História Just An Experiment-Authenticmemoria - Capítulo 10


Escrita por: ~

Visualizações 44
Palavras 8.493
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Caralhooo mano eu me superei no ultimo em oito mil palavras nem eu esperava achava que ia sair por volta de 6 mil por ai agr leiam =3

Capítulo 10 - Nao era assim que eu imaginava a minha primeira vez


P.o.v autora

Passa por volta de meia hora e bate quatro horas da tarde,Baixa estava vendo desenhos no sofa junto de Pk,es realmente amavam fazer isso juntos depois de tanto tempo,Cellbit e Pac por sua vez estavam comendo ja que praticamente nao almoçaram e estavam morrendo de fome e era naquele momento que se arrepediam de nao ter laevado nada para comer na escola claro que os sanduiches haviam ajudado um pouco mais ainda sim nao era o suficiente lara aqueles dois esfomiados que comiam a geladeira inteira se deixassem, ja Mike estava novamente tentando concertar a Van dessa vez Felps estava o ajudando porque sentia que se deixasse Mike fazer isso sozinho ele quebraria mais ainda a Van ao invez de concerta-la o que dependendo do ponto de vista nao estava tao erado se for contar as habilidades de Mike para isso,Marco entediado do jeito que estava por  nao ter nada para fazer resolve então ir ao banheiro para arrumar o Cabelo que estava uma verdadeira zona por Baixa ter feito uma especie de "penteado especial" em si,emtao caminha de um modo preguiçoso para o banheiro,mais ao abrir a porta arregala os olhos fechando rapidamente a porta de modo totalmente envergonhado e traumatizado pois nao esperava que Spok estivesse la dentro com Jazz fazendo "uma brincadeira"

Authentic:AHHHH VISAO DO INFERNO TEREI PESADELOS POR TRES NOITES SOCORRO,SERA QUE VOCES DOIS PODERIAM POR FAVOR TRANCAR A PORTA ENQUANTO SE COMEM AI DENTRO OBRIGADO-grita ainda de olhos arregalados,fazendo os dois hibridos que estavam no sofa darem um pulo e olharem para tras com um olhar de indignaçao pelo susto inesperado, enquanto  isso ouviam Cellbit se matar rindo na cozinha tanto pelo Marco ter dado um grito mais fino do que o esperado,quanto pelo Pac ter se sujado inteiro com a calda de chocolate que estava comendo pelo susto que havia tomado provavelmente mataria o loiro por isso se estivesse em seu estado normal,mas resolveu so se vingar passando calda de chocolate no mesmo,que o olhou com cara de "voce me paga traira" fazendo o moreno rir da cara do mesmo e sorrir sinico para voce estava declarada a guerra

Spok:ISSO SE CHAMA FALTA DE SEXO MARCO TRANSA QUE PASSA O MEU AMOR-falou rindo de dentro do banheiro contendo seus gemidos e Jazz so revira os olhos rindo pelo jeito do namorado,enquanto isso o amigo do lado de fora o olhava tipo "vou fingir que nem ouvi isso" 

Authentic:TE FODE ANDREI QUE TU ACABOU DE ME DAR UMA VISÃO QUE EU NAO PODEREI DESVER COMO EU GOSTARIA-falou revirando os olhos enquanto pedia desculpa para os hibridos com o olhar pelo susto que havia dado neles sem intençao alguma,mais que havia sido engraçado a reaçao deles tinha

Spok:JA ESTOU ME FODENDO NO MODO LITERAL SE TU NAO NOTOU AINDA QUERIDO-falou de la de dentro fazendo Marco desistir da vida e so sair dali causando risadas em Andrei,entao foi ao lado dos hibridos no sofa se sentando ao lado de Baixa e beijando a bochecha do mesmo que apenas sorriu para si enquanto se deitava em seu colo

Marco:hey Pk cade o Guaxinim e o Calango que nao vi eles ate agora geralmente a casa nao é nada quieta desse jeito-falou estranhando o silencio,mais logo ouviu estrondos de coisas caindo vindo da cozinha enquanto ouvia um "HINRIDO DESNATURADO" seguido das risadas escandalosas do loiro

Authentic:ta esquece a parte do silêncio que pelo jeito eles tao quebrando a cozinha-falou estapeando o propio rosto  de modo desesperado,assim  arrancando risadas dos hibridos que sabiam que Spok cortaria a cabeça dos irmãos depois

Pk:Guaxinim saiu pra comprar algumas peças para os pcs da Van e Thiago esta no quarto fazendo sei la o que,inclusive acho que to indo ver ele entao boa sorte ai Baixa -falou dando um abraço no amigo e saindo da sala indo em direçao ao quarto onde o namorado estava,deixando apenas o casalzinho la,ao chegar la e abrir a porta viu que Thiago estava provavelmente fazendo algumas anotações sobre antigos casos em seu caderno,com uma expressao concentrada de vez em quando franzindo o cenho e mordendo levemente o labio,algo que o ibtido considerava sexy em si,Matheus foi calmamente para seu lado se sentando na cama junto dele,se sentando apoiado pelos joelhos e coxas,o mesmo entao olhou para o hibrido lhe dando um selinho e deixando o caderno um pouco de lado para dar atençao ao namorado que estava o olhando com cara de quem iria pedir algo,entao o moereno se aproximou mais se sentando em seu colo,o loiro prontamente apoiou as maos em sua cintura,firmemente mais com delicadeza ao mesmo tempo

Pk:Thi..por favor me explica o que houve entre voce e o Guaxi voces estao estranhos desde que ficaram sozinhos no quarto antes da briga,so me deixa entender o que esta acontecendo entre vocês,e nao diz que nao é nada porque voces nao sao assim,principalmente quando evitam de ficar junto isso so comprova que deu algum tipo de merda-falou com um bico triste em seus labios fazendo loiro sorrir levemente e lhe dar um selinho carinhoso como se dissesse que tudo melhoraria

