História Juntos pelo acaso. - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Magcon
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Exibições 300
Palavras 1.569
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey Cupcakes aqui vai mais um capítulo,desculpem pela minha demora mas eu fiquei sem net e só voltou hoje,o capitulo já estava escrito esperando para ser postado,nos vemos lá embaixo...

Capítulo 27 - Vem iluminar a pista.


Terminei meu banho ainda suspirando e pensando no que teria acontecido se eu não tivesse corrido,fui me vestir e coloquei o vestido preto que comprei,as duas fendas enormes uma em cada perna,coloquei o salto e fui cuidar da maquiagem que seria a parte importante da fantasia por isso teria de fazer com cuidado,deixei a metade superior do meu rosto bem branco para poder começar,a maquiagem fazia a curva das minhas bochechas e do meu nariz para cima deixando livre dela apenas meu maxilar e lábios,era a maquiagem de uma caveira mexicana,bem colorida e desenhada,quando acabei pisquei admirada,tinha ficado realmente bom,pus um batom vermelho em meus lábios e soltei meus cabelos,fiz cachos nele e baguncei para parecer natural,meu cabelo era tão longo que mesmo cacheado ainda chegava a metade das minhas costas,sorri para o espelho animada e sai do quarto,caminhei lentamente até as escadas e desci com cuidado,quando estava na metade recebi a atenção de Cameron que estava sentado no sofá com Maddie nos braços,ele estava vestido inteiramente de preto como eu,moletom de capuz e calça jeans,sua maquiagem era de uma caveira do nariz para baixo ao contrário da minha,a sua não era uma caveira mexicana mas uma caveira comum,os olhos me chamaram a atenção,um era azul e o outro vermelho,ele ficou me olhando descer o resto da escadaria boquiaberto piscando os olhos lentamente como se estivesse em um sonho,seu olhar seguia minhas pernas que a cada passo surgiam nas enormes fendas do vestido preto,ele encarou meus olhos que se destacavam muito na maquiagem de caveira mexicana,ao chegar no fim da escadaria sorri tímida.
-Uau.-ele murmurou baixo e eu mal pude ouvir,olhei para meus pés calçados na sandália de salto preto,ele se ergueu e eu segui seu movimento com o rosto ainda abaixado,ele ajeitou Maddie em seu colo e veio até mim.-Olha só Maddison como está ela.-ele disse indicando a mim que sorri para a menininha que encarava encantada a maquiagem do rosto dele tocando seu queixo.
-Oi Maddie.-eu disse cutucando sua bochecha de leve sorrindo,ela me olhou e balançou suas mãos como se tentasse me tocar,Cam estendeu ela para mim e seus braços deslizaram pelos meus me causando um arrepio até a alma no processo mas eu ignorei ajeitando Maddie que sorria mostrando sua gengiva sem sombras de dentes ainda,ela tocou meu rosto com a mãozinha em meu queixo e fez alguns barulhos com a boca me olhando,pisquei um dos olhos para ela.
-Vocês já podem ir.-Lizze disse vindo da cozinha,os cabelos ruivos estava presos em duas tranças raiz,ela sorriu e estendeu as mãos para pegar Maddie,eu lhe entreguei e Maddie fez bico como se fosse chorar,eu e Cam nos atiramos à frente ao mesmo tempo rodeando Lizze na tentativa de impedir o choro de começar.
-A gente não demora meu bem.-eu disse beijando sua testa,uma marca levemente avermelhada ficou no lugar e eu acariciei seus cabelos loiros.
-Você nem vai perceber Maddie.-Cam disse pegando sua mãozinha,ela ficou olhando com um bico mas não chorou como se entendesse.-A gente vai voltar logo,nunca vamos te deixar.-Cam sussurrou e beijou a cabeça dela sorrindo,eu sorri para ele e Lizze parecia encantada.
-Vocês são ótimos pais,a Maddison tem sorte.-ela disse sorrindo,eu dei de ombros sorrindo de leve.
-Nós é que temos sorte em ter ela.-Cam confessou sorrindo para a menina,eu concordei amo a cabeça ainda sorrindo.
-Vamos,a gente vai se atrasar.-eu disse balançando a cabeça de leve,Cameron concordou de leve e acariciou uma última vez a bochecha de Maddie antes de passar o braço pelo meu me puxando dali quase correndo,nos saltos eu era um pouco lenta para evitar cair mas o acompanhei,entramos no carro e ele dirigiu até a casa dos Jack's,descemos longe pois haviam vários carros em frente à casa,eu olhei impressionada.-Uau,a festa está bombando.-comentei e Cameron riu de leve.
