História Juntos pelo perigo - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Guns N' Roses
Visualizações 81
Palavras 1.164
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Luta, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOOOOOOOOOOOOLTEI !! e estou muito feliz, tivemos 6 comentários no capitulo passado, ganhei 2 favoritos e uma nova leitora *-* sério, muuuuito obrigada! Quando eu vi, fiquei imensamente contente. espero que continue desse jeito ahah
quero também agradecer a todos que elogiam a fic e aos que elogiaram o cap passando, dizendo que foi um dos melhores da fic :D
espero que gostem deste capitulo, vcs vão conhecer o novo personagem e saber o que se está a passar, proximo cap ele vem com tudo para aterrorizar a nossa Jenn e companhia.
Falamos mais lá em baixo, espero que gostem do capitulo:

Capítulo 17 - Payment


Fanfic / Fanfiction Juntos pelo perigo - Capítulo 17 - Payment

“De repente, no meio dos meus pensamentos alguém chega por trás de mim, me assustando.
-Precisamos ir para Manhattan. –Axl falou, ele estava visivelmente desesperado e até perturbado. -Savannah ligou, ele voltou…”


Assim sendo, despedimo-nos da mãe dele e viemos embora. Eu ainda não tinha conseguido uma explicação decente, tudo o que ele dizia era que estávamos com problemas e precisávamos regressar a Manhattan ou as coisas iriam piorar. Eu não tenho falado com a Savannah ou qualquer outra pessoa que estivesse fora do Texas, eu estava decidida a descansar e colocar a minha cabeça em ordem. Mas o visível estado de nervos em que Axl se encontrava fazia-me temer algo. Quem teria voltado?

-Não acha melhor me dizer quem voltou? Assim eu poderei pensar em algo até chegarmos a casa. –Eu repetia mais uma vez, sem sucesso.
-Não Jennifer, a imensidão da coisa só poderá ser calculada quando vista.
-MAS PORQUE NÃO ME DIZ QUEM VOLTOU? –Gritei e as outras pessoas que estavam no avião nos olharam, ele estava a tirar-me do sério.
-Olha, eu só não quero que fique mais nervosa do que já está. Até porque não vai conseguir fazer nada sem estar lá.
Decidi nem insistir mais, ele não iria contar o que se passava e sinceramente, até acho que seria melhor. Eu iria ficar paranoica se fosse algo realmente grave.

Assim sendo, eu decidi relaxar e fazer algo que me impedisse de pensar o que poderia estar a acontecer em Manhattan. Axl sempre gostou de fazer coisas obscenas em público ou até grava-las. Por isso temos várias fitas onde mostra as nossas relações. Coloquei a mão no joelho do Axl, ele que antes olhava a janela virou-se para mim.
-O que você quer?
-Shiiiu. –Coloquei minha outra mão tapando a boca dele. Assim que ele se “acalmou” abri o botão da jeans dele. Axl arregalou os olhos verdes para mim. Dei-lhe um beijo e puxei-o mais para mim, ele arfou e se recostou no banco do avião. Abri o ziper das suas calças e coloquei a minha mão dentro. Então, eu estava num avião cheio de pessoas com o Axl no banco ao meu lado e estava prestes a fazê-lo gemer com o que se passaria em seguida. Assim, eu tinha a mão dentro da cueca dele, poderia sentir o seu membro já pulsando, porém eu estava parada e não fazia nada. Axl encarava-me já de má cara.
-Vai fazer algo? Ou irá ficar aí parada? –Ele rosnou, enquanto eu apenas lhe sorri como resposta.
Comecei mexendo a minha mão bem lentamente, de forma que ele também se fosse ajustando no banco.
Um tempo depois ele já estava quieto, de olhos fechados e com a boca semi aberta, dei-lhe um pequeno selinho e aumentei o ritmo. Ele agarrou-me a saia e contraiu os lábios. Um pouquinho depois ele foi subindo a sua mão, até que chegou à minha calcinha…
***

O voo durou 4 horas e assim que chegámos ao aeroporto em Nova Iorque pude ver Savannah, Slash e Michelle, junto com 5 seguranças nos esperando. Aproximei-me deles com cara de caso e alegria ao mesmo tempo, afinal eu já não os via, por cerca de 3 semanas.
-Savannah, estou com muitas saudades mas necessito saber o que se passa. –Falei ainda antes de a abraçar, abraçamo-nos e eu continuei sem resposta, Savannah apenas olhava para mim. Apenas Michelle decidiu falar algo:
-Tem certeza que quer saber aqui no aeroporto?
-Claro que eu tenho certeza! Preciso saber o que se passa!
-Olha. –Savannah começou. –Jake está de volta.
-JAKE? –gritei;

