História Just a boardgame -Diabolik lovers - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers
Visualizações 10
Palavras 2.008
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Prólogo


As meninas corriam o máximo que podiam, fugiam de tudo e todos que quisessem as controlar.Ser uma princesa nunca foi tão difícil para aquelas garotas,ser obrigada a se casar,a usar vestidos apertados que faziam com que elas não respirassem direito,usar tantas jóias que seu corpo pesava e passar tanta maquiagem que sentiam como se seu rosto estivesse escondido por uma máscara


-Eu espero não ter que voltar jamais! -Falava a loira ofegante por ter feito uma corrida de mais de 30 quilômetros


-Eu também, porém gostaria de saber como vamos sobreviver se não trouxemos um pingo de dinheiro conosco?Onde vamos dormir?-Pensava a menina de cabelos cinzas enquanto observava o céu


-É uma pena que eu já tenha planejado tudo -Afirmou a morena fechando os olhos e agradecendo a si mesma por ter se preparado para tal ato


-Oh grande chefe!Onde iremos habitar agora? -Debocha a loira


-Pare de gracinha Charlotte, vamos logo,antes que os guardas do palácio comecem a nos procurar -Retrucou a morena,apanhando sua mala mais uma vez e voltando a andar


Pode-se ouvir alguns resmungos de Charlotte,porém ela não deixou de seguir a mais velha.A mais nova permanecia no mesmo lugar imóvel,a loira percebeu que a baixinha ainda não havia começado a andar, então se virou em sua direção


-Vamos logo Moon!Ah não ser que você queira ser pega e ser trancada naquele maldito castelo novamente.


Moon olhou na direção de Charlotte ainda pensativa, porém logo depois pegou suas malas e a encarou novamente


-Só estava me despedindo,afinal querendo ou não esse castelo fez parte da nossa vida


Charlotte passou a olhar para o castelo também,mas logo percebeu que a mais velha ia na frente as deixando para trás.A loira apanhou também suas malas e logo foi correndo na direção da morena,seguida da mais nova


-Nos espere Selene! -Gritaram as meninas que ficaram para trás ao mesmo tempo,soltando uma risada logo depois


“Ainda não acredito que fizemos isso…”-Pensou a mais nova


-Mais cedo naquele mesmo dia-


-Hoje é o grande dia,o dia da nossa inusitada fuga - Falava a loira sorrindo


As meninas estavam sentadas na cama da irmã do meio,que não conseguia conter os sorrisos bobos que surgiam em seu rosto.As outras irmãs riam por verem que a loira estava toda feliz,era a primeira vez na vida delas que a viam assim.Logo a morena retomou sua posição,limpou a garganta e arrumou algumas mechas de seu cabelos que insistiam em cair nos seus olhos


-Lembrem-se do plano,vamos deixar 2 malas prontas com tudo que vamos precisar e as deixaremos escondidas debaixo das escadas centrais.Após Moon acabar seu discurso sobre como está “maravilhada” por estar fazendo 15 anos a nossa mãe vai começar o discurso dela,nesse momento todos estarão concentrados apenas nela e essa será nossa chance de fugir


As mais novas apenas assentiram,se encararam por alguns minutos,o silêncio havia visitado o quarto em que as meninas estavam.Então,a mais nova pronunciou-se


-Mas temos de pensar que vamos precisar de comida,mesmo que seja o suficiente só para dois dias


-Eu planejei isso também,confiem em mim,estava imaginando essa fuga desde que nosso pai se casou de novo -A morena disse se levantando -Venham ver uma coisa


As outras duas se olharam curiosas para saber o que a mais velha queria mostrar para elas,então se levantaram logo em seguida indo na direção da morena,que parou em frente ao seu grande armário,logo abrindo-o


-Vocês lembram da época em que os alimentos da despensa estavam sumindo?Então...era eu - A maior tirou o fundo falso que havia no armário,e lá havia bastante comida,suficiente para mais de uma semana!


