História Just a Crazy Family - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 14
Palavras 1.028
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Annyeonghaseyo <3

Vocês sabem o nome de novela japonesa?? Alguém aqui já assistiu Good Morning Call??? Ya é muito fofo >< E o Daichi é muito parecido com o Suga <333

Ok,ok... Obrigada pelos favoritos, vocês são demais!! E se tiverem uma ideia para a história é só comentar :3

É pequeno, mas é com amor!! Desculpe qualquer erro!!

Capítulo 4 - Cuidado


Fanfic / Fanfiction Just a Crazy Family - Capítulo 4 - Cuidado

- Tomem cuidado crianças! Não se esqueçam de olhar para os dois lados antes de atravessar, deem as mãos, obedeçam Yoongi, não aceitem comida, perfume, carona e nem falem com estranhos, vão direto para casa, Yoongi... Juízo, tomem cuidado! Mamãe ama vocês - falava Ana ao deixar seus filhos na escola, seria a primeira vez que voltariam sozinhos e não porque a mesma queria e sim pela necessidade, era formada em pediatria e o hospital onde o cônjuge trabalha a chamou para fazer uma palestra para as crianças internadas.

- Tudo bem omma! Não vou decepcioná-la! - falou Yoongi sorrindo confortante.

- Omma chega uns 15 minutos depois de vocês! - sorriu para os pequenos - Saranghae! Annyeong! - falou acenado e saindo com o carro, as crianças entraram no prédio, Yoongi foi deixando cada irmão em sua respectiva sala antes de seguir para sua.

Yoongi, mesmo demonstrando na maioria das vezes ser um menino frio, que não se importa com ninguém, é um menino muito carinhoso, amoroso, protetor em relação a sua família, principalmente com sua mãe, o garoto tem uma ligação muito forte com a mesma e a tem como um exemplo grandioso para sua vida, não que seu pai não seja, mas ele aspira ter uma esposa que nem sua mãe, carinhosa, amorosa, protetora, preocupada, pulso firme, amiga e é por isso que de forma alguma decepcionaria a mais velha, quer ser dar orgulho para a mesma.

[...]

[...]

​Depois de dar uma palestra sobre uma alimentação saudável, uma boa vida, brincar com as crianças de esconde-esconde, pique-pega, pique-gelo, pega vareta, dama, mímica, conversar com seus responsáveis e assegurando que ainda há esperança para seus filhos que tem câncer em estado avançado, depressão nervosa, entre outros, Ana estava seguindo para a sala de seu esposo levando o almoço que o mesmo havia esquecido, depois de ver tantas famílias separadas, agradecia mentalmente a Deus pela sua, pelos seus filhos que eram unidos, pelo pai que é atencioso e um ótimo marido, companheiro, amigo, lembrando-se de tudo o que passou junto com ele para que chegassem aqui, todo o preconceito, cilada, discórdia, lágrimas, que valeram a pena, pois se amam e vivem juntos hoje com os frutos de seu amor. Porém ao abrir a porta, tudo o que pensava ser verdade esvaiu-se por completo de sua mente, lágrimas começaram a cair de seus olhos deixando a marmita cair no chão causando um barulho oco, fazendo com que Seokjin empurrasse a secretaria que estava em seu colo o beijando selvagemente.

- An.. Ana? - falou com os lábios tremendo e olhos marejados, Jin fora pego por surpresa, estava checando os horários de suas consultas, quando Hyuna entrara em sua sala alegando ter mais uma, porém a mesma se aproximou sentando-se em seu colo e atacando os lábios e adentando sua boca sem lhe dar chance de reagir, e quando fora tomar impulso para empurra-la depara-se com sua mulher chorando silenciosamente observando a cena - Não é isso o que está pensando! - falou se levantando e indo em sua direção chorando também.

- Não, não encosta em mim! - falou Ana entre soluços de afastando, estava confusa, não queria acreditar no que presenciara.

- Não Ana, você não está entendendo! - falou desesperado segurando seus braços aos prantos - Eu não a beijei!

- VOCÊ ME TRAIU SEOKJIN! - gritava se debatendo, para si, a vida estava perfeita demais para ser verdade, queria que tudo isso fosse um pesadelo e que quando acordasse, sua família louca estivesse sã e salva dessas maldades - EU CONFIEI EM VOCÊ! EU TE AMO JIN! POR QUÊ??

- Me escute! Por favor! - pediu, mas a mesma se soltou de seus braços saindo correndo da sala, depois disso foi tudo muito rápido, ele fora atrás dela, mas quando chegou na entrada do hospital ouvira um grande estrondo e gritos, se apressou preocupado e se culpou imensamente pelo que viu, ficara paralisado com o rosto encharcado, vendo a van de sua amada de cabeça para baixo com a mesma dentro, seus olhos estavam fechados, seus braços caídos, o sangue saída de seu nariz e boca, seu corpo tremia por causa da convulsão que estava tendo, a seta de sinalização tremia junto ao peito onde estava alojada, bombeiros e paramédicos corriam contra o tempo, a vítima estava perdendo muito sangue, o acidente é praticamente fatal, os telespectadores estavam chocados, a bondosa e gentil srª.Kim, que mal entrara em seu carro direto, fora atingida por um carro blindado causando o capotamento violento, o motorista, simplesmente... Fugira.

​[...]

​[...]

​- Omma? Chegamos! - anunciava Yoongi abrindo a porta e deixando seus irmãos passarem, havia seguido minuciosamente cada ordem de sua omma, cuidara muito bem de seus dongsaengs, estava animado para mostrar para a mais velha que podia confiar em si.

- OMMA! OMMA! YOONI HYUNG CUDO MUITO BEM DA GENTI!! - gritava Jungkook pulando no colo do mesmo que fechava a porta sorridente.

- Gente, a omma não está aqui! - falou Namjoon depois de procurar a mesma pela casa.

- Ela disse que demoraria uns 15 minutos! Vamos esperar! - falou Hoseok sorridente se sentando no sofá, sendo imitado pelos outros.

- Quinze minutos, ela chegaria aqui 12:15, o horário em que chegamos! - falou Jimin preocupado e então o telefone de Yoongi toca  e ao atender, uma voz embargada pelo choro fala.

~ Ligação on ~

- Yoongi?

- Annyeong Appa! Omma está aí?

​- Então, meu filho... Sua omma não voltará hoje...

​- Aigo! Por quê?

​- Ela sofreu um acidente muito grave pequeno!

- Um, um acidente?

​- Ela está na sala de operação... Ela está muito mal!

​- O, Operação?

​- Appa só volta de noite, cuide bem de seus irmãos! Appa ama vocês!

​- Appa como assim? Estou com medo!

​- Não tenha medo Kim Yoongi, sua Omma é forte! Ficará tudo bem!

- Saranghae Appa!

~ Ligação off ~

 

[...]

[...]

​Kim Seokjin não sabe o que acontecerá, não sabe se tudo acabará bem, só sabe que fará  de tudo para que seu primeiro amor sobrevivesse e o perdoasse, talvez, se tivesse tomado mais cuidado​, nada disso teria acontecido.


Notas Finais


O que será que vai acontecer???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...