História Just Dance - Fanfic Interativa DanceTale - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Tags Dancetale, Justdance
Exibições 32
Palavras 1.383
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Fantasia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OLA LEITOR

Bom,pra começar,BEM VINDOS A SEMANA JUST DANCE MEUS AMORES

Todo dia um capitulo começando hoje e so terminando apenas sexta que vem,que delícia não?

"E no Spin Off tia Annie" (Esses são vocês) No Spin Off vai ser um dia sim um dia não e posso garantir NARIZES VÃO SANGRAR

Como diz o nome do cap isso aqui é so pra vocês respirarem porque meus amigos...

ESSA SEMANA DE CAPS TA SO COMEÇANDO E PODE TER CERTEZA



EU
ESTOU
FAZENDO
UMA
TRETA


Boa Leitura ^^

Capítulo 20 - Calmaria antes da tempestade


{P.O.V Save}

   Não importava o quanto tentasse eu não conseguia dormir e ja estava cansada de me revirar na cama, me levantei tocando o chão frio deixando um arrepio me percorrer e fui em direção a porta com meus fones de ouvido nas mãos.
  Era sete da noite e todos já haviam se retirado para seus respectivos quartos, porque tão cedo? Amanhã seria uma prova decisiva da fase de grupos e quatro duplas iriam pra casa.
  Na pontas dos pés fui até o andar de baixo e entrei numa das salas de ensaio, fechando a porta. Para onde quer que eu olhasse via meu reflexo nos espelhos que iam do teto ao chão e suspirei fechando os olhos.
Peguei os fones e conectei ao celular, colocando uma das minhas musicas preferidas no volume maximo e respirando fundo .

  "Você é assim
Um sonho pra mim
E quando eu não te vejo
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito."

Meus quadris seguiam o ritmo da musica, assim como meu pés me guiavam entre giros na sala, diziam que a música acalmava a alma e isso era um fato comprovado pra mim. Fechei os olhos e sem inteção alguma, mentalizo Ink e um sorriso involuntario me vem ao rosto.

"Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o meu amor."

Eu o conheci e parece que ele deu cores a minha vida, literalmente. Eu me sentia idiota as vezes por me ver tão dependente do amor dele, mas ele me faz tão bem. Meus pensamentos apenas motivam meu corpo a se soltar mais, não havia ninguém para me julgar naquele momento.
  Eu rodava pela sala até esbarrar em algo e ser obrigada a abrir os olhos vendo Ink a em minha frente, ele colocou uma das mãos em minha cintura e com a outra passou a mão no cabo do meu fone, criando outra ponta para criar um headfone pra ele. O riso badalado foi involuntario e ele me acompanhou voltando a dançar me guiando pela sala.

   "[...] E a gente canta
A gente dança
A gente não se cansa [...]"

Dançamos até a música acabar e ficamos nos encarando enquanto akumas, digo, borboletas se agitavam em meu estômago.

— Não devia estar aqui, pintor...

— Tem um desenho 3D meu deitado no meu quarto, então acho que esta tudo bem. — Disse ele se sentando no chão, eu me sento tambem de frente pra ele, e desligo a musica que ainda tocava nos fones que estavam em nossos pescoços. — Eu tenho que te contar uma coisa, mas acho que você não vai gostar...

— Que você e o Error foram um casal? Eu ja sei. — Disse o deixando um tanto assutado, ninguém naquela linha do tempo sabia do caso deles, mas quando seu namorado some com outro cara, duas namoradas se juntam para pesquisar melhor sobre o caso. — Vocês acharam que iriam esconder isso de mim e da Lyra por quanto tempo?

— Save eu... nós... estavamos com medo de contar. — Disse ele abaixando a cabeça e coçando o crânio.

— Sabe... quando você gosta de alguém, o passado dele não importa, você só;se importa com o futuro que quer ter com ela. — Disse tocando o rosto dele o fazendo corar em diferentes tons. — Oooowwnnn, parece que um unicórnio vomitou na sua cara.

Ele me olha com uma pokerface, não aguento e começo a rir, ele me puxa pra perto e caio em cima de Ink e sorrio de forma tímida, okay eramos um casal, mas nunca tinhamos ficado desse jeito.

— Save?

— Hun?

— Quer saber do dia que eu e Error sumimos?

— Comece a falar...

[P.O.V Ink]

• Um mês atrás •

  Eu estava na biblioteca com Save, tirando um tempo de descanso enquanto não tinhamos ensaio, ambos estavam lendo mas de vez em quando trocavamos olhares, e ela ficava corada me fazendo sorrir, eu realmente amava ve-la daquele jeito.
Tudo estava perfeito até  a porta ser aberta revelando Lyra e Erro.

