História Juntos por atração (professor e aluna) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 32
Palavras 566
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - Perguntas


Abrir meus olhos devagar e quando mexo-me estou nos braços do Nic. Ele estava dormindo e então, não conseguir me segurar e dei um beijo nos seus lábios. Sair da cama pulando de tão alegre, não sei por qual motivo, mas felizmente estava feliz depois daquela tortura.
Fui andando em direção a cozinha e fiz um café, coloquei na chaleira e delicadamente coloquei um pouco no copo para me beber. Ouço pegadas entrando na cozinha e quando me viro o Nic está olhando sexy para mim. Fiquei sem jeito e encarei-o.
-O que fez? -Um café.
Rir da minha resposta.
-Gosta de café? -Se eu não gostasse não fazeria.
Ele sentou numa cadeira e pediu para colocar um pouco de café para ele. Coloquei em uma xícara e sentei do lado dele. Tomamos café juntos, um ao lado do outro. Fiz uma pergunta curiosa em diante:
-Já casou? --- olhou-me desconfiado.
-Sim, mas acabei me separando.
-Por quê?
-Pra casar tem que ter paciência, muita. Ela não entendia meu lado sombrio. E por fim, abandonou-me.
-Gostava muito dela? --- Minha curiosidade não deixava-me em paz.
Ele parou por um segundo como se as lembranças tivessem atacado-o e então respondeu:
-Foi amor à primeira vista. Tudo no começo era perfeito, lindo e belo. Eu era muito apaixonado por ela, mas a mesma não sentia o mesmo. Ela me amava, mas não tanto quanto a amava. E depois do casamento, ela não teve muita paciência e escolheu me abandonar. Agora por favor, não faça mais perguntas. Ou então, eu vou tirar sua roupa agora mesmo.

Sua voz me deu arrepios. E então me fiz de desentendida.
-Como se sentiu depois que o deixou?
-Catherine, quer mesmo isso, agora, aqui?
Seus olhos seguraram os meus.
-Porquê não?
Pois, ele levantou da cadeira que estava sentado e me pegou nos braços.
-Aqui não, agora sim, sendo que no quarto.
Foi pro quarto comigo nos braços. Abriu a porta e passou a chave ainda comigo nos braços. Me deitou na cama devagar e soltou as cortinas para ficar escuro. O quarto ficou muito escuro que nem dava pra ver o rosto dele. Ele subiu em cima de mim tocando nas minhas coxas e apertando-as e desatou meu short e o tirou junto com a calcinha. Beijou minha perna e depois passou a língua. Só deu pra sentir a boa sensação, sua língua passando por todo meu corpo deixando-o molhado. Ele coloca um dedo no meu clitóris e massageou por toda parte. Soltei um gemido e fiquei agoniada com aquilo. Fazia cócegas e ao mesmo tempo doía. Ele subiu sua cabeça e soltou um beijo nos meus lábios, fez movimentos com a língua deliciosos, enquanto trabalhava com sua língua eu me segurava no seu pescoço com minhas mãos. E voltou pro seu outro trabalho de me torturar com seus beijos, suas lambidas em meu corpo. Beijou cada parte e chupou deixando uma marca vermelha se espalhar. Fecho meus olhos já aquecida com sua tortura quente. Ele me movimentou colocando-me de quatro e penetra no meu ânus. Soltei um gemido vitorioso e ele penetrava muito forte e mais forte, depois mais e assim por diante. Depois da penetração descansamos. Subi em cima dele, desci um pouco e fiz meu trabalho em sua ereção. Ele me tirou da cama e empurrou-me pra parede. Chupou meu pescoço todo vingativo e o sexo ficou mais quente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...