Jake tinha sido um dos homens que mais me aterrorizou quando eu comecei a estabelecer-me, ele era o chefe do tráfico por todo o este dos Estados Unidos. No inicio eu trabalhava para ele, mas acontece que quando nos conhecemos, acabamos por nos envolver e consequentemente não conseguíamos mais trabalhar juntos, porque ele me chutou. Assim sendo, eu decidi vingar-me e derrubei o trono dele. Armando uma emboscada e fazendo com que ele fosse obrigado a fugir. Tudo isso ocorreu à três anos atrás e eu nem me preocupava mais com ele, pensava que ele tinha sumido do mundo e nunca mais voltaria. Mas pelos vistos ele voltou…
Estaria ele a pensar fazer algo contra mim? Será que deseja derrubar-me? Queimar-me viva? Não Jennifer, não sejas paranoica.
-O que ele fez? –Perguntei por fim.
-Para começar, ele está a tentar pegar por qualquer ponta para fechar a tua boate. –Savannah; Arregalei os olhos e gaguejei um pouco.
-Como assim?
A essa altura já estávamos no carro e a andar à algum tempo, porém eu só tinha percebido agora.
-Olha, ele pediu para inspecionarem a sua boate, para verem se encontravam drogas ou esse tipo de coisas. -Michelle
-E encontraram?
-Não, felizmente eu encarreguei-me de limpar tudo. –Slash
-Obrigada. –sorri para ele.
-Isso não é tudo. –Savannah
-Ele tem seguranças rondando a sua casa… –interrompi Michelle…
-E ele pode fazer isso?
-Tecnicamente, a rua não é comprada por você… -Michelle
-Apesar de viver completamente sozinha. –Axl
-E tem mais, ele tem seguranças na cola de todos nós. –Savannah
-Sério? E os outros? Onde está Barbie e os outros? –Perguntei
-Na tua casa. –Slash
-Redobrei a segurança para todos nós, mas não acho que iremos ficar bem desse jeito. –Savannah
-Sim, até porque ele está investigando tudo o que tem feito nesses anos e quando descobriu que tínhamos estado presos… -Michelle
-É muito mais simples ele conseguir nos colocar lá dentro. –Savannah concluiu.
-É só isso? –perguntei
-Só isso? Não está preocupada? –Michelle me olhava como se eu estivesse louca.
-É claro que estou preocupada, mas eu posso dar um jeito em algumas partes…
Falei por fim, calando-me até chegar a casa. Durante todo o caminho, eu pensava no que fazer. Eu já sabia que iria precisar de continuar a pagar aos chefes policiais de Manhattan e provavelmente agora precisaria de pagar à maioria dos chefes da costa este.

Eu iria tomar conta dos problemas na boate ainda hoje. Não iria conseguir mandar ele embora, pelo menos agora mas poderia poupar-me a algumas coisas. Não que assim seja o suficiente, mas posso tentar prevenir-me.
Assim que cheguei a casa fui capaz de ver que tinham pessoas rodeando a minha casa, alguns deles pararam para olhar o carro e chegar e comunicaram algo no celular.

 

Provavelmente estariam a dizer que eu havia chegado. Não liguei e subi para tomar um duche, despi-me e liguei a torneira, enchendo a banheira de água e espuma. Entrei e deitei-me, relaxando-me. Algum tempo depois vejo um vulto pelas cortinas. O meu coração dispara e os meus olhos arregalam-se.
-Amor?! –Axl
-Quase me matou de coração. –Falei, fechando os olhos e recostando-me de novo.
-Abra os olhos! –Ele ordenou e assim que abri, Axl estava em pé, pelado à minha frente, dentro da banheira também. –Dê um espaço gorda, vou relaxar com você…
-NÃO SOU GORDA! –gritei
-Como queira… agora dá um espaço… -Algum tempo depois. –gorda!


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capitulo. se gostou do capitulo FAVORITE e COMENTE!
Quaaaaaaase houve ali um momento... kkk porém eu o escrevi agora mesmo e o problema é que estou com imenso sono, só dormi 3 horas a noite passada. (das 7h ao meio dia) pq eu vou me deitar as 7 da manhã? '-' estou de férias e prefiro a noite do que o dia, aliás acho que deveria fazer a minha vida dessa forma kkk' MAS deu pra perceber o que eu queria: são safados e tem aí uma parte do Axl meio obscura e por explorar na fic »ainda«
-Se vcs quiserem spoilers, peçam nos comentários que no proximo cap eu libero alguns
-Se vcs quiserem hentai, peçam também que eu irei escrever.

amo vocês <33 bjão.
vejam a foto do Jake :: (alfonso herrera) http://www3.images.coolspotters.com/wallpapers/118078/alfonso-herrera-mobile-wallpaper.jpg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...