Calango:é uma coisa complicada bebe envolvendo meus pais e voce,nao precisa se preocupar com isso-falou acariciando  a cintura do moreno,nao queria ter discutido com o outro,tambem nao concordava com a opiniao dos pais de que o moreno era apenas um mascote sexual e de que nao deveriam se envolver amorosamente com ele,mais nao era por isso que iria fazer a vontade de Guaxinim e cortar o contato com os pais,hora nao seria capz de fazer isso com as pessoas que cuidaram de si a vida inteira,ta bem que agora Pk e Guaxinim eram a sua vida mas nao teria  coragem de fazer isso,talvez para o de oculos fosse mais facil por ter crescido com com os pais e os irmaos pelo fato de seus pais terem morrido cedo durante um acidente,sabia que Rafael sentia falta deles obviamente,mais parecia mais facil para ele em sua mente,pois este nao cresceu com os pais presentes,aquela teoria para si parecia ser meio cruel mais nao se importava de qualquer forma,agora seu foco era o hibrido em seus braços que o olhava de modo curioso com um biquinho em seus labios e expressao pensativa,em questao de segundos Thiago tomou seus labios em um beijo carinhoso,saindo dos pensamentos o moreno retribuiu enquanto ainda pensava o que poderia ter acontecido com os namorados,sem duvidas o loiro nao contaria para si isso ele ja havia percebido mais nao custava tentar arrancar algo do seu outro namorado que logo chegaria em casa de qualquer maneira,na corredor Jazz e Spok sorriram saindo do banheiro,dando um selinho e seguindo seus propios rumos,Jazz foi em direçao a sala junto de Marco e Baixa enquanto Andrei resolveu ir ver o que estava acontecendo em sua cozinhas pois havia ouvido alguns barulhos bem altos e gritos,que com certeza o casalzinho na sala havia ignorado e deixariam para si resolver,o que de certa forma nao estava errado pois Spok era sempre o que resolvia esse tipo de situação,ja que era o unico que sabia lidar com os hibridos e botalos na linha ja que os donos nao se prestavam para isso,entao sua boca se abriu em uma expressao surpresa,ao ver sua cozinha estava completamente suja com chocolate,farinha e ovos quabrados por toda parte,pratos estavam no chao alguns quebrados outros so rachados,ou ate mesmo so sujos,seus panos de prato estavam pendurados pelos cantos das paredes e chao,e o chao estava completamente sujo,cadeiras viradas e ambos os hibridos totalmente sujos e paralisados ao ver a expressão de Andrei,talvez tenham exagerado um pouco, na calçada na parte de fora Mike e Felps acabavam de fazer os ultimos ajustes da van,quando ouviram um grito alto e irritado que presumiram na hora se do apartamento deles "MINHA COZINHA",fazendo ambos arregalarem os olhos ja imaginado a merda para o grito ter sido tao alto assim

Mike:ta dando uma merda tao grende la dentro,caralho olha a altura do negocio pra gente conseguir ouvir andares abaixo-falou ja limpando as maos rapidamente com o pano que estava ao seu lado enquanto o amigo fazia um ultimo ajuste logo fazendo o mesmo de modo rapido para irem ver o que aconteceu la dentro

Felps:melhor irmos logo pra ver que merda que deu porque eu tenho certeza que foi um dos nossos hibridos que so fazem merda pra variar,o de oculos so assente de forma rapida ambos correndo em direçao ao elevador,ao chegarem la em cima e abrirem a porta so vem os hibridos correndo para tras deles e pulando em suas costas e eles olham confusos para os dois logo desviando de alguns chinelos que voavam de um lado para o outro no apartamento,observaram Jazz e Marco atras do encosto de uma das poltronas se escondendo enquanto Baixa estava em cima do armario em um lugar onde os chinelos nao alcançassem,Thiago e pk nao quiseram nem arriscar de sair do quarto depois do grito,ambos os humanos com os hibridos em suas costas correrm para pontos estrategicos mais seguros da sala,Pac e Mike se trancam no banheiro enquanto Felps e Cellbit vao para os lados dos armario,logo Guaxinim chega em casa se assustando ao ter que desviar de uma chinelo que voou acima de si na porta,o que fez ele fazer uma expressao de "que merda eu perdi agora?"

Guaxinim:que jeito carinhoso de ser recebido em casa me senti ate importante-falou fazendo Andrei  se acalmar um pouco rindo fraco e lhe mostrando o dedo do meio,o moreno so chegava nas horas mais inconvenientes possiveis nao era possivel,e ainda sim acabava salvando geral de apanhar

Spok:agora sobre a minha preciosa cozinha vai ser os demonios de hibridos de vocês tem que vao limpar deixar bem claro isso e tambem voces tao me devendo um jogo de pratos novo cada um dos dois incompetentes que nao souberam explicar algo chamado limeite para os hibridos de voces e podem ja ligar o Bluetooth pra mim ver se passo vergonha na cara pra voces porque nao é possivel-falou com indignaçao ao lembrar da sua pobre cozinha que estava tao limpinha quando resvolveu so tomar um banho com seu namorado,parece que os hibridos iriam lhe dar trabalho como sempre,esperava que ao menos quando tivesse filhos eles nao fossem desse jeito,porque se nao  estaria mt fodido,Jazz apenas saiu de tras do sofa devagar abraçando o namorado por tras para tentar o acalmar 

Jazz:calma vida sao so crianças bebe-falou selando a sua bochecha,recebendo um olhar não muito amigavel do menor que o olhou como se estivesse indignado pelo maior estar defendendo os hibridos ao invez de si,as vezes ele tambem dava uma de pai responsavel,so as vezes mesmo porque na maior parte do tempo era um babaca,entao o menor so suspirou dando um selinho em si

Spok:sinto te informar mais esses demonios ja passaram da faze de crianças nao tem mais 6 anos para se comportarem assim,sao duas pestes mesmo,Marco tambem e uma peste so que uma peste mais velha que eu posso me vingar-falou com uma cara maligna olhando para Marco que so correu para perto do hibrido que estava no armario buscando ajuda,Baixa so o olhou com uma cara de "te vira que nao posso fazer nada ainda tenho amor aos meus doces" fazendo Marco o olhar como se ele tivesse o traido,Mike e Pac sairam de la ja arrumados com certeza ja haviam aproveitado o banheiro para limpar o hibrido,logo trocaram de lugar com Felps e Cellbit,entao o casal Mitw vai ver como esta a situaçao da cozinha,nao devria estar taoo ruim assim nao e mesmo?,pelo menos era o que o de oculos esperava pois ele tambem iria limpar depois de muita insistencia do namorado dizendo que se fosse so ele e o Cellbit mais bagunçariam do que arrumariam e nao acabariam nada do jeito qie eram,o que Mike realmente nao duvidava pelo jeito daqueles dois 

Guaxinim;tchau pra voces ai que vou indo pro quarto antes que sobre pra mim-falou fugindo rapidamente em direçao ao quarto

Jazz:hey bebe o que acha de irmos nos quatro la no parque de diversoes que esta na cidade uhn? Sei que voce gosta de la e faz tempo que nao te levo inclusive aprovoveitando a situação Marco ja pode apresentar o parque para o Baixa sim?-perguntou para o namorado o abraçando forte enquanto sorria de lado,Andrei sorriu abertamente e o abraçou forte,Jazz sempre sabia como acalma-lo de uma maneira surpreendente que nem ele mesmo sabia o porque disso acontecer ou o que ele  fazia para que isso acontecesse ele so sabia que amava isso no maior,sempre foi assim Marco por sua vez adorou a ideia fazia anos que nao ia e com certeza iria adorar ir com o hibrido e andar em cada brinquedo possivel afinal,porque nao ne?,tinha certeza que que o menor gostaria ja que tinha ficado fascinado quando viu um em seus desenhos e desde entao havia enchido o moreno de perguntas e mais perguntas de como funcionava o lugar e este faria questao de mostrar cada lugar,afinal tambem estava animado,Andrei amava aquele parque com todas as suas forças era apaixonado por parques desde muito pequeno e alem do mais era la que havia sido seu primeiro encontro com Jazz,aquele parque o trazia muitas lembraças inclusive tambem foi la que conheceu Luba,enquanto jogava em um jogo de tiro ao alvo quando tinha apenas 12 anos,havia sido no ano seguinte que havia começado a se encontrar com Jazz ja que foi por acaso que o moreno encontrou Andrei que estava esperando por Lucas, sem dúvida o parque Sunnyside fazia parte da infância e da adolescencia deles

