História Just fanservice? -taekook - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Taekook, Vkook
Exibições 56
Palavras 1.436
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


voltei!!!!!!
gostei bastante de escrever este capítulo ^^
o significado de amor que está escrito no capítulo,é o que eu acho,se você acha que é outra coisa do que eu escrevi,me fale,ok?
boa leitura^^

Capítulo 3 - Amor...?


POV’s Taehyung

Será que eu deveria contar aquilo para Namjoon?

Estou carregando isso à muito tempo, preciso compartilhar com alguém ou se não, irei ficar carregando isso para o resto da minha vida

-pode dizer Taehyung –ele disse calmo

-eu gosto do Jungkook, mas isso não faz muito tempo, antes mesmo do nosso debut, quando eu estava com ele, senti algo que eu nunca havia sentido antes...amor –eu disse e continuei –eu queria poder cuidar dele com todas as minhas forças, mas Jimin sempre diz que sempre irá cuidar dele, e eu nunca tive a oportunidade de poder falar isso, nem para ele e nem para ninguém, eu queria dizer à ele o quanto ele é importante para mim, mas nunca consegui, agora não posso mesmo, Jungkook está com Jimin, e se eu tivesse falado isso para ele semana passada? Eu iria pagar o maior mico porque ele está com Jimin –eu disse e senti uma lágrima escorrendo pela minha bochecha

-sinto muito Taehyung...-disse Namjoon –eu não posso falar que sei o que você está passando, pois isso nunca aconteceu comigo, mas saiba que estarei lhe dando apoio pelo o que der e vier –ele disse e me abraçou, como um abraço de appa

-obrigado Namjoon hyung –eu disse

-de nada Taehyung, agora é melhor sairmos do quarto se não vai começar o interrogatório dos garotos sobre o porquê de você estar chorando –ele disse e assenti com a cabeça, e saímos do quarto, recebemos olhares dos outros e apenas ignorei, e fui direto para o meu quarto

Abri a porta do quarto e vi que Jungkook estava sentado em sua cama, olhando para o chão com o olhar triste, assim que ele percebeu a minha presença, seu olhar se encontrou com o meu e ficamos nos fitando por um longo tempo, até que ele quebrou o silêncio

-oi Tae...-ele disse baixo, pronunciando aquele meu apelido dado por ele, fez com que o meu coração disparasse

-oi...-eu disse e comecei a fitar o chão

-você está bem? –ele perguntou

-estou sim, com um pouco de cansaço mas estou bem melhor que antes-eu disse

-hum...você estava chorando? –ele perguntou

-como você sabe? –perguntei

-seu nariz está muito vermelho, e seus olhos estão inchados demais, o seu rosto está molhado...-ele disse

-ah sim, é eu estava chorando...-eu disse

-e posso saber o porquê? –ele perguntou

-saudades da família –menti, mas eu não podia falar que era por causa dele

-entendo, nada mais? –ele perguntou e neguei com a cabeça –ok então, vou para a sala assistir um filme com Jimin, até –ele disse, e aquelas palavras feriram o meu coração, não irei suportar ter que ver Jungkook e Jimin juntos

-até...-eu disse e ele saiu do quarto fechando calmamente a porta

Me deitei na minha cama e deixei que as lágrimas caíssem novamente, eu iria chorar até que não tivesse mais lágrimas, eu tinha que colocar para fora aquele sentimento de tristeza

POV’s Jungkook

Foi horrível ter que falar aquilo para Tae, não sei se ele se incomodou ou não, mas para mim incomodou, e muito

Tae nunca foi de expressar os seus sentimentos, por isso, não sei se ele sente a mesma coisa que eu sinto por ele, ele é tão complicado, mas esse é um dos motivos pelo qual eu me apaixonei por ele

Fui até à sala e encontrei Jimin e Hoseok conversando, hora de atuar

Cheguei perto dos dois e me sentei no meio dele, me aproximando mais de Jimin

-namorado ciumento...-disse Hoseok e Jimin riu

-só cuido do que é meu-eu infelizmente disse

-e bota possessivo nisso –completou Hoseok rindo

-então Hoseok, sinto lhe informar que agora eu preparei um cinema para mim e Jungkook –disse Jimin e Hoseok fez um bico

-tá bom, bom divertimento para os pombinhos –disse Hoseok e saiu rindo, quase vomitei lá mesmo

Assim que percebemos que estávamos sozinho, me afastei rapidamente de Jimin e me sentei no outro canto do sofá

-ótima atuação Jungkook, até pensei que estava realmente com ciúmes-disse Jimin

-pensou errado então, eu estava apenas fazendo o que foi pedido-eu disse bufando

-que pena, pensei que estivesse com ciúmes de mim, vai que eu te daria uma chance –disse Jimin próximo à minha orelha

