Sei... Já comeu?

- Já

- Eu vou descer pra comer, você vai comigo?

- Vou ficar assistindo mesmo.

- Tá certo

~Quebra de tempo~
Depois do almoço

Já estava de tarde, e nós estavamos esperando eles. As meninas tinham ido no shopping fazer compras e eu tive que ficar, #indignada. A campahia tocou, Tzuyu estava na porta com Jackson. Ela parecia bem animadinha para ver Yugyeom, e ela a mesma coisa, o que só me fazia ficar com mais raiva ainda. Eles se abraçaram por um tempo então Tzuyu falou para Yugyeom:

- Eu senti tanto a sua falta! Não sei o que faria se você não estivesse aqui!

- Nem eu Tzuyu!

Aquilo foi o que faltava pra eu entrar em casa bufando de raiva querendo assassinar aquela vadia que estava dando em cima do meu boy. Ouvi eles dois rindo lá fora e Jackson veio atrás de mim

JK- Está com ciúmes,_____?

- Claro que não, eu só não gosto dessa puta, só isso.

JK- Você fica tão fofinha quando está vermelhinha de raiva!

- Eu vermelha?- corri até o banheiro, e quando me vi no espelho disse- Caralho...!

~Tzuyu On~
Flashback on-

- Jungkook, eu estou apaixonada por uma pessoa que não me dá o mínimo de atenção, ele está gostando da mesma garota que um amigo meu e nem fala mais comigo direito

- Eu o conheço?

- Conheçe, e também conhece a garota. O que você acha que eu deveria fazer?

- Se você gosta dele mesmo, fale pra ele o que sente, vai ser melhor pra você!

- Obrigada Kookie!

~Flashback off~

Sim, eu estou apaixonada pelo Yugyeom. Como isso foi acontecer? Eu não sei. Eu simplesmente gosto dele desde antes de ser sua amiga. O Jungkook me ajudou e muito, mas algo me diz que ele achou que a pessoa era ele.
A ida na casa de ____ para ajuda-lo a se lembrar de Jackson foi uma desculpa para vê-lo e execultar meu plano. Pude ver o ciúme nos olhos dela quando o abraçei, seu rosto ficou todo vermelho e ela entrou em casa, Jackson foi atrás dela.

Quando entramos em casa, pedi para ir pra uma sala fechada, onde tinha uma TV e cozinha era do outro lado. O sentei no sofá e começei a falar um pouco sobre Jackson. Passei alguns vlogs que eles haviam gravado juntos, alguns dias legais e outras coisas. _____ perguntou para nós:

- Querem alguma coisa para comer?

YG- Você pode fazer pipoca, amor?

- Certo.

JK- Eu posso te ajudar?

- Pode sim!

Eles foram pra cozinha. Meu plano iria finalmente dar certo, mesmo sem ter comentado nada com o Jackson, ele como boa pessoa foi ajuda-la e me deixou sozinha com ele. Parei a gravação e falei

- Finalmente a sós.

- Tzuyu... ligue a TV

- Ah, Yugyeom. Não seja tão chato, vamos aproveitar alguns minutos juntos. - subi em cima dele, que estava sentado de frente para TV.

- É sério, por favor, saia daqui. - abri minhas pernas e me sentei no seu colo, coloquei suas mãos em minha bunda e o beijei lentamente, passando as mãos sobre sua nuca.

Ouvi o barulho do portão da frente da casa se abrindo, mas não liguei. De repente, ______ chega na sala com a pipoca nas mãos, que logo cai subre o chão.

~ ______ On~

Eu estava na cozinha com o Jackson fazendo as pipocas, quando ele recebe uma ligação falando que os meninos estavam precisando dele lá. Dei um abraço nele e abri o portão para ele ir embora pela cozinha mesmo. Peguei a pipoca co microondas, coloquei em um recipiente e fui para sala, quando me deparo com uma sena horrível.

- Y-yugyeom?

- _____ eu posso explicar!

- Não, você não pode! Vão embora da minha casa!

- Por favor me dê uma chance!