Spok:amei a ideia,to com tanta saudade daquele lugar!,faz anos que nao vamos la-deixa eu so pegar meu moletom que ja podemos ir,falou fazendo os amigos assentirem e se sentarem no sofa para espera-lo,Baixa tambem estava muito ansioso so nao superava Andrei,afinal o hibrido nunca havia ido a um parque,na verdade antes de hoje nunca havia ido a uma escola entao hoje o dia estava sendo muito bom para ele,e estava animado ja que a sua primeira vez seria com Marco,ele simplesmente era perfeito em todas os sentidos para o hibrido,ele era seu primeiro amor,ao Andrei voltar ja com o moletom todos sairam e foram em direção a calçada,"realmente precisamos compar um carro" pensou Andrei ao lembrar que nao haveria espaço para todos os quatro na moto,entao Jazz sorriu de lado como se tivesse tido uma ideia e foi ate a Van pegando a chave extra no compartimento secreto e testando a Van para ver se ja funcionava,agradecendo mentalmente por Mike e Felps terem conseguido arrumar antes de subirem, entao os quatro entraram no carro,Andrei ainda meio contrariado pois depois ele que teria que ouvir as reclamações de Mike por terem pegado a sua preciosa van sem permissao,nao que Jazz estivesse ligando para isso de qualquer forma,Jazz foi na frente com Jazz e Marco,e Baixa foi no Banco de tras,deram a partida e foram em direçao a Sunnyside o caminho nao seria tao longo,enquanro isso no apartamento  um pouco antes enquanto a discussao ainda rolava Guaxinim entra no quarto encontrando Pk dormindo nos braços de Thiago que acariciava os seus cabelos,Guaxinim ainda achava que Thiago estava errado ao deixar os pais tao proximos do hibrido ja que os mesmos so queriam o mal para Matheus,mais nao podia fazer nada a respeito ja que o hibrido nao era so responsabilidade sua e tambem nao queria ficar brigado com Thiago,entao foi calmamente ate a cama de deitando ao lado dos dois,Thiago entao resolve se pronunciar

Calango:finalmente voltou achei que nao voltaria para casa hoje ja que a ultima vez que te vi foi de manha,a desculpa que ia compar peças para o pc foi pessima ate porque voltou de maos vazias,podia simplesmente admitir que estava bebendo,consigo sentir o cheiro do álcool-falou de modo chateado enquanto ainda acariciava os cabelos do hibrido contendo a vontade de chorar,afinal odiava quando o namorado saia para beber,este ficava muito ignorante consigo e raramente voltava para a casa no mesmo dia,o que o fazia suspeitar de que estava com outro,Guaxinim apenas revirou os olhos falando

Guaxinim:por favor Thiago nao estou afim de discutir mais uma vez ja bastou ontem,voce sabe que nao concordo com a sua opiniao e isso nao mudou,mas estou em casa nao estou?,e estou aqui porque me importo com voces então vamos so deixar isso pra la,voce sabe melhor do que qualquer um que essa discussao nao sera boa pra ele-falou suspirando e puxando seus propios cabelos,sua cabeça estava doendo por conta da bebida

Thiago:ok..pelo bem dele eu deixo isso pra la mais você sabe muito bem que seria errado fazer o que voce quer entao nao me julgue por favor, seria muito ruim manter meus pais longe de nos,tanto pra mim quanto pra eles,eles podem ser preconceituosos mais sempre nos ajudaram em tudo,so que eles tem uma visao muito errada sobre hibridos...apenas isso,por favor nao me deixa por tanto tempo assim bebendo tu sabe que eu te amo-falou enquanto apertava o hibrido em seus braços ainda com um tom de voz meio choroso,Guaxinim apenas assentiu,abraçando o hibrido junto deles

Guaxinim:eu tambem-falou baixo acariciando o rosto do namorado e pegando no sono junto dos dois,Thiago apenas negou com a cabeça se ajeitando com eles,Rafael nao tinha jeito,na sala Mike olhou de olhos arregalados a calcada notando que os amigos haviam pego sua Van que havia batizado como Charlie,Pac apenas olhou confuso a reaçao do namorado

Mike:filhos da puta-falou de modo emburrado enquanto sentava no sofa,Pac apenas estranhou ainda mais indo sentar ao lado do moreno que claramente estava fazendo birra

Pac:que foi moço porque esta com essa cara emburrada-falou acariciando a perna do namorado que fez um bico irritado pegando o hibrido no colo,este so cedeu passando os braços pelos ombros do maior

Mike:roubaram o Charlie sem permissão,sequestraram nosso filho-falou claramente fazendo um baita drama como se realmente tivessem sequestrado uma criança,e o hibrido apenas o olha tipo "ta de sacanagem com a minha cara que ele ta fazendo todo esse drama por uma Van,universo me de paciencia porque se me der uma arma eu mato" pensou enquanto pedia aos ceus por paciencia para lidar com o maior

Pac:as vezes eu tenho dificuldade pra acreditar que tu e mais velho que eu porque pelo amor merece um oscar pelo drama-falou de forma entediada dando um selinho e saindo do colo do maior,que lhe mostrou a língua logo revirando os olhos,sem duvidas o hibrido era mais responsável que si, isso não tinha nem direito de negar, as vezes ele lhe lembrava o Spok pelo jeito estressado,era incrível como todos os hibridos tinham um pouco de Andrei em si,vai ver era por andrei ter os criado como se fossem filhos

Mike:hibrido revoltado-resmungou enquanto pegava sua mochila tirando de la alguns casos,estava determinado a saber de onde conhecia Pedro,ele havia lhe intrigado e tinha quase certeza de que ele era algum dos casos que ja haviam trabalhado,Pac entao decide o ajudar ja que nao tinha mais nada para fazer,enquanto isso eles chegam em Sunnyside trazendo varias e varias lembranças para Andrei e Jazz,estes dois logo em questoes de segundos ja somem da vista dos dois pois Andrei provavelmente teria arrastado Jazz para algum dos brinquedos, ja Baixa estava apaixonado cada vez mais por aquele local em questao de segundos,era tao bonito,tao colorido e cheio de baloes e fitas por todas as partes,mal havia entrado e ja sabia que nunca mais gostaria de sair de la,tinha certeza que aquele lugar so poderia ser um sobho de tao perfeito que era,tinha crianças e adolescentes por todos os lados,muitos hibridos e o melhor de tudo,comida,doces de todos os tipos,ah como aquilo parecia ser um sonho para o hibrido,estava tao encantado,logo o menor avistou de longe Batista junto de t3ddy e aquele atendente que havia visto quando foi comprar as roupas que reconheceu como Luba,o hibrido parecia meio desanimado dava pra ver que seu sorriso nao estava tao verdadeiro como sabia que Batista era,entao puxou Marco ate eles logos fazendo os tres olharem para o casal e logo sorrirem,Lucas e T3ddy abraçaram forte Marco enquanto Baixa abraçava o hibrido perguntando em um sussurro em seu ouvido do porque dele estar daquela maneira 

