História Just Believe! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin & Ally, Laura Marano, R5, Vanessa Marano
Personagens Ellington Ratliff, Laura Marano, Personagens Originais, Riker Lynch, Rocky Lynch, Ross Lynch, Rydel Lynch
Tags Raura, Ross Lynch
Exibições 144
Palavras 1.350
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei🎆🎆
Muito Obrigado a quem comentou♥
E a quem Favoritou..♥
Obrigada♥
Desculpa a demora...


Boa Leitura...

Capítulo 2 - Two...


Fanfic / Fanfiction Just Believe! - Capítulo 2 - Two...

                          *Pov' Laura*

Xx: Música é poesia com personalidade!...- ele falou e sorriu para mim, ops, pêra aí, para mim?, Sorri de volta como resposta., Ele tinha cabelos loiros, meio bagunçado, ele usa uma calça rasgada, com uma blusa branca, e com uma jaqueta, que o deixava com um ar misterioso...

Profº: Maravilhoso, senhor Lynch!

Xx: Obrigado!- ela fez a mesma pergunta para vários pessoas da sala, depois eu fui para a aula história, e por ironia da vida, o garoto misterioso estava lá...

Profº: Iremos fazer um trabalho, em equipe, Ok? Escolham seus parceiros e pesquisem história sobre o passado da vida ou da família de vocês...- olhei ao redor da sala eu não conhecia ninguém, tá nunca foi difícil fazer amigos, por que agora vai ser?, Pensei. Uma garota loira, se aproximou de mim, a olhei e era a mesma menina da aula de música...

Xx: Oi, você quer fazer dupla comigo e meu irmão?!

Laura: Ah claro!

Xx: Prazer Rydel!

Laura: Prazer Laura!

Rydel: Então você prefere fazer na sua ou na minha casa?

Laura: Pode ser na sua? É que eu me mudei ontem e a casa tá uma bagunça!

Rydel: Tudo bem, eu te mando o endereço, me dar o seu número!- ela falou entrega o celular dela para me a notar o meu número, faço o mesmo e a entrego o meu celular ... Anoto o meu número e devolvo o celular e ela faz o mesmo...- Eu te mando uma mensagem com o endereço, você pode ir amanhã às 3:00 p.m?

Laura: Claro!

Rydel: Então nos vemos lá, Tchau!

Laura: Tchau!

A aula terminou e fui embora, quando cheguei em casa pude ouvir meus pais discutindo, subir as escadas e ignorei a briga dos dois, já faz algum tempo que ele estão discutindo, uma vez ouvir a conversa e eles discutiam sobre o fato deles mudarem para cá e sobre o meu pai está traindo a minha mãe, mais depois disso no outro dia eles estavam normais então comecei a ignorar...

Entrei e peguei o diário junto com o cadeado e o colar, abri o diário e achei outra chave só que menor, coloquei no cadeado e ela servia depois coloquei a chave que fica no cola e não entrava...

Laura: Por que a Vanessa me daria esse colar?!- perguntei para mim mesma, coloquei o colar no pescoço e abri o diário e comecei a escrever como foi o meu dia e tal...

Depois de escrever no diário, o fechei e guardei, e desse as escadas não tinha ninguém, mais pude ouvir algo se quebrando aonde os meus pais estavam descutido, suspirei e fui para a sala aonde tem um piano e comecei a canta e tocar..

I think it's so cute and I think it's so sweet
How you let your friends encourage you
To try and talk to me
But let me stop you there
Oh, before you speak
Nah to the ah to the, no, no, no

My name is no
My sign is no
My number is no
You need to let it go
You need to let it go
Need to let it go
Nah to the ah to the, no, no, no

My name is no
My sign is no
My number is no
You need to let it go
You need to let it go
Need to let it go
Nah to the ah to the, no, no, no

First you gonna say you ain't runnin' game
Thinking I'm believe in every word
Call me beautiful, so original, tellin' me I'm not like other girls
I was in my zone before you came along, now I'm thinking maybe you should go
Blah, blah, blah, I be like nah to the ah to the, no, no, no