-Você não viu nada.-ele comentou rindo um pouco e segurou minha mão entrelaçada a sua,olhei de um jeito estranho fazendo careta em sua direção.-Vai por mim,é melhor entrar assim ou eu te perco logo na entrada.-ele disse de forma defensiva,suspirei mas não tirei minha mão e deixei que ele me conduzisse para dentro da casa,assim que chegamos perto eu já sentia o chão vibrar e o som dar ritmo ao meu coração,apertei a mão do Cam mesmo sem perceber e ele retribuiu o aperto sorrindo na minha direção como se quisesse me acalmar,haviam várias pessoas na porta se agarrando e dentro era pior,um mar de pessoas dançando,se beijando ou fazendo coisas mais quentes espalhadas pelos sofás e puffs ou até nos corredores,olhei de testa franzida assustada com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo no meu redor,Cameron me olhou sobre o ombro e me puxou pela mão passando a mão pela minha cintura com firmeza.-Não se solta.-ele gritou em meu ouvido por causa da música alta e eu concordei com a cabeça me agarrando a ele,a mão dele que estava em minha cintura entrelaçada a minha que estava cruzada sobre o abdômen,minha mão solta estava segurando o pano do seu moletom entre os dedos e conforme ele andava eu sentia os músculos do seu abdômen esbarrar em minha mão,ele cumprimentava algumas pessoas com a cabeça,algumas com sorrisos e algumas palavras,eu sorria e acenava com a cabeça sem querer me soltar dele e correr o risco de ser levada pela maré de corpos dançantes,ele indicou uma mesa afastada no canto onde os donos da festa estavam com Nash,Hayes e Taylor,Nash estava se agarrando com a namorada enquanto os outros conversavam rindo,chegamos até lá e eles nos olharam,até Nash se separou da namorada quando o silêncio reinou entre os garotos de um jeito estranho,eu sorri.
-Olha só quem veio com fantasias combinando.-Hayes comentou rindo e eu revirei os meus olhos.
-Não foi exatamente combinado.-Cameron comentou rindo.-Mas aqui estamos nós.-ele completou,a música ali ainda era alta mas não precisava gritar tanto quanto antes.
-Oi meninos.-eu disse sorrindo e acenando com a mão,Cameron entrelaçou a mão a minha largamos minha cintura.
-Estão tão bonitinhos juntos.-Nash disse sorrindo malicioso.
-É um casal muito bonito.-a namorada dele disse sorrindo timidamente.
-Não somos um casal.-eu e ele dissemos juntos e eles riram.
-É claro que não são.-Taylor resmungou revirando os olhos e sorrindo malicioso.
-Posso tirar uma foto do casal.-Nash pediu e eu bufei revirando os olhos,Cameron suspirou e deu de ombros,ele veio atrás de mim me abraçando por trás com as mãos ao redor da minha cintura me prensando junto dele,joguei meu cabelo todo para um lado inclinando a cabeça e sorrindo,Cameron encaixou o rosto na curva do meu pescoço e eu senti seus lábios na pele sensível dali,ele pareceu sorrir ao ver que me arrepiei,eu sorri maliciosa para a câmera do celular de Nash e ele tirou a foto,disse que ia postar e como eu sabia que discutir não mudaria nada suspirei concordando,ele colocou no Instagram dele com a legenda "É claro que eles não são um casal..sentiram a ironia?",revirei meus olhos e empurrei seu ombro,Cameron me puxou dali na direção do bar,ele pediu uma bebida qualquer e eu disse que ele podia pedir o mesmo para mim,eu sou meio fraca para bebida então beber muito não é minha praia,às vezes eu abria exceções,só sei que fico incontrolável bêbada o que as vezes é um problema enorme,bebi tudo num gole e fiz careta quando ela desceu queimando em minha garganta,toquei o ombro dele sorrindo.
-Deixa eu tirar uma foto sua.-pedi e peguei o celular,a foto era do seu rosto mostrando a maquiagem dele,ele estava sério e os olhos se destacavam de perto.
-Agora eu tiro uma sua.-ele disse e eu revirei meus olhos mas encarei sua câmera,eu estava sorrindo com as mãos em meus cabelos jogando de lado e olhando para baixo,ele me pegou desprevenida na foto,postei a sua foto com uma reticências como legenda,ele postou a minha com os mesmos três pontinhos de legenda e começaram a chegar notificações,peguei outra bebida guardando o celular no bolso da calça dele,me virei de costas para ele e me balancei de leve ao som da música virando a cabeça para o lado e bebendo devagar em vários goles sem tirar o copo dos lábios,escutei o clique do seu celular baixinho e me virei,ele sorriu para mim de leve e esticou o celular para que eu visse,me aproximei para ver melhor parando de frente a ele até nossas testas se colarem,na foto eu estava de costas,minha perna saindo de uma das fendas bebendo de olhos fechados,ele colocou de legenda "Ela não sabe o quanto é bonita e isso faz ela parecer ainda mais encantadora.",eu olhei para ele piscando de leve,a bebida não me deixava pensar direito,ele sorriu me olhando.-Mais duas bebidas e você vai estar tropeçando nas palavras e caindo no chão.-ele disse afastando uma mecha de cabelo para trás da minha orelha,eu ri de leve meio boba.
-Provavelmente.-concordei sorrindo e pegando outra bebida ma ele tomou da minha mão e bebeu.
-Melhor não Estrela.-ele comentou e eu revirei os olhos.
-Chato.-disse provocando.
-Eu não sou chato,vem,vamos dançar estrela.-ele disse sorrindo e entrelaçando a mão a minha.-Vem iluminar a pista.-ele chamou piscando um dos olhos,eu segurei sua mão sorrindo e deixei que ele me puxasse até onde as outras pessoas dançavam,eu me balancei timidamente no início até que ele riu e balançou meus braços segurando minhas mãos.-Vamos Estrela.-ele disse rindo gritando pela altura do som,eu ri revirando meus olhos mas comecei a seguir seu ritmo me balançando junto a música,ele me tirou rindo enquanto pulava animado com a música.
 


Notas Finais


Espero que tenham gostado,desculpem a demora m uma vez,como me sai?
Até mais Cupcakes!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...