Batista:o Jotinha esta em um jogo de silêncio comigo e isso doi demais,ele nao fala uma palvra pra mim e como se eu nao existisse,e pra piorar ele esta aqui,eu vi ele mais a frente na montanha russa com a Vadia da Moon-sussurou no mesmo tom de modo chateado,dava pra perceber sua irritação ao mencionar a garota,ele deveria a odiar,Baixa logo entendendo sua situação nota que nao conseguira fazer muita coisa entao apenas o abraça mais forte lhe desejando sorte com a situação que pelo jeito estava pior do que a sua,logo se soltaram,e o Hibrido notou que t3ddy era o unico que estava com uma mochila,provavelmente eram as roupas e coisas do hibrido, foi o que pensou,a unica coisa que era visisvel era o caderno vermelho que havia dentro dela,o hibrido acabou lembrando que era o mesmo daquele Guarda esquisito da sua escola,nao era bem o mesmo mais era igual visto desse angulo,logo balançou a cabeça espantando esses pensamentos

Luba:que bom que encontramos vocês aqui nos viemos para ver se alegrava um pouco o Batista ja que ele parecia meio desanimado desde que chegou da escola e nao quer nos contar nada-falou revirando os olhos enquanto voltava para o lado de T3ddy o abraçando,este retribuiu o abraço puxando filho para de juntar tambem e dando um beijo na testa de ambos

T3ddy:agora se meus bens mais preciosos que existem nessa terra permitirem eu tenho que ir fazer uma coisa ja volto pra passar o resto do dia com voces,tchau amores da minha vida-falou beijando Luba e bagunçando os cabelos de Batista logo sumindo de vista em meio a multidao,Luba observa desconfiado o marido se afastar pensando no que ele podeira estar indo fazer em meio a um parque,talvez uma ligação?, algo relacionado a escola?,ir no banheiro? Tentava pensar em tudo para afastar seus pensamentos de que poderia estar sendo traido,ele era muito paranoico com isso,e a hipotese de que isto poderia acontecer o pertubava,mais tentava ao maximo pensar que t3ddy nao era capaz de nada do tipo, pelo menos ele queria acreditar que ele nao era capaz,logo Batista puxa seu pai para longe dali ao ver  Jv e Moon se aproximando rindo e conversando,pelo menos nao estavam de maos dadas nem nada do tipo,Baixa e Marco se entreolham sem entender mais mesmo assim dao de ombros indo em direção ao carrossel que foi onde o hibrido escolheu ir primeiro,no apartamento,Pac lia metade dos casos enquanto Mike lia a outra metade,finalmente olhando os casos mais antigos possiveis Pac achou algo que acabou o intrigando bastante,viu que na foto de capa do caso estava aquele guarda da sua escola que se nao se enganava se chamava Pedro,entao começou a ler aquele caso deixando os outros um pouco de lado,notando que ele havia envolvimento com o caso dos hibridos,mais naquele caso em especifico havia sido acusado de sequestrar crianças  para o governo misturar seus genes com as de animais,Pac lia tudo de olhos arregalados e atentos,Mike logo ao notar o olhar atento do hibrido para o caso em especifico resolveu se aproximar mais para ver qual caso havia o interessado,logo arregalando os olhos ao notar que era exatamente aquele caso que ele estava procurando

Mike:sabia,sabia eu tinha certeza de que conhecia ele de algum lugar,tinha certeza de que nao era paranoia da minha cabeça,nao poderia ser,eu avisei ao Jazz que aquilo estava estranho-falou de forma vitoriosa enquanto abraçava o hibrido que retribuiu confuso,Mike logo lhe deu um selinho começando a ler o caso

Pac:Mike eu conheço ele ele trabalha la na escola,é segurança e vigia noturno pelo que eu sei-falou fazendo o moreno o olhar como se nao acreditasse

Mike:o que o t3ddy tem na cabeça pra contratar um cara desses velho,ele deve ter serios problemas na moral-falou enquanto estapeava o propio rosto,o namorado apenas concordou lendo junto dele

Pac:aqui tem um endereço acho que e onde ele mora atualmente parece que o Felps ja atualizou esse caso-falou  de forma indiferente enquanto apontava para o endereço que havia sido modificado recentemente,a expressao confusa de Mike so aumentou ao ver o endereço que havia sido indicado

Mike:mais que caralho de endereço é esse? O cara mora na montanha da floresta?  mano esse cara e muito estranho-falou bagunçando os próprios  cabelos enquanto checava novamente o endereço pra ver  se havia lido certo,e realmente ele havia lido certo o cara literalmente morava em meio a floresta,Pac guardou os outros casos deixando so aquele e se sentando novamente 

Pac:ele e muito bizarrro,em todos os sentidos possiveis e impossíveis-falou se aproximando do namorado e sentando em seu colo para ficar mais facil para ambos lerem,Enquanto o casal lia sobre o caso no apartamento,do outro lado da cidade mais especificamenteo parque Marco e Baixa ja haviam ido em praticamente todos os brinquedos,Baixa havia amado principalmente o carrossel,agora eles estavam na fila da montanha russa,ela era realmente alta e o híbrido estava com medo,vez ou outra enquanto andavam nos briquedos o hibrido notava Batista indo para o mais linge possivel de Jv e arrastando Luba e t3ddy junto de si,o casal so seguiam sem entender,e Jv parece rer botado a presença do loiro pois sempre inventava qualquer desculpa para ir no mesmo caminho do loiro,ele estava o torturando,quando chegou a vez do casal entrar na montanha russa e pegar seu bilhete Baixa notou que quem estava entregando os bilhetes era Rezende,o que fez o hibrido ficar desconfiado de como eke aperecia em todo lugar,ele parecia relutante em dar a aprovação para os dois passarem,entao inventou que eles precisavam ver se o tamanho permitia 

Rezende:por favor vejam na linha se o tamanho de voces sera aprovado,o hibrido me parece muito pequeno para entrar,é so para a segurança de voces-falou sorrindo parecendo que sabia de algo,Marco estranhou mais ignorou o fato dele olhar o relogio a cada cinco segundos,e uma sensacao muito ruim atingiu o hibrido de repente,como se algo avisasse para ele nao entrar naquele brinquedo entao com essa sensaçao agoniante resolveu improvisar uma desculpa qualquer para conseguir sair dali