All my ladies listen up
If that boy ain't giving up
Lick your lips and swing your hips
Girl all you gotta say is

My name is no
My sign is no
My number is no
You need to let it go
You need to let it go
Need to let it go
Nah to the ah to the, no, no, no

My name is no
My sign is no
My number is no
You need to let it go
You need to let it go
Need to let it go
Nah to the ah to the, no, no, no

Thank you in advance, I don't wanna dance
I don't need your hands all over me
If I want a man, then I'mma get a man
But it's never my priority
I was in my zone, before you came along, don't want you to take this personal
Blah, blah, blah, I be like nah to the ah to the, no, no, no

All my ladies listen up
If that boy ain't giving up
Lick your lips and swing your hips
Girl all you gotta say is

My name is no
My sign is no
My number is no
You need to let it go
You need to let it go
Need to let it go
Nah to the ah to the, no, no, no

My name is no
My sign is no
My number is no
You need to let it go
You need to let it go
Need to let it go
Nah to the ah to the, no, no, no

I'm feeling
Untouchable, untouchable
I'm feeling
Untouchable, untouchable
I'm feeling
Untouchable, untouchable
I'm feeling
Untouchable, untouchable
(Nah to the ah to the, no, no, no)

I'm feeling
Untouchable, untouchable
I'm feeling
Untouchable, untouchable
I'm feeling
Untouchable, untouchable
I'm feeling
Untouchable, untouchable
(Nah to the ah to the, no, no, no)

All my ladies listen up
If that boy ain't giving up
Lick your lips and swing your hips
Girl all you gotta say is

My name is no
My sign is no
My number is no
You need to let it go
You need to let it go
Need to let it go
Nah to the ah to the, no, no, no

My name is no
My sign is no
My number is no
You need to let it go
You need to let it go
Need to let it go
Nah to the ah to the, no, no, no

I'm feeling
Untouchable, untouchable
I'm feeling
Untouchable, untouchable
I'm feeling
Untouchable, untouchable
Nah to the ah to the, no, no, no

Aí como eu amo essa música, quando eu estou precisando me acalma ou esquecer dos meus problemas eu começo a cantar ou tocar...

                ♦♦♦♦♦♦♦♦

No dia seguinte arcodei fiz o de sempre, recebi a mensagem da Rydel com o endereço dela.., não sai de casa o dia inteiro, eu não conheço ninguém, não conheço a cidade não tem graça, nem sai de casa... Depois de um tempo me arumei para ir na casa da Rydel{ foto da capa} peguei um táxi e fui...

Quando cheguei na sua casa, toquei a campainha e o garoto misterioso da minha aula de música, abriu a porta, ele estava descalço com uma bermuda e sem camisa deixando o seu tanquinho amostra, e o mais estranho era que ele usava um colar com uma chave parecido com o meu...

Laura: Er.. Oi, a Rydel está?

Xx: Claro entra, eu vou chamar ela, Ah e prazer sou Ross!- ele falou dando espaço para mim entra.

Laura: Prazer sou Laura!

Ross: Eu vou chamar ela, senta aí!- acende com a cabeça e sentei no sofá, uma mulher e um homem apareceram..

Xx: Oi, você dever ser a amiga da Rydel, eu sou Stormie e esse é meu marido Mark- ela fou apontando para o homem ao seu lado...

Laura: Prazer em conhece-los, sou Laura!- falei estendendo a mão e ela apertou, ela olhou para o meu colar e ficou o encarando por um tempo como se ela lembrar se de algo, Rydel desse às escadas correndo..

Rydel:Que bom que você veio, vem!- ela fou me puxando para subir as escadas, rir do seu jeito empolgado, mais antes de subir as escadas escutei a Stormie susrura para o seu marido:

Stormie: Eles voltaram!...


Notas Finais


Desculpa os erros😞

Comentem please🙏🙏 ❤

Favoritem♥

Bye bye😊😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...