- VÃO EMBORA DA MINHA CASA!!

Tzuyu ficou sentada no sofá com o dedo na boca e rindo descaradamente. Eu não acredito que ele fez isso comigo. Após eles irem embora, me fechei no meu quarto, que ainda tinha seu cheiro e seus pertences. Abraçei com força o meu travesseiro e liguei para o Jungkook:

- Oppa, vem aqui por favor

- Estou indo agora.

Ele entrou correndo no meu quarto e me viu chorando

- O que aconteceu?

- O Yugyeom me traiu, com aquela puta ainda mais!

- Puta?- Ele ficou olhando o chão por um tempo- Você está falando da Tzuyu?

- É essa puta mesmo

- Eu não posso acreditar! Venha, ficar nesse quarto com as coisas dele só vai te fazer sofrer mais, vamos para minha casa.

Ele me levou até o seu dormitório, me levou até o seu quarto e disse:

- Aqui é menos pior, né?

- É sim... obrigada Kookie. Eu sei que é idiota chorar assim com 2 meses de namoro e tal, mas eu só estava com ele, pra esquecer uma pessoa, e acabei me apegando a ele.

- Esquecer uma... Pessoa?

- Sim Jungkook, eu estava com ele pra esquecer você. Não me ache idiota, por favor.

- Eu? Te achar idiota por causa disso? Nunca! Eu também te amo, Kim, desde quando eu te conheci. Fiquei muito emocionado quando vi a cartinha que escreveu pedindo para ele cuidar de Namjin, pois ele era importante pra você. Eu sei que é muito precoce, você acabou de sair de um relacionamento, mas você quer namorar comigo? Ninguém vai saber além de nós dois, se você não contar, é claro.

- Jungkook, o que os meninos vão falar? O que eles vão pensar de mim?

- Eu tô pouco me fodendo pra o que eles vão pensar de nós. Só sei que eu te amo, e quero ver você feliz, e então, você topa?

- Sim!

Ele juntou nossos corpos, iniciando um beijo calmo e romântico. Eu passava a mão em seus cabelos e ele passava as suas sobre minhas costas. Quando menos esperava ele já estava sem camisa, exibindo seu abs perfeito. Ele se afastou de mim e foi trancar a porta, retomando o beijo maravilhoso. Eu fiquei um pouco nervosa pelo fato dele ter trancado a porta. Ele sabia que eu era virgem, e se eu tivesse que perder a virgindade com alguém que eu amo, que fosse com ele.

Ele me empurrou na cama e começou a tirar a sua calça, ficando apenas com sua cueca box.

- Você ainda é virgem?

- Sou - falei um pouco corada

- Quer experimentar um pouco de luxúria?

- Você promete que não vai doer?

- Prometo que vou ser carinhoso!

Ele se deitou na cama, me puxando para cima dele. Começamos a nos beijar denovo, mas não era um beijo romântico e carinhoso como antes. Esse beijo era quente, e tinha pegada. Dava para ver a luxúria brilhando nos olhos de Jeon Jungkook. Ele se sentou e quando ia tirar a minha blusa, alguém bate na porta.

- Porra, quebrou o clima

- Verdade, é melhor você se vestir. Ninguém pode saber, lembra?

- É verdade!- ficamos conversando baixinho- JÁ VAI!

Ele se vestiu rapidamente e abriu a porta, dando de cara com o Namjoon.

NJ- A _____ está aí?

JK- Está, porque?

NJ- As meninas chegarsm em casa e não a encontraram, ficarsm preocupadas. Querem falar com ela.

JK- Ok, vou chama-la

Ele fechou a porta e disse:

- O universo não colabora com a gente, não é mesmo?

- Verdade!

- As meninas querem falar com você, acho que estão lá em baixo, eu vou com você, vamos.

Descemos e quando chegamos lá em baixo, todas as meninas estavam lá e Lee veio Correndo até mim:

LEE- Nunca mais faça isso sua peste, ficamos preocupadas.

- Relaxa gente, eu estou bem.

Lotte- O que aconteceu pra você sair assim?