Baixa:tete eu preciso muito usar o banheiro podemos ir depois por favor prometo que volto aqui com voce para encerrarmos o dia-falou sorrindo com uma expressao altamente fofa,nunca que Marco conseguiria negar algo quando o hibrido pedia com tanta manha,quem seria capaz de negar para essa carinha?,entao apenas comcordou com a cabeça segurando em sua mao e saindo da fila,viu de canto de olho Rezende suspirar parecendo sei la aliviado? Nao sabia explicar,entao seguiram calmamente ate o banheiro o hibrido entao entra em uma das cabines para disfarçar mais o que ele nao esperava era um calor muito forte invadir seu corpo,fazendo seu membro despertar e sentir uma forte pontada abaixo do ventre,o fazendo conter um gemido na hora

Baixa:não não não não não não não não,meu deus,que porrinha pessima hora,que merda,realmente otima hora pra um cio em universo,obrigado em-sussurrou ironico olhando para o teto,logo resmungando ao sentir mais um pontada dessa vez mais forte fazendo o hibrido cerrar os olhos

Baixa:nao mano nao é possivel e serio? Agora? Porque tinha que ser agora? To fodido, literalmente, tomei no meio do meu cu-praguejava baixinho tentando conter ao maximo os gemidos,enquanto o desconforto entre suas pernas parecia piorar cada vez mais,desde quando aquela calça parecia ter ficado tao apertada?,Marco entao começa a estranhar a demora do hibrido junto dos resmungos baixos que mal ouvia,o hibrido sem saida acaba se rendendo ao seu instinto animal interior e sai da cabine indo ate Marco e pulando em seu colo,este so o segura tentando entender o que estava acontecendo e arregalando os olhos ao notar que o membro o hibrido estava ereto,o que caralhos estava acontecendo ali?

Baixa:t-tete por favor,me ajuda ta doendo,por favor eu preciso da sua ajuda-falou no ouvido do outro com voz sofrega e manhosa,nao sabia o que fazer,nao sabia o que estava fazendo,e nem sabia o que poderia acontecer em seguida,a unica coisa que sabia e que Marco poderia o ajudar,algo dentro do hibrido dizia que Marco saberia o que fazer para essa dor passar,ele so queria que passasse

Authentic:Ba-Baixa o que esta acontecendo-falou envergonhado ja sentindos sinais de vida em seu membro pelo hibrido mesmo que inconscientemente estar em cima do mesmo,estava se sentindo inebriado com o cheiro doce que o hibrido estava e inconscientemente agarrou a cintura do mesmo mais firmemente

Baixa:C-cio,dor,calor,p-por favor me ajuda acaba com essa dor-falou manhosamente sentindo mais uma pontada,Marco so entao entendeu oque estava acontecendo,estaria mentindo se dissesse que nao queria aquilo a tempo mais ainda sim estava preocupado pois sabia que seria a primeira vez do hibrido e digamos que um Banheiro de um parque de diversoes nao era o lugar mais adequado para isso,mais parece que nao teriam muita escolha na situaçao que estavam,sem duvidas deixar o hibrido com aquela dor nao era nem uma possibilidade,nunca que deixaria isso acontecer,nao poderia acontecer,entao faria seu melhor para fazer a primeira vez do hibrido perfeita,claro da maneira que podia,mais faria o possivel e o impossivel por ele,mais so precisava confirmar que era isso que o hibrido realmente queria pois nunca faria nada sem o consentimento do mesmo,mesmo tambem estando excitado tinha vergonha na cara

Marco:voce...tem certeza disso? Posso te levar pra casa e te dar remedios se quiser nao precisa se sentir obrigado a ter sua primeira vez comigo se nao quiser-falou de modo preocupado e o hibrido o beijou em puro desespero  logo se separando e dizendo 

Baixa:por favor so cala a boca e faz essa dor passar tete,eu preciso disso,nao aguento mais essa dor,tem que ser aqui e agora,nao me importo que seja com você sei que vai doer mais nao quero que se preocupe o cio vai diminuir essa dor, voce e perfeito e eu quero ter esse momento com voce,eu te amo!-falou fazendo Marco ter total certeza do que queria iria ajudar seu pequeno ali e agora,Marco entao o beijou de modo rapido e romantico enquanto trancava a porta do banheiro e sem quebrar o beijo o apoiou na bancada das pias,o beijo tomou um ritmo mais feroz mas ainda sim romantico e Marco sem quebrar o beijo abriu sua propia jaqueta a removendo com ajuda das maos apressadas do hibrido que desabotoava ambas as calças,a unica maneira deles pararem o beijo foi quando o ar se fez necessario fazendo eles se separarem ofegantes,aproveitando esse intervalo de tempo o hibrido retirou o propio moletom e puxou apressadamente a blusa de Marco,corando com a visao de seu peitoral nu e bem definido,Marco entao sorriu malicioso voltando a domar os labios do hibrido em um beijo,dessa vez em um ritmo mais calmo enquanto apertava a cintura fina do mesmo,fazendo o mesmo enrolar as pernas na sua cintura e suas pequenas maos arranharem de modo ardido mais ainda sim muito bom a sua nuca,Marco separou o beijo removendo a camisa do hibrido enquanto seus labios iam para o pescoço branquinho e imaculado do hibrido comecando a distribuir selares e leves mordidas ali,fazendo o hibrido arquear as costas enquanto sentia lubrificante natural escorrendo por sua entrada,aproveitou da situação para arranhar as costas morenas de Marco que sentiu um arrepio percorrer seu corpo,de mordidas passaram para chupões que deixavam marcas avermelhadas pelo pescoço e torax branquinhos do menor que estava inebriado nas sensacoes que Marco lhe causava,gemia baixinho e seu corpo reagia a cada toque do moreno,estas sensações eram novas para si e eram tao boas,Marco deu um intervalo para retirar sua calça enquanto tinha a melhor visao que se poderia ter,o menor estava corado e de olhos fechados,olhos entreabertos e respiração ofegante,isso so fez Marco se sentir duro como Pedra e retirar de uma vez ambas as calças e cuecas, ambos nao estavam com muita paciência para preliminares,mais Marco ainda queria se divertir um pouco mais,viu os olhos fo hibrido se arregalarem ao olhar para seu membro,vendo o mesmo morder os labios logo em seguida,voltam a se beijar e enquanto se beijam o hibrido pega timidamente em seu membro começando uma timida e desajeitada masturbaçao,fazendo Marco ofegar durante o beijo e explorar cada canto da boca do mesmo,como se quisesse gravar em sua mente a boca ja conhecida por si,tinha certeza que aquele hibrido o levaria ao ceu e ao inferno ao mesmo tempo,tao inexperiente e tao bom ao mesmo tempo,ele sem duvidas o enlouqueceria ainda,quando o ar se fez necessario,se separarao,e Marco tratou de lhe dar dois dedos para chupar,sabia que ajudaria mais ainda a lubrificação,claro que so a natural ja era o suficiente mais ele queria evitar ao maximo a dor do hibrido,quando achou qur ja era o suficiento os levou ate a entrada rosea do hibrido que se contraiu ao sentir os dedos no local,logo apertou os olhos abrindo os labios rm um gemido mudo ao sentir o primeiro dedo lhe invadir,nao iria mentir,aquilo era meio incomodo mais estar bem lubrificado estava lhe ajudando,Marco entao comecou a movimentar o dedo dentro de si em movimentos de vai e vem  devagar para ajudar ele a se acostumar com a situação,logo abaixou as orelhas gemendo baixo ao sentir o segundo do lhe invadindo,fazendo movimentos de tesoura para lhe preparar para o que ainda estava por vir,ficou mais incomodo ainda,estava ardendo um pouco mais nada que ele nao aguentasse,entao os dedos de Marco alcançarão um ponto dentro de si que o fez arquear as costas e gemer  manhoso, Marco entao soube que ali era o seu ponto