-Não acredito...Você é uma gênia Selene! -Exclamou o loira,dando um soquinho no ombro de sua irmã mais velha


-Olha,você conseguiu me impressionar -Afirmou a albina,com os olhos vidrados em toda aquela comida


-Por favor Moon,não coma tudo agora,precisamos guardar isso pra fuga,vamos,me ajudem a colocar tudo isso em uma bolsa -Ordenou Selene


As três pegaram uma bolsa velha que sua mãe biológica havia lhes dado antes de morrer,era uma bolsa térmica,pois as meninas adoravam fazer um piquenique nas florestas próximas ao castelo e na maioria das vezes a comida fria ficava quente e a comida quente ficava fria.Elas começaram a colocar os alimentos dentro daquela bolsa e logo depois a esconderam de baixo da cama da mais nova.Elas se olharam pela milésima vez no dia com sorrisos vitoriosos,mas logo sua atenção foi chamada pela empregada que havia entrado no quarto para chamá-las para começarem a se preparar para a festa de 15 anos da mais nova.Então saíram do quarto,indo para o salão de beleza que tinham no próprio castelo.As empregadas deram banho nas meninas com algumas ervas que hidratam a pele,logo depois começaram a fazer o cabelo,as unhas e a maquiagem das princesas,que,por mais sortudas que sejam por possuir tudo isso,não gostavam nada da situação


As empregadas trouxeram vários vestidos para experimentar nas meninas.A mais velha optou por um vestidos amarelo puxado pro bege,que era curto na frente porém sua cauda ia ficando mais longa.A irmã do meio escolheu um vestido azul longo e rodado que continha alguns pontinhos brilhantes semelhantes a glitter.Já a mais nova escolheu um vestido vermelho vinho,longo e rodado com detalhes dourados,a cor escura se destacava em sua pele pálida e os cabelos da menina forem presos em um coque muito bem feito


-Ah meu Deus,você está linda -Disseram as mais velhas indo abraçar a mais nova que retribuiu o abraço


-Obrigada,obrigada por estarem comigo até hoje -A menina deixou cair algumas lágrimas,mas logo parou de chorar para não borrar a maquiagem


Elas ficaram abraçadas por um longo tempo,até um estrondo ser ouvido por todo comôdo.As meninas se assustaram com o forte barulho,logo se viraram na direção de tal,vendo a mulher do seu pai parada na entrada do salão.A mulher recuperou a postura e limpou a garganta


-Poupem-me das suas baboseiras todas e venham logo para o salão de festas,os convidados começaram a chegar e querem ver a aniversariante


As princesas reviraram os olhos e soltaram um longo suspiro,calçaram seus saltos rapidamente e foram apressadas para o salão de festas,com o plano em mente.Suas malas já estavam debaixo da escada principal,elas só teriam que passar em seu quarto para pegar a bolsa com os suprimentos


Elas chegaram no salão de festas sorrindo falsamente e cumprimentando todos no local.Depois que acabaram de falar com todos a rainha bateu uma colher em sua taça de vinho graciosamente,indicando que todos deviam ficar calados para que a princesa mais nova começasse seu discurso.A albina limpou sua garganta e foi andando calmamente para o palco,com todos os olhares caídos sobre ela,sentia seus ombros pesados por carregar toda a pressão imposta a ela pelo seu pai e a mulher dele,após completar sua trajetória para o palco,posicionou-se delicadamente e pôs-se a falar


-Boa noite,senhoras e senhores.Estou muito grata por comparecerem ao meu décimo quinto aniversário,sua presença é essencial para esse meu momento de transição,afinal agora posso ser considerada uma adulta --Todos a olhavam com admiração pela firmeza em suas palavras,apesar de cada uma ser mentira --Essa caminhada toda que estou percorrendo para me tornar a futura governante de Reign é graças aos meus queridos pai e mãe,seus atuais governantes,justos e humildes.Pessoas que eu admiro de todo coração,obrigada pai e mãe,por serem os melhores pais que alguém como eu poderia ter -Os monarcas a quem ela dirigia suas palavras fingiram se comover,a mulher de seu pai até se deu o trabalho de deixar algumas lágrimas falsas escorrerem sobre seu belo rosto -Claro que,isso tudo não seria possível sem vocês também,por isso convidamos todos aqui presentes para comemorar um novo período da minha vida -Todos bateram palmas,a albina sentia-se em um teatro,interpretando um personagem e recebendo elogios do público -Espero que desfrutem da festa


Então ela se retirou do palco com toda elegância que pudera demonstrar no momento,ainda recebendo calorosos aplausos.Então foi a vez da rainha fazer seu discurso


-Primeiramente,eu estou grata a Deus por me casar com um homem incrível e ter as melhores filha que uma mulher pode ter…


A mulher continuava a falar,porém as princesas se retiraram de lá rapidamente.Foram correndo para seu quarto e pegaram a bolsa com suprimentos que antes haviam deixado debaixo da cama,saíram de lá em passos rápidos,tentando não tropeçar nos vestidos ou se desequilibrar por conta do salto alto e caírem.Pegaram suas malas e saíram pela entrada principal da área coberta,mas ao invés de saírem totalmente do território pela região dos guardas elas fugiram pela floresta das redondezas do castelo


-Conseguimos! -Gritou a loira em sinal de comemoração -Eu nunca me senti tão feliz quanto me sinto agora!