-coloca logo o filme –eu disse e ele fez o que eu pedi

-Jungkook, você melhorar a sua atuação –ele disse

-mas você disse que eu atuei bem...-eu disse

-agora, mas antes sua atuação estava parecendo com a do Taehyung...-ele disse rindo

-Taehyung é um ótimo ator –eu disse

-já viu a atuação dele? –perguntei arqueando a sobrancelha

-sim, e é péssima-ele disse

-então você é um ótimo ator? –perguntei

-claro-ele respondeu

-então por que é o Taehyung que está participando de um dorama? –perguntei com um sorriso

-vamos logo assistir esse filme –ele disse –as vezes acho que você gosta muito dele –ele disse e senti meu coração acelerar, será que eu realmente gosto de Taehyung? Mas com um sentimento tão forte?

 POV’s Taehyung

Meu rosto ainda estava molhado por causa das lágrimas, todos os hyungs já estavam dormindo em seus quartos, menos Jungkook, que não havia voltado para o quarto, e provavelmente Jimin estava com ele

Como eu não havia tomado um banho ainda, eu decidi ir para poder dormir, já havia se passado da meia noite

Fui até o banheiro e pude ver Jungkook deitado no sofá com Jimin, ver aquela cena fez meu coração doer ainda mais, entrei no banheiro e chorei de novo, acho que chorar vai virar a minha rotina de sempre, não vai ser fácil ter que olhar para Jungkook...eu lembro quando eu expliquei para ele o que era o amor...ele tinha 16, e entendeu muito bem o que era aquele sentimento tão frágil

Flashback ok

Jungkook e eu estávamos no nosso quarto quando ele perguntou algo que eu nunca imaginei

-hyung, o que é o amor?

-é um sentimento bom mas ruim ao mesmo tempo...-eu disse

-como assim? –ele perguntou confuso

-o amor te fere mas também te cura-eu disse

-é como se fosse uma faca afiada e um curativo ao mesmo tempo? –ele perguntou e eu assenti com a cabeça –então o amor é algo muito confuso

-a coisa mais confusa da vida –eu disse

-e como eu irei saber se eu amo alguém? –ele perguntou

-você irá querer ficar com essa pessoa para sempre, irá querer cuidar dela em qualquer momento, rir nos momentos mais difíceis, mas chorar juntos também-eu disse e dei um suspiro longo –amar...uma ação no qual você vai fazer sempre, mas esse sentimento pode trazer coisas ruins também, muitos casais estão se separando pois falam que não se amam mais, mas o primeiro amor a gente nunca esquece, fica na memória para sempre, ficará na cabeça e nunca mais sairá –eu disse

-e você já amou ou ama alguém? –ele perguntou

-o meu primeiro amor é a pessoa que eu amo até hoje –eu disse

-quem é essa pessoa, Hyung? –ele perguntou com um brilho em seus olhos

-um dia você saberá, Jungkook –eu disse

Flashback off

Realmente, amar não é uma coisa fácil...é mais complicado do que pensava

Durante o banho todo eu chorava, sentia a água que caía do chuveiro se misturando com as minhas lágrimas; será que as minhas tristezas iriam cair para o ralo do banheiro junto com a água do chuveiro?

Não, elas não irão sair assim tão fácil, sentimento a gente não se livra de uma maneira tão fácil...quando estou triste, Jungkook me alegrava, mas agora ele tem Jimin para alegrar

Coloquei minha cueca e apenas uma camiseta que cobria minha coxa; assim que abri a porta do banheiro, dei de cara com Jungkook, parecia que ele estava lá faz um bom tempo

-me fale a verdade, hyung –ele disse sério

-que verdade, Jungkook? –perguntei

-o motivo do seu choro não é só por causa da sua família, me diga a verdade –ele disse

-e por que se importa com isso? –perguntei, e quando menos esperei, Jungkook me puxou para um abraço, não consegui ceder por conta de que aquilo foi inesperado para mim, mas chorei de novo, chorei muito mais

-eu me importo muito com você, hyung –ele disse baixo –quer conversar no quarto? –ele perguntou e eu assenti com a cabeça –então vamos

Entramos no quarto em silêncio, nos sentamos em minha cama e dei um longo suspiro

-agora você pode me dizer o porquê de estar chorando tanto? –ele perguntou

-é difícil de dizer, Jungkook –eu disse

-apenas me diga qual foi o motivo da sua dor e tristeza, em apenas duas palavras...-ele disse calmo

 

-Jeon Jungkook



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...