Baixa:m-mais uma vez,p-por favor ali é tao gostoso,tete anw-falou manhoso com um pouco de dificuldade,arfando ao sentir Marco acertar diversas vezes aquele ponto tao gostoso em si mais gemendo descontente em reprovação ao sentir Marco tirar os dedos de si e se afastar ate as roupas deles lhe dando um selinho antes,o hibrido olhou confuso enquanto o maior procurava algo em sua propia calça logo tirando a carteira do bolso da mesma,e tirando de la algo que o hibrido reconheceu ser uma camisinha,logo o mesmo veio ate ele sorrindo malicioso e lhe dando um beijo enquanto abria a camisinha e botava em si,logo o hibrido colocou as pernas novamente em volta da cintura do maior,Marco entao se posicionou na entrada do menor adentrando de modo lento abrindo a boca em um gemido mudo,o híbrido era deliciosamente quente e apertado,o menor abriu a boca deixando escapar um gemido alto e manhoso que estava mais pata um miado,em um misto de dor e prazer que lhe atingiram em uma grande intensidade,fechou fortemente os olhos e arranhou as costas do mais velho,aquilo ardia tanto mais ao mesmo tempo era tao bom,Marcos nao estava em um estado muito diferente,estava sendo tao torturante ter que ficar parado para o hibrido se acostumar, era tao apertado,a tensao sexual do local era tao grande,ambos suados e tao inebriados nas sensações que ate esqueceram que estavam em um banheiro público,eram tantas sensações,se sentiam no céu e no inferno ao mesmo tempo e o local que estavam seria a ultima coisa que se preocupariam na situação em que se encontravam,Marco marcava o pescoço do hibrido e o masturbava para ajudar a o distrair e em troca recebia gemidos e miados manhosos,logo o hibrido sentiu a ardencia ser substituida por uma forte onda de prazer e arranhou as costas do moreno em sinal de que o mesmo poderia continuar o que ambos estavam ansiosos,Marco prontamente começou a se mover em um ritmo lento e fundo arrancando gemidos prazerosos de ambos,Marco entao o puxa para um beijo desajeitado entre gemidos enquanto as estocadas iam pegando um ritmo mais forte e intenso,a cada estocada era uma onda forte de prazer,logo pegou um ritmo rapido e forte que enlouquecia ambos,corpos suados,respirações ofegantes,olhos fechados e corpos tao perfeitos um para o outro,gemidos carregados de prazer acompanhados por arranhoes,apertos e beijos desesperados,um ritmo intenso,e ambos inebriados pelo prazer,os unicos sons que era possivel de se ouvir no momento eram os dos gemidos e os corpos se chocando,o mundo em volta nao importava a unica coisa que importava no momento era um ao outro e as sensações que estavam sentindo,tudo era tao unico,tao especial,tao intenso,sentiam como se mais nada importasse,o apice de ambos parecia cada vez mais proximo e as sensacoes iam se intensificando cada vez mais,a cada nova estocada,oh ceus como aquilo era intenso,e logo chegou ambos ao mesmo tempo, havia sido o melhor orgasmo que ja haviam tido na vida

Authentic:anw Caue-Marco gemeu enquanto liberava todo o seu prazer,estava feito,uma conexao havia sido criada ali,aquele nome havia saido tao espontaneamente de sua boca,e estava decidido seria o nome do hibrido,e nao havia conexão mais forte do que dar um nome para um hibrido aquilo era como selar um contrato de amor e lealdade entre ambos, e o hibrido nao poderia estar mais feliz,havia sido o melhor dia da sua vida,Marco entao se retira do mesmo, amarrando a ponta da camisinha e a jogando em um canto qualquer do banheiro,estavam ambos cansados e ofegantes mais ainda sim felizes pelo que acabaram de passar,entao ambos começam a se vestir calmamente 

Baixa:nao era assim que eu imaginava a minha primeira vez,mais com toda certeza foi bem melhor do que eu esperava-falou o hibrido rindo timidamente fazendo Marco rir e lhe dar um selinho o ajudando a terminar de se vestir 

Authentic:vamos pra casa,vou te dar uns remedios para se sentir melhor durante o cio pequeno-falou selando sua testa e de maos dadas sairam do banheiro,estavam tao felizes mais ai entao notaram o desespero que estava na parte de fora do banheiro,pessoas chorando,outras feridas mais nada muito grave,notaram entao que Jazz e Spok encaravam perplexos a cena,entao correram ate os dois pra tentar entender o que estava acontecendo ali,quando Spok os viu prontamente os abraçou fortemente parecendo aliviado,ambos retribuiram sem entender,ele parecia que estava muito preocupado,Baixa entao olhou de canto vendo policiais,bombeiros e ambulancias ajudando os feridos,viu tambem que T3ddy estava abraçando Luba que chorava parecendo ser de medo e mais perto dos destroços a mesma cena se repetia mais agora com Batista e Jv,o loiro estava em estado de choque,chorando e tremendo desesperado nos braços do moreno que o abraçava forte ainda sem falar nada,bem ao lado dele havia um dos carrinhos caido totalmente destruido,Rezende tambem estava la ajudando os feridos,e Moon olhava para os dois assustada mais ainda com raiva da cena,Jazz tambem suspirou parecendo mais aliviado,e ao se separarem depois e alguns segundos Marco pergunta

Authentic:mais que merda aconteceu aqui?-perguntou confuso, enquanto observava surpreso a situaçao do local,segurando a mao do hibrido,que ainda tinha o olhar focado no amigo

Spok:a montanha russa caiu,ela simplesmente se desmontou e desabou,nos vimos voce na fila dela enquanto jogavamos,ficamos tao preocupados,por favor nao fujam desse jeito seus desgracados,quase tive um ataque do coração suas pestes-falou dando um tapa no braço dos dois,que resmungaram pela dor