-Não vamos comemorar tão cedo,temos que nos afastar completamente daqui.O primeiro lugar que os guardas vão nos procurar é nos arredores do castelo -Disse a morena,que fez um sinal para que as mais novas começassem a correr novamente e assim o fizeram,claro que,elas não corriam tão rápido pois estavam carregando suas malas bastante pesadas


-Agora-


A morena parou em frente a uma pequena cabana,as mais novas se encararam por um momento e logo depois suspiraram,afinal,aquilo era melhor do que nada


-Pelo menos isso vai nos livrar da chuva -Admitiu a loira


-Aos poucos podemos ir melhorando nossa situação.Mas,eu tenho uma pergunta -Falou a albina olhando na direção da morena -Como você sabia sobre esse local?


-Bom,em uma viagem de carruagem que eu fiz com nosso pai a alguns anos nós passamos por essa cabana,então eu decorei o caminho para cá,sabendo que um dia precisaríamos,no mínimo,de um teto quando formos fugir


-Olha,confesso que podemos dar um jeitinho nesse lugar.Mas...Temos que checar o que tem por dentro -Explicava a irmã do meio


A albina tomou a iniciativa de entrar no local,era pequeno,havia algumas coisas bem antigas que estavam cobertas de poeira,porém veio uma felicidade ao ver que havia uma cama no local.Depois foi checar as outras coisas que haviam no local,para ver se havia alguma coisa de útil


-Entrem logo suas medrosas


As mais velhas entraram na cabana,olhando tudo ao redor.Perceberam que a mais nova estava checando as coisas presentes no local,e logo a ajudaram a checar tudo.


-Estranho...Tem um jogo de tabuleiro aqui,vamos jogar para descontrair? -Disse a loira,tirando uma caixa empoeirada de uma pequena estante,as outras olharam para ela e apenas concordaram com a cabeça -Beleza,vamos sentar na cama,porque esse chão tá mais sujo que a minha mente poluída


As meninas riram e se sentaram na cama,abriram a caixa e tiraram o tabuleiro de lá de dentro,botando o mesmo no meio delas.A mais velha leu as regras,que eram bem básicas,diziam que você deveria girar uma roleta e ela lhe daria um número e uma carta,e só dizia isso.Pegou as cartas que haviam na caixa,eram apenas 6 cartas,o que fez com que a menina estranhasse pela pouca quantidade de cartas,mas não ligou para isso,girou a roleta,e dizia para pegar a carta número 3,logo a morena pegou a carta e leu suas informações em voz alta


-Sereia.Com está carta você adquire os mesmos poderes dessa temível criatura dos mares,sua bela voz encanta os homens e faz com que eles a obedeçam,como escravos.Este ataque é chamado de Encanto da sereia


-Legal,você é uma sereia agora.Minha vez -Disse a loira girando a roleta,pedia para que ela pegasse a carta de número 5 -Anjo.Com está carta você adquire os mesmos poderes dessa linda criatura dos céus.Seus poderes são,principalmente,a cura.Suas asas são grandes e resistentes,podendo servir até mesmo de escudo,suas penas são como facas lançadas rapidamente no inimigo


-Eu não consigo te imaginar como um anjo Charlotte.Mas consigo te imaginar como um demônio -Brincou a albina,fazendo as outras rirem e com que a loira desse um soquinho no seu braço.A mais nova girou a roleta,pedindo para que pegasse a carta de número 4 -Bruxa.Com essa carta você obtem as mesmas habilidades que essa temível criatura da terra,suas principais habilidades são com maldições e poções.Se a bruxa possuir um grimório,ela pode fazer uso de feitiços bem mais poderosos


-Oi irmã bruxinha -Charlotte disse rindo


-Tá bom,mas e agora?Como a gente termina de jogar se o jogo não tem mais regras? -Após a morena se pronunciar uma luz saiu da roleta,e uma voz saiu dela


-Entrando na dimensão de Diabolik lovers


-Que?Diabolik lovers não é aquele anime que a gente assistia quando pequena? -A loira falou,sendo cortada pela luz que iluminava agora todo o cômodo.As meninas então desmaiaram,e seus corpos ficaram jogados na entrada de uma mansão,juntamente de suas malas



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...