História Juntos estaremos sobre a luz do luar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kuroshitsuji
Personagens Alois Trancy, Ciel Phantomhive, Claude Faustus, Condessa Rachel Durless-Phantomhive, Elizabeth Midford, Finnian "Finny", Grell Sutcliff, Madame Red (Angelina Dalles), Mey-Rin, Personagens Originais, Sebastian Michaelis, Sr. Tanaka, Undertaker, Vincent Phantomhive
Exibições 18
Palavras 505
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


oi pessoas
bem essa e minha primeira fanfic yaoi e eu estou com receio de não conseguir trazer uma boa história mais né precisamos enfrentar

bem vou tentar ao máximo deixar bom e tentarei me dedicar a fic bastante

beijo e boa leitura

Capítulo 1 - O novo conde


Fanfic / Fanfiction Juntos estaremos sobre a luz do luar - Capítulo 1 - O novo conde

Talvez não tivesse sido uma boa  ideia construir a nova mansão dos Phantomhive  nas cinzas da antiga pelo menos assim o novo conde pensava 

Ciel havia perdido os pais em um incêndio que houve em sua antiga casa  a alguns meses atrás , o pequeno menino de cabelos azuis havia chorado a se havia  pelo menos passou 1 mês chorando com seus empregados tentando o tirar do quarto 

ele não era tão próximo assim de seu pai por conta do trabalho mais sua mãe era a mulher mais querida e bondosa que já vira 

ela havia e estava sendo desputada por muitos homens mais seu coração pertencia somente ao seu Vicent 

quando o incêndio ocorreu Ciel tinha acabado de voltar de um lugar horrível onde foi abusado por muitos e então ao saber disso o menino se acabou tanto fisicamente quando psicologicamente  

chorou , se sentiu sujo e todos os sentimentos de pior o menino sentiu  e o pior de tudo ele estava sozinho ............

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

_Tanaka tire esse quadro daqui _apontou para o enorme quadro atrás de si onde se encontrava seus pais já mortos 

o homem com roupas de mordomo assentiu 

sentado em seu escritório Ciel lia as diversas coisas que estava no jornal da manhã 

O menino de 15 anos era o mais novo conde da corte da Rainha Vitória e nessa manhã tinha recebido uma carta da mesma pedindo sua presença em uma festa em sua homenagem e boas vindas 

_ho ho ho o jovem mestre permite lhe perguntar ?_o senhor já idoso de olhos puxados estava parado a sua frente lhe servindo seu costumeiro café da manha 

_já perguntou Tanaka _suspirou _ prossiga 

_irá na festa que a rainha irá dar mestre ?_ 

Ciel abaixou o jornal e seu rosto pálido foi visto 

_não .....não estou em clima para festas hoje Tanaka _

_deveria considerar a ideia , será bom para  se socializar já que terá que sempre estar comparecendo em eventos como esse _

o senhor retirava o quadro com cuidado enquanto falava 

Tanaka era um querido amigo e conselheiro de Ciel que viu o menino crescer e sempre cuidou dele 

Ciel  falava daquela maneira "menos arrogante" somente com Tanaka enquanto que os demais empregados ele agia como um verdadeiro magnata rico   e frio 

_ ......pensarei nisso depois  agora pode se me deixar sozinho por favor _

_sim jovem mestre_Tanaka fez uma reverencia e se foi empurrando o carrinho que tinha trazido 

o azulado passou a mão pelos cabelos e s encostou na cadeira 

minha animação para essa festa esta em zero , sinceramente porque iria querer ir a um lugar que mal conheço cheio de pessoas estranhas e chatas 

o simples pensamento de ver aqueles homens e mulheres em um espaço só deixava Ciel com um nó no estomago 

sim o garoto sofria de ansiedade e odiava com todas as forças lugares cheios 

por isso tinha construído uma enorme mansão somente para ele e ninguém mais pelo menos assim ele tinha paz ao menos por um pequeno tempo


Notas Finais


sim desculpem o capítulo curto mais e apenas um prologo do que vai vir então paciência pessoinhas

bem já até a proxima

e não esquece de comentar e não precisa ter medo eu não mordo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...