Jazz:os bombeiros disseram que nao foi problema da montanha russa porque ela estava em otimas condições e sim que ela foi sabotada,disseram que encontraram proximo ao local uma chave de fenda e achei esse envelope vermelho no local,eu nao tinha certeza se entregava para a policia,algo dentro de mim me disse para nao entregar e os antigos instintos falaram mais alto,entao acabei pegando,tambem fui falar com o Luba,ele estava muito assustado e disse que o carrinho teria caido em cima do Batista se nao fosse pelo Jv ter o empurrado, dai o T3ddy chegou e foi abraçar ele,aquele carinha estranho ali ficou olhando o tempo todo,eu e o Mike haviamos encontrado ele no mercado ontem e ele agiu muito estranho-jogou tudo de uma vez enquanto os outros tres escutavam atentamente,Jazz entao tirou de dentro de sua jaqueta o envelope vermelho que estava escrito Free Candy em letras negras atras,Jazz e Spok na hora ficaram perplexos pois esse era o antigo nome do grupo de investigaçoes deles,como eles poderiam saber que estavam ali?,aquilo era pra eles?

Spok:me da isso aqui deixa eu ler isso-falou de olhos arregalados pegando o envelope do namorado e se cetificando de que nao tinha ninguem por perto e assim que teve essa certeza de que era seguro abriu o envelope tirando de la uma carta em letras negras,logo começando a ler

Spok:"ola garotos,quanto tempo nao é mesmo?,bom voces nao devem se lembrar de mim ou ate mesmo me conhecer mais eu conheço voces muito bem,e voces estarem com vontade de investigar novamente nao esta nos agradando nada sabiam? Bom naquela noite vocês tiraram algo nosso,eles eram nosso maior projeto e voces o roubaram de nos,agora apenas os pegaremos de volta,encarem a montanha russa como um aviso do que pode acontecer se contatarem a policia,eu sempre estarei por perto fiquem de olhos abertos,boa sorte nas investigações garotos,deveriam ter ouvido Matheus enquanto puderam,assinado:facebear-terminou a leitura com uma voz surpresa e assustada, vendo em seguida fotos deles todos tiradas de longe,inclusive uma deles entrando no parque,todos estavam assustados,quem era aquele?,um psicopata louco?,alguem do passado? Ele estava falando dos hibridos? O que caralhos estava acontecendo?

Jazz:vamos pra casa precisamos sair daqui e avisar os meninos-falou recebendo aprovação e todos que guardaram a carta e sairam correndo dali em direção a Van e notaram que ela estava pichada em tinta vermelha um  desenho de um urso sinistro no capo com um bilhete escrito "o jogo esta apenas começando" fazendo eles se assustarem mais ainda e pegarem o bilhete entrando rapidamente na van do mesmo modo de antes,e Jazz e em seguida deu a partida,o caminho foi um silencio total,cada um preso em seus propios pensamenstos ninguem se arriscava a dizer uma unica palavra,e ao chegarem no apartamento estacionaram trancando a Van e indo em passos rapidos ate o elevador,o tempo estava nublado e ja estava quase escuro la fora,estava frio e ventoso,ao chegarem na porta do apartamento Spok abriu de forma desajeitada a porta e ao entrarem a trancaram,iriam se previnir mais ate descobrir o que estava acontecendo,na sala estavam todos ali sentados,havia algo errado,nunca estavam todos juntos sentados civilizadamente no mesmo lugar

Mike:hey ainda bem que chegaram estavamos esperando por voces,encontramos algo e queriamos mostrar quando estivessemos todos juntos é sobre um antigo caso,encontramos com ele recentemente é muito bizarro-falou enquanto os quatro se sentavam

Pac:é aquele caso antigo do Rezende aquele cara que tinha tara pro hibridos e trabalhava no governo no dia em que fomos libertos e que por conhecidencia trabalha na nossa escola e encontrou com Mike e Jazz na noite passada,esse cara e muito estranho,nao acham estranho ele ter resurgido de repente e bem no dia em que retornamos para ca?,eu achei isso estranho ainda mais que o cara mora em uma montanha na floresta cara,alem de estranho e isolado ainda é macabro pensar que ele estava la naquela noite-falou o hibrido enquanto botava o caso sobre a mesa de centro e se sentava junto do namorado

Spok:tambem temos algo pra mostrar pra voces e pode ter envolvimento com isso, e se nao tiver e perigoso de qualquer  maneira e voces merecem saber ja que estao envolvidos nisso-falou mostrando as cartas e as fotos,incluindo uma que ele havia tirado na hora da pichaçao e da montanha russa,e explicando o qe havia acontecido no local,entao eles começaram a discutir sobre o que deveriam fazer a respeito disso,estavam prnsando se valia a pena investigar,Mike e Guaxinim nao achavam seguro se meter nisso ate porque o aviso disse exatamente que nao deveriam se meter se nao sofreriam as consequencias,Felps e Cellbit queriam correr atras de pistas e investigar a fundo o caso,Calango e Marco preferiam ir aos poucos e pegando as pistas e as ligando conforme fossem aparecendo, Spok estava preocupado com a segurança dos hibridos,enquanto Baixa e Jazz queriam ir mais fundo no passado pois achavam que iria ser mais util e Pk so estava pensando em como o tempo todo ele estava certo e que nao estava enlouquecendo,aquilo tudo era real,ignorava a discussao dos amigos e so pensava o porque daquele cara ter o procurado primeiro,porque justo ele?,passaram longas horas discutindo o que deveriam fazer e com certeza Spok nao estava em clima para cozinhar entao acabaram pedindo uma pizza,que nao demorou a chegar,continuaram a discutir enquanto comiam e quando bateu meia noite finalmente haviam se decidido,iriam ajudar como podiam, Jazz e Baixa buscariam algo no passado que pudesse ajudar,Mike e Pac iriam analizar o caso e pegar toda informação possível sobre Rezende afinal ele tambem era suspeito,Calango e Guaxinim iriam buscar registros de das as pessoas possiveis que tivessem envolvimento com o caso dos hibridos, Cellbit e Felps iriam nos locais que mandassem e seriam os informantes,Marco iria ficar com a parte investigativa e iria analizar as fotos e as pistas que ja tinham com a intenção de descobrir algo,Pk faria os retratos falados e daria todos os detalhes que tinha do cara,como era o unico que tinha contato  direto com o cara seria a isca caso precisassem e Spok se encarregaria de manter a segurança deles e dos hibridos,cuidar de ferimentos,alimentos,suprimentos e qualquer outra função que precisassem, tinha os contatos e rastreadores de todos e era um dos unicos que tinha acesso liberado a informações policiais e armas,ao se decidirem acabaram decidindo ir descansar afinal precisariam de energias e os hibridos teriam aula na manha seguinte,Baixa nao iria por conta do cio mais o resto iria,entao enquanto o casal mitw arrumava a cama no chao o resto estava tomando café ou botando os pijamas,logo todos ja estavam prontos  era por volta de uma e meia da manha,jazz e Spok se despedem e seguem para o quarto,Baixa e Marco fazem o mesmo,enquanto os outros casais iam aos poucos se ajeitando na cama no chao,no quarto de jazzpok o casal apagou a luz se deitando de conchinha na cama,Spok acariciava a mao de Jazz,enquanto esse o apertava em seus braços selando a sua testa