— Oi pessoal! — Disse Save com a maior animação que pode fazendo Lyra dar um sorriso, as duas notaram na hora o clima pesado que se instalou no local.

—Oi Save. Oi Ink.. — Falou sorrindo para nós dois.

— Oi Lyra...bError!... —
Cumprimentei com um tom serio demonstrando claramente meu desconforto. — Querem se juntar a nós? Estamos lendo um livro sobre destruição,btenho certeza que Error! vai adorar. — Disse sarcástico, tentando provocar, e Error entendeu onde queria chegar.

— Que tal um chamado "O Idiota dos Pincéis". — Falou Error! com um sorriso amarelo e não pude deixar de cerrar os punhos.

— Com licença senhoras... Temos assuntos a tratar. — Disse telesportando a mim e a Error para uma dimensão em branco, e mal chegamos Error já começou a gritar.

— PUTA MERDA INK! NÃO SE PODE MAIS SE DAR UM PASSO SEM VOCÊ PEGAR NO MEU PÉ!

— NÃO VENHA SE FAZER DE INOCENTE! VOCÊ DESTRUIU QUATRO LINHAS DO TEMPO ONTEM!  — Disse me exaltando e indo pra cima dele. — VOCÊ NÃO PODE MEXER COM AS REALIDADES ASSIM, SÓ PORQUE TÁ  DE TPM!

— TPM? TPM VAI SER QUANDO EU ENFIAR UMA FACA EM TEU RABO, VIADO! — Disse Error levantando o tom de voz e me encarando com raiva.
  Ossos brotaram como flores do chão e Erro já começará a criar suas famosas linhas, enquanto meus GasterBlasters multicoloridos apareciam, mas algo nos interrompeu.

— Vocês ainda continuam crianças briguentas. — Disse uma voz no além, que logo tomou a forma de uma ruiva que tinha os olhos completamente negros. — As suas amigas estão muito desesperadas sabiam? Aqui pode ter passado minutos, mas lá já se passaram quatro horas...

— Não devia se meter, Dark — Disse Error olhando pra ela e depois para mim com o tipico ódio nos olhos

— Ja é dificil ter os pais separados, mas pais tentando se matar é foda, né, meus queridos? — Disse Dark se aproximando, eu e Error nos desfizemos dos ossos e as coisas todas.

— Desculpa Lara mas os seus pais são pessoas complicadas.  — Disse eu dando um sorriso fraco e abrindo os braços, recebendo um abraço caloroso da garota que logo fez o mesmo com Error — Mas voltando ao assunto... Error, serio, não pode destruir as coisas assim...

— As vezes eu perco minha razão... principalmente quando vejo você com a Save... — Disse Error me surpreendendo, e olhando pra ele de queixo caindo fazendo-o rir — Calma Ink, a Lyra agora tomou conta da minha alma. — Disse ele e pude ve-lo corar pela primeira vez em meses.

— Heh... a Save tambem... Agora vamos... temos algumas linhas do tempo para recriar e ainda un concurso para voltar. — Disse puxando o pincel das costas e vendo o sorriso de Dark.

 
•    Agora  

— Uou... então... a Dark é sua filha? — Perguntou Save se ajeitando antes de se levantar, nem percebi que ela havia deitado no chão.

— Yep... — Vi o rosto dele formar uma expressão preocupada e comecei a rir — Calma, ela não vai nos eliminar so porque é minha filha.

— Eliminar? Meu querido eu to preocupada se ela vai me dar um tiro, ao saber que realmente sou a madrasta dela! — Disse Save me fazendo rir ainda mais.

— Sabe,eu acertei em cheio quando escolhi dançar, porque em nenhum universo teria encontrado alguem cono você. — Disse tirando uma mecha do cabelo castanho do rosto dela.

— Você criou os universos e linhas do tempo... inclusive essa... então tecnicamente me criou também, Ink...

— Minha mais bela obra de arte. — Disse sorrindo vendo-a corar, e a puxo para perto selando nossos lábios e depois que ela me cedeu passagem aprofundei o beijo, entrelaçando nossas linguas num ritmo perfeito até que nos faltou fôlego.

— A obra de arte que aproveita a calmaria antes da tempestade de amanhã... — Disse Save com um olhar malicioso, que correspondi apertando sua cintura e a puxando pra perto.

— As suas ordens Masterpiece. — Digo voltando a beija-la, e nos telesportando para o quarto dela.


Notas Finais


Qual é a musica? Ma oe *Tocando a musiquinha do programa*

Ahushudhsysh

Bom,foi isso meus queridos abores do meu heart

Ate a proxima


ZUUUUUM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...