- Depois eu conto, nao quero chorar denovo.

LEE- Ok, vamos para casa- olhei pro Kookie, e falei

- Eu vou dormir aqui hoje

LEE- Tem certeza?

- Tenho, tchau!

LEE- Tchau, se cuida viu, boa noite- ela chegou no meu ouvido e falou- vê se não apronta viu, já sei o que aconteceu.

Fiz um sinal de ok com as mãos e elas se foram me deixando lá com os meninos.

SG- Oi ____! O que houve?

JK- Ela não quer falar, hyung.

- Pode deixar, Kookie. O Yugyeom, ele... Me traiu na minha propria casa, foi isso.  Eu chamei o Kookie pra me dar apoio, e como o Yugyeom estava dormindo comigo no quarto, o cheiro dele, as coisas dele também estavam lá, o que me fazia ficar um pouco mal, o Kookie me trouxe pra cá para eu esquecer um pouco.

JM- Você chegou a dar pra ele?

- JIMIN! - Falaram em coro e eu começei a rir.

- Não, era só dormir mesmo.

J- Desculpa, o Jimin é muito intrometidoas vezes!

- Eu sei!

J- Quer comer alguma coisa? Eu fiz um bolo de arroz especial!

- Quero sim!

Todos nós fomos comer, o Hope e o Tae ficavam fazendo palhaçadas, então o Jin e o Namjoon foram lavar os pratos. O Rap Mon falou que ia lavar sozinho mas o Jin disse que não, senão ele iria quebrar tudo. O Jimin e o Suga ficaram cantando Shake It do Sistar e logo o Hope começou a dançar e me chamou para dançar também e eu acabei aceitando. O Kookie ficava apenas me olhando, quase babando quando eu dançava as partes sexys da música. Por fim subimos e fomos pro quarto. Ele disse para eu ir tomar banho me deu uma toalha, uma blusa enorme dele para eu me trocar e uma calcinha. Havia uma bolsa minha lá, com algumas peças íntimas e roupas para quando eu ia passar a noite lá assistindo séries com ele. Quando eu terminei meu banho e deitei na cama, eu estava com sono. Ele entrou no quarto só de toalha. Pegou uma cueca no seu armário e a vestiu, achou que eu estava dormindo. Então se deitou com cuidado ao meu lado. Eu me virei colocando a cabeça em seu peitoral.

- Achei que estava dormindo.

- Eu estou com um pouco de sono, mas tava de esperando pra dormir abraçada com você.

- Não quer continuar de onde paramos?-
Me sentei e disse

- Não é uma má ideia.

Me sentei entre suas pernas e o beijei, assim como o tinha beijado antes, continuei um pouco nervosa pois senti seu membro ereto encostar em minha intimidade. Logo quando senti, abri meus olhos, levando um pequeno susto.

- Não se preocupe

- Não estou preocupada

- Não é o que parece. Vamos _____, você não confia em mim?

- Claro que eu confio.


Notas Finais


Oiii UNICÓRNIOS!!

Gostaram?
Se surpreenderam?
Imagino que sim!
Não esqueçam de favoritar a história e deixar nos comentários o que acharam
Tchau Unicórnios!!

Ps: tive preguiça de revisar denovo, então de certeza tem coisa errada pq faço no celular, não no computador e como eu escrevo rápido, não sei se está certo.

Ps 2°- Eu sei que eu chamei a Tzuyu de puta e fiz ela de puta e tal, muita gente vai achar que eu não gosto dela , mas ela é minha bias do Twice (Uma das), fazer isso com ela era a última coisa que eu queria, mas tive que cazer para o desenvolvimento da história

Naja - Dope (paródia/redublagem)

DIZEM QUE
NO VALE DO MICÃO
TÁ SEM ESTOQUE DE ARGUMENTAÇAO
SE QUER ARGUMENTO SÓVEM PRA CÁ
QUE EU TE DOU E É DE GRAÇA ASSIM COMO OS TEUS CLOSE ERRADO AMOR
#WTFBANGTAN


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...