Spok:eu...eu to com medo do que pode acontecer,sabe com a gente,nao sabemos do que esse cara é capaz,de fazer com os hibridos,de fazer com a gente...eu nao aguentaria te perder mais uma vez,uma vez so ja foi dolorosa demais,nao vou suportar uma segunda,vai ser demais pra mim-falou em tom preocupado se encolhendo em seus braços,Jazz apenas o abraçou mais fortemente


Jazz:fica calmo,tudo vai ficar bem eu nao vou sair do seu lado,vamos ficar bem,todos nos,nao importa o que aconteça ficaremos juntos,Andrei eu te amo,nunca mais te abandonarei,pensa bebe,pensa em como vai ser depois que tudo isso acabar,vamos comprar um carro,uma casa,pra nos e para os meninos,podemos ter filhos,quantos voce quiser,vamos adotar um cachorro,sei que voce ama cachorros mais eu escolho o nome porque voce nao tem criatividade-falou acariciando os cabelos do menor e rindo ao levantar um tapa do mesmo logo continuando

Jazz:imagina como vai ser,as crianças correndo pela casa,deixando a gente louco,os meninos aprontando como sempre,a gente brincando com as crianças,evitando as mas influencias do cellbit pra elas,imagina como vai ser lindo a gente saindo juntos,gincanas de familia,festas,o nosso casamento,o quanto eu vou ficar louco quando a nossa filha começar a namorar ou quando nosso filho começar a aprontar,a formatura dos hibridos,e tu sabe o quanto eu sonho em estar junto vendo todos crescer,vamos ter uma linda vida juntos,eu prometo que quando isso passar vamos realizar todos esses sonhos vida-falou enquanto acariciava os cabelos do mesmo,ambos de olhos fechados imaginando as cenas

Spok:com certeza seremos a familia perfeita,eu te amo muito Juliano-falou com voz sonolenta adormecendo nos braços do maior ao fim da frase,fazendo o maior rir bobo

Jazz:tambem te amo meu anjo-falou selando a bochecha do mesmo e adormecendo junto do mesmo,enquanto isso no quarto de Baixathentic,Caue estava deitado na cama,apoiado na cabeceira coberto enquanto Marco lhe dava uns remedios para aliviar qualquer dor que o cio pudesse causar ao menor,o hibrido estava com um olhar distante e Marco notou isso enquanto colocava o copo de agua no bide e se deitava junto ao mesmo que se aconchegou ao seu peito

Authentic:o que tanto pensa pequeno? Voce esta distante-falou se aconchegando a cama e apagando o abajur,o hibrido apenas o olhou com os olhinhos brilhantes mesmo no escuro

Baixa:era pra gente estar la,a gente poderia ter morrido Marco,era pra gente estar naquela montanha russa bem na hora,nos iríamos estar,mas eu me senti tao mal perto dali naquela hora que nao deu pra estar...a gente poderia ter morrido- disse abaixando as orelhas e olhando dentro dos olhos do maior que selou seus labios o abraçando

Authentic:mas nao estavamos la,fica tranquilo pequeno isso ja passou,estamos bem,na nossa casa,estamos seguros agora,voce salvou a gente,nao vou deixar  nada acontecer a voce meu amor,fica calmo,nos estamos bem-falou em tom sereno para acalmar o hibrido que continuava com um olhar distante

Baixa:vamos dormir tete por favor eu estou cansado-falou deitando a cabeça no peito do maior que suspirou aceitando e dando um selinho no hibrido susurrando um "vai ficar tudo bem" antes de adormecer,Marco deixaria o hibridoTer seu momento de sono em paz afinal,ele tambem precisava descansar,na sala todos dormiam tranquilamente,bem quase todos Pk na verdade estava se remexendo e resmungando coisas desconexas,estava sem duvidas tendo um pesadelo

*Sonho on*
 Estava escuro,estava frio,era de noite e estava chovendo,Matheus estava correndo em meio a mata,estava assustado,estava ferido,estava desesperado,em sua face demonstrava o medo que estava sentindo,roupas rasgadas semi nu,so com um moletom velho cobrindo o seu corpo,estava com frio,estava sozinho,estava sem esperanças,olhos lagrimejados e lagrimas escorrendo pelo seu delicado rosto,seu delicado e machucado rosto,seu corpo estava fragil havia sido muito ferido,sangue escorria dentre as suas pernas por suas coxas,seu quadril doia,estava todo dolorido,estava correndo,marcas de cordas estavam em seus pulsos e tornozelos,estava doendo mais ainda corria,corria pela sua vida,ainda queria viver,precisava fugir,precisava se libertar daquilo,precisava ver os namorados novamente,precisava dos carinhos de Rafael e das doces palavras de conforto de Thiago,ele precisava disso novamente,ele tinha apenas 14 anos,aquele homem havia retirado a sua pureza,precisava dos namorados,precisava dos amigos,precisava  sair dali,estava tao escuro e a mata era tao densa que quase nao enxergava nada,estava tao dificil de se mover mais nao podia parar estava sendo perseguido,em meio a mata ouvia a voz asquerosa e enjoativa do homem lhe chamar "Matheus onde voce esta nao adianta tentar fugir,ninguem ira ajudar um hibrido baixinho e impuro" seguido de risadas sadicas e cheias de maldade,o hibrido chorava cada vez mais quando derrepente caiu,rolou morro abaixo caindo na beira da estrada,entao viu farois de carro e a voz do Thiago de longe entao tudo ficou escuro

*Sonho off*

O híbrido acorda assustado,tremendo e chorando,se encolhe,abraçando as propias pernas e isso chama a atençao de Guaxinim que acaba acordando pelo barulho do choro e logo corre pegando o hibrido em seus braços,este lhe agarra chorando e tremendo

Pk:e-eu sonhei com aquela n-noite mais uma vez,f-foi tao horrivel-falou em meio a lagrimas fazia tempo que nao tinha aquela lembrança ja fazia um ano do ocorrido e ainda se sentia impuro,Rafael o apertou em seus braços tentando trazer segurança para o moreno que ainda tremia

Guaxinim:fica calmo,você esta bem agora,ele nao ira voltar-falou em forma de consolo e tentando lhe trazer proteção,realmente esperava que ele nunca voltasse novamente

Continua....

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Revelações meio pesadas do passado? Talvez mais enfim espero que renham gostado,comentem o que acharam porque estou com muita sdd dos comentarios de voces e me inspira muito a continuar,responderei a todos com muito carinho,esperarei os comentarios ate a proxima bjss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...