História Juntos Novamente - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Midoriya Izuku, Personagens Originais, Todoroki Shouto
Tags Midoriya, Romance, Tododeku, Todoizu, Todoroki
Visualizações 59
Palavras 942
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá minna! Tudo bem? Postando o capítulo um hoje porque pretendo me adiantar na minha outra fic. Espero que gostem e até as notas finais.

Capítulo 2 - Juntos Novamente


Fanfic / Fanfiction Juntos Novamente - Capítulo 2 - Juntos Novamente

 No capítulo anterior:

 Me virei no mesmo momento da pessoa que estava na minha frente. Não pude acreditar no que eu estava vendo. Depois de tanto tempo esperando, ele finalmente...!

- Shou... to...

Agora:

- Tadaima, Izuku. *sorri*

- Finalmente... você finalmente... voltou... Falei com os olhos cheios d'água correndo em sua direção e me jogando em seus braços. - Okaeri, Shouto!

- Me desculpe por fazê-lo esperar tanto.

- Não, tudo bem. Eu não poderia estar mais feliz.

- Eu também. Me abraçando mais forte ele falou.

- Shouto, faz 3 anos, que eu espero por esse dia. Faz 3 anos que eu quero saber o porquê de você ter ido embora. Então, por favor, me diga, por que você foi embora? Por que me deixou sem nenhuma explicação? Por quê?

- Me desculpe, Izuku. Eu vou te explicar tudo agora. A alguns anos atrás meu pai fez uma aposta idiota com um certo homem em um cassino. Ele já havia perdido tudo o que tinha menos uma coisa, eu. Ele apostou seu próprio filho e perdeu no ato. E esse é só um dos problemas. O homem estava disposto a me devolver até que sua filha me viu e se apaixonou. Ela disse que queria se casar comigo. Obviamente eu recusei, mas ela não aceitou um não como resposta. Disse que se eu recusasse ela sumiria com todos que eu amo, inclusive, você. No dia em que terminamos Fuyumi me ligou para me avisar sobre isso. Eu não pude aceitar isso, mas eu tive que fazê-lo por você, pela Fuyumi e por todos que amo. Fui ao Canadá para ficar com essa pessoa.

- Shouto, você se casou?

- Não, eu não me casei. Eu fugi. Sei que isso faz com que tudo o que eu fiz seja em vão, todavia eu não poderia ficar mais um segundo sequer com aquela mulher, então eu voltei.

- Então, para me proteger... você foi embora?

- Sim.

Não pude disser nada. Só fiquei chorando olhando fixamente para seus olhos que pareciam muito tristes para mim. Nós lentamente unimos nossos lábios acabando com a saudade que sentíamos um pelo outro. Esperei tanto tempo por isso. Nós finalmente... estamos juntos novamente.

- Tenho que ir para a aula. Senão o Iida-kun vai me dá um sermão de novo. *sorri*

- Posso até imaginar. Até mais.

- Até mais. Eu estava indo quando me virei e o olhei. - Shouto, você... não irá embora, né?

- Eu não irei a lugar algum, Izuku. Eu nunca mais vou te deixar sozinho de novo.

- Isso é uma promessa! Não vá descumprir! Falei apontando para ele e em seguida indo embora.

- Sim, eu prometo Izuku.

>x<

Depois das aulas o Shouto estava me esperando em frente a faculdade. Fiquei feliz. Depois de tanto tempo sem vê-lo eu finalmente vou andar em seu lado de novo.

- Yo Izuku.

- Yo.

- Vamos embora juntos? Ele perguntou pegando na minha mão.

- S-sim.

_Meu coração está batendo que nem um louco. Sinto que ele pode sentir por estarmos de mãos dadas. Eu realmente não mudei nada nesses 3 anos.

No caminho para casa fomos de metrô e colocamos o papo em dia. Conversamos sobre como foram os últimos 3 anos em que estivemos separados.

- Nee Shouto.

- O quê foi?

- N-nada não. Só queria chamar seu nome.

- Bakaa. Ele falou me dando um  peteleco na testa sorrindo.

_Não tem como eu perguntar se era ele mais cedo. Poderia ser qualquer pessoa... mas provavelmente era ele. Isso não importa mais de qualquer maneira.

- Shouto.

- O que foi agora?

- O que você acha de passarmos naquela lanchonete que sempre íamos?

- Claro, vamos.

- Hoje é por sua conta. falei dando língua.

- Hai, hai.

>x<

Depois que comemos Shouto me levou para casa. Ele parecia estar preocupado com alguma coisa.

- Shouto está tudo bem? Parece preocupado...

- S-sim, não é nada. Não ligue pra isso. Ele disse bagunçando meu cabelo.

- Se algo estiver errado me diga. Sabe que pode me contar qualquer coisa, né?

- Sim, obrigado, Izuku. Até amanhã.

- Até amanhã.

Entrei em casa e fiquei um pouco no celular, depois me arrumei para ir trabalhar.

- Itekimasu kaasan.

- Iterashai Izuku. Se esforce!

- Haai.

Sai de casa e me deparei com o Kacchan.

- Oh.(Midoriya)

- O que foi?!

- N-nada. Só fiquei surpreso. Nós não nos vemos muito.

- Hunf.

- A-até mais, Kacchan.

_Simpático como sempre. Achei que nós finalmente ficaríamos próximos depois da viajem ao Canadá, mas ele voltou a ser como era antes. Acho que isso não tem jeito mesmo.

Como a loja onde trabalho é perto de casa fui caminhando. Chegando lá me encontrei com o Kaminari.

- Kaminari-kun?

- Midoriya, há quanto tempo!

- Sim. Vendo pela roupa, você trabalha aqui também, não é?

- Também?

- Vou começar hoje.

- Entendo. Você pode se trocar na aquela porta a direita. Afirmou apontando.

- Ah, obrigado.

_Então o Kaminari-kun trabalha aqui? Vai ser divertido ter um amigo no trabalho.

>x<

Já fazem alguns dias desde que eu e o Shouto nos reencontramos e começamos a namorar novamente. Todos os dias nós nos encontrávamos naquela árvore para conversar e algumas vezes nos beijar. Ele sempre estava lá antes de mim, mas hoje por algum motivo ele não estava. Provavelmente ele se atrasou um pouco. Quando deu a hora da aula eu me levantei e segui o caminho até a sala quando eu vi o Shouto com uma garota.

- Rin... o que está fazendo aqui?

- Eu vim te encontrar, Todoroki-chan.


Notas Finais


E ai? Gostaram? Finalmente o mistério foi resolvido, mas quem será que é essa tal de Rin?! O que ela é do nosso bicolor?! Descubra no próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...